História Segundo semestre, 2015 - Capítulo 3


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Namjin, Semestre, Taekook, Vkook, Yoonseok
Visualizações 19
Palavras 368
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Pansexualidade, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não sei se vocês, mas as vezes eu me irrito muito com o Jeongguk, que gurizinho chato hahahhaa

Capítulo 3 - Beijo, sexo e desejo


29 de junho de 2015 - Seul, Coréia do Sul


Estou puto. Em primeiro lugar porque eu notei que o Taehyung usa muito o LINE, kakaotalk e essas coisas mas nunca me pediu meu número. Ok, não vou fazer tempestade por isso porque ele que tá perdendo de não ter meu contato. Não preciso do dele mesmo.

Mas o que me deixou mais puto foi minha namorada. Olha, eu nunca contei esse tipo de coisa mas pra ti, diário, vou contar. Eu e ela sempre soubemos que vamos ter que casar, já que ela é minha esposa mesmo, quando eu queria beijar alguém, cheguei nela e pedi, num feriado que ficamos na casa de campo da minha família. Ela aceitou e nos beijamos. Meio ano depois, nós transamos. Ela disse que era virgem, eu não era. Eu aprendi a beijar com ela pra beijar um crush. Foi a primeira vez que eu transei e foi com um menino. Ele voltou pro Japão, ok. Segui a vida como se nada tivesse acontecido. Não que eu não me sinto excitado com a Kang, porque ela é linda, tem um corpo com curvas e, desculpa se parecer sexista, ela faz um sexo oral muito bom. Mas transar, com penetração é mais raro pra nós. Geralmente trocamos o favor do oral um pro outro e pronto. Mas ela começou a reclamar isso. Ela falou que parece que eu não sinto desejo por ela, isso foi um saco porque o resultado é viajar na quarta pra casa da praia só com ela e os idiotas dos meus pais ainda deixam. Ver o amigo do Taehyung? Não. Saber a proposta? Não também. Vou morrer de curiosidade e já comprei tanto preservativo que ela vai se arrepender. Vamos transar todos as horas do dia o que não é ruim, pra ser sincero. Ando muito cheio de hormônios…. Ontem ela me beijou depois que conversamos, eu já fui envolvendo ela, coisa que nunca acontece porque eu sei que tem hora e lugar, mas não sei o que passou na minha cabeça. Enfim, vou pra praia com a Kang. Não vou levar você, diário. Acho perigoso. Também acho infantil descobrirem que você existe, mas eu te amo, tá?


Notas Finais


E aí? E agora? E o Taehyung?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...