História Segunda Chance - Capítulo 5


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Castiel, Charlotte, Iris, Kentin, Leigh, Li, Lysandre, Nathaniel, Personagens Originais, Professor Faraize, Professora Delanay, Senhora Shermansky
Tags Castiel, Colegial, Nova Chance, Romance
Visualizações 19
Palavras 1.064
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como o prometido, aqui está o capítulo, desculpem demora para atualizar. Boa leitura.

Capítulo 5 - O que ela quer?


Ainda surpreso pela visita de Ashley, Castiel foi até a cozinha pegar um copo com água para a mesma, que estava na sala. Retornando, entregou o copo para a menina e se sentou ao lado dela.

Ashley tomou um pouco da água, e começou a falar o motivo de sua visita:

─ Deve estar se perguntando por quê eu vim, não é?

─ Bom, sim, eu não esperava que viesse. ─ respondeu com a voz um pouco trêmula

Ela suspirou

─ Eu soube da sua briga com Armin ─ disse olhando para Castiel ─ E... sei que mesmo tendo uma personalidade muito forte, você não é de arrumar confusões; eu quero saber o que houve.

Ele olhou para o chão pensativo entrelaçando os dedos. Castiel ficou alguns segundos em silêncio e depois respondeu:

─ Hoje de manhã quando eu estava indo para a escola, eu encontrei Armin no caminho, ele praticamente me ameaçou, e...─ Ashley o interrompe.

─ Como assim te ameaçou? ─ indagou surpresa

─ Ele me disse que eu devo ficar longe de você, mas, é bom que ele tenha em mente que eu não vou desistir de você Ashley, não importa o quanto tentem te afastar de mim. ─ disse com um sorriso amistoso

A garota abaixou a cabeça com um semblante desanimado. Ela sabia que seu ex não iria desistir, mas, só ela sabe o quanto sofreu em um relacionamento tão... Vazio.  

Ashley queria um homem, não um garoto; mas ela também sabia o que sentia por Castiel, e tinha certeza, de que não sentia o mesmo por Armin.

O rapaz percebeu a tensão de sua ex, e levantou o rosto dela de forma delicada, percebendo que ela estava chorando, ele pergunta preocupado:

─ O que foi? Eu falei algo que te magoou? ─ disse enxugando as lágrimas da menina

─ Não é isso, é que... eu ainda te amo Castiel ─ confessou com sua voz chorosa ─ E confesso me sentir uma idiota por isso.

─ Uma idiota? ─ indagou confuso

─ Sim. Eu me sinto uma idiota porque eu amo um cara que nunca demonstrou sentir o mesmo por mim. ─ disse levantando-se do sofá.

─ Mas eu também te amo Ashley, e por você, eu mudaria minhas atitudes ─ declarou indo até a menina que estava de costas para ele ─ Só que a cada dia que passa e eu vejo o quanto você está feliz com Armin, e parece que você está tão distante...

Ela enxuga as lágrimas, e logo dá um sorriso não muito largo, virando-se para encarar os olhos cinzentos do rockeiro rebelde ela diz:

─ Eu e Armin não temos nada, é você que eu amo, e tenho certeza de que é sincero.

─ Mas... e todos aqueles flertes?

─ Eu não vejo ele da mesma forma que eu vejo você, e não sabia que Armin levaria isso tão a sério, afinal, sempre fomos só amigos, nunca imaginei que ele queria algo comigo. ─ explicou

Castiel sorriu colocando a mão no rosto da garota. Naquele momento, sentiu ainda uma esperança de conseguir Ashley de volta.

Ele acariciou os cabelos igualmente vermelhos da garota, e ela retribuiu com um sorriso. Ambos aproximaram seus rostos um do outro, e em poucos segundos, seus lábios se tocaram em um beijo sincero.

Desde o término do namoro a algum tempo, o rapaz pensou ter a perdido para sempre, mas naquele beijo, ele soube que Ashley nunca deixou de ama-lo.

Os dois subiram as escadas indo para o quarto do menino. Fecharam a porta e se deitaram na cama, ainda com as bocas coladas, Castiel tirou sua camisa, e fez o mesmo com a garota, deixando apenas de sutiã. Logo depois tiraram todas as sua vestes, ficando completamente nus; eles sabiam o que estavam fazendo, mas, não iriam parar. Ele ficou em cima da menina, beijando o seu pescoço, enquanto ela deslizava as mãos em suas costas, depois ele levou sua mão ao peito dela e deu um beijo selvagem em sua boca.

Ela nunca imaginou que sua primeira vez se iniciaria em uma conversa sobre brigas, ou melhor, sobre Armin...

◦○◦○◦○

Deitada em cima do peito de Castiel, a menina de olhos azuis encarava o rosto do rapaz em silêncio. 

Com tudo que aconteceu, ele até se esqueceu que ainda precisava falar com seus pais sobre sua suspensão. 

O toque do celular interrompeu o clima de romance entre o casal. O sossego deles não duraria muito, pois quem estava ligando, era a mãe de Castiel:

─ Essa não. É a minha mãe! ─ exclamou assim que viu quem estava ligando

─ E agora? ─ indagou Ashley

─ Só um instante.

O rapaz atendeu ao celular tentando ser o mais discreto possível, para que sua mãe não percebesse que ela não está sozinho:

─ Oi mãe.

─ Oi Cassy. Por que demorou para atender?

─ Bom, por na-nada ─ gaguejou

─ Não aprontou nada, né? ─ perguntou a mãe desconfiada

─ Claro que não mãe. ─ ele respondeu

─ Que bom. Te liguei para avisar que seu pai e eu vamos voltar para a casa esta noite ─ disse Valérie animada.

Castiel arregalou os olhos surpreso, e Ashley entendeu que tem algo errado:

─ Que bom mãe, eu estava com muitas saudades. ─ disse tentando segurar a voz trêmula

─ Nós também Cassy. Mais tarde nos vemos, ah, e seu pai está mandado um abraço.

─ Outro para ele. Tchau mãe

─ Tchau Cassy.

Castiel desligou o celular e o jogou em cima do cômodo, deixando Ashley assustada:

─ O que foi?

─ Os meus pais estão voltando para casa.

─ O que?! ─ exclamou espantada

─ Você precisa ir embora, agora.

Sem nem falar nada, a menina se levantou da cama apressada. Recolheu as roupas no chão e as vestiu; o mesmo fez Castiel.

Quando já terminaram de se arrumar, o rapaz acompanhou a garota até a porta, e se despediram com mais um beijo.

Voltando para o quarto, ele tratou de arrumar tudo para que seus pais não descobrissem o que aconteceu ali; a reação deles não seria das melhores.

Finalmente tudo estava arrumado,e para tentar disfarçar, Castiel ligou seu videogame para fingir que estava tudo bem. No entanto, era difícil não se lembrar do que ele e Ashley fizeram, afinal, quem diria que uma conversa iria resultar em um final de tarde como aquele ?


Notas Finais


Obrigada por terem lido. Por favor, peço que cometem suas opiniões, o que estão achando da história, se eu preciso melhorar em alguma coisa, enfim...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...