História Sem consentimento - Capítulo 13


Escrita por:

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Harry Potter, Tom Riddle Sr.
Tags Tomarry
Visualizações 1.197
Palavras 1.852
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Magia, Romance e Novela, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Espero que gostem 😗

Capítulo 13 - Mais mistérios


Fanfic / Fanfiction Sem consentimento - Capítulo 13 - Mais mistérios

         

Cap 13- Mais mistérios




Altos rugidos e soluços podiam ser ouvidos dentro daquele cômodo escuro apenas iluminado por três velas

O pobre ômega reprimia seus gritos de dor porém as lágrimas eram quase impossíveis e assim elas trilhavam suas bochechas rosadas e com uma marca vermelha de uma mão em uma delas

O alfa de longos de cor quase ruivos segurava fortemente as pernas do mais fraco que apenas tentava a todo custo se livrar de seu aperto do alfa porém suas mãos já não aguentavam mais já que o alfa era incrivelmente mais forte

- I-SSO É POR TER MENTIDO PARA MIM !!!!- gritou o alfa furioso usando sua voz de comando enquanto continuava a estocar agressivamente o interior de seu ômega que apenas começou a finalmente gritar e a aumentar o seu choro enquanto tinha o corpo cruelmente violentado naquela enorme cama que se remexia sem parar

- Paree...- pediu sôfrego- Por...f-favor..

O ômega não via a hora daquela maldita tortura acabar

- E-eu ...quero .. que olhe nos meus olhos e me prometa que não irá mais mentir ..- ordenou o quase ruivo completamente suado enquanto arfava porém sem parar de se mexer no Interior de seu predestinado

O ômega tentava recuperar seu fôlego para responder o alfa de longos cabelos que batiam levemente em seu rosto

- E-eu..p-roometo - falou o pobre ômega de cabelos de um loiro claro que tinha sua voz totalmente rouca e fraca

- Bom...- foi tudo o que o alfa disse antes de se derramar dentro do ômega pela nona vez naquele dia e se retirar finalmente de dentro do seu omega que apenas deu um gemido de dor

Quando o alfa se afastou de perto do loiro o pequeno se arrastou com dificuldade até o canto da cama enquanto tentava se cobrir com o resto de suas roupas que se encontravam bastante rasgadas por culpa da agressividade de seu alfa 

O pobre ômega observava o alfa ao que era marcado pelo mesmo, fazerr bandeja cheia de guloseimas aparecer sobre a velha cômoda enquanto acendia as outras velas para iluminarem mais o lugar que era uma antiga cela que foi transformada em um cômodo luxuoso por assim dizer

- Irei indo Gellert ...- falou o alfa arrumando seus longos cabelos ruivos meio marrons e suas roupas chiques - talvez eu volte ainda nesta semana passar bem e tenha um bom apetite - foi tudo o que disse antes de fechar a porta de ferro em um estrondo e a lacrar com um feitiço de aprisionamento

E por fim o pobre ômega se pode se ver novamente sozinho em sua cela enquanto deixava seus últimos minutos de consciência antes de cair no mundo dos sonhos



.....




Draco ajeitava sua gravata azul com calma porém seu coração parecia que poderia explodir a qualquer momento pois seria naquela noite que iria falar para o seu pao sobre os gêmeos e isso lhe deixava a mil

- Está pronto meu filho ?- perguntou Narcisa ao entrar no quarto do filho

A ômega trajava um belo e longo vestido nas cores verde e prata e seus cabelos loiros se encontravam soltos assim a deixando jovial

- Estou mãe - respondeu o mais novo se virando para a mais velha - Como estou ?- perguntou o loiro

- Está maravilhoso - elogiou a loira observando o terno preto e muito bem justo nas partes certas - Seu pai irá morrer de ciúmes quando lhe ver assim

- Bom eu acho que ele vai morrer duas vezes - começou Draco se referindo ao gêmeos

- Hora meu filho não fique nervoso eu estarei lá com você - confortou a mais velha com doce sorriso fazendo seu filho da um pequeno sorriso também e apenas acenou possitivamente



...




Harry não saia por nada de perto de Tom

Não havia muitas pessoas porém mesmo assim o jovem ômega se sentia pouco a vontade pois as mesmas não paravam de olhar para si com curiosidade e "alguns" com desejo

- Fique tranquilo ...- falou Tom - em sua forma humana- para apenas Harry escultar

- Por falar nisso porque está nesta forma?- perguntou menor baixinho

- Todos daqui sabem que está é minha verdadeira forma apenas os outros comensais que não - explicou

E logo os dois voltaram a ficar em silêncio Harry observando os convidados enquanto Voldemort cumprimentava alguns

- Meu Lord - falou uma mulher de cabelos negros que logo Harry reconheceu como Bellatrix Rosier Black Lestrange que se encontrava sozinha já que seu marido estava em missão

A mulher assim que parou sua reverência e viu o jovem Potter ao lado de seu mestre apenas deu um leve sorriso coisa totalmente inesperada e diferente da verdadeira personalidade da beta

Harry ficou observando a mesma que logo se pôs a andar pelo o enorme salão da mansão em seu vestido negro cheio de brilho e rendas

Engolindo em seco o mais novo voltou a observar as pessoas da festa o mesmo podia ver ao longe Snape que estava a ser cortejado por um alfa enquanto Noah encarava o alfa atrevido mortalmente, coisa que deixou Harry bastante interessado

Com calma arrumou seu óculos redondos em seu rosto enquanto ouvia mais sons de aparatação preencher o local

E quando se virou para o lugar por onde todas as pessoas apareciam pode ver Draco Malfoy junto de seus pais que se encontrava incrívelmente elegantes

O loiro ainda não havia percebido a presença de Harry já que se encontrava completamente nervoso ,o mesmo apenas era guiado por seu pai que segurava a sua mão enquanto tinha os braços da mulher rodeando em seu outro braço

- Meu Lord - falou Lucius Malfoy um alto alfa de cabelos prateados e olhos de um azul acinzentado que fez uma pequena reverência

- Boa noite senhor - cumprimentou Narcisa e Draco ao mesmo tempo

- Boa noite - falou Tom apenas inclinando levemente a cabeça para depois levar sua atenção ao jovem Malfoy - Jovem Draco a quanto tempo ..- comentou o mais velho que recebeu um leve sorriso por parte do mais novo

Os adultos trocaram mais algumas palavras e Draco ainda não havia percebido o jovem Potter já que o mesmo estava ocupado procurando por certas pessoas

Assim que a família já ia se afastar Harry chamou a atenção de Draco que assim que viu o ômega arregalou os olhos

- Voldem...quer dizer Tom eu poderia conversar com Draco ...a sós - pediu o pequeno com seus grandes olhos esverdeados direcionados para o seu alfa que não viu outra opção

- Claro Harry - permitiu Voldemort com um leve sorriso - mais seja rápido

E sem perder tempo o jovem Potter agarrou o braço do loiro e o arrastou para um lugar mais calma ou seja a sala de estar onde ninguém se encontrava

- Então...você ...- começou Draco perplexo já que a última coisa que se passava em sua cabeça era que poderia ser Harry Potter ali naquele lugar cheio de comensais poderosos

Porém o loiro logo foi surpreendido por um abraço que o ômega mais baixo lhe deu

- Não... fale nada apenas ...estava sentindo falta de ver alguém da minha idade ...- comentou Harry com um biquinho porém o jovem estava feliz em ver o loiro mesmo os dois se "odiando" na escola mais na verdade eram apenas simples provocações nada mais mesmo que algumas vezes ficassem com raiva um do outro porém o jovem Potter via bondade em certas coisas que o Malfoy fazia

Malfoy apenas deu uma leve risada

- O Weasley e a Granger estão preocupados com você - falou o ômega loiro

- Como eles estão ?- perguntou ao terminar de abraçar o sonserino

- Estão..bem ..bom a Hermione está legal ...já o Rony..nem tanto - respondeu o loiro se sentando em uma das poltronas de frente para o de cabelos negros

- Como assim o Ron está doente ?- perguntou preocupado

- Não...ele bom..apenas foi rejeitado pelo o próprio predestinado - respondeu meio receoso

Harry na mesma hora arregalou seus olhos

- Quem foi o imbecil que fez isso com ele ?- perguntou com raiva

- Foi .... Blàsio eu e Pansy ainda tentamos mudar seu pensamento porém...- falou em um suspiro

Harry apenas bufou de raiva mais estava ao mesmo tempo preocupado com o amigo

- Quando isso aconteceu? como ele está depois disso tudo ?- perguntou de uma vez

- Bom já tem uns três dias...e ele está um tanto tristonho porém não tão ruim já que o pessoal tenta a todo momento alegrar ele - respondeu com um pequeno sorriso

Harry apenas suspirou e se sentou ao lado de Draco e o pequeno ômega de olhos esverdeados notou que o loiro parecia procurar por alguém

- Quem você está procurando ?- perguntou curioso como sempre era

O loiro engoliu em seco e logo corou fortemente o que fez Harry arquear uma de suas sombrancelhas

- Espere é..um alfa ?!- perguntou o ômega quase em um grito 

- Se acalma...- pediu o loiro porém os dois jovens logo foram tirados de sua tranquila conversa quando Narcisa apareceu na sala 

- Meus queridos vamos o Lorde irá apresentar os novos comensais - chamou a mulher que observava atentamente os dois garotos

Assim que os três chegaram até o salão de frente a escadaria do segundo andar puderam ver Voldemort no quinto degrau da escada enquanto ao seu lado havia três pessoas mascaradas e Nagini que na verdade se encontrava sobre seus ombros e braços

- Vá- mandou Narcisa ao jovem Harry que apenas a encarou confusa - o lorde quer que você fique ao lado dele - explicou 

- Boa noite a todos - começou o bruxo de olhos cor de rubi- Hoje três jovens vinheram se juntar a nós pela nossa causa !!- falou calmamente e logo as pessoas presentes começaram a bater palmas - primeiro antes de tudo teram que receber a marca negra - Dalai olhando para as três pessoas ao seu lado - do maior para o menor - ordenou 

E logo um dos que usava uma túnica com capulz azul ficou de frente para si e sem muita pressa o lorde tocou sua varinha no pulso do braço esquerdo que logo teve um símbolo de uma cavera com uma serpente saindo pela boca gravado na carne coisa que fascinou o pequeno ômega de olhos verdes sentimento este que o alfa sentiu pela marca e fez seu ego aumentar

E assim se seguiu com as outras duas pessoas de túnicas vermelhas e ao terminar daquele pequeno cerimônia todos os comensais deram leves palmas 

- Agora podem revelar suas identidades - falou Tom que agora ou puxava Harry para mais perto de si 

O primeiro ao qual foi o de tunica azul  que ao abaixar seu capuz revelou vários cachos loiro e brincos de peculiares que porém Harry identificou na hora já que apenas uma pessoa poderia usar aqueles assessórios

E por fim Luna Lovegood se revelou a todos com um simpático sorriso e todos no recinto se surpreenderam com tal revelação 

- Luna Lovegood ao dispor de todos - cumprimentou a jovem 

E sem demora os outros dois indivíduos se apresentaram e esse foi o momento de todos ficarem completamente surpresos 

Pois não se tratavam de ninguém menos do que os gêmeos Weasleys ao qual quase ''toda'' família fazia parte da ordem da Fênix

- Fred e Jorge Weasley ao dispor de vocês!! - falaram os ruivos ao mesmo tempo




...



Continua?...


Notas Finais


Teorias 😗😊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...