História Sempre Amigos? - Capítulo 32


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Tags Naruto
Visualizações 80
Palavras 983
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Um pouco de como a Ino se sente para vocês:3
Boa leitura.

Capítulo 32 - Recomeço de Ino!


Fanfic / Fanfiction Sempre Amigos? - Capítulo 32 - Recomeço de Ino!

 A Dois dias atrás.
Ino/On
Hoje e meu último dia nesse acampamento, estou com medo de voltar e ter que encarar todos de volta me sinto envergonhada pelo que fiz, bom e melhor eu correr ate a Doutora Rangel hoje vai ser minha última seção.
Chego correndo e parei para recuperar o fôlego e logo bato na porta.
Doutora Rangel: Pode entrar Ino, sente-se.
Entro e me sento em sua frente.
Doutora Rangel: Bom Ino hoje será sua última seção hoje vamos falar de tudo que falamos durante as outras seções e hoje quero que me diga claramente como se sente, sem medo.
- Sim senhora. Digo isso apertando minhas mãos me sinto nervosa.
Doutora Rangel: Ino por qual motivo você esta aqui mesmo? Pergunta ela me olhando com tranquilidade.
- Eu... Eu tive atitudes ruins e quase machuquei uma colega do colégio. Digo isso olhando pro chão.
Doutora Rangel: Mas por que fez isso mesmo?
- Eu estava com ciúmes dela com um garoto e fiquei com muita raiva e uma amiga minha me aconselhou a dar um susto nela. Dou um suspiro.
Doutora Rangel: O que a Ino de hoje acharia disso?
- Eu não repetiria aquilo de jeito algum. Digo isso apertando minhas mãos mais fortes.
Doutora Rangel: Querida você so sentiu raiva daquela colega que atacou por ciúmes ou tem mais coisa?
- Eu senti raiva dela desde que começamos a estudar juntas. Digo isso segurando as lágrimas.
Doutora Rangel: E por que sentia raiva dela?
- Porque.... Porque ela e como eu era a anos atrás e eu sentia raiva porque ela nao parecia se incomodar com o olhar malvado das outras garotas e nem se importa em ser aceita por elas. Digo isso soltando as lágrimas.
Doutora Rangel: Então você mudou para ter amigas e começou a agir como elas?
- Sim, no começo eu não era ruim com as pessoas e nem falava maldades com elas mas então conheci a Karin, ela disse que meu jeito dava nojo nela, mas se eu mudasse poderia ser amiga dela e me tornaria popular, então desesperada por aceitação eu fiz tudo que a Karin mandava, comecei a pisar nas outras garotas a fazer bullying com os garotos "feinhos" e comecei a me arrumar de um jeito mais ousado, no começo depois que eu machucava ou humilhava alguém eu me sentia mal mas com o tempo comecei a me divertir, com meus "novos" modos estava sendo popular e varias garotas queriam andar com a gente e varios garotos me chamavam pra sair, como eu não tinha atenção dos meus pais em casa a atenção que eu tinha no colégio era tudo pra mim e eu não podia perder isso. Digo isso ja soluçando de tanto chorar já. 
Doutora Rangel: Me fala sobre esse rapaz que você gosta?
- Ele.... Ele nem deve se lembrar mas conheci ele no shopping quando éramos pequenos eu me perdi dos meus pais e cai e ralei o joelho e eu estava muito assustada e confusa, então me lembro dele chegar perto de mim e me perguntar por que eu estava chorando, ele me deu a mão e me levou ate seus pais que logo acharam os meus e depois disso eu não o vi mais, mas então assim que entrei no ensino medio ele estava na minha sala, o reconheci na hora me senti muito feliz,mas logo vi que ele nem se lembrava de mim, isso pra mim foi um choque só que como eu ja havia mudado tudo em mim escolhi que iria aproveitar do que eu era agora pra conquistar ele, mas ele sempre estava com aquela garota, fiquei durante dois anos so o observando,então esse ano o encontrei em uma festa contei mentira sobre estar drogada e aproveitei da situação e depois me fingi de sonsa e aproveitei da inocência dele e o manipulei para que ele me pedisse em namoro mesmo sabendo que ele não gostava de mim. Digo isso tremendo.
Doutora Rangel: Você esta indo muito bem Ino, esta se abrindo e encarando o que fez.
Fico em silêncio chorando então a Doutora pega um copo de água pra mim.
-Obrigada. Digo pegando o copo.
Doutora Rangel: O que quer fazer quando voltar ao colégio?
- Quero recuperar a minha essência, quero ser eu mesma, vou me desculpar por tudo que fiz e tentar recomeçar. Digo isso secando as lágrimas.
Doutora Rangel: Mas por que decidiu mudar?
- Quando eu cheguei aqui tive muito tempo pra pensar em quem eu sou e quem eu quero ser, não quero ser uma copia de alguém ruim, e não quero ser cópia de ninguém, quero so ser eu, quero recomeçar.
Doutora Rangel: Querida você sabe que vai sofrer julgamento, mas você provou ser uma garota muito forte e reconheceu seus erros nunca e tarde pra mudar e recomeçar.
- Recomeçar e o que eu preciso, havia me tornado o que mais me machucava antes e comecei a machucar outras garotas, não sou assim e não quero isso pra mim, sei que e impossível voltar a ser como era antes mas agora irei so seguir meu coração. Digo isso colocando a mão no peito.
Doutora Rangel: Estou muito orgulhosa de voce mocinha, você está provando a sua força, essas semanas que trabalhei com você te vi crescer e amadurecer.
- Sei que vai ser difícil voltar ao colégio estou sentindo tanto medo mas tenho que encarar os meus erros. Digo isso tremendo.
Doutora Rangel: Ino vai se sair bem e só ser sincera com seus sentimentos e qualquer coisa que precisar e so me ligar.
- Obrigada mesmo por tudo Doutora. Digo passando a mão no rosto para secar as lágrimas.
Doutora Rangel: Agora va arrumar suas coisas estou te liberando, mas seja forte querida.
Me forço a dar um sorriso e saio da sala, tenho que arrumar minhas coisas irei recomeçar tudo......



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...