1. Spirit Fanfics >
  2. Selinho, cafuné e uma foda- imagine >
  3. "Mommy? Que porra é essa?" (Cap 1)

História Selinho, cafuné e uma foda- imagine - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Vou tentar sempre atualizar a fic

Capítulo 1 - "Mommy? Que porra é essa?" (Cap 1)


Fanfic / Fanfiction Selinho, cafuné e uma foda- imagine - Capítulo 1 - "Mommy? Que porra é essa?" (Cap 1)

" —Mais fundo… ah

>Você gosta quando eu faço isso?

*Afunda os dedos em sua vagina*

— Eu gosto… Me fode.. Mais.. Não para.. Eu tô quase.."

>S/n?

*Diz sua namorada te acordando de seu prazeroso sonho*

—Hum?

> Por que você tá com a mão na minha...

*Você olha para sua mão e vê que ela está na intimidade de sua parceira, como se fosse bater uma siririca*

— DESCULPA, DESCULPA! EU NAO SEI O QUE DEU EM MIM!

* Você retira sua mão rapidamente assim que percebe*

> Tá com vontade de da o cu avisa, eu como

— É que no sonho nós…

> Nós…?

— Nada deixa quieto

> Tá bom então

*Ela beija seus lábios, levanta da cama lentamente, você tem uma perfeita visão do corpo de sua namorada, ela está apenas de calcinha e um blusão, sua franja bagunçada te deixa com mais vontade de fuder com ela*

> Gostou? Tira foto

— Na verdade eu queria tirar sua roupa…

>Vem, não vou reclamar

— Sério?

> Para com essa boiolagem s/n

— Aff

*Você volta a dormir e quando acorda percebe que sua namorada já foi trabalhar, ela trabalha na empresa de seus pais, YangJun, uma empresa multi milionária. Você, uma artista e "escritora" trabalha em casa.*

*Ao sair de seu quarto, você se depara com sua enorme e fria casa, sem sua parceira parece que a casa não tem o mesmo clima, sua namorada é sempre tão ocupada, você passa o dia em casa sozinha… Mas, você não se sente tão só, você faz tudo que quer sem regras pra seguir*

*Você desce as escadas indo em direção a cozinha, você pega seu achocolatado pronto e vai direto para seu escritório passar mais um dia estressante*

Quebra de tempo

*Após um longo dia de trabalho, você está no seu sofá jogando seu game Favorito, quando escuta barulhos de chave e vê sua namorada entrando pela sala. Sem pensar duas vezes corre em direção a mesma e a abraça*

— Que saudades da minha bebê

>Eu que estava com saudades de olhar em seus olhos.

— Para eu fico besta assim!

*Com muitos e muitos beijos intensos, ela te carrega até o sofá novamente, te deixando sentada no colo da mesma*

|[SCENE 18]|

As coisa estavam ficando mais quentes, ela alisava seu corpo suavemente, você sente que sua namorada quer mais que beijos dessa vez…

Devagar você desabotoa o blazer preto dela, deixando em visão de seus belos seios redondos cobertos pelo sutiã de renda branco, que logo foi retirado

Com pressa ela tira sua camiseta e logo em seguida seu pequeno top que cobria seus seios redondos tanto quanto os dela

Enquanto o beijo se intensificava cada vez mais, os peitos de ambas se esfregavam, se filmassem essa cena daria um ótimo porno.

Aos poucos as duas estavam se deitando sobre o sofá, lentamente ela estava tirando seu pequeno shorts junto de sua calcinha que já se encontrava muito molhada.

Ela estava completamente deitada e você em cima na famosa posição mamãe (de quatro) ela tira a própria calça junto da calcinha deixando a pequena e fechada buceta completamente molhada.

Você encosta sua vagina com a de sua parceira e começa a fazer movimentos que lembram estocadas, enquanto ela apoiava as pequenas mãos em sua cintura ditando os movimentos.

>A-amor

— Diga-a

> Vai pro-o quarto te-tenho um presente-te pra você ah.

Você vai desacelerando os movimentos e sobe para o quarto assim como ela pediu

Você não aguentava mais esperar ela chegar, você quer ter uma foda logo

Quando você mais esperava, ela entra no quarto com uma cinta, mas não qualquer cinta, uma cinta peniana, na qual havia um penis pendurado. Se exitar ela te põe na cama com brutalidade e começa a te penetrar rapidamente, em certos momentos você recebia tapas em seu rosto e nádega, puxões de pescoço e no cabelo, mas não pode negar, aquilo te deixa excitada.

—Você-ê ahh, não quer ah, sentir?

Você diz isso, mas não imagina que dentro dessa cinta há um plug que está vibrando dentro dela

> Cala boca-a 

Com movimentos bruscos ela coloca suas pernas nos próprios ombros e começa a penetrar sua buceta com a língua, você grita de tesão, aquilo é tão bom. Você sai de seus pensamentos quando percebe que ela acaba de colocar a própria vagina em seu rosto, você logo começa a chupa-la como nunca chupou algo antes, ela geme, geme muito. Você sente um líquido quente descendo em sua boca, ela chegou no limite, mas você não, ela desce de seu rosto e sem avisar ela penetra dois dedos na sua entrada. Momentos depois você solta seu gozo, e ela lambe os dedos. 

Depois de tanto sexo, vocês se deitaram uma do lado da outra, suadas e ofegantes, quando você está quase caindo no sono, você escuta:

>Eu quero ser sua mommy…

—Mommy? Que porra é essa?


Notas Finais


Espero que tenham gostado, nessa fic ainda vai ter muito mais kkkk

Bom dia/boa tarde/ boa noite!
❤️🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...