História Seja uma boa menina!! - Capítulo 6


Escrita por:

Postado
Categorias .hack//Liminality
Visualizações 7
Palavras 1.172
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção Adolescente, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oiii gente tudo bem desculpe a demora mais ai esta o cap

Capítulo 6 - O que ele tem?


Fanfic / Fanfiction Seja uma boa menina!! - Capítulo 6 - O que ele tem?

Eu acordei em um lugar diferente da "minha" cela, não sabia onde estava. Mais sabia que estava em um quarto escuro, não dava pra ver muita coisa, mais consegui ver que era um quarto bem bonito, tinha o chão de madeira com um tapete branco, uma penteadeira e um guarda roupa daqueles antigos da cor branca , uma porta que dava no banheiro, uma estante cheia de livros e um sofa vermelho, uma cama de casal com aquelas cortinas em volta 

Me levantei da cama e fui direto para porta , onde dei direto em um corredor com quatro portas, andei ate a porta que estava na minha frente e dei de cara com uma biblioteca 

A mesma era enorme com estantes que batiam no teto, ate precisava de uma escada para pegar os livros la em cima, era tão grande que acho que acho que me perdia só de olhar , e no centro avia uma mesa com duas poltronas , um tapete branco e um sofá, tudo ali dentro era lindo 

Sai de la e fui direto para a escada, quando dessi dei de cara com coisas destruidas  e um monte  de garrafas de cerveja  e vodika, e um monte de pessoas de pessoas desacordadas  fui para a cozinha com cuidado para não  acordar ninguem , quando cheguei la  dei de cara com uma cozinha toda suja e bagunsada , pelo visto a festa foi boa , mesmo não sabendo quando essa festa começou 

Dei uma arrumada na cozinha , e depois  fui  fazer o café da manhã , fiz  bastante comida ja  que tinha bastante gente aqui , fiz panquecas , café, suco de uva , ovos com bacon e um bolo de cenoura com chocolate 

Tudo estava cheirando muito bem , fui ate a sala para tentar acordar  as pessoas que pra mim eram desconhecidas, mais sem sucesso , então fui procurar o bill 

O encontrei deitado na sala ou melhor dizendo no chão da sala  fui ate ele devagar para não acorda-lo   admito que ele ate parecia um anjo dormindo , mais só parecia mesmo 

Acabei de ter  uma ideia ,vou acorda-lo  da melhor forma possivel  kk ,fui para cima do sofá e dei um pulo

-ACORDAAAAA!!!!!!!-dei um pulo em cima dele

-AII FILHA DA PUTA-ele disse isso olhando pra mim com cara de sono e de raiva ao mesmo tempo

-a culpa não e minha se vc ta dormindo no meio da sala  seu idiota 

-estrela, estrela  vc esta fudida acho melhor correr 

-bi-bill calma la eu só acordei vc para vc acordar essa pessoas para irem tomar café da manhã

-sei............eu só faço isso se vc sair de cima de mim- foi ai que eu me toquei que estava sentada em cima dele 

-de - desculpe e-eu  v-vou - por que estou gaguejando , quando ia me levantar, sinto ele agarrar minha cintura me forçando para baixo de novo 

-fala serio  mabel me provocando assim, vc não tem vergonha não- ele  falou isso no meu ouvido quase num sussurro 

O empurrei ,rapidamente levantei e corri para a cozinha , cara faz só tres dias que estou aqui e isso esta acontecendo, e por que cinto que isso ja aconteceu antes , fui tirada rapidamente de meus pensamentos quando escutei  o bill acordando  os outros 

Eles se centaran  na mesa e eu coloquei a comida sobre a mesa , pude ver alguns deles me olharam surpresos outros com cara de malicia e outros nem ligaram , depois de ter  colocado a comida na mesa fui para as escadas do porão mais antes que eu pudesse desser escutei bill me chamando 

-o que vc quer bill- disse o olhando com raiva 

-onde vc pensa que vai?- ele diz com cara de raiva olhando pra mim 

-pra onde mais eu iria, e obivio que e pra minha cela- disse em um tom de deboche, o desafiando e o olhando com cara de raiva

Estava virando para ir embora, quando sinto alguem pegar o meu braço, quando olhei era bill me segurando com força 

Percebi que ele estava com o olho e o cabelo vermelho, ele estava com raiva, muita raiva 

-olha o jeito que vc fala comigo escrava - ele disse isso mesmo esse filha da puta só pode estar brincando com a minha cara

- O JEITO QUE EU FALO COM VC!!!!, E SERIO ISSO CIPHER, VC TENTOU ME MATAR, ME JOGOU EM UMA PAREDE , ME SEQUESTROU E AINDA QUER QUE EU TENHA RESPEITO, SABE O QUE EU QUERO CIPHER, QUERO QUE VC VA PRO INFERNO 

acho que não deveria ter gritado , pois senti um tapa bem forte na minha cara, e depois me senti sendo arrastada  pelo braço  ate as escadas que levavam para o quarto em que eu  acordei , ele abriu a porta e me jogou com tudo no chão . O mesmo entrou e trancou a porta , e depois se virou pra mim me olhando com raiva 

-O que vc pensa que estava fazendo la em baixo em estrela maldita

-vc não e meu mestre, e nunca vai ser, vc pode me torturar ou ate mesmo me matar , mais eu nunca serei submisa a vc 

- vc acha mesmo que tem escolha estrela , vou mostrar a vc que não existem escolhas comigo 

Quando ele disse isso eu gelei , provavelmente iria morrer, mais ao inveis disso ele me pegou no colo e me colocou na cama 

-mais o que.......- antes que eu pude-se terminar a minha frase, senti nossos labios  se juntarem,  um beijo muito necessitado ate parecia que eu ja tinha  sentido antes , nem percebi que tinha cido deitada na cama , ele me beija com brutalidade, pude sentir suas mãos paseando pelo meu corpo , nos encerramos o beijo pela falta de ar, ele desseu para meu pescoço pude sentir sua respiraçao contra minha pele 

"Bill on" 

Deus que saudade que eu estava desse beijo desse cheiro, por que tinha que ter deixado ela ir, podia muito bem ter continuado meu estranhagedon, assim ainda a teria, teria suas memoria 

Estava beijando seu pescoço que logo se tornaram mordidas e chupões , passava minha lingua  nos chupões que agora estavam senciveis , pude escutar seus gemidos baixos, sua pele se arrepiar ,dessi minha mão ate seu seio esquerdo e o apertei com força, isso fez seus gemidos almentaren, acho que aperte com muita força, por que seu gemido foi alto, mais desde quando eu ligo pra isso, quanto mais alto mais quente e excitado eu fico 

Nunca achei que essa causa ficaria tão apertada, a cada gemido dela me deixa mais e mais excitado  , mais infelizmente minha diversão durou pouco

Escutei algum maldito ser bater na porta 

- QUEM E  -  digo inrritado por terem me interronpido 

-bill vc tem visita 

 Me levanto de cima dela e vou ate a porta, quando a abro dou de cara com duas pessoas que eu não queria ver nem mortas

- O QUE VCS FAZEM AQUI!!!

continua.............

 

 


Notas Finais


Descupe qualquer erro e espero que tenham gostado


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...