1. Spirit Fanfics >
  2. Segunda Chance (imagine Kakashi) 2 Temporada >
  3. Memórias

História Segunda Chance (imagine Kakashi) 2 Temporada - Capítulo 25


Escrita por:


Capítulo 25 - Memórias


Fanfic / Fanfiction Segunda Chance (imagine Kakashi) 2 Temporada - Capítulo 25 - Memórias

Tsunade on


Quando eu citei o nome dela, ele ficou paralisado sem dizer ou se mover, eu estava ficando assustada, balancei ele até que ele finalmente volta pra realidade


Kakashi: senhora Tsunade, a senhora está brincando comigo?


Tsunade: não, eu estou falando a verdade.... é difícil acreditar, mas eu vi ela.....e ela estava toda machucada e ensanguentada, há chances dela não sobreviver


Kakashi: eu só consigo acreditar vendo


Tsunade: então prepare seu estômago, vou lhe amostrar


Peço para Shizune ficar tomando conta da sala enquanto eu levava Kakashi para minha casa, entrando no meu quarto me deparo com um outro membro da Ikigai colocando uma mexa do cabelo dela atrás da orelha, Kakashi se aproximou dela, mas quando ela ia tocar o moreno pegou a katana e apontou pra ele


???: Não se aproxime dela, mais um passo e você morre. Se identifique


Kakashi: e-eu sou Kakashi Hatake


???: Hmmm, já ouvi muito de você, não a toque de maneira intima ou eu corto sua mão


Kakashi: c-certo


Ray on


Kakashi estava quase perdendo a mão por minha causa, não quero que ela seja tocada de maneira íntima, mas eu deixei por que ele estava realmente muito abalado, ele tocou em seu rosto e foi se aproximando abraçando o corpo dela logo em seguida se desabando em lágrimas dizendo que se ele não tivesse brigado com ela, nada disso teria acontecido, me afastei deixando os dois a sós, fiquei na janela apenas esperando ele sair enquanto Tsunade ficava fora do quarto


Kakashi on


Quando vi seu corpo completamente machucado meu mundo caiu, abracei seu corpo chorando muito, eu não posso perder ela, eu não ligo se o que ela fez foi ruim, eu só quero que ela fique ao meu lado, ela não pode morrer assim, nunca vi ela tão machucada assim, isso me deixa com medo de perder ela, sei que todos irão morrer, mas quero que ela viva comigo e tenha uma família, eu não consigo aguentar o sofrimento que sinto vendo ela nessa situação, ela nunca se arriscou tanto assim, por que isso aconteceu com ela? Não podeira ser comigo? ergui minha cabeça e vi algo em seus olhos, logo caindo pela sua bochecha.......são lágrimas, ela estava chorando mesmo inconsciente


Kakashi: Vic-Senpai?


Retirei o pano em sua boca e tirei minha máscara pois já estava molhada, olhei para ela vendo os leves cortes em sua bochecha e o sangramento em sua testa


Kakashi: p-por favor não se vá.......eu preciso de você comigo......não me deixe......


Me sentei na cama e puxei o corpo dela para um abraço, sei que não posso, mas não consigo, dei um beijo em sua cabeça e em seguida me aproximei de seus lábios


Tsunade on


Eu estava espiando o que estava acontecendo no quarto, quando vejo Kakashi se aproximar dela quase encostando os lábios dele nos dela, não interrompi e nem o Ikigai, ficamos só observando, logo vejo Kakashi encostar os lábios de ambos em um selinho triste, suspirei e desci as escadas para preparar algo para ele beber e se acalmar


Kakashi on


Kakashi: p-por favor não morra....fica comigo!


Eu não estava conseguindo me controlar, eu só quero ficar com ela, mas eu tive que me afastar por causa da Tsunade, não posso mexer muito no corpo dela, mas eu não consigo evitar, Tsunade me entrega um copo d'água e eu bebo rapidamente


Tsunade: vem, vamos esfriar a cabeça


Ela me puxa para a sala me entregando outro copo de água, me sentei em uma poltrona recebendo um abraço acolhedor vindo dela, não pensei duas vezes antes de retribuir


Tsunade: eu irei salvar ela, não precisa ter tento medo, se eu não conseguir, pode parar de confiar em mim


Vic on


Senti braços me rodearem mesmo não vendo e inconsciente, sinto lábios se juntarem aos meus em um beijo, e novamente escuto ele dizer mais coisas, sendo sincera, da vontade de acordar, mas eu não consigo me manter consciente mesmo que eu use meu chakra, andando pela minha mente, vejo outras coisas do meu passado, eu era somente uma criança mas já tentaram me matar com uma recompensa pela minha cabeça, só que eu era tão forte que eu matei as pessoas que tentaram me matar, mesmo eu não sabendo controlar meu poder, solto um risadinha vendo minha eu do passado matando os ninjas que queriam minha cabeça


Vic: idiotas


Andei vagamente pelas minhas memórias vendo todos os tipos de momentos possíveis, bons, ruins, ou até mesmo dolorosos, mas havia uma coisa diferente, em cima das memórias havia uma palavra, fui passando até ver a palavra "passado" em cima de uma memória, fui me aproximando e havia uma memória com um ponto de interrogação, me aproximei e tentei tocar na memória, mas acabei levando um choque que pecorre todo meu corpo, me afastei tentando de todas as formas saber o que tinha ali dentro, mas eu não conseguia saber, decidi deixar pra lá, mas naquela mesma memória eu escuto uma voz


???: Itachi, eu prefiro ser um traidor do meu clã, do que trair minha vila, me desculpe pelo o que irei fazer, mas peço que cuide dela pra mim


Tentei descobrir de quem seria aquela voz, mas nada veio já minha cabeça, a mesma voz retorna me deixando mais confusa


???: Eu irei proteger você a qualquer custo, mesmo quer eu tenha que me sacrificar, eu prometo que nada vai nos separar


Ao invés de pensar enquanto a voz fica presente, eu decidi primeiro descobrir de quem é a voz e depois em que momento foi esse, a voz se assemelhava com a do Shisui, só que se fosse a voz dele, ela seria um pouco mais fina, essa voz está grossa demais


Andei mais um pouco vendo um pp na minha casa tomando banho juntos, estávamos somente abraçados, mas ele queria algo mais a começou as mãos bobas pelo meu corpo. Não durei muito tempo vendo aquilo e fui logo passando a memória corada, andei mais um pouco e fiquei de frente com uma memória com o Sasuke, brincávamos muito, mas agora, nem posso ver ele


Sinto meus batimentos cardíacos diminuírem aos poucos assim como o ar que eu respirava pesadamente, caí no chão com a mão no pescoço em busca de ar, mas logo me dei conta do que estava acontecendo, eu estava morrendo, mas não sabia o que se passava no outro lado do mundo

























Meus últimos momentos de vida estão chegando, mas não irei partir sem dizer "eu te amo", seja lá quem estiver onde meu corpo está, mesmo não podendo me ouvir, quero que saiba que você foi a pessoa que me ajudou quando eu mais precisei, estarei em um dívida eterna com você, mas não sei se irei poder pagar......



Continua







Desculpe o capítulo curto, estava sem idéia rsrs



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...