História Sempre - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Personagens Originais
Visualizações 10
Palavras 459
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drama (Tragédia)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - One-Shot: Sempre


Fanfic / Fanfiction Sempre - Capítulo 1 - One-Shot: Sempre

Eu a amei, como nunca tinha amado antes.

A cada passo que dou por essa casa, eu me lembro dos bons momentos em que tive com ela.

Por que você foi embora? Você prometeu! Disse que ficaria ao meu lado para sempre, disse que sempre estaria ali ao meu lado. Por que mentiu?

Querida… Eu faria de tudo só para poder ver seu lindo sorriso novamente, ou quando você ficava com a cara irritada quando te chamava de baixinha. Sim… Eu lembro de cada detalhe, cada coisa que compartilhamos juntos, especialmente nessa casa. Você foi embora, e levou uma parte do meu coração junto. Por que? Eu não consigo entender…

Por favor, querida, entre por aquela porta sorrindo, dizendo como tinha sido seu dia. Então eu lhe pegaria no colo, e te levaria para a cama, então eu iria começar a fazer carinho em você, enquanto pegava no sono aos poucos.

Deus… Você não tem noção do quanto eu sinto falta disso.

Você não fez isso de propósito, certo? Mas… Você tinha duas escolhas, e escolheu a mais difícil: me deixar.

Posso estar sendo egoísta agora, mas não sabe o quão difícil é sem você ao meu lado.

Alguns meses se passaram para que eu finalmente entendesse o porquê dá sua escolha, meu amor. Sinto muito por não ter notado isso antes…

Mas, lá no fundo, eu fico feliz pela sua escolha, mesmo que eu não admita isso em voz alta. Sabe… Ela tem os seus olhos, amor. Na verdade, ela é uma cópia exata sua.

Você foi embora, mas deixou um lindo presente para mim cuidar. E eu farei isso com todo o amor possível.

— Papai? — a garotinha entra em meu quarto, sorrindo timidamente.

Aquele mesmo sorriso de quando quer perguntar algo, mas tem vergonha. Idêntica a mãe…

— Sim, querida? — pergunto pegando a pequena no colo.

— Onde está a mamãe?

E mais uma vez, aquela mesma pergunta que faz com que meu coração chegue a martelar de dor. Engulo o nó que se fazia em minha garganta, não iria chorar na frente de minha filha.

Olho para a pequena, tirando alguns fios que insistiam em cair em seus olhos, e sorrio.

— Ela está aqui, conosco.

— Mas eu não á vejo, papai…

Rio fraco, balançando a cabeça.

— Não podemos ver ela, mas podemos sentir.

A pequena então fecha os olhos por alguns segundos, e então os abre novamente, sorrindo.

— Eu posso sentir, papai! — a pequena diz empolgada.

Assinto com a cabeça, tentando o máximo para evitar chorar. Vou até a varanda da casa, ainda segurando a pequena em meus braços, então sinto a leve brisa tocar meu rosto, e involuntariamente dou um sorriso ao ver as pétalas de rosas passarem em minha frente. Era uma das flores que ela mais gostava…

— Papai, o senhor sente ela também?

Volto meu olhar a pequena.

— Sempre.


Notas Finais


Espero que tenham gostado :3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...