História Semânticas carinhosas com gosto de nicotina - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Histórias Originais
Tags Originais, Sad
Visualizações 57
Palavras 219
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


terçou

Capítulo 1 - ;ah, o universo não tem nada melhor pra fazer, né?


Ficou a semana inteira jurando planetas e infinitos paradoxais enquanto cheirava outra carreira de indiferença. Ultraje à vida, teu gemido de sofrimento que veio disfarçado de música romântica, fazendo até imunes ao amor caírem nesse jeito de desastrado.

Caíram. Cairão. Caí

E levou o melhor de mim, semânticas carinhosas com gosto de nicotina tiradas de meus dedos amarelados, calejados de tanto você na mente, você no papel, você em todo lugar. De volta, ganhei grandes interrogações, palavras pela metade e mentiras irreais [finge que me diz a verdade, finjo que acredito]. Me retribuiu um oceano de nadas, imenso vazio maior que o vácuo espacial, profundo capaz de me fazer perder meu próprio eu ao tentar te envolver numa utopia de reciprocidade; e me deixou sozinha quando éramos pra ser plural de somente dois.

Poderia ter pedido desculpas mudando suas atitudes, porque palavras não remendam corações partidos [por alguém que partiu pra longe ou sequer esteve aqui de fato].

E agora, que ousadia, culpa o universo, né? Diz que não era pra ser, conspiraram ao teu desfavor — como se o cosmo não tivesse coisa mais importante pra fazer. Mal de gente hipócrita, falsidade iminente até nos momentos em que se deveria admitir os próprios erros.

Passou o tempo todo errando e agora quer chamar de destino? Ah, faça-me o favor...


Notas Finais


ah pronto só faz merda e agora vem dizer que é culpa do universo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...