1. Spirit Fanfics >
  2. Sempre foi você >
  3. Capítulo 5

História Sempre foi você - Capítulo 5


Escrita por:


Capítulo 5 - Capítulo 5



Já fez 3 meses desde que eu e Annabeth nos tornamos amigos. Ultimamente nós temos nos falado bem pouco graças a enorme quantidade de atividades e trabalhos que nossos professores estavam passando para nós.

Nos tornamos até mesmo melhores amigos. Eu sei praticamente tudo sobre ela: que ela gosta de pintar, a paixão dela por livros e por arquitetura, sua cor preferida é vermelho, enfim, praticamente tudo.

Ontem nós não nos falamos de forma alguma, ela estava estranha, me evitando e conversando apenas com as meninas. Mas hoje eu iria falar com ela.

Hoje é sábado e eu acordei cedo, até demais, se eu não soubesse que a Annabeth acordava todo santo dia às 6:30 para arrumar tudo e ficar com o dia livre eu começaria o dia bem feliz. Tomei café com minha mãe e meu padrasto Paul, dei um beijo neles e subi novamente para meu quarto. Tomei um banho, me vesti e passei um perfume, iria levar a Annabeth para um passei em um parque de diversões que veio para a cidade a pouco tempo, eu sabia que ela iria adorar porque a Anna é louca por montanha-russas e por algodão-doce, é claro. Desci as escadas e minha mãe estava na sala assistindo TV com Paul.

"Posso saber para onde você está indo senhor?" Ela pergunta ao me olhar com calças jeans, all star preto e minha camisa azul escuro.

"Vou levar a Annabeth para o parque, a senhora esqueceu?" 

"Ah sim, é claro que não esqueçi."

"Quem é Annabeth?" Paul peegunta com um sorriso malicioso na cara. Ele é o novo namorado de mamãe e também meu professor de inglês, eles começaram a sair faz pouco tempo então ainda estamos nos conhecendo.

"A namorada do Percy." Sinto meu rosto queimar, aposto que eu estou vermelho até as orelhas.

"Ela não é minha namorada. Ela é minha melhor amiga, Paul." Respondo rápido. "E se me dão licença vou levar minha amiga para sair."

"Você quis dizer para um encontro né?" Minha mãe fala para me irritar. E eu fico ainda mais vermelho.

Corro de casa e bato rápido e forte na porta da casa de Annabeth. Depois de quase 1 minuto a mãe dela abre a porta.

"Oi Percy. Ela esta lá em cima, você pode subir."

Eu ainda estou vermelho do que minha mãe falou quando bato na porta do quarto dela. 

"Annabeth? Posso entrar?"

Escuto a voz de um garoto que é extremamente familiar para mim, tento convencer a mim mesmo que isso é apenas um mal entendido e que a Anna esta apenas assistindo televisão e a voz de um ator é parecida com a dele, mas quando ela abre a porta com um sorriso enorme no rosto e eu o vejo sorrindo sentado na cama dela eu temho vontade de sair correndo dali e fingir que nada nunca aconteceu e que eu nunca bati na porta dela e vi aquela cena.

Poderia ser bem pior, eles poderiam estar se beijando. Eu penso comigo mesmo e me dou 3 tapas mentais por sequer pensar nisso. A Annabeth nunca faria isso.

"Oi Percy" Luke fala acenando.

"Oi Luke" dou um sorriso claramente forçado, conheço a fama do Luke com as garotas. Mesmo tendo apenas 13 anos, assim como todos nós, ele consegue pegar todas as meninas que quer.

"Annabeth, você já está pronta para a gente ir?" Pergunto olhando para ela.

"Hum...?" Ela me olha claramente confusa. Eu não acredito que ela esqueceu do nosso passeio.

"Nós íamos para o parque hoje. Você esqueceu?" 

"Podemos conversar lá fora Percy?" Ela fala e me puxa para fora do quarto.

"Meu Deus, me desculpa Percy, mas é wue eu marquei com o Luke hoje para nós fazermos o trabalho de geografia."

"Ah..." Falo sem saber exatamente como me sentir.

"Eu prometo que nós vamos no parque depois, mas é que hoje não dá."

"Okay então, vou chamar a Rachel para ir comigo então."

"Por quê? Eu não falei que nós vamos depois?" Ela pergunta claramente brava comigo. Ela já tinha me falado que não gostava da Rachel, exatamente por isso que eu falei ela. Só que ela não contava que eu também estivesse zangado com ela por causa dessa repentina mudança de planos.

"Bem Annabeth até onde eu sei as nossas entradas que eu comprei expiram hoje e eu estava ansioso para gastar elas com você, mas como não vai dar eu terei que arrumar outra pessoa para ir junto comigo." Eu falo bem baixinho me aproximando a cada duas palavras dela,que ia se afastando para trás até bater na parede e nós estarmos grudados. 

Eu já tinha ficado perto da Annabeth antes, várias vezes para falar a verdade, mas eu nunca tinha percebido o cheiro de morango que ela exalava ou como os olhos cinzas dela eram lindos.

"Eu realmente gostaria que fosse você comigo lá, mas não deu não é mesmo? E não tem nada que eu possa fazer para mudar isso." Eu falo no ouvido dela e a sinto se arrepiar inteira e abrir a boca para falar algo quando somos interrompidos.

"Annabeth?" Luke pergunta do quarto e nós nos afastamos como se estivessemos pegando fogo ou com alguma doença estremamente contagiosa.

Ela estava vermelha como um tomate e eu só consegui sorrir de lado quando dei um tchau com a mão e fui embora.

Quando já estava do lado de fora eu resolvi ligar para Rachel e convidá-la para ir ao parque comigo já que eu sabia que is garotos eatavam com suas namoradas a essa hora.

"Alô? Quem é?" Ela pergunta.

"Oi Rachel, aqui é o Percy. Eu estava me perguntando se você não quer ir ao parque comigo? Tenho dois ingressos e ninguém mais quer ir comigo." Dou risada. " Parece que estão todos ocupados." Ela ri.

"Bem eu estou livre agora."

"Perfeito. Eu vou até aí de bicicleta para que possamos ir juntos ao parque ou você quer ir sozinha e nós nos encontramos lá?"

"Minha bicicleta ta com pneu furado então acho que você vai ter que vir me buscar."

" Okay então. Já estou indo." Eu desligo.

Vou até a garagem e pego minha bicicleta. Já estou em frente a casa dela, que ainda bem fica apenas uma quadra na frente da minha. Bato na porta dela e espero ela atender.

"Oi!" Ela abre a porta e me abraça. Está vestida com um vestido soltinho preto com alguns detalhes em azul claro.

"Oi Rachel. Vamos?"

"Claro que sim."

Eu subo na bicicleta e ela sobe logo depois e me abraça. Começo a pedalar até conseguir me acostumar com o peso extra e aumentar a velocidade. 

Ao chegar no parque eu estaciono a bicicleta. Quando Rachel desce ela me dá um beijinho na bochecha que foi praticamente no canto da minha boca. Não que eu não tenha beijando a Rachel antes, somos como "amigos coloridos" nós nos pegamos algumas vezes em verdade ou desafio e até mesmo em algumas festas.

Mas não é como se eu gostasse dela como algo mais, é simplesmente mais fácil eu só pegar ela e não ligar em ter que agir como um namorado dela ou coisa do tipo. E ela sabe disso, que eu não quero nada sério agora e talvez não queira nunca.

Bem foi bastante divertido até começar a chover bastante, nós andamos de montanha-russa, de carrinho bate-bate, na roda gigante, atiramos e ganhamos ursos, comemos doces entre outras coisas, mas começou a chover e como o parque era mais perto da minha casa nós resolvemos ir para lá.

Chegamos encharcados, não tinha ninguém em casa então não tivemos que escutar minha mãe brigando com a gente por molhar a casa.

"Vamos para meu quarto para nós nos secarmos melhor." Falei depois de secar onde nós molhamos.

"Tudo bem."

Subimos e fomos direto para meu quarto. Já estavamos mais secos e a chuva agora era apenas um chuvisco um pouco forte, então abri a janela para o vento entrar e percebi que a janela da Annabeth estava com as cortinas abertas lendo um livro e o Luke não estava mais lá. E por algum motivo eu fiquei muito feliz com isso.

"Percy." Eu escuto Rachel me chamar.

"Oi." Respondo me virando para ela que anda até mim, não recuo, sei o que ela quer e sinceramente não ligo de fazer isso agora.

"Eu amei nosso passeio hoje." Ela fala com a voz rouca no meu ouvido acariciando meus cabelos.

"Eu também amei." Falo com as mãos na cintura dela e dando pequenos beijos no pescoço dela.

Ela solta pequenos gemidos no meu ouvido e se afasta um pouco de mim, apenas para beijar minha boca como se estivesse louca para fazer isso a muito tempo, e eu apenas retribuo o beijo.

Ela me faz me sentar na cama, sobe em cima de mim e continua me beijando. Eu tiro minhas mãos da cintura dela apenas ocasionalmente para seus cabelos ruivos. O clima começa a esquentar e eu me obrigo a parar. Por mais perto que nós ja tenhamos chegado de fazer sexo eu nunca deixei nós irmos até o final.

"Okay vamos parar com isso." Eu falo parando de beijar ela.

"Desculpe." Ela fala se arrumando.

"Ei ta tudo bem." Levanto o rosto dela e dou um beijo na testa dela. "Só não acho que seja certo nós passarmos de beijos."

"Eu entendo."

"Quer que eu te leve?" Pergunto com medo de ela ter se machucado.

"Não. Vou andando. Obrigada pelo ótimo dia." Ela sorri e vai embora do quarto.

Me jogo na cama e sinto como se alguém estivesse me observando então levanto e olho pela janela. E lá está ela parada me olhando diretamente.





Notas Finais


Obrigada por lerem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...