História Segunda Chance (Castiel) - Capítulo 11


Escrita por:

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Armin, Castiel, Lysandre, Personagens Originais, Rosalya
Visualizações 46
Palavras 319
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 11 - ""Despedida"" Part.3


Eu esbarrei com alguém 

-Angel o que houve ?
-Ele quer me levar à força 
-Ele quem ? Calma 
-O Lysandre 
-Ei calma , se você não quiser ir ninguém vai te levar
-Mas....
-Vá para o seu quarto , eu resolvo isso 

*Visão do Castiel*

-
Ei vieram buscar ela 
-E daí ?
-Você não vai se despedir ?
-Não, ela prefere ficar com o doutorzinho 
-Pare de ser besta Castiel, eu vi como ela estava ontem quando você estava mal
-Cala a boca Nancy 
-Eu já aceitei que você nunca será meu, você não me ama, mas não quer dizer que não ame ela 
-Você não sabe o que fala 
-Você vai acabar se arrependendo, pode ser a última vez que você a vê 
-Você está me enchendo o saco 
-Deixe seu orgulho de lado um pouco e vá atrás dela

*Visão da Nancy*

Ele saiu correndo , aposto que foi vê-la .Eu sabia, ele trata todos iguais com grosseria mas ela ele trata com carinho , ele a ama eu sei disso . Como eu queria que ele fosse meu.

*Visão Castiel*

Eu saí deixando meu orgulho de lado, talvez a Nancy esteja certa eu sinto algo pela Angel e não posso deixá-lá ir sem me despedir 
Quando estava indo lá fora encontrar ela, eu a passar correndo por mim e ela acaba tombando em mim pede desculpa com a voz baixa e nem me reconhece.

-Angel ? (eu me dirigi até a porta de se quarto que estava entreaberta)
-....
-Vim me despedir 
-.... 
-Olha não me deixe falando sozinho 
-....
-A Nancy estava errada (eu sussurro)
-.....
-Eu deixei meu orgulho de lado, mesmo sabendo que o doutorzinho está afim de você eu vim aqui me despedir e você... e você... (paro de falar por um momento)

-Está chorando Angel ?
-...
-Angel ?

Percebi que ela fez o possível para eu não escutá-la chorar 



 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...