História "Sempre ao seu lado" - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Visualizações 9
Palavras 1.242
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Mistério, Policial, Romance e Novela, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Já começa assim?


Fanfic / Fanfiction "Sempre ao seu lado" - Capítulo 1 - Já começa assim?

 (S/n) on

Estou voltando para casa, é mais de 2:00 da madrugada, só sei que quando eu chegar, minha mãe vai me bater, mas eu não ligo, nem dói tanto, essa dor nunca vai superar a dor que tem dentro de mim...

Estou na porta de casa, estou com medo de entrar 💭vamos logo (s/n), abra logo essa porta!💭 tomei coragem e abri, e lá estava meu pai, sentado no sofá e bêbado, me olhou, e não disse nada, apenas me pegou pelo braço e me levou para o quarto, e mais uma vez fui estuprada pelo meu próprio pai...

Acordo no meu quarto com o despertador tocando, levanto e vou para o banheiro, tomo um banho demorado, saio e coloco meu uniforme de mangas compridas, pego minha mochila e minhas amigas "as lâminas" e saio sem nem comer nada, começo à andar por um beco escuro, todo sujo, sento em um canto, pego uma de minhas lâminas, e faço um corte em meu braço esquerdo, ardeu um pouco mais que os outros, aquela lâmina era nova... 1, 2, 3 , 4... 9 cortes, quatro no braço esquerdo, e cindo no direito, me levanto, olho as horas no meu celular, meus pais já tinham ido trabalhar, já posso voltar para casa... 

Cheguei em casa, fui para meu quarto e me joguei na cama...



Porque eu ainda estou aqui? 

Eu não aguento mais...

Eu quero sumir...

Aliás, ninguém se importa...

Ninguém entende...

Ninguém sente o que eu sinto...



Sento na cama e olho em volta, esvazio minha mochila e coloco todas as minhas roupas, pego uma mala pequena no quarto da minha mãe e coloco mais roupas e sapatos, vou no cofre no quarto da minha mãe, e pego uma quantia em dinheiro, já que eles são ricos, nem vão perceber, volto para meu quarto e termino de pegar minha coisas, coloco uma calça preta resgada, e um moletom cinza, e um tênis preto, pego a pequena mala e minha mochila e saio de casa, pego a chave reserva em baixo do tapete e tranco a porta, e saio sem ter para onde ir...

Fui para um beco não muito longe de casa, meus pais já devem estar lá, e nem devem estar sentindo minha falta...

Escuto um barulho, e logo vejo um homem se aproximar de mim...

(s/n)- o que você quer? Quem é você? 

Ele não responde, só se aproxima de mim, e logo aparece mais dois homens atrás dele, eles chegam perto de mim e me olham de cima a baixo, me deixando com medo 

???- olha o que temos aqui, qual seu nome princesinha?

(s/n)- não interessa meu nome

???- olha, ela está irritadinha

(s/n)- me deixem em paz!!!

Ia sair, mas um deles pegou no meu braço com força me fazendo soltar um gemido de dor por conta dos cortes recentes que fiz hoje mais cedo

???- tão frágil 

(s/n)- já disse para me deixar em paz!

???- queremos brincar um pouco...

(s/n)- não sou boneca para me usarem como brinquedo, agora se me derem licença tenho mais o que fazer!

Ia sair de novo, mas um dele me joga no chão me fazendo bater a cabeça, logo eles começaram a me dar chutes e socos, eu cospia sangue, eles começaram a me cortar com facas que eles tinham em seus bolsos, até que um homem aparece

???- deixem ela em paz!!!- gritou

Logo os três sairam correndo, me deixando jogada naquele chão frio, como se eu fosse um lixo, o outro homem se aproximou e se abaixou

(s/n)- por favor, não me machuque!!!- falei me encolhendo e colocando as mãos na cabeça com medo dele fazer alguma coisa

???- calma, não vou fazer nada, me deixe te ajudar

(s/n)- por que quer me ajudar? Vou ser só mais um problema para você 

???- não fale assim, quero te ajudar porque não posso te deixar aqui nesse beco sozinha, ainda mais nesse estado

Ele me pegou no colo me carregando para dentro de um carro, me colocou no banco do passageiro e colocou o sinto, deu a volta e entrou no carro dando partida

(s/n)- obrigada- falei quase num sussurro, mas ele ouviu

???- pelo que? 

(s/n)- por me ajudar

???- é o mínimo que posso fazer. Aliás, qual seu nome?

(s/n)- me chamo (s/n)

???- bonito nome

(s/n)- e você, como se chama?

???- me chamo Jungkook, mas pode me chamar de Kookie

Não respondi, apenas olhei para a janela e encostei minha cabeça no banco, tentando relaxar...

 Um tempo depois, Jungkook estaciona o carro na frente de uma casa, linda e grande, ele desce do carro, dá a volta, abre a porta e me pega no colo, me levando para dentro da casa, ele me deixa no sofá e vai para a cozinha, voltando com uma caixa de primeiros socorros, ele se senta do meu lado e começa à limpar os machucados causados pelos homens, olho para ele e me lembro que tinha esquecido de pegar minha mochila e minha mala e acabei deixando no beco

(s/n)- Jungkook...

Jk- sim?- fala ainda limpando os ferimentos

(s/n)- eu esqueci minha mochila no beco...

Jk- você não tem roupas?

(s/n)- estavam todas na mochila

Jk- tudo bem, devo ter algo que te sirva, acho melhor você tomar um banho, te empresto uma blusa e depois te levo para casa

Arregalei os olhos quando ele disse que ia me levar para casa

Jk- o que foi? Não tem para onde ir?- neguei com a cabeça- tudo bem, pode ficar aqui enquanto isso, agora vá tomar banho, consegue andar sozinha não é?- afirmei com a cabeça- o banheiro fica lá em cima segunda porta à direita, vou preparar algo para você comer, parece estar com fome!

Fui caminhando para o banheiro, que ficava dentro de um um quarto que aparentava ser o quarto dele, entrei e tomei um banho não muito demorado, sai do banheiro encontrando uma roupa separada em cima da cama, era uma camiseta cinza e uma calça de moletom preta, a calça ficou grande de mais, já que a camiseta chegava até o meio das minhas pernas, fiquei apenas com ela, desci e fui para a cozinha, encontrando o Jungkook fazendo panquecas

Jk- está com fome?

(s/n)- muita

Jk- imagino, senta, está quase pronto

Ele terminou de fazer as panquecas e me serviu, comi tudo, já que não comia dês de que eu acordei

(s/n)- Kookie

Jk- hm?- resmunga com a boca cheia

(s/n)- onde eu vou dormir?

Jk- no meu quarto

(s/n)- n-na mesma c-cama?

Jk- sim, algum problema?

(s/n)- n-não- abaixei a cabeça envergonhada

Ele levantou e me puxou pelo pulso, ele não apertou, mas me fez soltar um gemido de dor, os cortes ainda não tinham cicatrizado

Jk- o que foi? Te machuquei?

(s/n)- não, está tudo bem...- ele olhou para os meus braços reparando nos cortes

Jk- o que é isso nos seus braços?- ele pegou e analizou- não me diga que você é...

(s/n)- depressiva? Sou pior do que isso- falo interrompendo o maior- sou uma suicida- falo quase num sussurro olhando para o chão, mas ele ouviu

Jk- por que faz isso?

(s/n)- é uma longa história, vamos dormir? Estou com sono- falei mudando de assunto para não ter que lembrar de tudo que passei, ele assentiu e me levou em direção do quarto, deitei na cama e ele deitou ao meu lado. Não estava conseguindo dormir, meu pai não sai da minha cabeça, até que sinto braços fortes rodearem a minha cintura formando uma conchinha

Jk- não consegue dormir?- fala de olhos fechados com uma voz rouca

(s/n)- não- falo num sussurro 

Jk- relaxa

Depois dele falar isso, ele começou a acariciar meus longos cabelos castanhos escuros, me sinto protegida em seus braços, ele ficou acariciando meus cabelos até que eu pegue no sono...





•°•CONTINUA...•°•



Notas Finais


Espero que tenham gostado!!

Não vou postar capítulo na outra fic hoje, me desculpem...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...