1. Spirit Fanfics >
  2. Seja minha... eternidade? (Imagine Soobin - TXT) >
  3. Capítulo 1

História Seja minha... eternidade? (Imagine Soobin - TXT) - Capítulo 2


Escrita por:


Notas do Autor


olá manas, voltei com a fic do soobin mas desta vez vou fazer a história diferente ok?
para aqueles que estão lendo a fic do minsu, eu prometo que vou atualizar ela ainda essa semana.
chega de enrolação kkkk

boa leitura 💗

Capítulo 2 - Capítulo 1


segunda feira

           6:00 am

acordo com o despertador ao lado avisando que já era hora de levantar, confesso que está muito bom ficar aqui no quentinho mas tenho que ir para aula.

bato no despertador, me sento na cama e espero minha alma voltar para o corpo.

me levanto e vou até o banheiro, me despido e entro no box iniciando o banho.

(...)

saio do banheiro, vou até meu guarda roupa, abro o mesmo e pego meu uniforme.

me visto, ajeito meu cabelo, coloco meu tênis, pego minha mochila e celular, vou para cozinha.

enquanto descia a escadas pude ver meu pai sentado no sofá lendo o jornal, ele percebe minha presença.

S/p - bom dia filha.

- bom dia pai._ vou até ele e dou um beijo em sua bochecha.

S/p - não se esqueça que hoje você vai começar seu tratamento.

- nem me fale pai._ me sento em seu lado. - não quero ir, eu estou bem.

S/p - agora você está bem mas com o tempo você vai piorando e o lúpus vai desligando seu órgãos e você morre.

- nossa pai não fala isso, eu sou forte e vou conseguir passar por isso.

S/p - isso mesmo filha, agora vai tomar café.

- ok._ deixo minha mochila no sofá e vou para a cozinha.

S/m - bom dia meu amor.

- bom dia mãe._ me sento na bancada.

S/m - aqui está seu café._ ela coloca uma xícara de café na bancada junto com algumas frutas e um bolo.

- muito obrigado mãe._ sorrio.

S/m - denada._ ela retribuiu o sorriso e vai para sala.

pego um pedaço do bolo e começo a comer enquanto mexia no celular até meu melhor amigo Junkyu mandar mensagem.

mensagem on


junjun - bom dia flor.

- bom dia.

junjun - que mau humor é esse.

- hoje vou começar o tratamento do lúpus.

junjun - verdade tinha me esquecido, você quer que eu vá com você?.

- faria isso por mim?.

junjun - claro né boba.

- te amo😔💗.

junjun - também te amo💗😔 e vem logo pra escola.

- tá bom, só tô terminando meu café, me espere no portão ok?.

junjun - ok.


mensagem off

bloqueio meu celular, tomo meu café, vou no banheiro de baixo mesmo escovar os dentes e volto para sala.

- mãe o junkyu vai ir junto hoje lá na clínica.

S/m - tá bom, vamos antes que você e eu se atrase._ ela se levanta. - tchau querido._ ela beija meu pai.

- tchau pai._ dou um braço no mesmo.

eu e minha mãe vamos até a garagem, entramos no carro e ela da partida.

(...)

S/m - tchau filha._ ela beija minha testa.

- tchau mãe._ sorrio e saio do carro.

avisto junkyu parado na frente do portão mexendo no celular.

- cheguei._ dou um abraço forte no mesmo.

Junkyu - finalmente.

me separo do abraço.

- eu não estou pronta para começar esse tratamento.

fomos para dentro da escola.

Junkyu - por que tanto medo?

- eu posso morrer a qualquer momento e ainda minha estimativa de vida é curta, se eu durar até aos 30 será um milagre, você sabe que tenho medo da morte e saber que não vou viver muito tempo me deixa triste._ sem perceber deixo uma lágrima cair em meu rosto.

Junkyu - ei por favor não chora._ ele para de caminhar e me abraça. - eu estou aqui com você, não precisa ter medo, eu vou estar ao seu lado para tudo e prometo que nunca vou te abandonar.

- promete?._ o olho

Junkyu - prometo.

sorrio.

Hyunsuk - sabiam que é proibido namorar na escola._ me separo de Junkyu.

- da um tempo Hyunsuk._ reviro os olhos e o mesmo ri.

Hyunsuk era também meu melhor amigo, ele foi a primeira pessoa que fiz amizade quando cheguei na Correia.

o sinal bate.

Junkyu - vamos para sala antes que aquela professora chata chegue.

rimos e fomos para a sala.

sento em meu lugar e Junkyu senta em meu lado.

Professora - bom dia alunos._ entra na sala. - abram seus livros na página 12.


(...) 

- acho isso perda de tempo._ me sento na arquibancada.

agora estava-mos na aula de educação física.

Yedam - pare de ser chata S/n._ revira os olhos. - é só uma festa._ senta em meu lado.

- por isto mesmo, não gosto de festas.

Yoshinori - parece que vai ser difícil convencer ela._ senta no lado do Yedam.

- tá, eu vou.

Yedam, Yoshinori - aeee._ eles comemoram.

- quando vai ser?

Yedam - nesse sábado.

- bom vou ver se vou conseguir ir, vai depender do que o médico falar._ dou de ombros.

Yedam - aé me esqueci.


(...) 


professor - bom alunos, hoje vou passar um trabalho em dupla, vocês vão ter que fazer um trabalho sobre o a Guerra fria. pode montar as duplas e se precisarem de livros vão até a biblioteca.

Junkyu junta a carteira junto a mim.

- bom veja nesse livro e eu vou até a biblioteca.

peço permissão para o professor e o mesmo me libera.


(...)


S/m - comam alguma coisa antes de ir na clínica.

Junkyu - muito obrigado mas não estou com fome.

- eu vou comer._ coloco minha mochila na bancada, me sento e começo a comer.

(...) 


S/m - vamos então._ eu e Junkyu estávamos sentados no sofá 

- vamos._ levanto e Junkyu também.

saímos de casa e entramos no carro.

sento no banco de trás  com Junkyu, encosto minha cabeça no ombro do mesmo e assim fomos até a clínica.


(...)


já estava deitada na maca com minha mãe e Junkyu.

o médico entra.

médico - vamos começar.



contínua...










Notas Finais


gente desculpa as muitas quebras de tempo prometo que no próximo capítulo não vai ter muitos kkkk e desculpa também o capítulo curto.

até a próxima💗


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...