História Sem limites. - Capítulo 33


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Kakahina, Missões, Sasuhina, Sentimentos Confusos
Visualizações 69
Palavras 632
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Festa, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oieee meu amores, como vocês estão?

Capítulo 33 - Quem é você de verdade?


Hinata pov

Depois do meu momento magnífico com o sensei. Nos vestimos e voltamos para a Vila ao encontro dos outros. Foi um dia de festival para todos, o que finalizou a noite. Era tão bom essa sensação, de paz, de alegria, de festividades. 

- Kakashi sensei, estou me sentindo cansada. - Falei, um pouco sonolenta. 

- Está tarde para voltar ao Clã Hyuuga. Venha para meu alojamento. Fica comigo esta noite. - Disse de um modo malicioso. Pelas suas palavras, eu duvidava muito que fugiria de suas garras. 

- Hai. - Sorri sem jeito. 


Sasuke pov 

Passou-se uma semana do ocorrido. Eu estava no Distrito dos Uchiha. Onde estava sozinho. Não por muito tempo, senti que alguém se aproximava. Era uma presença super familiar. 

- O que faz aqui, Itachi? - Nem precisei olhar para saber que era ele.

- Vim vigiar meu irmãozinho. - Disse de um jeito irônico. 

- Não preciso de um vigia. - Também fui irônico. 

Sem tempo de reação, caí em um genjutsu do meu irmão. Ele me levou quando houve o massacre do Clã Uchiha. Ele me mostrou tudo, detalhe por detalhe. Até chegar a uma conclusão que tudo o que ele fez foi para me proteger. Era só o que interessava para ele. Minha vida. 

Depois voltei a si, saindo de seu genjutsu. Ele me olhava sério. 

- Por que você me mostrou tudo isso? - Estava me segurando para não deixar as lágrimas cair. Eu sou um Uchiha, estou diante do meu irmão mais velho, não posso ser um fraco. Não foi isso que ele tentou me ensinar.

- Eu só queria te mostrar a verdade. Eu vi o quão uma mulher te deixou diferente, você não tinha que carregar tanto ódio em suas costas. Acabei deixando você carregar por muito tempo. Você merece viver sua vida normalmente.

Não pude deixar de sorri.

- Obrigado, Itachi. 

- Agora devo ir, você tem um clã para comandar. - Ele sorriu.

- Claro. Se quiser aparecer.. 

Ele deu um sorriso um breve aceno com a cabeça, depois virou as costas indo embora. 



No dia seguinte, coloquei na cabeça que iria atrás daquela Hyuuga, poderia começar uma nova vida. Deixar todo esse ódio de lado e viver como um garoto normal. 

Saí do Distrito e fui dar uma caminhada pra iniciar o dia. Iria para a cachoeira. 

Chegando lá, acabo me deparando com um mulher pequena, ela colhia algumas flores. Seu cabelo voando com a brisa, seus lábios rosados, usava uma blusa azul escuro que realçava muito bem suas curvas, sem contar os grandes seios. Podia ser usado como um travesseiro. O que você está falando, Sasuke? Pensamentos impuros! Por baixo usava uma calça da mesma cor, mas uma calça colada, que deixava sua traseira bem avantajada.. Balancei a cabeça negativamente, tentando afastar os pensamentos impuros querendo tomar conta de mim novamente. E resolvi me aproximar..

- Lilly? - A chamei. Ela parou com as flores e olhou em minha direção. Seu olhar pareceu se iluminar ao me ver ali. 

- Sa-Sasuke? 

- Incomodo? 

- N-nunca. - Gaguejou. Ficando sem graça com o que acabou de dizer. De uma coisa eu tinha certeza, ela ficava desconcertada com minha presença. 

- Está com medo de mim?

- N-não, por que es-taria? - Tremeu.

- Por que você não para de tremer e está gaguejando. Sou tão assustador assim?

- Na verdade não. - Ela falou sem gaguejar. Já era um começo. - Papai me disse sobre os Uchihas.

- Falou bem? Por que os Uchihas tem um histórico horrível. - Sorri para amenizar o clima.

Ela deu um sorriso sem jeito. 

- De fato. Mas você não aparenta ser horrível. 

- As aparências engana, Hyuuga. 

- Então me diga.. Quem é você de verdade? - Disse em tom de desafio.




Notas Finais


Eita, mas uma Hyuuga pra colocar o Sasuke na linha kkkk.

Obs: Gente, os capítulos vai no 34 ou 35 e finalizou essa fic. Agradeço aos leitores que me acompanharam desde o início.. Mas tenho uma novidade, farei outra fic do Naruto, sendo a Hinata a protagonista novamente, mas ainda não sei com quem ela fará par romântico. Ainda estou pensando no que fazer. Obrigada amores.. 💋💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...