História Senhor das Moscas - Capítulo 2


Escrita por:

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Bruxas, Inferno, Monstros, Nojo
Visualizações 5
Palavras 455
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Canibalismo, Drogas, Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Eai, presuntos❤

Capítulo 2 - Pesadelos pt1


Fanfic / Fanfiction Senhor das Moscas - Capítulo 2 - Pesadelos pt1

06:30 da noite. 

(Marin)

Eu estava lendo um livro até que acabei me distraindo olhando para a kia. Ela estava suando muito. . . sera que ela está tendo mais um pesadelo?... 

— Marin: kia. . . kia... Acorda. . . – eu chamava seu nome e a tocava com a mão tentando acorda-la. 

(Marin)

Ela não estava acordando, então chamei a mamãe. 

— Mãe: kia... – ela suava e tremia muito. — Marin, ligue para ambulância, rápido!!!

(Marin)

Levamos a kia para o hospital, sua respiração era muito fraca e eu estava com bastante medo de perder minha irmã...

(Kia)

Eu estava escutando a voz da minha mãe e a voz da Marin mesmo dormindo... Na verdade... Eu nem sei se eu estava dormindo, mas eu não estava conseguindo acordar de jeito nenhum! E aos poucos eu fui parando de escutar a voz das duas foi ai que finalmente acordei... Mas, eu não estava no meu mundo. Acordei na beira de um rio, com o corpo dentro da água e apenas a cabeça para fora. E fui abrindo os olhos aos poucos... E foi a coisa mais linda que ja havia visto!

— kia: que lugar é esse. . . – falava enquanto me levantava. — que estranho, eu estou conseguindo me mover normalmente. . .

( kia)

Eu não sabia onde eu estava também não sabia o que estava acontecendo. . . 

— kia: mamãe? Marin? Onde vocês estão? – chamava por elas saindo da beira do ria e indo em direção a um pequeno monte. — droga. . . sera que isso é um tipo de hospício?  

(Hospital)

— mãe: então doutor... como ela ta? 

— doutor: eu não vou mentir para a senhora, o caso da sua filha é bem preocupante. Eu nunca vi nada parecido antes... É como se ela estivesse presa no seu próprio sonho e não conseguisse acordar dele.

— mãe: isso significa que...

— doutor: não sei o que pode acontecer se ela não conseguir acordar

(Kia)

Quando cheguei no topo do monte avistei uma pequena aldeia. As casa parecia ser feitas de barro e palhas, mas eram lindas! Fui até lá. . .

(Marin)

Minha mãe e eu vamos dormir no hospital não queremos deixar a kia.

— Marin: o que sera que aconteceu com ela?

— Mãe: eu não sei. . . ela não pode nos deixar agora... Ela precisa saber de tanta coisa...

— Marin: tipo a morte do papai? Eu avisei que podíamos ter falo antes que o papai morreu naquele acidente de carro que teve junto com a kia! 

— mãe: você mesmo sabe que ela amava muito o pai dela e eu iria contar para ela sobre sua morte. Mas não imaginava que ela acordaria diferente...

— Marin: mas talvez seria melhor do que mentir para ela dizendo que ele ta no trabalho todo dia!

(Continua...)




Notas Finais


Vejo vcs qualquer dia ai! :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...