História Sempre Amigos? - Capítulo 27


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruto
Visualizações 64
Palavras 1.074
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 27 - Novo comite.


Hinata/On
Depois que  Naruto diz isso fico sem saber o que dizer, ouço alguem bater na porta.
Kiba: Você não devia ter entrado aqui Naruto. Diz ele nervoso.
Naruto: Você que não devia. Diz ele o encarando.
Kiba: Ja acordou Hinata? Eu estava preocupado com você. Diz ele pegando a minha mão.
- Obrigada pela ajuda Kiba. Falo isso meio sem graça por ele esta segurando a minha mão.
Naruto: Não encosta nela. Diz ele tirando a mão do Kiba da minha.
Ambos começam a se encarar, mas entro no meio deles e os afasto.
- Parem por favor. Digo com a voz trêmula.
Kiba: O Naruto que começou. Diz ele cruzando os braços.
Naruto: Não comecei nada. Diz ele emburrado.
Shizune entra no quarto.
Shizune: Ja falei para os dois encrequeiros sairem daqui, a aula de vocês ja deve ter começado, saíam agora. Diz ela em tom de ordem.
Ambos se retiram sem questionar Shizune.
Shizune: Hinata seu pai acabou de chegar, o chamamos aqui pelo ocorrido, e algo bem grave, ele ja esta na diretoria a aguardando.
- Obrigada por tudo Shizune, ja estou indo pra la. Digo dando um sorriso sem graça.
Caminho pelos corredores me sinto ainda assustada, mas tenho que ser forte, irei contar tudo. Penso respirando fundo, logo chego na mesa da Secretaria e ela me manda entrar, vejo meu pai sentando conversando com o diretor assim que meu pai me ve ele se levanta e vem ate mim.
Hiashi: Esta bem Hinata? Pergunta ele preocupado.
- Estou sim pai.
Meu pai nunca soube lidar comigo então agora imagino que ele não saiba o que dizer.
Diretor: Senhor Hyuuga sentimos muito pelo ocorrido com sua filha iremos tomar providências. Diz ele sério.
Hiashi: O que irão fazer a respeito das garotas que atacaram a minha filha?
Diretor: Os pais de todas foram chamados, todas serão suspensas e tomaremos medidas educativas com elas, a atitude delas nao foi normal. Diz ele pensativo.
Hiashi: O senhor acha que isso será o bastante?
Diretor: Acredito que todos merecem uma segunda chance, e as medidas educativas serão bem rígidas para que nada disso se repita.
Eles trocam apertos de mãos e sou dispensado das outras aulas de hoje, me sinto um pouco aliviada por não me perguntarem o que aconteceu. Fico em silêncio o caminho ate a nossa casa, acho que meu pai também não sabe o que dizer, então ele quebra o silêncio.
Hiashi: De quem e essa blusa Hinata?
-De um colega, ele que me ajudou pai.
Digo de cabeça baixa.
Ele não diz mais nada e o silêncio prevalece, chegamos em casa e tomo banho morno e me deito, meus braços doem um pouco elas me apertaram com força, ai esqueci que eu ficaria no final da aula com o Sasuke, agora ja era, amanhã me desculparei com ele, agora so quero descansar, assim que fecho os olhos vejo o Naruto em meus sonhos toco em seus cabelos dourados....
Hinata/Off
Sakura/On
Estou preocupada com a Hinata não consegui ver ela depois do que aconteceu, tentei entrar na enfermaria mas a Shizune não me deixou e tenho certeza que o Naruto entrou enquanto ela me colocava pra fora. Penso isso brava.
Na sala so se fala do ocorrido, nenhuma das garotas que atacaram a Hinata voltou pra sala, estão rolando boatos que elas foram expulsas, eu so queria saber se ela está bem, não vejo a hora de ir pra casa, noto que o Naruto fica olhando pro lugar da Hinata vazio com um olhar triste isso e bonitinho.
Kakshi: Agora antes de finalizar a aula queria conversar com vocês sobre a formatura, andei pensado e decidi que essa responsabilidade irá ser muito so para os representantes, quero um mini comite de organização, 3 alunos podem se oferecer?.
Todos ficam em extremo silêncio, pelo jeito ninguém curte muito ajudar, bom que seja e pra ajudar a Hinata eu topo, levanto minha mão.
Kakashi: Obrigado Senhorita Haruno, mais alguem?
Então vejo que o Kiba se oferece assim que o Kiba levanta a mão vejo que o Naruto também ja havia levantado a dele.
Kakashi: Os 3 permaneçam na sala o resto esta dispensado, você fica também Uchiha.
A sala se esvazia rápidamente, Kakashi sensei fala de algumas coisas e logo Naruto e Kiba falam que hoje não podem ficar pra ajudar mas amanhã eles podem, só resta a mim ajudar o Uchiha, mando mensagem avisando a Hinata e o sigo ate a biblioteca, nos sentamos.
Sasuke: Alguma ideia? Pergunta ele rabiscando uma folha.
- Ainda não.... Er agradeço de novo pela ajuda. Digo isso envergonhada.
Sasuke: Vou te dar um conselho, fica longe do Neji. Diz ele ainda rabiscando.
- Do que ta falando? Pergunto confusa.
Sasuke: Quando estava passando mal ele não parava de ligar, só atendi porque achei que seria a Hinata. Diz ele indiferente.
-O que falou pra ele? Pergunto curiosa.
Sasuke: Isso não importa, vamos pensar em algo pra formatura. Diz ele tirando uma pasta preta da mochila.
-Não vai me contar mesmo? Pergunto frustada.
Sasuke: Não tenho nada pra conta, senta aqui perto e vamos olhar essa pasta que o Kakashi entregou. Diz ele impaciente.
Resmungo um pouco e logo me sento, então o Uchiha me puxa pra mais perto dele, meu coração acelera.
Sasuke: Você tava longe não ia conseguir ver nada. Diz ele com impaciência.
Fico sem graça e ele coloca a mão atrás da minha cadeira, isso me deixa mais ansiosa ainda então tento me focar na pasta e ficamos em silêncio...
- Ja sei ,que tal organizamos uma festa a fantasia? Pergunto empolgada.
Sasuke: Você e genial Haruno. Diz ele debochando de mim.
- O que? Minha ideia nem foi ruim. Digo um encarando fazendo um beicinho.
Estavamos muito próximos e começamos a nos encarar aproximamos os nossos rostos pouco a pouco e quando me dou conta estamos nos beijando, ele tem o beijo mais delicado do que parece, isso esta muito bom...
Bibliotecária: Cof cof. Ela faz esse som pra chamar a atenção.
Nos afastamos imediatamente, sinto meu rosto corar.
Bibliotecária: Aqui não e lugar disso, irei dar uma advertência para os dois.
- Sentimos muito Senhora. Digo me afastando mais ainda do Uchiha.
Bibliotecária: Dessa vez irei perdoar mas que não se repita. Diz ela dando as costas.
- Amanhã nos falamos tenho que ir, digo isso pegando minha mochila e saio andando rápido sem olhar pra trás.
Que vergonha....



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...