1. Spirit Fanfics >
  2. Sem Querer Te Amei >
  3. Ciúmes

História Sem Querer Te Amei - Capítulo 12


Escrita por: GlayceUzumakiKen

Notas do Autor


🦋Boa tarde, meus amores trouxe para vocês um capítulo feito com carinho, peço desculpas pela demora, tentarei de tudo para atualizar como antes. Espero que vocês gostem do capítulo. 🦋

♐ Eu fiz o que pude para poder revisar, o capítulo, refiz e refiz umas três vezes para ficar o mais perfeito possível.

Capítulo 12 - Ciúmes


Fanfic / Fanfiction Sem Querer Te Amei - Capítulo 12 - Ciúmes

Após um tempo parados olhando as estrelas, Shino se moveu, retirou seu casaco esticado no chão e se sentou por cima levantou sua mão para me convidar para me juntar a ele. Sorri e sentei no meio das suas pernas e me aconchego para ficar em encaixe perfeito, por um breve momento ponderamos no nosso silêncio. Era incrível como a noite em Sunagakure era magnífica, estávamos em uma área alta que dava a visão linda da cidade de Suna, as poucas luzes das janelas das casas. 

Estamos em uma área aberta, um vento fraco passou por nós, anunciando uma noite fria me segurei para não mostrar que estava começando a sentir friozinho. Shino como de costume permaneceu com seu silêncio alguma coisa prendia em seus pensamentos, estava começando a ficar curiosa 

Eu queria iniciar uma conversa porém não sabia como começar então seu chakra se alterou um pouco..

"Será que devo perguntar o que está acontecendo em sua cabeça?" 

"Se for muita intrusa? Até porque nossos pensamentos são algo íntimo não é? Também quero mostrar-lo que pode contar comigo para conversar" 

Novamente voltou a ventar dessa vez mais forte o que me fez esfregar minhas mãos uma na outra. Shino juntou suas nas minhas na intenção de esquentá-las, depois de uns segundos ele me puxou pela cintura juntando nossos corpos. Apoio minha cabeça em seu ombro ele me envolve em seu abraço, em seguida beijou minha bochecha.

— Ainda com frio? Quer voltar? — perguntou perto do meu ouvido sua voz rouca me arrepiou por inteira.

Afastando um pouco para o encarar céus como eu odiava esses óculos, com esse pensamento revoltante soltei uma risada, por lado o homem à minha frente erguendo a sobrancelha, achando que ele não iria gostar sou surpreendida com sua fala. 

— Está rindo de mim, Sr. Mitsashi? 

— Mas ou menos, são esses seus óculos me irritam profundamente — Disse cruzando os braços 

— Entendi, porque te irritam? — Perguntou com sorriso de lado 

— Por causa deles não posso ver seus olhos, você usa o tempo todo? Lá no rio estava com eles. Até para dormir? — falei o encarando fechando a cara. 

— Você sempre que fica com raiva faz esse bico? O só faz para me provocar? — Perguntou.

"Não acredito que fiz esse bico novamente "

— Isso é espontâneo, não mude de assunto , Aburame — Falei virando o rosto pro lado, ouvi ele soltar uma risada, me segurei para não ri também. 

— Pois bem Sr. Mitsashi, para não deixar curiosa eu só durmo de cueca nada além disso, satisfeita em saber? — Falou Shino virei meu rosto para o encarar vendo seu sorriso debochado 

— Baka, você está bem engraçadinho não é? Isso que dar fica ao lado do Naruto e Kiba — Falei cruzando meus braços, ele balançou a cabeça confirmado. 

— Boba, — Falou rindo, pegando minha mão e levando para sua boca a beijando. 

— Quando vou poder vê-los ? Digo seus olhos. — Perguntei 

— Quem sabe um dia — falou em tom um pouco debochado e sorriu. 

Levei meus olhos para sua boca como estávamos a pouco centímetros um do outro, faço um carinho em seu rosto e vou aproximando minha boca da dele, nossos beijos começaram calmos estávamos aproveitando esse momento descontraído entre nós. Shino apertou minha cintura nos aproximando, parei com beijos dando-lhe vários selinhos, sorriamos.

 — Sou apaixonada pelo seu sorriso — Falei olhando. 

— Você é a causa dele… — Falou de repente ficou em silêncio e logo suspirou 

— Tenten você se sente feliz comigo? Não se arrepende por está com pessoa como eu ? — Perguntou abaixando a cabeça virando o rosto para o lado. 

"Ele ainda duvida dos meus sentimentos? Por que isso de repente?" 

— Nunca me arrependo de nada, muito menos está com você, eu me sinto feliz com você. Por que essa pergunta agora?— perguntei ele deu de ombros virando o rosto

— Shino? Estava achando que não notei? Desde que chegamos em Suna.. Você está inquieto, tem algo lhe incomodando? — Pergunto ele dar de ombros e continua com rosto virado para o lado então ele falou: 

— Desculpe, esqueça é tolice minha… Eu não sei porque perguntei isso — Respondeu tapando o rosto

"Kami-sama ele tá com vergonha? Céus como ficar lindo assim" 

Então eu tomei uma atitude ousada retirei sua mão da frente do rosto e chamando sua atenção e tento ela segurei seu rosto possuindo seus lábios com desejo, minha outra mão vai para seu pescoço enviando meus dedos em seu cabelo, Achei que ele iria me afasta mais não foi completamente ao contrário Shino aprofundou ainda mais nosso contato, umas das suas mãos segurava e apertava minha cintura com força sem querer soltei um gemidos entre os beijos quando ele fez isso.

Cada vez mais o beijo ficava intenso quando menos imaginei estava deitada sobre seu casaco com ele por cima de mim, não sei como havíamos trocado de posição, nossas respirações extremamente ofegantes, eu apoiava minha mão sobre seu peito mordia seus lábios, coloquei a mão por dentro da sua camisa alisando seu peitoral, sorri quando senti seu coração descompensado por minha causa.

Eu sabia que no fundo não o conhecia por completo, esse jeito fechado me atrapalhava um pouco seus amigos falavam que comigo Shino, estava ficando mais à vontade e seguro a ser ele mesmo.

Ainda sim isso não era o suficiente para mim, eu quero saber seus desejos insanos 

Sobre seus medos, sonhos, passado o claro o que o planejava para o futuro se sonhava ou não em construir uma família. Até agora tudo o que eu sabia era básico o essencial em um relacionamento. Eu queria muito mais dele e estava disposta a me doar mais para ele. Para isso eu deveria ser muito mais direta, então só assim eu conseguiria o conhecer profundamente. 

Shino parou por um momento, provavelmente tentando se controlar, beijou meus pescoço, não sabia ao certo se deveria ou não perguntar o motivo, já tinha uma pequena suspeita mas eu queria que ele me conta-se diretamente e não ficasse segurando por muito tempo. 

— Shino, o pouco que eu o conheço você está assim por causa do Kankuro não é? — Tomei coragem e perguntei. 

Ele rangeu os dentes tentou sair de cima de mim, agarrei sua camisa o impedindo, este simplesmente virou o rosto para o lado. 

— Shino? — Chamei seu nome, ele respirou fundo e começou a falar ainda com o rosto para o lado. 

— Sim…. Não gostei da forma que ele a olhava, fiquei muito incomodado com isso… Da mesma forma que o Rock Lee… Esqueci Tenten.— Falou se tentando se afastar outra vez puxei impedir novamente

— De forma Shino? Eu quero saber.. — Falei virando seu rosto para o olhar

— Agora eu que pergunto porque está me perguntando sobre isso? Eu não quero fa

— Eu quero saber, nós não estamos namorando? Tenho direito de saber o que lhe incomoda — Shino ficou calado por uns minutos 

— Nós olhares dele tinha desejo… isso me irritou profundamente.. Não quero passar por obsessivo ou algo do tipo.

— Eu sempre soube desde que você namorou com "Ele" e logo depois eu via como muitos olhavam dessa forma. Não sei como explicar, eu nunca passei por isso. — Disse calmamente porém havia novíssimos em seu tom de voz 

— Você ficou com ciúmes, isso é normal Neji também ficava, na verdade Shino Aburame foi bem nítido o seu ciúmes. Todos perceberam — Disse e não consegui segurar o riso 

— Serio ? Você não está com raiva por causa desse meu comportamento? Eu não quero perder você, mas também não quero que pensei que sou assim — Perguntou Shino ficando tenso 

— Porque eu ficaria? Um pouco de ciúmes é sempre bom, nada de muito exagero, endente? — disse ele confirmou com a cabeça. 

— Eu sei que você é uma pessoa que dificilmente demonstra alguma coisa… Eu peço não seja assim comigo estava com raiva , triste ou angustiado qualquer coisa vamos resolver juntos.— Falei , Shino suspirou e permaneceu quieto por momento 

 "Será que falei algo que ele não gostou? Então você deveria segurar a língua de vez em quando. Será que o deixei magoado ou ofendido? "

Quando pensei em abrir a boca e explicar porque disse essas coisas a ele, Shino abaixou sua cabeça no meu pescoço e o beijou suavemente. 

— Eu nunca me senti assim, sempre soube que alguns sentimentos eram muito complicados, bem a verdade é que isto tudo é um tanto quanto estranho. Peço desculpas se agi errado com você — explicou Shino.

—Isso significa que nossos sentimentos um pelo outro são verdadeiros — Falei colocando minha mão em seu rosto. 

Shino me beijou com suavidade sua boca quente, sua mão passando pelo meu corpo. Aquele frio que estava sentindo deu lugar ao calor, o chamei com tom provocativo entre os beijos, este deslizou sua mão até minha bunda apertando nesse mundo momento escapou da minha boca um gemido nossa línguas se encontravam em ritmo que só que elas sabiam.

Ele continuou explorando meu corpo me causando vários arrepios, e fortes suspiros, parou com os beijos descendo sua Viana direção do meu pescoço dando-lhe mordidas e pequenos chupões.

Sua boca subiu até lóbulo da minha orelha e mordendo, não consegui me segurar outro gemido quando ele pôs sua mão em meu seio o apertando por cima da blusa, graças a Kami estava usando uma roupa leve, eu estava com blusa rosa claro e calça vermelha. Sua mão entrou por baixo da peça rosa, sua mão quente massageou meu seio apertando levemente. 

Meu corpo implorava por mais, eu o desejava muito, se fosse para acontecer agora eu estava muito mais que pronta, seu membro já duro roçava na minha intimidade, queria mostrar que o queria agora. Mexendo meu quadril fazendo uma pressão podendo senti-lo, sinto o agarrar minha cintura, continuei com minhas provocações mordendo seus lábios e rebolando meu quadril, Shino parou novamente de me beijar aproximando com sua boca em ouvido.

— Você gosta de provocar.— Falou voltando sua mão no meio seio por dentro do meu sutiã 

— Quero você, então pare te torturar, sabe que eu o desejo tanto quanto você me desejar.. — Disse soltando suspirando pesadamente sentindo suas carícias ousadas.

— Eu não queria que fosse em qualquer lugar..— falou ele mas antes de terminar eu o interrompi

— Shino, não importa, sendo com você já se torna importante para mim — Disse segurando seu rosto.

 — Tenten.. — respondeu me beijando 

Tudo estava indo normalmente, o desejo nós consumia, ele desceu seus beijos para meu pescoço, como estava sendo delicioso sentir essa sensação maravilhosa. A pressão das nossas intimidades fazia com que eu gemesse em seu ouvido, as nossas respirações ficando casa ver pesada, sabia como explicar a felicidade que eu estava sentindo nesse momento, mais meu corpo totalmente quente.  

Se eu tivesse arrependimento depois? Creio que quase tudo que eu sonhei estava acontecendo. Poderia ser loucura? Sim poderia, porém desejava ser dele e mais que tudo quero que ele seja meu. Iria conhecer todas as sensações dessa noite ao lado dele. Shino se sentou retirando sua camisa eu fiz mesmo com minha blusa se posicionou novamente beija meu pescoço, apertava minha cintura, coxas todo meu corpo reagia aos seus toques. 

Nunca imaginei que estaria tão entregue a uma pessoa completamente diferente de mim, Shino apareceu em minha em uma situação tão difícil onde estava prestes a jogar tudo para alto e sumir de Konoha. Com seu jeitinho calmo, reservado foi me conquistando aos poucos aquele vazio havia sumido, ele não desistiu de mim, aos poucos mostrou seu lado carinhoso, sempre tão doce, e tão preocupado comigo. 

Algumas vezes ficava me perguntando como poderia duas pessoas tão diferentes poderia ter essa forte ligação que nós dois temos, ele me fazia bem e feliz, quero sempre permanecer ao seu lado. Eu tenho uma nova chance para poder ser amada e amar a mesma intensidade, esse amor chegou para ficar eu vou fazer o que for preciso para não perdê-lo. 

Sinto uma grande confiança ao seu lado e forte segurança ele me completa. Quando estávamos prontos para nos tornar apenas um. Ouvimos barulhos vindo sobre a escuridão e atrás das rochas paramos o que estávamos fazendo entrando em alerta. Shino rangeu os dentes e fechou suas mãos em punho, jogou sua camisa por cima de mim. 

Esse chakra, Não pode ser, impossível..— Pensei comigo"


Notas Finais


🦋Tenham uma ótima leitura, de coração espero que gostem do capítulo 🦋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...