História Seja meu (yaoi) - Capítulo 12


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 26
Palavras 926
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Ficção Adolescente, Fluffy, LGBT, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente
Eu estou tendo alguns problemas depressivos, to indo na minha psicóloga e tal.
To tendo uns bloqueios, então desculpa se os próximos caps ficarem muito ruins, okay?
Aproveitem esse
E bjus <3

Capítulo 12 - Nossa pequena doentinha


- Catapora? Ela é só um bebê! Vai recém fazer um ano amanhã! - Disse Cosme para a médica

- Senhor... - Começou  doutora

- Olha amor, pelo menos não é sério. É só catapora. - Disse Tobias calmamente ao namorado

- Mas e a festinha dela?

A médica colocou a mão no ombro de Cosme e lhe falou pacientemente:

- Sr. Cosme di Melo, sei que amanhã é o aniversário de um ano de idade da sua filha, mas acho que a saúde dela é mil vezes mais importante do que a festa de aniversário, não acha? Aconselho que cancelem a festa e deixem-na em casa descansando. Talvez um banho com aveia... Tomem cuidado para que ela não coce as feridas e vistam-na com roupas confortáveis e frescas, ok?

- Okay... Obrigado, doutora?

Ela receitou um remédio para a febre da pequena e foi buscá-la no leito em que ela dormia.

Tobias agradeceu e apertou a mão da médica. Pegou no colo Alice pra que os três voltassem pra casa. Quando chegaram Tobias foi preparar um banho de aveia como a médica havia sugerido enquanto Cosme separava uma roupa pra ela. 

- Não, Alice! Menina feia! Não coloca a mão no dodói! - Gritou Cosme enquanto Alice coçava o bracinho

- Cosme! Tá pronta a banheira pra Alice! - Disse Tobias ao terminar de arrumar o banho pra ela.

Cosme pegou ela no colo e levou-a para o banheiro. Quando abriu a porta seu rosto corou ao ver Tobias se camisa. Seu abdômen forte estava a mostra e sua calça jeans surrada estava com o zíper aberto. Cosme levantou a sobrancelha.

- Nossa... Socorro, to sentindo um calorzinho no...

- Não fala isso perto da Alice - Interveio Tobias 

- Ela não entende essas coisas - Reclamou Cosme

- Eu entendo essas coisas... - Disse o moreno colocando Alice na banheira 

Cosme sentiu a mão de Tobias envolvendo sua cintura e o puxando pra perto. "Meu Deus, que homem!" Pensou Cosme enquanto passava os dedos pela nuca de Tobias e este o beijava de maneira quente. Um beijo que eles quase nunca tinham tempo de apreciar. Suas línguas dançavam explorando o espaço de suas bocas. Tobias terminou o beijo com uma mordidinha no lábio de Tobias.

- NÃO ALICE!!! - Berrou Cosme afastando a mão dela das feridas

Tobas riu. Ele amava o jeito como Cosme cuidava da Alice. Mesmo sabendo que fora ele que adotara Alice, Tobias gostava de imaginar que a pequena era a filha dos dois. Ele ficou ali observando aquele momento lindo.

Mesmo que ela estivesse com catapora e tudo mais, ficou imaginando que era com aqueles dois (Cosme e Alice) que ele gostaria de passar o resto de sua vida.

Ele queria proteger Alice, conversar com ela sobre os problemas, vê-la crescer, apoiá-la nas decisões de vida, conhecer os namorados... Essas coisas de pai

E Cosme... Ah, Cosme. Era com ele que Tobias queria criar Alice, Cosme era a primeira pessoa que ele queria ver quando acordasse, era com ele que Tobias queria discutir sobre quem convidar pros churrascos. Era com Cosme que Tobias desejava se casar algum dia.

- Que foi, amor? - Perguntou Cosme ao ver Tobias olhando pra ele

- Anh...? Eu... Nada. Tava só pensando. - Respondeu Tobias

- Posso saber no que pensava?

Tobias sorriu

- Talvez você saiba algum dia... - Disse Tobias sorrindo radiante 

Cosme não entendeu o que Tobias queria dizer, mas se o namorado estava feliz, Cosme também estava. Tobias ajudou Alice a tomar banho, xingando-a de vez em quando por coçar as feridas. Cosme assistia televisão no sofá imaginando o que Tobias queria dizer com "Talvez você saiba algum dia..."

A noite logo caiu e, com a festa cancelada, eles não tinham mais nada pra fazer a não ser se revesar pra ficar acordados pra poder cuidar de Alice que acordava chorando a cada dez minutos.

- Tobias... - Resmungou Cosme cutucando o mais velho - Amor, é sua vez...

Tobias havia ficado das 20:00 até 00:00

Agora Cosme havia ficado com ela até as 04:00

- Amor... Eu preciso dormir... Ela tá muito agitada

- Eu sei, Cosme... mas eu preciso trabalhar amanhã...

- Tobias, sou eu quem vai ficar com ela quando tu for trabalhar - Respondeu Cosme e depois bocejou

Tobias se levantou da cama resmungando alguns palavrões. 

- Tudo bem amor, eu cuido dela. Eu te acordo quando eu for trabalhar, okay?

Ele deu um selinho em Cosme e este se atirou na cama exausto. Ele pegou Alice no coloco e beijou sua barriguinha fazendo-a rir. Ele suspirou cansado e disse em um sussurro:

- Eu te amo, pequena.

A garotinha colocou a mão no rosto do pai.

- Você gostaria de uma festa diferente? Eu e o papai Cosme usariamos terno... E teria um grande bolo. Seria numa igreja muito linda. Você seguraria as alianças dos papais? Você usaria um vestidinho branco. E depois da festa, seríamos uma família oficialmente, sabia? Você, o papai Tobias e o papai Cosme.

papai - Disse Alice em resposta

- Eu amo o papai Cosme, sabia? - Continuou Tobias

Ele não percebeu que Cosme ainda estava acordado e ouvia atentamente todas as palavras que Tobias dizia para Alice.

-Eu amo muito você e o papai Cosme. Um dia, talvez, eu gostaria de me casar com ele.

Cosme aproveitou aquela felicidade que sentiu dentro de si e adormeceu, sonhando com ele e Tobias num altar. Talvez o sonho mais lindo que havia tido em toda sua vida.

 


Notas Finais


Meu deus! Eu quero muito casar esse dois logo logo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...