História Sem Limites - Capítulo 10


Escrita por:

Postado
Categorias Cúmplices de um Resgate
Tags Cumplices De Um Resgate, Judre, Majo, Teobela
Visualizações 107
Palavras 1.200
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oii! Tudo bom com vocês? Comigo esta tudo bem. 🙂🙂
Demorei para postar, né? Podem me matar!
Mas foi por um bom motivo que eu não postei domingo, e esperei para postar hoje! (Leiam as notas finais para saberem)
E antes que eu me esqueça, obrigada pelos 30 favoritos! (Tem haver com o motivo que eu deixei de postar domingo!)
Importante: Leiam as notas finais!!!

Boa Leitura!

Capítulo 10 - Assunto de menininhas


Joaquim P.O.V

 

André- Aqui parece bem maior sem essas caixas no chão!

O porão depois daquela grande faxina, parecia bem maior, e mais iluminado. Ele agora era do tamanho de um quarto bem grande, ou de uma sala de jantar.

As paredes eram cinzas, e existiam 5 armários que agora podíamos ver detalhadamente. O primeiro era o maior, era comprido e tinha duas portas, foi nele onde guardamos os livros.

O segundo armário era menor e nele existia algumas prateleiras, onde colocamos alguns papeis soltos e objetos que encontrávamos.

Os outros armários estavam provisoriamente sem nada.

Todos estavam admirando o local, olhando cada detalhe, mesmo estando um pouco escuro. Estavam felizes por aquela arrumação ter valido a pena.

Manu- Quantas horas são?

Julia- 18:30.

Manu- Já está tarde, melhor irmos embora. Além de que amanhã temos aula e precisamos descansar.

Téo- Concordo estou todo dolorido.

Isa- Digo o mesmo.

Julia- Então vamos embora e amanhã nos encontramos na escola, e decidimos que dia iremos revistar esses livros.

Assim, minha irmã nos levitou de novo e subimos para a entrada da casa. E cada um foi em rumo a sua casa.

Meu caminho com a Julia foi bastante silencioso, estávamos tão cansados que agora eu só queria tomar bainho e ir dormir.

Chegamos em casa, e minha mãe estava na cozinha. Fazendo algum lanche, e logo eu e a Julia nos sentamos para lanchar junto com ela.

Tinha pão de queijo, e alguns sanduiches.

Mãe- Estavam mesmo com fome!

Escutamos a voz do meu pai ao fundo chegando próximo a nós.

Pai- Nem me esperaram para lanchar.

Dizia fazendo uma carinha triste, fazendo todos nós rirmos.

Depois disso fui para o meu quarto, e segui em direção a minha suíte. Tomei um belo banho e depois me joguei na cama.

E logo depois cochilei.

 

-------------------------------------------------------Quebra de tempo----------------------------------------------

 

Julia P.O.V

 

Peeeeeeeemmmm!

 

Como tem gente que fica feliz em acordar cedo?! Essas pessoas deveriam estar em um manicômio por que isso não é normal!

(Autora: Que escandalosa! Tudo isso é por que tem que acordar cedo?)

Vou direto para o meu banheiro. Lavo meu rosto, para ver se eu acordo, e vou direto para o chuveiro. Tomo um banho rápido. Vesti meu uniforme e coloco por cima um cardigan que era um pouco maior do que o comprimento da saia.

(O cardigan, conseguia alcançar no comprimento o tamanho da saia)

Passei um corretivo, um rímel e um gloss, e fui para a cozinha tomar café da manhã. Dei bom dia para os meus pais.

Minha mãe era a única da família que gostava de acordar cedo. Ela estava tomando café e parecia feliz, já meu pai... estava quase cochilando por cima do cereal. Nesse meio tempo o Joaquim desceu.

Depois disso fomos direto para o carro, onde o Pedro já estava nos esperando.

Comecei a mexer no telefone, e com ele olhei o cronograma de provas da primeira etapa. Estavam longe e por isso suspirei aliviada, e vi que hoje sexta feira! SEXTA FEIRA! Último dia de aula da semana!

Chegamos na escola e fui encontrar minhas “amigas”. Elas são até que legais, mas as vezes elas são muito chatas, se fosse para escolher eu preferia ter a companhia da Manu e da Isa, mesmo conhecendo elas a pouco tempo.

Eu- O que aconteceu? _ elas estavam bastante animadas, deve ter acontecido alguma coisa.

Bianca era uma patricinha, uma menina muito mimada e loirinha, que dava gritos que eram mais agudos do que os falsetes da Mc Mellody.

Bianca- Você não está sabendo? A Laura do 2 ano- B, vai dar uma festa amanhã em comemoração ao início do período letivo e convidou todas as pessoas do 1 ano!

Eu- Vai ser que horas?

Bianca- 20:00! Estou tão animada! Já te mandei o endereço da onde vai ser a festa! _ dizia ela enquanto mexia no celular.

Nessa hora vejo as gêmeas chegando, eu iria conversar com elas mais nessa hora o sinal tocou, indicando o início das aulas daquela manhã.

E nesse tempo tivemos aula de português, matemática e geografia. Uma aula pior que a outra!

Mas graças a deus chegou a hora do recreio!

Estava pegando meu lanche, escolhi um pão de queijo e um suco, e fui me sentar.

Bianca e as outras meninas me chamaram para sentar com elas, mas inventei uma desculpa qualquer para sentar com a Isa, o Téo e o André.

Parece que não foi só eu que estava fugindo dos “amiguinhos”, pois vi o Joaquim vindo em nossa direção. E como eu se sentou junto a gente.

Começamos a conversar. Estava tudo bastante animado, e querendo ou não chamávamos a atenção das outras pessoas com nossos risos, ou pelos os novatos já estarem sentando comigo e com o Joaquim.

Na escola eu e o meu irmão, somos considerados “populares”, pois conhecemos quase todo mundo, e nos damos bem com todos.

Eu sei que a Bianca e suas amigas, as vezes ficam perto de mim por conta desse título, e quem me conhece sabe que eu odeio completamente essas coisas.

Com as gêmeas, o Téo, o André e o meu irmão, eu sinto que não estou escondendo minha verdadeira essência. Eu não preciso fingir ser uma pessoa que eu não sou. Eu simplesmente sou eu mesma, sendo completamente estranha.

Pensando nisso, acho que todos nós nos sentimos assim. Meio deslocados, e não sabendo onde se encaixar.

(Autora: Como a Julia está filosófica hoje não é mesmo?)

Estava perdida nos meus pensamentos...

Manu- Julia, você está bem?

Eu- Claro! _ digo voltando minha atenção para a conversa_ já estão sabendo sobre a festa em comemoração do início das aulas?

Todos pareciam meio confusos, menos o Joaquim. Provavelmente um dos amigos idiotas dele já devia ter comentado.

Julia- Uma menina do 2 ano, irá fazer uma festa amanhã ás 20 h, e convidou todo mundo do 1 ano.

André- Nunca vi comemorar início das aulas. Deveríamos estar chorando invés de comemorando!

Começamos a rir do comentário do André.

Isa- E aonde vai ser?

Eu- Pensei que a gente, poderia marcar de se encontrar em algum lugar, e depois irmos todos juntos para a festa. Vocês vão né?

Isa- Claro que vamos!

Manu- Eu não sei. Chegamos agora na escola e quase não conhecemos ninguém.

Joaquim- Por isso mesmo. Vocês irão se enturmar! _ dizia tentando convence-la.

Julia- Vamos nos encontrar na minha casa. Isa, Manu nós podíamos nos arrumar juntas. _ disse ignorando o que a Manu disse sobre não ir.

Isa- Pode ser, mas preciso comprar uma roupa nova. Quero chegar arrasando nessa festa_ dizia em quanto sorria_ que tal nós irmos no shopping hoje?

Julia- ok, tem certeza... você provavelmente tem muitas roupas, não precisa comprar uma nova só para ir nessa festa..._ ir ao shopping não era minha diversão favorita.

Isa- E quem disse que é para mim? _ ela disse olhando para a Manu, o que fez a própria dar um meio sorriso.

Julia-  Encontro vocês na escola ás 14 h? _ dizia entendendo o que a Isa queria dizer

Isa- Combinado!

Joaquim- Agora parem de falar desses assuntos de menininha, por que daqui a pouco bate o sinal!

                                               

                                                                                   “ Assunto de menininha! ”


Notas Finais


Gostaram?
Essa festa vai dar o que falar! Se preparem!
Nesse capitulo senti que a Julia é muito filosofica! kkk. E o Joaquim querendo que a Manu vai? Safadinho!
Explicação/Especial!
Eu deixei de postar domingo, pois quero fazer uma maratona de 3 dias, em comemoração aos 30 favoritos! E este é o primeiro capitulo da maratona!
Esse é o capitulo de sexta (hoje), amanhã (sabado) vai ter um outro capitulo e domingo dois capitulos, com o total e 4 capitulos seguidos!

Um beijão com marca de batom e até amanhã!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...