História Segundas Intenções (Imagine Jungkook) - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Kim Namjoon (RM), Kim Taehyung (V), Park Jimin (Jimin)
Tags Imagine Jungkook
Visualizações 48
Palavras 1.531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Spoilers, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Adoro postar de madrugada!

Se você esta lendo a história, porque não favorita? Isso me incentiva e escrever mais rápido! Obrigada.

Capítulo 6 - Capítulo 06


Fanfic / Fanfiction Segundas Intenções (Imagine Jungkook) - Capítulo 6 - Capítulo 06

Lindy

Era segunda e eu ainda não havia superado nada que aconteceu no domingo. Nem a masturbação inapropriada como também o afogamento. Estava preocupada com o quão forte tudo foi para o Jungkook, e por essa razão iria visita-lo depois da escola.

Aperto a campainha e quem me atende nao é nenhum empregado ou o Jungkook, e sim o Taehyung.

— Lindy! Queria mesmo falar contigo! — diz Tae animado. 

— Ah, em que posso ajudar? — pergunto sorrindo.

— Seja minha modelo. — diz Taehyung me deixando sem entender. 

— Como ass—

— Entra e eu te explico. — diz Tae e eu o sigo, subindo as escadas.. 

— Você vai para a festa a fantasia da igreja? — pergunto enquanto ando logo atrás dele. — É na sexta.

— Olha, não sei. Acho que sim, você vai? — Tae diz abrindo a porta de um quarto, provavelmente era o dele. 

— É seu quarto? 

— Até eu conseguir voltar para casa sim. — confirma Tae e vai até seu armário, pegando uma câmera. — Poderia ser minha modelo? 

— Como assim? 

— É bem simples. — ele sorri. — Se senta na cama e faça poses. 

— Mas porque na cama? — pergunto envergonhada e vejo Tae no chão já tirando fotos minhas. 

— Isso! Continua assim, você ta indo muito bem. — ele continua batendo fotos enquanto eu abaixo a cabeça envergonhada. 

Tae pede para que eu faça certas poses, e eu faço tudo como ele pede. Tae sempre foi um bom garoto, e eu gostava de sua presença, era agradável.

— Acho que terminamos. — diz Tae se levantando do chão. Ouvimos um som de batida fortes e nos olhamos confusos. 

— De onde vem esse som?

— Deve ser alguém na casa que deixou algo cair.

— Mas continua… — falo ouvindo o som repetidas vezes. — Olha, ouve? — digo me levantando e indo até o guarda roupa do Tae, notando que o som ficava cada vez mais alto. — Esta vindo daqui.

— Lindy deixa isso de lado.

— De quem é o quarto ao lado? — pergunto.

— Jungkook.

— Jungkook? — pergunto confusa. — O que ele esta fazendo?

— Ah… Você não vai gostar de saber. — responde Tae e eu o olho curiosa. — O Jungkook é muito… Arrogante. Ele não ouve ninguém. — desabafa.

— Ele tem um bom coração. — falo e Tae nega com a cabeça.

— Não tem não. Eu conheço ele há anos. Ele não é do tipo que interiormente tem um bom coração e que já sofreu muito. Jungkook é um mimado que tem tudo que quer de mãos beijada, e o que a ele é recusado ele enlouquece e surta. É uma criança. 

— Nossa… Vocês já brigaram? 

— Ele me chama de amigo, e nós meio que somos. Mas eu estou te dizendo isso para que você não se engane com ele.

— Mas Tae… Ele foi super generoso comigo anos atrás. Foi ele que ajudou na reforma da igreja, e também a salvar a casa do Namjoon. — falo sentindo meu coração apertar ao falar do Nam. 

Tae se aproxima de mim e mostra a câmera, com fotos minhas.

— Esta vendo essas fotos? São de uma garota linda, incrível, sincera e bondosa. Não burra, não seja burra e acredite no Jungkook. — adverte e eu franzo o cenho, Tae estava tão sério falando tudo isso.

— Pode me dizer para o que são essas fotos? 

— Faculdade. Estou pagando uma matéria da qual precisamos fotografar alguém, afinal faço fotografia então… — ele sorri. 

— Tão bom ver que essa faculdade de faz feliz Tae. — confirmo e seguro seu ombro, fazendo carinho para que o mesmo se sinta acolhido. 

— Tae, v— alguém abre a porta e paralisa ao ver eu e o Tae juntos. Era o rapaz loiro. 

— Jimin, essa é a Lindy. — diz Tae mas o garoto sai do quarto apressado sem dizer nada. — Jimin! — diz Tae saindo do quarto e correndo atrás do tal Jimin.

Fico perdida sem entender nada… Mas noto que  o barulho vindo do quarto do Jungkook havia parado. Será que ele ainda estava ali? 

Saio do quarto do Tae e caminho indo até a porta do Jungkook, observo a madeira da porta e tento me concentrar. Estava pronta para falar com ele? Ele disse que jamais esqueceria seu toque… E isso é tão forte de alguma forma. Bato na porta de uma vez por todas. 

— Quem é? — pergunta Jungkook com voz firme.

— Lindy. — respondo tímida. Ouço passos e logo depois o mesmo abre a porta do quarto vestindo apenas uma toalha. Arregalo meus olhos assustada e viro para outro lado..

— Hey lolita, o que faz aqui? Quem atendeu você? — pergunta Jungkook enquanto eu estou com a cabeça virada sem o olhar. 

— Tae…

— Hm, e o que estavam fazendo? — pergunta. Mordo os lábios pensativa… Porque ele estava apenas de toalha e porquê me atendeu? Antes de poder falar ouço passos e logo em seguida uma menina loira passa com a toalha logo atrás do Jungkook. Fico boquiaberta e me afasto do Jungkook e sigo o corredor.

Jungkook

Lindy não me responde e sai caminhando pelo corredor, franzo o cenho e observo a mesma caminhar rapidamente em direção às escadas, as descendo.

— Kookie, quem era? — pergunta Melissa. 

— Uma garota. — respondo e fecho a porta sem entender bem o porque da reação de Lindy.

Caminho até meu closet e visto minha cueca, assim que me ergo sinto beijos em minha costas. Eram os beijos molhados e gostosos de Melissa... Enquanto ela prosseguia com os beijos eu pensava na Lindy e no que havia acontecido mesmo ontem. Será que ela era mesmo a lolita? Estava duvidando cada vez mais. 

Me afasto de Melissa e pego meu laptop, logo em seguida me sento na cama e ligo o aparelho enquanto permaneço com minhas dúvidas em mente.

— Quando vai me enviar as fotos que tirou? — pergunta Melissa.

— Talvez amanhã meu bem, agora pode me deixar só? — pergunto enquanto entro na darkweb a procura da lolita. 

— Jungk—

— Me deixe sozinho agora, Melissa. — repito impaciente e logo depois ouço a moça sair do quarto. Suspiro satisfeito. Porque as mulheres sempre esperam carinho depois que eu as fodo? Não entendo essa carência se há poucos minutos atrás a mesma estava implorando que eu a batesse. 

{Lolita aceita seu pedido de conversa}

J: O que posso fazer para você assumir quem é? 

L: Hm… Que tal meter um pau de borracha no seu cu? 

J: Nunca

L: Então não assumirei

J: Já assumiu baby… 

Fecho o laptop bravo por ela ser tão sínica, era quase como se fosse minha irmã de tal falsa que era… Espera.

Caminho até o quarto de Emma e assim que abro a porta encontro Lindy no quarto da mesma, deitada sobre seu colo. Não estou entendendo nada.

— Não bate mais na porta Jungkook?! — reclama Emma. — Ainda mais vestido assim! Na minha frente e na frente da Lindy! Céus! Saia agora. — diz brava me deixando quase que furioso.

— Não estou nem aí para seu papel de boa mocinha, assumo agora para mim que és a Lolita! — falo bravo olhando para minha irmã.

— O quê? Do que esta falando? — Emma pergunta.

— Jungkook, você esta imaginando coisa, por favor pare. — diz Lindy se levantando e se aproximando de mim, pondo a mão sobre meu peito. — Por favor. — pede me encarando com seus olhos brilhantes. 

— Eu tenho vontade de… — ranjo os dentes aborrecido enquanto a olho. — Porque você não assume logo?! Não vai doer sabia? 

— Porque não sou eu. — diz Lindy. — Você é louco, e é tudo que o Tae disse. Eu não quero mais ficar próxima de você. — diz saindo do quarto apressada e emotiva.

— Essa garota é louca. Vocês duas são. — digo confuso. Não estou entendendo mais nada. Será que Lolita era alguém que eu nem ao menos conhecia? 

— Hm… Pelo que me parece você perdeu a aposta Jungkookie… — diz Emma me aborrecendo ainda mais. Me viro para ela e vejo a mesma fechar a porta de seu quarto. 

— Não perdi. Isso tudo faz parte do meu plano, você verá… Lindy não apenas será minha como também se apaixonará a ponto de me defender. 

— Sabe o que acontece se você perder? — pergunta Emma. — Você passará todos seus bens materiais ara meu nome, me deixando ser a filha única. — diz ela e eu a encaro debochado e confuso ao mesmo tempo.

— Está louca? Jamais farei isso!

— Hm, está com medo de perder? 

— Não é o caso, é porque eu sou seu irmão! Mesmo que adotado…

— Se você não conseguir levar a Lindy para a cama até nossos pais voltarem eu mostro um vídeo nosso ao papai. Sem áudio parece até que você esta abusando de mim, sabia? 

— Você não ousaria! — me aproximo dela e a mesma põe as mãos sobre meu peito, alisando meu corpo. 

— Se você não conseguir você vai embora dessa família, para sempre. — diz Emma convicta. — Ou então nossos pais verão o vídeo e você vai preso por abuso.

— Eu nunca abusei de você! Durante anos você me implora para fode-la! — digo aborrecido.

— Você acha que nossos pais vão acreditar em ti ou em mim? Eu, a filha castra que se esforça tanto para o irmão seguir os mandamentos de Deus. — faz cara de inocente e depois ri debochada. — Tchau Jungkookie… — se aproxima da porta do quarto me mostrando a saída. — Ah, e não esqueça, temos apenas duas semanas antes de nossos pais voltarem, então sugiro que se apresse!


Notas Finais


Ôh famíliazinha...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...