1. Spirit Fanfics >
  2. Sempre Fomos Amigas >
  3. Sempre Fomos Amigas: 9

História Sempre Fomos Amigas - Capítulo 9


Escrita por:


Notas do Autor


Boa Noite ? Tem alguém aí?

Capítulo 9 - Sempre Fomos Amigas: 9


Fanfic / Fanfiction Sempre Fomos Amigas - Capítulo 9 - Sempre Fomos Amigas: 9

NOTÍCIAS

Será que a gente ainda precisa de confirmação ? Fotos e mais fotos, já prova que muitos estavam especulando. Shawn Mendes e Camila Cabello estão sim, namorado.



Camila Cabello estreará a Cinderela no cinemas. Queria ela seguir os passos do seu melhor amigo, Lauren Jauregui ? Esperamos que ter tudo certo para ela.



Em uma life do Instagram Lauren afirmou que ela e Kordei já estavam gravando o clipe da música, e deixou muitas gentes intrigados. Ela mandou todos assistirem o the voice Eua, especificamente nessa quinta-feira. E questionado sobre uma possível surpresa, ela disse vocês só saberam se assistir. Eu vou assistir e vocês ?







Lauren






- Não foi por maldade só comentei sobre isso, por também, me deixava triste. Nunca pensei que ele usaria isso para te ofender. - fala Arón Piper.

Minha amizade com ele vem de muito tempo, pra vocês ter noção em nem me lembro bem quando a gente começou a se falar. Nossas mães eram amigas, e a gente sempre se via, e daí por diante não paramos mais, e amizade aconteceu.





- Você não tem culpa, Arón. Mendes é desprezível. Mas eu quero saber de você. - saio do banheiro encontrando ele deitado na minha cama.





- O que, quer saber ?. - me olhar.





- Você ainda gosta dele ?. - entro no closet.





- Gostei muito. Mas suas atitudes, me fez perder meu o encantamento por ele. Não posso negar que se rolar a gente ficar.





- Você não presta. - comento.





- Não há sentimentos por ele, mas uma transar fácil sempre é bom. - gargalhamos.






- Agora, sério mesmo. Você ainda tem sentimento por ele ?. - eu sei de perto a história deles dois, a gente até saímos algumas vezes eu, ele, o Shawn e o seu amigo Niall, a gente se dava bem. Como o Arón disse as atitudes dele me fez desgostar, e estamos assim agora. Não suporto ele.





- Acredite em mim. Não tenho mais.





- Eu nunca disse, mas..





- Você sempre esteje no meu lado, mesmo não aceitado o meu caso com o Mendes. Você é amiga de verdade.





- Você também, sabia disso. Vamos jogar videogame ?. - saimos no quarto em direção o andar de baixo.






- Fechou. Apostado ?





- Só tem graça assim. Vou pegar algumas coisas pra gente comer. - foi em direção a cozinha. - E você já vai ligando o videogame.





- Eu não sei como você não engorda com tantas besteiras que come. - fala assim que entro na sala com pagodes de cheets e latinhas de refrigerantes.





- Sempre foi assim, querido. Mas uma vez eu fiquei com barriguinha, mas o boxe e o Muay thai, amenizou o estado.





- Deixa de coisa, você é gostosa de qualquer forma.





- Aah.. obrigado. Você é muito gentil amigo. - nos sentamos no tapete para começar a partida do jogo.



A gente começou a jogar, e nem vimos as horas se passar.





- A gente podemos marcar um encontro o que você acha ? Eu, você, Brandon e a Danna ?. - perguntou Arón.





- Seria ótimo. Eu gosto da Danna. - a gente estava arrumando a bagunça que a gente tinha feito.





- Percebe. Que dizer todos que assistiram perceberam a química entre vocês. - me olhou malicioso.





- Não vou negar, nenhum beijo técnico foi dado ali. Ela beijar muito bem.





- Sua safada. - ouvimos a porta sendo aberta. - Tá esperando alguém ?. - a dona Elena já tinha vindo hoje. Era a senhora que cuidava na minha casa, três vezes por semanas. Eu adorava ela.





- Não. Dona Elena já venho hoje, e quem tem livre acesso é.. - nem deu para completa que ela completou pra mim.





- Eu. - Camila disse entrando na cozinha. - Oi, Arón.





- Camila. - ele foi comprimenta Camila com um abraço. - E já que você chegou, ajudar a Laur com a bagunça. Estou indo tomar banho.





- O que ? Ei ?. - chamo pro ele.





- O que ? Tenho um encontro, vou me arrumar, ué.




- Boa sorte. - deseja Camila. - É só hoje, em.





- Certo. - ele pisca olho pra ela.



Após a saída do Arón, a atenção de Camila voltou total pra mim.




- Oi. - disse.





- Oi, quer comer alguma coisa ?. - caminho de volta a cozinha. - Posso preparar um lancher ?.





- Seria perfeito. - ela sentou na mesa.

Enquanto pego os ingredientes para o lancher da Camila, seu olhar sempre atento em mim.





- O que foi ?. - pergunto recebendo suas olhadas.





- Será que a gente pode conversar sobre tudo ?. - ela parecia receosa com a sua pergunta.





- Não sei, o que temos para conversar ?. - entrego o lanche pra ela, e me senta a sua frente.






- Lo. - ela me chama sôfrega.





- Coma primeiro. Eu conheço você e sei que aconteceu mais alguma coisa. Enquanto isso, vou me despedir do Arón. - subi pro andar de cima, e bate na porta do quarto que o Arón hospedados. - Oi. - me jogo na cama.





- Está fugindo dela por acaso ?. - ele brinco enquanto colocava a camisa.





- Um pouco. Não sei o que vai dar essa conversa.




- Vocês se conhece a muito tempo não precisava ficar assim. Estou estranhando esse seu comportamento.




- Não vamos falar sobre isso. Nem eu sei o que está acontecendo comigo em relação a ela, eu tento, tento protege -la e parece que ela não ligar.





- Você é possessiva com ela. E ela é ciumenta com você. Isso é ruim em qualquer relação, mas a de vocês eu acho fofo. Não me julgue. Como estou ?. - ele pergunta dando um volta.






- Tá, bonitão. - saímos do quarto. - Fala pra Camila subir, vou espera -la no meu quarto.





- Tá certo.





- Boa sorte no seu encontro. - desejo. E vou pro meu quarto, precisava colocar a roupa suja no cesto de roupas suja.





- Arón, me disse que você mandou subir. - escuto a voz de Camila dentro do quarto.





- Sim. - falo mais alto pro está dentro do banheiro. - Já vou pra ir.





- O que está fazendo ?. - escuto seus passos se aproximando.





- Terminei. - digo ao vê-la na porta do banheiro. - Me diga, o que vamos conversar ?. - perguno caminhando até a cama.





- Você estava certa. - franzi a testa com a sua afirmação.





- Sobre o que ? Maioria das vezes estou sempre certa - vejo ela revirando os olhos. - Deitada aqui comigo, e me conta na onde eu estou certa dessa vez. - ela se deitada ao meu lado.





- Minha aproximação com o Shawn. - não deixei de fazer careta ao escuta esse nome. - Nós estamos em um PR.





- Humm.. o que eu posso falar agora ?





- Eu te avisei. - sorri. - Como eu sou idiota. - ela escondeu o seu rosto com suas mãos.




- Como foi isso ?. - tiro suas mãos de cima do seu rosto.




- Depois da brigar de vocês, alguém ameaçou a divulga as fotos que tiraram. - pela minha cara de supresa ela soube que eu não sabia disso. -Pois é, alguém tirou e queria dinheiro para não publicar. Simon, Ryan teve que pagar um valor.






- Se a briga foi comigo e o Mendes, não entende o porque do Simon está envolvido.






- Eu te explico. - ela se vira para ficar cara a cara comigo. - Aconteceu na gravadora dele, e seus representantes disse que não queria que as fotos fosse divulgadas para não chamar atenção para brigar. Mas que não pagaria nada, porque isso prejudicaria mais o Shawn do que você.






- Caralho. Eu não sabia disso.





- Cara, seus representantes é foda. Porque eu não ouvi os seus concelhos em inúmeras vezes ?





- Eu me pergunto isso todo dia. - brinco. - Mas continue.





- Eles mudaram o acordo sobre eu decidir quanto tempo eu ficaria, e colocou três meses de prazo ou quatro, e por Shawn, quanto acabar ele entrar em outro PR.





- Você disse que isso aconteceu por conta na nossa briga, mas aposto quanto você quiser, que eles já estava planejando a um bom tempo, isso só foi um pretexto.





- E você acha que não sei. - ela rolou para mais perto de mim, e me abraçou. - Me desculpa, me desculpa.





- Vixii.. tudo vai passar. - retribui o seu abraça.





- Talvez eles coloque o seu nome do meio. - ela fala e me beija meu pescoço.





- Como assim ?. - começo fazer carinho em seu cabelo.





- Eles disseram que um triângulo amoroso da mais ibope. - ri. Eles são sanguessugas quer ganhar com tudo. - Qualquer situação que acontecer, e eles souberem aproveitar disso.





- Como o nosso afastamento ?





- Que afastamento ?. - ela levanta a cabeça para olhar pra mim. - Não há afastamento entre nós.





- Se não tem, vai ter quando esse PR começar de verdade. - rolei na cama ficando em cima dela sem colocar o peso todo. - E eu não vou gosta nada, nada.





- E é ?. - suas mãos entrou por dentro da camisa que eu estava vestida, e começou o carinho.





- Não venha faz graça, Cabello. - ela sorriu, e depois ficou séria rapidamente.





- Porque você diz com tanto firmeza que esse meu PR com o Shawn vai nós distanciar ? Com outro isso nunca aconteceu, porque agora ?. - perguntou sem parar o carinho que tava fazendo em mim.





- Porque eu achei que conhecia o Mendes, mas ele mostrou ser uma pessoa tão diferente. - Camila, puxou a minha camisa pra cima, me incentivando a ajudá-la a tirar de mim. - Você não quer falar no Mendes, agora quer ?.






- Você é tão inteligente. - sorriu com a língua entre os dentes.





- Sou mesmo. - dó um selinho demorando dela, e voltando a deitar ao seu lado. Ela aconchegou em meu corpo e novamente começou a fazer carinho em minha barriga. - Não sei se você ama mais a mim ou a minha barriga.





- Eu amo você, e sua barriga também. - rimos. - Queria um corpo assim como o seu. Mas enquanto eu não tenho eu posso desfrutar ?





- Ele é todo seu, minha Camz. - riu. - Vá fazer academia.





- Eu tenho que parar de ser preguiçosa. - assento. - Mas não consigo. - sorrimos.


Sem pensar em mais nada, zerei nossa distância puxei sua nuca, apenas para beijar seus lábios com vontade e desejo. Minha outra não envolveu sua cintura, enquanto eu mantinha o carinho leves, puxões nos cabelos atrás do seu percoço. Meu coração batia rapidamente em meu peito pela euforia por estar ali, aos beijos com aquela menina -mulher.


Coloquei as minhas duas mãos em sua cintura e a puxei para mim quando ela mordeu meu lábio inferior e puxou levemente. Sorrimos um parar o outro antes de voltarmos a nos beijar.


Era bom está assim com ela, mas principalmente de boa em nossa amizade. Eu amava ela, sem dúvida alguma.




Notas Finais


Até amanhã.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...