1. Spirit Fanfics >
  2. Seis anos >
  3. Lembrança

História Seis anos - Capítulo 1


Escrita por: JSommer

Notas do Autor


Hoje faz seis anos que meu avô, pai da minha mãe, faleceu.
Escrevi essa história dia 08, mas fiz para ser considerada hoje mesmo.

PS: Chorei escrevendo e quando fui revisar chorei de novo 🙂💔

Capítulo 1 - Lembrança


Hoje faz 6 anos que você se foi.

E nunca escrevi nada sobre o senhor porque nunca me dei conta do quanto ainda lembro de ti.

Você foi a pessoa mais próxima que já perdi até hoje,

e me lembro, como se fosse ontem, de qual é a sensação.

Do quanto chorei naquela tarde,

e nas noites que se seguiram, por um longo tempo.

Do quanto orei para o Papai do Céu, como uma boa e devota garota, O perguntando por que?

Por que o levou?

Por que te tirou de mim, de nós?

E levei tempo para entender que Ele não o havia feito,

que isso era natural.

Afinal, "tudo o que é vivo, morre."

E agora, enquanto me lembro do senhor, percebo que a dor nunca me deixou.

Ela permanece aqui, escondida em um baú que não costumo abrir.

E em minha lembrança, ainda o vejo.
Vejo a casa que eu frequentava quando pequena,

a forma calorosa como me acolhia,

a forma como cuidava de mim e me mimava, como muitos avós costumam fazer com os netos.

Lembro da tua risada,

de como me deixava passar as mãos em seus ralos cabelos,

de como comia diretamente da panela,

da forma como sempre protegeu nossa família

e do quanto sempre fomos tudo para o senhor.


* * *

Me vejo hoje

e percebo o quanto teria orgulho de mim pela mulher que venho me tornando nos últimos anos,

pela aluna dedicada que sou e pela escritora talentosa que descobri ser.

E me pergunto se pode me ver agora,

se esteve comigo em algum momento desde que partiu

e se iremos nos reencontrar depois do véu.

E lamento não ter aproveitado o tempo que esteve entre nós, 

mas não posso voltar atrás,

então apenas relembro o tempo em que passei contigo.

E lamento não estar sendo forte o bastante,

mas garanto que estou tentando ao meu máximo.

E, após seis longos anos, admito estar lendo para o senhor pela primeira vez,

e confesso que, após tanto tempo, apenas espero que possa realmente me ouvir.

Porque você faz falta,

como uma criança de onze anos jamais seria capaz de imaginar. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...