História Sempre foi você - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias MasterChef Brasil
Personagens Ana Paula Padrão, Erick Jacquin, Henrique Fogaça, Paola Carosella, Patrício Diaz, Personagens Originais
Tags Ana Paula Padrão, Pana, Paola Carosella
Visualizações 98
Palavras 4.394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Ficção, Fluffy, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Yuri (Lésbica)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpem a demora em voltar, mas esses dias que passaram estive muito ocupada com o trabalho. Espero que gostem do capítulo 😘😘😘

Capítulo 14 - Capítulo XIV


Nos dias que se seguiram Paola e dona Mimi verdadeiramente se empenharam em reconstruir sua relação. A argentina estava feliz com o clima de paz que permeava sua casa. Dona Mimi por sua vez se esforçou para conhecer melhor a namorada da neta e também para ensinar a ela todas as receitas que Paola mais gostava e as receitas mais secretas de família. Num dia depois de mais uma aula que resultou em uma enorme forma de raviólis a mesa feitos por Ana Paula, enquanto a avó da namorada buscava a sobremesa, a apresentadora falou:

Guapa, ela cozinha muito bem, agora eu entendo o motivo de você dizer que ela é sua grande professora, mas ela é terrível.

— Ela gosta de você. Dona Mimi está muito boazinha. Ela é pior com as netas mi amor.

— Acho que sou privilegiada que ela está fazendo de tudo para te agradar e me tratando bem.

No é apenas para me agradar, eu conheço minha abuela, ela realmente gostou de você, das suas histórias, da sua força, ela respeita mulheres fortes.

— Fico feliz com isso.

No mais do que eu. Ver vocês se dando bem alivia meu coração.

Paola ficou em silêncio e logo disse:

— Tem uma pessoa que eu quero te apresentar ainda.

— Quem?

— Xavier.

— Ah que ótimo Paola, basicamente quem exerce o papel de seu pai. Ele vai querer me matar como sua avó?

No, Xavier é um homem mais compreensivo e principalmente, sabe sobre a minha bissexualidade.

— Menos mal. Não quero ter que travar uma batalha novamente.

Quando dona Mimi voltou para a mesa, perguntou:

¿Cuándo vuelves con la doctora Paola? (Quando você volta ao médico Paola?).

Día 17 abuela (Dia 17 vovó).

¿Yo puedo ir contigo? (Eu posso ir com você?).

La señora... ¿Quieres ir? (A senhora... Quer ir?).

Me encantaría. Después de eso regresaré a Buenos Aires. Probablemente el día 19 (Eu adoraria. Depois disso vou voltar para Buenos Aires. Provavelmente no dia 19).

Me encantaría tu compañía el día del examen (Eu adoraria sua companhia no dia do exame).

Depois do almoço, enquanto assistiam um filme no quarto, Ana Paula disse:

Guapa, eu acho que vai ficar um pouco lotada a sala da sua médica

— É a maneira dela de tentar consertar a ausência durante grande parte da gravidez de Francesca, por muito tempo eu tive apenas Angélica do meu lado, minha abuela no aceitava ter uma neta que seria mãe solteira e agora com o aborto...

No meio do filme, a apresentadora perguntou:

— Amor... Você já pensou em nomes?

— Desde o minuto que descobri que estava grávida. Eu sei que surtei, mas já amei esse bebê desde quando soube que ele estava aqui dentro.

— Quais nomes você pensou?

— Pietra, Carolina, Isabella, Mia e Julia para menina. Matteo, Lorenzo, Nicolas, Bernardo, Pietro e Lucca para menino.

— Eu gosto de Isabella e Julia. E para menino são todos lindos, seria mais difícil de escolher. O que acha de Artur?

— Artur? No vai ficar muito sem graça? Artur... Arturito...

— Esquece isso, eu nem tinha pensado nessa hipótese. E estou pensando nas brigas no futuro, ele falando para Francesca que tem um restaurante com o nome dele e ela não.

— Só você mesmo para pensar em brigas futuras dos nossos filhos cariño.

Ana Paula levantou a cabeça do ombro da argentina e a olhou com os olhos marejados e logo ouviu:

— Que foi? Que aconteceu? Eu disse algo errado?

— Não, pelo contrário. Você disse nossos filhos e me emocionou.

— É assim que eu sinto Ana, é isso que eu quero que eles sejam, nossos filhos.

— Eu amo tanto vocês guapa, tanto.

Yo también te amo cariño.

****

No dia 17 de fevereiro, logo após o café da manhã, Ana Paula perguntou:

— Todos prontos? Se não sairmos agora vamos nos atrasar.

Quando chegaram na clínica, logo foram encaminhados para a sala da médica. Isabel ao entrar na sala e ver a quantidade de pessoas ali, disse:

— Sala lotada hoje. Quantas pessoas temos aqui.

— Minha avó quis acompanhar esse exame. Então temos um pai, duas mães e uma bisavó.

— Quanto mais melhor. Vou fazer algumas perguntas e depois vamos ao exame. Você tem sentido muita fraqueza?

— Sonolência e muita fome. Fora isso, nada mais.

— Certo. Aqui vai minha primeira recomendação. Você tem 43 anos Paola, é uma mulher saudável, que faz exercícios, tem uma ótima alimentação, mas se o seu corpo pedir... Durma Paola, durma tudo o que seu corpo pedir. Vai facilitar e muito o desenvolvimento da sua gestação o seu corpo estar descansado e quanto a comida, comida saudável, mas você sabe disso melhor que ninguém. Enjoos, tem tido muito?

— Está amenizando, logo que você me liberou do hospital tive mais.

— Vamos ao exame? Ouvir esse coraçãozinho?

Ao primeiro som emitido no exame, Ana e Jason perguntaram quase ao mesmo tempo:

— Esse é...

This is...

Isabel sorrindo ao ver a emoção dos dois, disse:

— O coraçãozinho do bebê de vocês três.

Ana Paula derramou algumas lágrimas, apertou a mão de Paola e disse:

— Eu nunca pensei que pudesse me emocionar tanto. Tem uma vida aqui dentro de você...

Paola só conseguia chorar, mas logo ao passar a emoção, perguntou:

— Está tudo bem com nosso bebê Bel?

— Melhor impossível. Batimentos normais, tamanho normal, tudo correndo dentro do planejado.

— Quando podemos ver o sexo do bebê?

— Provavelmente na consulta do próximo mês, ainda é muito cedo.

Depois de prescrever algumas vitaminas para a Chef, a médica falou:

— Você pode voltar lentamente para sua rotina Paola, sempre como muita calma, ok? Nada de esforço, ficar horas em pé na cozinha e principalmente, nada de levantar peso. Passou de cinco quilos, não pegue, estou falando sério Paola, se quiser que esse bebê nasça, me obedeça.

****

Depois do jantar daquela noite, Paola e Jason se sentaram em uma cadeira no deck, enquanto observavam Ana Paula contar sobre uma de suas muitas viagens para dona Mimi. Jason ainda sem entender, perguntou:

— O que está acontecendo ali?

— Aparentemente eu no sou a neta favorita dela mais.

— Como é possível? Há três dias sua avó odiava Ana Paula.

— Ana Paula tem esse poder de fazer todos ao seu redor se apaixonarem por ela. Essa luz, essa força que ela emana, são apaixonantes.

— Seus olhos brilham ao falar dela.

Sorrindo de forma tímida, Paola disse:

— Eu sei. Você no me contou como foi seu encontro com a Carol.

— Foi bem, eu gostei, mas acho que a distância vai nos atrapalhar de tentar qualquer coisa, eu viajo muito, você sabe. Vou voltar para Londres amanhã a noite.

— Você já falou com Francesca?

— Pensei que você poderia me ajudar a contar. Eu não aguento ver os olhinhos tristes dela.

Muy bien. Vamos lá conversar com ela.

Os dois entraram na casa e cada um se sentou ao lado da menina que assistia um filme na TV. Paola com o coração doendo pela tristeza que viria para a filha, disse:

— Fran, nós temos que te contar uma coisa.

— O que mamá?

— O papá precisa viajar de novo cariño.

A menina olhou com olhos tristes para o homem e perguntou:

— Você não vai voltar?

— Claro que eu vou meu amor. Lembra do nosso segredo? Logo eu volto para contar nosso segredo para mamá e para tia Ana.

— Você promete me ligar todo dia até voltar papá?

— Claro meu amor, todo dia eu vou te ligar. E prometo voltar logo.

— Então tudo bem.

Paola passou os dois dias seguintes tentando distrair Francesca que estava um pouco manhosa por mais uma partida de Jason e ao mesmo tempo que tentava passar o maior tempo possível consertando sua relação com a avó que voltaria hoje, dia 19 de fevereiro para Buenos Aires. Ao acordar, a Chef logo Foi agraciada com Ana Paula com a cabeça contra seu ombro enquanto ressonava tranquilamente. Fazendo carinho no rosto da pequena morena, disse baixinho:

— Acorda pequeña... Faz um lindo dia lá fora.

Com um sorriso, a apresentadora respondeu:

— Uma linda madrugada você quer dizer. Isso não é hora de acordar guapa.

— Tenho muitas coisas para fazer hoje. Y pensé que podríamos pasar un tiempo juntos.

— Dormindo mais um pouco eu espero.

Cariño, preciso te pedir um favor primeiro.

— Qualquer coisa por você.

— Você pode me emprestar seu carro para que eu leve minha abuela ao aeroporto mais tarde?

— É claro, pelo tempo que precisar.

— Eu te busco depois para voltarmos para casa.

— Ok, vou ligar para Natália pedindo que ela passe aqui para me buscar.

— Eu te levo.

— Não precisa, só faça algumas empanadas de café da manhã que ela vai ficar muito feliz em vir me buscar.

— Combinado.

Depois de trocarem alguns carinhos na cama, as duas seguiram para o banheiro tomar banho. Enquanto estavam debaixo do chuveiro, Paola beijou a apresentadora com maior desejo e ao descer os beijos para o pescoço da pequena morena, ouviu ela dizer:

— Não, guapa... Para.

No quiero cariño... Yo te quiero tanto...

— Paola, não podemos.

A argentina se afastou bruscamente e disse:

¡Todo bien!

E virando as costas e saindo do chuveiro, Ana Paula ainda tentou pará-la dizendo:

— Paola, amor, não faz assim...

Déjame Ana Paula!

— Amor...

No quer minha companhia? Bien, termine seu banho sozinha e no precisa chamar Natália para te buscar, eu vou de táxi com minha abuela.

Dizendo isso a argentina saiu nervosa do banheiro e em poucos minutos estava na cozinha preparando o café da manhã.

Logo dona Mimi apareceu e disse:

Tu cara no es buena. ¿Qué pasó niña? (Sua cara não está boa. O que aconteceu menina?)

Problemas en el paraíso, luchamos temprano en la mañana, pero no importa. Buenos dias abuela (Problemas no paraíso, brigamos logo de manhã, mas deixa para lá. Bom dia vovó).

Buenos días cariño. Vamos, nada que um buen momento en nuestra cocina no resuelva (Bom dia querida. Vamos, nada que um tempo bem aproveitado na nossa cozinha não resolva).

Vamos abuela.

Depois de pouco mais de 40 minutos cozinhando, as duas tinham o café da manhã pronto e Paola subiu para acordar a filha. No corredor, ao ver Ana Paula saindo do quarto, ouviu a mulher dizer:

— Paola, por favor, para com essa bobagem e olha para mim mulher.

Tonterías? ¿Mis sentimientos hacia ti son tontos? Es bueno saber que lo que siento no tiene importancia para ti (Bobagem? Meus sentimentos para você são bobagens? Bom saber que o que eu estou sentindo não tem nenhuma importância para você).

A argentina com os olhos marejados entrou no quarto da filha para acordá-la. Ana Paula por sua vez desceu as escadas, indo para a cozinha. Lá, ao ser avistada pela avó da namorada, logo ouviu:

¿Qué pasó entre ustedes? (O que aconteceu entre vocês?)

No te gustaría saberlo (A senhora não gostaria de saber)

Vamos, dilo (Anda, diga logo)

Ella está enojada porque le he negado sexo (Ela está com raiva por eu ter negado sexo a ela).

Tienes razón, no me gustaría saberlo (Tem razão, eu não gostaria de saber).

Estás benditas hormonas del embarazo comienzan a aparecer (Esses benditos hormônios da gravidez estão começando a aparecer).

Aún no has visto nada, te aseguro que empeora (Você ainda não viu nada, te garanto que piora).

Bueno, creo que mejor me voy a trabajar y trato de domar a la bestia más tarde (Bem, acho melhor eu ir trabalhar e tentar amansar a fera mais tarde).

A apresentadora se aproximou da idosa e disse:

Doña Mimi, sé que no nos conocemos en las condiciones más ideales, pero fue muy bueno vivir contigo en estos días (Dona Mimi, sei que não nos conhecemos nas condições mais ideais, mas foi muito bom conviver com a senhora nesses dias).

No diré que entiendo, pero respeto, no quiero perder a mi nieta y tú eres una mujer interesante y fuerte. Admiro tu fuerza (Não vou dizer que entendo, mas eu respeito, não quero perder minha neta e você é uma mulher interessante, forte. Eu admiro sua força).

Espero que podamos vernos pronto (Eu espero que possamos nos ver em breve).

Obviamente, no extrañaría el matrimonio de mi nieta mayor por nada (Obviamente, eu não perderia o casamento da minha neta mais velha por nada).

Matrimonio? (Casamento?).

Paola no te hará soltera por mucho tiempo, conozco a mi nieta (Paola não vai te deixar solteira por muito tempo, eu conheço minha neta).

Espero que tengas razón, amo a tu nieta (Tomara que esteja certa, eu amo sua neta)

Yo se (Eu sei)

****

Um pouco antes das dez da manhã Paola estava no aeroporto com a avó prestes a embarcar. Minutos antes da avó entrar no avião, Paola beijou as mãos da mulher mais velha e disse:

Te extrañaré abuela (Eu vou sentir sua falta vovó).

Incluso después de... (Mesmo depois...).

Te amo abuela, todavía me duele un poco, pero no me impide amarte y extrañarte (Eu amo você vovó, ainda dói um pouco, mas isso não me impede de te amar e sentir sua falta).

Gracias por ser esta mujer increíble, mi niña. (Obrigada por ser essa mulher incrível minha menina).

Gracias a ti abuela, muchas gracias a ti (Graças a você vovó, grande parte graças a você).

Dona Mimi pegou algo no bolso de seu casaco e disse ao entregar a caixinha para a neta:

Quiero que tengas este anillo (Eu quero que você fique com este anel).

Abuela, esto es, esto es... (Vovó, esse é, esse é...).

Mi anillo de compromiso con tu abuelo. Quiero que sea contigo. Tu madre, tus tías, ninguna tuvo un amor tan verdadero como lo que vi aquí. Es tu hija, cuando llegue el momento y si crees que deberías, estaría feliz y honrada de pedirle a Ana Paula que se case con este anillo (Meu anel de noivado com o seu avô. Eu quero que fique com você. Sua mãe, suas tias, nenhuma teve um amor tão verdadeiro quanto o que eu vi aqui. É seu minha filha, quando chegar a hora e se você achar que deve, eu ficaria feliz e me sentiria honrada que pedisse Ana Paula em casamento com esse anel).

Él es hermosa abuela, siempre admiré este anillo, representa tu amor muy bien. Muchas gracias, nunca olvidaré este momento, abuela, nunca (Ele é lindo vovó, eu sempre admirei esse anel, representa tão bem o amor de vocês. Muito obrigada, eu nunca vou esquecer desse momento vovó, nunca).

Espero que me veas pronto (Espero que venha me ver logo).

Me voy, quiero hacer una cita en Argentina para presentarle a Ana al resto de la familia y quiero invitar a Xavier (Eu vou, quero marcar um encontro na Argentina para apresentar Ana para o restante da família e quero convidar o Xavier).

Habla con Ana Paula, respira antes de hacer nada, no dejes que las hormonas te abrumen (Converse com Ana Paula, respire antes de fazer qualquer coisa, não deixe os hormônios te dominar).

Lo intentaré abuela, lo intentaré (Tentarei vovó, tentarei).

Depois de embarcar a avó, Paola seguiu para o seu restaurante e logo se estressou com o caos que estava a cozinha. Enquanto organizava tudo, no salão, Lindalva, uma das funcionárias de maior confiança da Chef recebia Ana Paula com o buquê de flores na mão que perguntava:

— Paola está no restaurante Lindalva?

— Na cozinha Ana, hoje ela está em um nervoso que a tempos não vejo.

— Hormônios, eles começaram a aparecer. Ela está querendo o divórcio mesmo antes de casar comigo. Vou esperar no escritório, você busca ela para mim? Diga que se ela não descer eu vou subir.

— Deixa comigo.

A funcionária foi para a cozinha e lá ao ver Paola gritando com os cozinheiros, logo falou:

— Chef, sua namorada está te esperando no escritório.

— Eu no estou com a mínima paciência para ela agora.

— Ana Paula disse que se você não descer ela vai subir, e ela parecia muito séria Paola.

A argentina jogou o guardanapo em uma bancada próxima e disse:

— Lucas, a cozinha é sua.

— SIM CHEF.

Ao descer para o escritório e abrir a porta, foi surpreendida ao ver a morena com um buquê de flores nos braços. Ana Paula sorriu tímida e disse:

— Oi.

Hola.

— Eu vim aqui me desculpar com você amor.

Yo... Yo...

A argentina começou a chorar, sendo abraçada pela namorada que disse:

— Hei, está tudo bem, está tudo bem meu amor, tudo bem.

No sé lo que me está pasando ... En realidad sí, pero no puedo controlarlo.

— Eu sei meu amor, eu sei.

— Eu no quiero perder você.

— Você não vai me perder nunca guapa.

— Mas você no me quer mais, no me deseja mais.

— Paola, olha para mim amor.

A Chef ergueu o olhar e ouviu:

— Não há um segundo no meu dia que eu não te deseje, que eu não te queira. Mas você sofreu um aborto Paola há menos de quinze dias. Eu só quis preservar o seu corpo um pouco mais. Nunca duvide do meu amor por você, nunca.

As duas se sentaram no sofá e quando Paola controlou o choro, disse:

— Desculpa cariño, eu no quiero ser tão emotiva e sensível assim.

— Eu não me importo, só não gosto de te ver triste, eu te amo Paola.

Yo también te amo cariño.

— Vamos para casa comigo?

— A cozinha... Estamos no meio do servicio.

— Você estressada o dia não rende, Lindalva me disse que você estava estressada. O Lucas vai cuidar de tudo para você, amanhã você volta e se diverte como sempre.

— Ok, só vou avisar Lindalva que estou saindo.

Chegando no salão, Lindalva se aproximou da mulher com um pacote de entregas com a logomarca do restaurante e disse:

— Pedi para o Lucas preparar o almoço de vocês para viagem. Espero que gostem das minhas escolhas.

Paola obviamente emocionada com o gesto, abraçou a mulher e disse:

Gracias minha amiga.

— Vá para casa e descanse, você precisa de tranquilidade para uma gravidez saudável Paola.

— Eu vou ter. Gracias Linda, por todo.

As duas mulheres chegaram na casa da argentina e depois de almoçarem juntamente com Francesca assistiram a diversos filmes de animação no sofá e naquela noite, na cama ao beijar a Chef com volúpia, Ana Paula perguntou:

— Eu quero você, mas tenho medo de te machucar. Tem certeza que está se sentindo bem?

— Toda certeza do mundo cariño. Eu só quero amar você.

— Qualquer coisa que você sentir, me avise.

— Eu só vou sentir prazer, apenas isso.

As duas naquela noite se amaram com todo o carinho e delicadeza existente entre elas.

****

No dia seguinte, depois de tomarem café da manhã, a apresentadora disse:

— Eu preciso ir para casa guapa.

No, no, no, por favor, no vá.

— Pao, eu já estou aqui há muito tempo. Preciso arrumar as coisas em casa. Está tudo uma bagunça, eu tenho que lavar roupas amor. Agora que Isabel permitiu que você volte lentamente a sua rotina normal, fico mais tranquila em organizar as coisas no meu apartamento.

— Fica comigo cariño.

— Eu não posso hoje, sinto muito. Mas eu prometo que amanhã eu fico. Hoje eu preciso mesmo organizar as coisas em casa.

Está bien, está bien.

Depois de alguns beijos calorosos, Ana Paula pegou as chaves do carro e de casa, colocou seus pets no carro e disse:

— Eu te ligo mais tarde, ok?

— Ok.

— Eu te amo guapa.

— Também te amo mi amor.

Depois de alguns minutos que Ana Paula tinha saído, Paola pegou o celular e disse quando foi rapidamente atendida:

— Angélica preciso de ajuda.

— Você está bem, o bebê está bem?

, estamos perfeitos.

— Então não me assuste assim.

— Eu no aguento mais ver Ana Paula ir embora... Eu vou pedir para que ela se case comigo.

— Que notícia maravilhosa argentina.

— Eu preciso de alguna joalheria que personalize um anel de família. E como sua ex-namorada era designer de joias, pensei que você poderia saber de algum lugar ou até mesmo me levar até ela.

— Claro, acho que a Mariana vai adorar personalizar uma joia para você. Passo em sua casa em meia hora?

Perfecto. Besos.

No tempo combinado, Angélica chegou na casa da argentina e ao ver a morena entrar no carro, disse:

— Eu liguei para a Mari já, ela vai nos atender, aparentemente ela é muito fã de Pana.

— Quem no é? Ela é a mulher da minha vida.

Em poucos minutos entravam no atelier onde Paola adaptaria o anel. Ao ver a Chef, a ex-namorada de Angélica falou:

— Paola, quanto tempo não te vejo.

Hola Mariana. Você no deveria ter desaparecido.

— As circunstâncias me forçaram, alguns erros que cometemos não dá para consertar. Mas enfim, vamos ver o anel que você tem?

A argentina tirou o anel da bolsa e disse ao mostrá-lo:

— Esse foi o anel de noivado da minha avó, mas eu queria acrescentar algum detalhe que desse a ele a cara do nosso amor. Algo que demonstre a infinidade do meu sentimento.

— Você tem um anel relativamente simples com exceção da pedra de safira, o aro me dá um bom espaço para trabalhar, então eu pensei que poderia fazer pequenas joias em formato de infinito e incrustar no aro. O que acha?

— Perfeito. Infinito como o meu amor por ela. Você consegue terminar ele até dia 09 de março?

— Tenho alguns trabalhos para terminar, mas vou dar prioridade ao seu. Volte a me procurar dia 02 de março, vai estar pronto.

— Vamos falar de valores?

A mulher rapidamente escreveu um valor no papel e logo Paola exclamou:

¡Dios del cielo! Ana Paula llevará un automóvil popular en sus dedos.

Paola sorriu ao tocar no anel e disse:

— Mas o importante é se ela disser sim. Gracias Mariana.

— Agora me diz, como vai fazer o pedido?

— Durante a coletiva de imprensa de lançamento do MasterChef.

— Um grande gesto para alguém tão tímida quanto você.

— Obrigada pela ajuda e apoio Mari. Agora preciso ir, ainda tenho que pedir autorização para o Pato.

— Foi um prazer rever você.

— Você ainda tem o mesmo número de celular?

— Claro.

— Vou te ligar para marcarmos um jantar qualquer dia desses, quero te apresentar Ana Paula.

— Liga sim, vou adorar. Sou fã dela, desde a época da Globo.

— Vou apresentar vocês, bye bye Mari.

****

No dia da coletiva de imprensa, as mulheres acordaram cedo e logo foram para Band se preparar para encarar os jornalistas. Paola já tinha tudo combinado com os diretores e com Jacquin e Fogaça que guardaria o anel no bolso do paletó até a hora do pedido. Ana Paula foi a primeira a ficar pronta e seguiu em direção ao camarim da namorada e ao vê-la sentada no sofá que ali tinha, perguntou:

— Amor, está pronta? Precisa de ajuda?

— As meninas já me ajudaram cariño. Vamos?

— Vamos guapa.

A coletiva correu bem, os diretores, Ana Paula e os chefs explicaram como seria a temporada e quando a coletiva estava quase no fim, Ana Paula perguntou olhando para os três jurados:

— Meus queridos jurados, gostariam de acrescentar mais alguma coisa ou podemos encerrar a coletiva?

Paola sorriu e disse:

Me encantaría si lo permitir.

— Você está escorregando para o espanhol, o que vai dizer que está te deixando tão nervosa?

A argentina levantou e ficou frente a mulher mais baixa dizendo:

Debes saber o quanto soy péssima com as palabras y soy un bicho do mato. Que eu jamais haría eso se no te amasse locamente e quisesse gritar para esse país inteiro escuchar o quanto soy feliz a tu lado. Eu que para todas essas pessoas aqui hoy puede parecer cedo demais, pois fazem dos meses que nós estamos juntas, pero para mí no es, para demorou demais para isso acontecer, pues você é o amor de mi vida Ana Paula. Eu amo você, mi hija que é tudo que eu tengo de mas importante nesse mundo ama você. Eres mí compañera, é o amor pelo qual eu siempre esperé. Eu siempre fui independente, do tipo que acha que no precisa de ninguém para ser feliz. Pero yo estava errada, eu precisava , eu precisava de você. Usted es aquele amor que me completó, donde pude finalmente me sentir en paz, me sentir en casa, donde eu pude descansar en mi plenitude. É com você que yo quiero solidificar e dar una forma ainda mayor a nossa família. Es com você que quiero estar todos los minutos de mi dia. É ao seu lado que quiero envelhecer. Yo quiero ficar velhinha ao seu lado, quiero ser aquela abuela que vai para cozinha fazer o macarrão para os nietos, enquanto escucha usted lá da sala colocando defeito na performance dos âncoras dos jornais na TV. Yo quiero ser aquela velha que sorri todos os días ao abrir os ojos de manhã só por haber sido abençoada por Dios com mais um dia ao lado da mujer mais bella do universo. Quiero tudo eso e muito más, eu quero um mundo a su lado.

Paola respirou fundo, pegou a pequena caixinha preta que Fogaça lhe entregou, ajoelhou-se em frente a jornalista e disse:

— Ana Paula, usted aceita fazer de mí a mujer ainda más feliz que ese mundo já viu e ser mi esposa? Você quer se casar comigo Ana Paula Padrão?


Notas Finais


Espero que tenham gostado do capítulo. Prometo tentar voltar mais rápido dessa vez. 😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...