História Senhor Kim "Perverso" - Capítulo 26


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jeon Jeongguk (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Bts, Kim Taehyung, Tae
Visualizações 143
Palavras 5.168
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura amores de My life 😘❤

Espero que gostem do cap. 😁

Capítulo 26 - Amor intenso: Mal entendido


Fanfic / Fanfiction Senhor Kim "Perverso" - Capítulo 26 - Amor intenso: Mal entendido


S/N- Depois do momento tenso de minha descoberta de saber que estou definitivamente na casa do homem que eu procuro esquecer, me encontro agora por ironia do destino em sua casa,mas ato esse meu que é impossível,pois seu rosto e os momentos em que tivemos juntos não saem de meus pensamentos por mais que eu tente. Na sala fico refletindo se realmente isso tudo é necessário,se realmente devo voltar amanhã ou se esculto as palavras desesperadas ditas por Yoongi de que ele realmente precisa demim!

Em minha cabeça inciste a ideia de que eu devo sair daqui e nunca mais voltar,pois necessito de ser liberta desse maldito amor não correspondido,mas meu corpo,alma e coração clama por ele de forma desesperada. Minha vontade agora é de ir correndo até aquele quarto e gritar para ele que sou eu e que estou aqui,disposta a quebrar esse bloqueio que ele tem ao qual se chama Yangi Mi,mas infelizmente me meti em um relacionamento ao qual não posso magoar quem tanto me ajuda e me quer bem. Não seria justo tamanha infidelidade com Do Ji-Han. Meu Deus! Por que me coloca escolhas tão dificieis? -Questiono em busca de respostas enquanto permaneço sentada no carpete da sala,observando um quadro com uma pintura abstrata de um casal e suas cores fortes, porém que revelam algo intenso e obscuro,assim como eu e ele. -Sorrio irônica com minha observação e me pergunto se ele pensa da mesma forma que eu com relação a nós dois,se é que isso paira sobre a mente dele.

Em meus devaneios retorno as palavras ditas por Yoongi e o quão o mesmo me pediu para ficar e cuidar de Kim. Sei que isso vai ser algo muito complicado pramim,mas ficarei mesmo que para isso eu esmague meu coração na tentativa fútil de esquece-lo,ainda mais estando perto do mesmo.

A tarde chega e com ela a ausência dos meninos,me encontro sozinha na sala e resolvo ir até a cozinha. Me encontro com a senhora que cuida da casa e a mesma sem jeito sorri pramim e vejo o quão esta confusa com a situação de hoje. Pego um pouco de água e a bebo,pois sinto minha garganta seca,mais não de sede e sim dos lábios do homem cujo esta em seu quarto agora sem ao menos se tocar que eu estou tão próxima dele,depois de tanto tempo. Desperto de meus devaneios intensos com a senhora me chamando enquanto termina de arrumar a cosinha.

Micha-Esta perdida em seus próprios pensamentos menina? -Questiono e a mesma sorri sem jeito parecendo destraida. Olha não precisa observar muito para perceber que Taehyung é alguém que mexe com você profundamente. -Dito olhando para a garota.

S/N-Esta tão na cara assim? -Indago retoricamente e sorrio sem jeito.

Micha-Acho que você é o motivo das insônias de Kim durante as noites.

S/N-Creio que não! Pois outra preenche os sentimentos dele,isso me machuca muito. Amar alguém que simplesmente não corresponde aos sentimentos não é algo muito saudável, mas mesmo assim nossos caminhos se cruzam,mesmo com as chances mínimas de ficarmos juntos. -Dito cabisbaixa e a senhora a minha frente observa meu desolamento e se aproxima pegando em minha mão.

Micha- Quando caminhos se cruzam duas vezes é sinal de que devem seguir juntos em uma só direção. Não se sinta desprezada s/n. -Dito o nome da mesma baixinho. É por você que ele deve chamar quando esta em crise.

S/N-Que?!

Micha- Essa mulher que você sitou deve ser somente uma lembrança na vida dele. Não sei o que houve entre vocês,mas sinto que esse sentimento que você tem por ele é algo recíproco. -Dito de forma otimista para a mesma que esboça um pequeno sorriso.

S/N-Obrigada pelas palavras que me tranquilizam um pouco. Mas hoje sou uma pessoa comprometida e devo ser fiel ao homem que se esforça para me ver bem. -Dito e logo sorrio mínimo para a senhora simpática a minha frente. Pretendo esquecer Kim,nem que isso demore. Irei cuidar dele,mas somente isso e nada mais. Ele jamais deverá saber que sou eu que estou aqui nessa casa!

Micha-Tudo bem. Mas espero que um dia tudo se resolva.

S/N-É melhor eu ir la ver se ele quer algo. -Saio da cozinha segurando as lágrimas que resolvem querer sair,mas eu as contenho. Matenho-me de cabeça erguida e procuro "incorporar Yara" e sigo até o quarto do mesmo,dou dois toques baixos na porta mas ninguém responde. Ele deve estar dormindo! -Exclamo em devaneios e abro a porta lentamente. Ao entrar no quarto o cheiro de erva doce misturada de um toque floral ezala pelo quarto,fecho a porta devagar e ao dar alguns passos cautelosos mas a frente, sinto o vapor quente misturado ao cheiro de erva doce e um toque floral bater contra meu corpo que agora se mantem estático ao me deparar com o mesmo totalmente despido tomando banho. O shampoo desse por suas costa enquanto o mesmo passa a mão por seus cabelos de fios negros. Engulo em seco desejando estar ali com ele passando minhas mãos por todo seu corpo escorregadio enquanto chamo por seu nome. Em meu ventre sinto uma chama se assender com minha ideia insana e logo sinto uma pequena fisgada em minha intimidade.

O mesmo vira em minha direção ainda lavando seu cabelo e de olhos fechados ele permite que a água caia contra seu rosto perfeitamente lindo,percorro meu olhar por todo seu corpo nú sentindo uma adrenalina me consumir por inteira ao me imaginar com ele nesse momento:

Eu me direcionando completamente nua e sentir sua pele molhada e perfumada contra a minha. Hawn, suas grandes mãos me apertando com força enquanto beija meus lábios com desejo, me deixando insana e ofegante,sua boca macia percorrendo meu pescoço até chegar em meus seios,me direcionando até a cama e me jogando nela enquanto me retira beijos árduos. Oh Kim como te desejo agora.

-Dito perdida em devaneios enquanto o mesmo permanece ainda deixando a água quente cair sobre seu corpo desejado pormim. Mordo meu lábio inferior na intenção de conter esse enorme desejo que tenho pelo mesmo. Kim apoia sua mão esquerda na parede deixando agora a água cair por suas costa,enquanto ele se mantem de cabeça baixa. Resolvo dar mais alguns passos até chegar perto do banheiro para observa-lo melhor e assim faço. Ao chegar mais próximo do mesmo me dou conta da loucura que estou fazendo,mas não resisto, a vontade de me perder nesse homem ao qual amo me consome como um vício incurável e a vontade de me tocar é inevitável nesse momento,mas procuro me conter. Mas uma vez me perco em meus devaneios com idéias insanas e absurdas:

Suas estocadas fundas me deixando estasiada a procura de mais prazer enquanto chego a meu limite. Seu corpo se chocando contra o meu indicando que o desejo insaciável de me preencher por completo só esta no começo. Sua voz rouca me dizendo palavras sujas enquanto sua mão segura em meu cabelo.

Mordo meu labio inferior mais uma vez enquanto me perco em devaneios insanos e logo me dou conta de que minhas mãos massageam meus próprios seios enquanto sinto-me molhada,me pergunto internamente se o que eu faço é certo nesse momento. 

Cesso meu ato ao ver que o mesmo desligou o chuveiro e agora veste um roupão já aposto no lugar de costume,sinto um frio em minhas costa ao dar passos largos em direção a porta sem fazer o mínimo de barulho se quer,pois o mesmo agora sai do banheiro secando seu cabelo. Permaneço no quarto e vejo agora o quão fraca eu sou. Pois no ocorrido de agora nem se quer me contive ao ver ele nú a minha frente. Kim vai até a cadeira onde a senhora Micha pediu para colocar a roupa do mesmo e percebo que não fiz isso,seu semblante de frustação é nítido e logo o mesmo caminha lentamente até sua cama e se senta, ele direciona seu rosto em minha direção parecendo me olhar,ato involuntário que me deixa estática. Sinto meu coração desparar e minha respiração aumentar ao ver que eu o olho profundamente me perdendo em seus olhos castanhos escuros. Queria que me amasse da mesma forma que eu ainda amo você! -Dito em devaneios não contendo minha vontade de chorar,de forma silenciosa permito que lágrimas dessam por minha face e me pergunto se o meu destino vai ser dessa forma. Sofrendo por alguém que nem ao menos me ama.

Kim ainda de roupão passa a mão pela cama a procura de seu travesseiro o encontrando e coloca atrás de suas costa para melhor se apoiar, seu semblante triste e perdido se fazem presentes e sinto meu coração se partir por saber que ele sofre com que ocorre com ele,o mesmo passa a mão por seu cabelo molhado e posso ver que lágrimas dessem por sua face,fico perplexa com a situação e sinto um clima tenso rodear o mesmo. Por favor não chore! Estou bem aqui para cuidar de você! -Dito em devaneios sentindo lágrimas desserem por minha face também.

Você é a luz, você é a noite Você é a cor do meu sangue
Você é a cura, você é a dor
Você é a única coisa que quero tocar
Não sabia que podia ser tão importante


Ver o homem que tanto amo chorando dessa forma me deixa a mercer de meu orgulho ao qual simplesmemte me condeno. Necessito dele como nunca,mas isso é algo que não tem retorno. Gostaria de saber o que passa na cabeça dele nesse momento. Queria parar de ser idiota e decidir de uma vez o que eu quero pramim o que me faz feliz, mas não consigo,no fundo sinto que ele é tudo que tenho....

Você é o medo, eu não ligo Pois eu nunca estive tão extasiada
Me siga até a escuridão
Deixe eu te levar além do céu
Você vai ver o mundo ganhar vida, vida

Queria apenas uma prova para saber que você realmente mudou. As palavras ditas por Yoongi não são o suficiente,preciso ver, saber através de suas atitudes se realmente é isso mesmo. -Dito me sentando no chão perto da porta enquanto observo o mesmo em sua cama. Lágrimas ainda dessem por sua face demonstrando o quão o mesmo esta desolado. Fico confusa em saber se essa dor que ele sente agora é por causa de sua depressão, ou falta do Hobi ou até mesmo pela mulher que ele ama mesmo depois de morta. Porque eu me importo tanto com você,se nem ao menos existe a possibilidade de você se importar comigo?!

Então me ame como só você faz, me ame como você faz
Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me toque como você faz, como só você faz Pelo que está esperando?

As vezes tenho vontade de jogar tudo para o "alto" e investir nesse maldido amor ao qual você não corresponde Kim. Isso tudo é culpa sua! Meu corpo clama por você. A vontade de seus toques sobre minha pele é algo ao qual meu corpo sente falta! Muita falta...

Você aparece e some
No precipício do paraíso
Cada pedacinho de sua pele é um Santo Graal que procuro
Só você faz meu coração pegar fogo, pegar fogo
É, vou te deixar guiar o caminho
Pois eu não estou pensando direito
Minha cabeça está girando, não cosigo enxergar direito
Pelo que está esperando?

Posso estar me enganando ao ter aceitado uma vida ao lado de Do Ji-Han,mas foi necessário, talvez assim eu me esqueça como amo você,dando lugar nesse meu coração idiota com quem realmente se importa comigo...

Então me ame como só você faz,
me ame como você faz
Me ame como só você faz, me ame como você faz
Me toque como você faz, como só você faz Pelo que está esperando? (2X)

Vou te deixar guiar o caminho
Pois eu não estou pensando direito
Minha cabeça está girando, não cosigo enxergar direito
Pelo que está esperando?


Flashs de seu corpo nú visto pormim agora pouco me invadem me subindo um desejo enorme de ir até aquela cama encher ele de mimos e fazer amor até nos cansar,mas isso é impossível,pois nesse momento ele chora por outra. Não quero que chore Kim! Porque me pediu para preencher esse vazio que sente, sendo que nem ao menos você se deu o luxo de permitir que eu entrace verdadeiramente em sua vida? Porque sou tão idiota assim a ponto de ficar dividida entre o amor e o ódio que sinto por ele?

Me ame como só você faz, me ame como você faz Me ame como só você faz,
me ame como você faz
Me toque como você faz, como só você faz Pelo que está esperando? (2X)

Observo agora o mesmo se levantar e logo secar suas lágrimas com o dorso de sua mão. Me levanto do chão e bato na porta fingindo estar chegando nesse momento. Ele pede para que eu entre. Abro a porta e fecho novamente finjindo estar entrando,ando na direção do mesmo e vejo seus olhos vermelhos.

Tae-Preciso que pegue uma peça de roupa no closet por favor. Peço para a mesma e logo ouço seus passos se distanciarem.

S/N- Seu semblante agora é serio e faço o que o mesmo me pede. Ja com a peça de roupa em minhas mãos retorno para perto do mesmo e o entrego. De súbito sua mão apoiam-se sobre a minha ao pegar sua roupa,nesse momento queria que ele não me soltasse e dizeres logo em seguida que me ama,mas saio de meu transe idiota quando o mesmo me diz que irá se vestir.

Tae-Preciso que fique na porta ao lado de fora. Quero conversar com você sobre algumas coisas.

S/N- Saio em direção a porta e obviamente não vou para o lado de fora. Observo o mesmo se vestindo. Acho que ele irá me dar cermão por não ter colocado sua roupa no lugar de sempre. -Dito em devaneios e logo o mesmo termina de se vestir e me chama...

Tae-Necessito que deixe minha roupa na cadeira,sei que é muita coisa para se fazer por mim,coisa que eu odeio,porque me sinto um inútil. Mas se você não fizer como lhe falaram quando chegou aqui,não tem por que de seus serviços. Imagino que deve ter algum remédio para eu tomar e você nem se quer olhou a tabela com os horários. Você não faz nem questão de ficar aqui no quarto. Olha "Yara" não quero parecer rude,mas preciso de você para quase tudo,espero que tenha sido claro.

S/N- Vou em direção a tabela e vejo se tem algum remédio para o mesmo tomar,ao verificar percebo que está na hora do seu anti depressivo. No criado mudo à um jarro de vidro com água e gelo e um copo ao lado,encho o recepiente e dou em sua mão juntamente com o remédio. O que você faria se soubesse que sou eu? Me colocaria para fora de sua casa?! -Questiono-me em devaneios e logo me desperto com o mesmo me entregando o copo. Kim vai em direção a sua cama indo se deitar. Olho através da janela de seu quarto e vejo o quão o fim da tarde esta lindo com o sol brilhando fraco denunciando que logo irá se por. Preciso tirar ele de dentro desse quarto e o levar para esse jardim lindo que tem aqui no fundo. Me direciono até o mesmo e pego em sua mão,ele revida, mas o puxo novamente.

Tae-Pare de me puxar garota! Não quero me levantar. -Dito tais palavras e a mesma continua me puxando. Bufo de raiva mas resolvo me levantar.

S/N-Sorrio em saber que pelo menos o convenci de sair desse quarto,pois ele ficou o tempo todo aqui dentro desde o momento do almoço. Abro a porta de seu quarto e enlaço meu braço no mesmo,seu cheiro intenso me embriaga enquanto me coloco a fitar seus labios levemente avermelhados e alguns detalhes ao qual não percebi da última vez em que estivemos juntos. Uma pinta no canto de seus lábios, seguida de outra no seu nariz e na linha d'agua de seu olho,todas seguindo a mesma direção.-Sorrio com esse detalhe e logo percebo que estamos ao lado de fora da casa.

Tae-Garota vamos entrar! Não quero ficar aqui fora,prefiro meu quarto. -Dito me virando para que a mesma retorne comigo,mas nada adianta e ela me puxa para o que deduzo ser uma cadeira de jardim ao qual me lembro da última vez que estive aqui antes de ter perdido minha visão. Ta legal você me convenceu "Yara" ficarei apenas por cinco minutos. Ouço a mesma batendo palmas e sorrio com sua atitude.

S/N-Ver o mesmo sorrindo me deixa feliz, nesse momento,mas logo o sorriso do mesmo se desmancha.

Tae-Suas atitudes me lembram de uma pessoa. -Dito sentindo um nó em minha garganta. Ela era tudo que eu tinha e simplesmente eu deixei escapar de minha vida.

S/N-Fico atenta a suas palavras e sei que ele irá falar daquela maldita mulher.

Tae- Me sintia vazio o tempo todo mais o amor que sinto por ela agora esta me preenchendo. Mas do que adianta se ela não esta aqui comigo? Me desculpe eu não deveria estar lhe falando essas coisas. Quero entrar! Já estamos tempo demais aqui fora.

S/N- Eu sou uma idiota mesmo! Já deveria saber que ele nunca esquecerá essa mulher idiota. Lágrimas me invadem enquanto Kim se levanta para entrar,me mantenho sentada e minha vontade é de falar para o mesmo que eu jamais deveria ter o encontrado novamente e que deveria ter desistido de ficar aqui para cuidar dele.

Tae-Hey,estou falando com você! Me leve,estou me sentindo mal agora.

S/N-Mal uma ova,você esta sentindo é saudade dessa maldita mulher que tanto lhe humilhou seu idiota! -Exclamo internamente e logo me levanto sentindo ciúmes dos sentimentos de Kim por essa falecida,que ainda o pertuba.Me levanto e seguro agora sua mão lhe guiando até a sala.

Tae-Quero ir para meu quarto!

S/N-Sento o mesmo no estofado da sala para ele entender que o quarto não é o único cômodo da casa e ele fecha a cara.

Tae-Esta ficando louca! Quero ir para o meu quarto! -Exclamo furioso com a atitude da pessoa que cuida demim agora. Você esta aqui para fazer o que eu peço e não ao contrário. Me leve agora! Peço e a tal "Yara" nem se move do lugar.-O jantar esta pronto! Ouço Micha avisar. Não irei jantar estou sem fome. -Dito tais palavras e ouço a garota se levantar e seus passos se distanciando. Mas que merda! Nem ao menos sei a direção de meu quarto.

.......................

Micha-Menina o que esta fazendo? Ele vai dispensar seus serviços?

S/N-Não me importo. Talvez eu nunca deveria ter ficado. -Dito chorando,ele ama ela e eu o amo,quero ir embora daqui. -Dito sem conter minhas lágrimas.

Micha-Calma! Quem lhe disse isso?

S/N-Ele acabou de falar lá fora. Queria poder odia-lo e esquecer ele! Apagar definitivamente de minha memória. -Dito olhando na direção do mesmo o vendo sentado.

Micha-Mas ele nem citou nome,e se estivesse falando de você.

S/N-Como ele iria estar falando demim. Da última vez em que estivemos juntos ele disse em auto e bom som que os momentos em que estava comigo era pensando em outra. -Dito logo de uma vez deixando a senhora a minha frente boquaiberta.

Micha-As pessoas mudam e as vezes o tempo que ficaram distantes fez com que ele sentisse sua falta.

S/N-Respiro fundo contendo essas malditas lágrimas,insistentes. Meu Deus minha vida esta virada de pernas para o ar!

Micha-Seu marido vem que horas? Você não pode voltar para sua casa de olhos vermelhos. -Questiono mudando de assunto.

S/N-Irei esperar Yoongi vir primeiro,irei de taxi. -Dito triste.

Micha-Então coma um pouco,leve ele para o quarto,faça as vontades dele. Se ele sentir fome ele irá procurar por você. -Dito e a garota a minha frente fica pensativa.

S/N-Ok irei fazer isso. Me direciono até Kim e toco em seu braço.

Tae-Resolveu voltar?! Já estava impaciente aqui. -Dito me levantando e logo a garota segura minha mão novamente, só que agora da mesma forma como no horário do almoço enlaçando nossos dedos. Pare de fazer isso! Não é agradável, principalmente quando a pessoa é comprometida. Prefiro que enlace nossos braços. -Dito sério e assim a mesma faz.

S/N-Meu deus como estou desesperada por ele! -Dito em devaneios e logo sinto lágrimas se formarem novamente.

Tae-Sinto o braço da garota ficar tenso e percebo que fui muito direto com minhas palavras, pois ouço um murmúrio de um possível choro por parte da mesma. Olha "Yara" me desculpe se fui grosso,mas não acho certo,não sei se é o seu jeito,mas por favor acho isso muito íntimo. Espero que não fique chateada. De imediato a mesma me direciona até a cama e logo se distancia. Esculto apenas o barulho da porta sendo aberta e fechado logo em seguida. Droga Kim,como quer mudar se você não sabe nem ao menos conversar sem deixar as pessoas chateadas. Me repreendo enquanto me sento na cama:

KIM TAEHYUNG ON...

Como sinto falta de você s/n! Como queria que fosse você cuidando demim. Acho que teria mais vontade de seguir em frente,de não desistir de tudo! Não sei se um dia eu poderei encontrar novamente com você e poder dizer tudo que sinto. Esse amor ao qual você me proporcionou mesmo sabendo o tipo de homem que eu era para você. A vontade de ter você comigo aumenta a cada dia que se passa em minha vida.

Jamais irei suportar a ideia de imaginar que pode haver um outro homem lhe tocando,isso me deixa enfurecido. Outro tocando em você e lhe proporcionando prazer,simplesmente inaceitável.

Porque o amor machuca tanto? Meu amor como quero você aqui comigo! -Exclamo com a voz embargada e me permito chorar pela única garota que me fez conhecer o que o amor de verdade. Sinto lágrimas invadirem meus olhos presos na escuridão e não me hesito em deixa-las cairem por minha face. Queria ter sido menos inútil em sua vida s/n! Tenho tanto o que falar para você, mas infelizmente me encontro enfiado em um buraco que eu mesmo cavei e não sei se irei conseguir sair vivo dessa armadilha em que eu mesmo me submeti. Lembrar de seu sorriso me alivia nos dias em que mais estou angustiado. Suas palavras de despedidas no dia em que eu estava cedado me rondam a cabeça e me pergunto se ela deixou de me amar. Meu Deus! Se não for para ficarmos juntos então porque estou sofrendo tanto? Acho que já me castigou o suficiente me tirando a visão. Porque doi tanto amar ela? -Questiono a procura de respostas que nunca virão. Entre soluços procuro uma posição melhor para me deitar,mas não acho. Flashs de alguns momentos em que dormimos juntos vem em minha mente e me arrependo profundamente de não ter entregue meus sentimentos verdadeiramente a ela. Sorrio como um bobo ao me lembrar da reação da mesma quando recebeu as flores naquela manhã em que eu estava disposto a leva-la até a praia,mas infelizmente destruir tudo com meu maldito sentimento que mantinha guardado por Yangi Mi. Mas que merda! Se eu podesse voltava atrás só para evitar de fazer ela chorar e ficar com medo demim. Seus cuidados e preocupação comigo me faziam bem e o idiota aqui nem ao menos se importava! Como me odeio por isso...

Eu te amo s/n! E queria muito lhe dizer isso pessoalmente, mesmo que pareça idiota de minha parte ou até mesmo tarde demais. Mais eu te amo e não à como me impedir desse sentimento ao qual eu não acreditava,mas que você me mostrou da pior forma possível... Desistindo demim! Te quero tanto agora e você não tem noção do quanto.

TAEHYUNG OF.

Desperto de meus devaneios com a porta de meu quarto sendo aberta e deduzo ser "Yara",antes mesmo de sentir sua aproximação seco meus olhos e sento-me na cama. Tento disfaçar minha dor com um pequeno sorriso forçado,mas a mesma parece ficar parada a minha frente. "Yara"?! Chamo por ela e logo a mesma toca meu ombro. Por impulso fecho meu olho imaginado ser aquela que tanto amo e desejo agora e logo sinto vestígios de lágrimas descerem por minha face.

S/N-Percebo que Kim chora nesse momento enquanto toco seu ombro para indicar que estou aqui e sinto uma vontade de abraça-lo mas não sei se devo,pois para ele sou "Yara" uma mulher casada. Não me contenho e coloco sua janta no criado mudo e seco sua face,sua mão cessa meu ato antes mesmo de terminar o percurso e logo vejo seu semblante mudar de triste para sério. Meu Deus como essa mulher pode mexer tanto com ele assim? Acho que não passei de algo descartável na vida dele.

Tae- Por favor não repita mais isso! -Dito sério. Seco meu rosto e logo sinto a cama afundar do meu lado. A garota pega em minha mão e coloca perto de um recepiente e logo percebo que ela me trouxe o jantar. Eu falei que não ia jantar. Pare de me tratar como criança.

S/N-Então pare de ajir como um menino mimado. -Dito em devaneios enquanto coloco o Japchae no Jeotgarak (hashi) e levo até a boca do mesmo.

Tae-Pare com isso não quero, estou sem fome.

S/N-Insisto até que ele abre a boca comendo o que lhe ofereço. O mesmo mastiga tudo e eu coloco mais para lhe dar. -Não chega! Eu comi um pouco só para você parar de me tratar dessa forma! Ele diz, mas eu lhe dou mais e ele come novamente. Após o término do seu jantar vejo que sua boca esta suja no canto,limpo com o guardanapo e percebo que o mesmo estranha um pouco minha atitude, mas não diz nada e somente me direciona seu olhar sem luz. Como quero te beijar agora Kim! Mas não devo. Porque tenho que te amar tanto assim?

Tae-Obrigado por me alimentar! Sei que você me quer bem,então não devo reclamar de sua boa ação. -Dito sorrindo.

S/N- E qual mulher que ama alguém quer ver ele infeliz e doente? -Questiono em devaneios. Não sei como agir e a única coisa que faço é tocar sua mão,mas a retiro ligeiramente.

Tae-Eu sou um ser tão desprezível. Não sei como está me suportando! Espero que não diga a ninguém que me viu naquele estado lamentável quando entrou aqui nesse quarto. Infelizmente você irá me ver assim quase que todas as vezes.

Ultimamente não tenho mais vontade de fazer nada,quero apenas sumir,mas não consigo,por que o amor que sinto por alguém ainda me mantem firme mesmo me deixando a mercer de querer ela a meu lado o tempo todo. -Dito sentindo meus olhos lacrimejarem. Minha voz fica embargada e simplesmente não consigo dizer mais nada.

S/N-Ver Kim sofrendo dessa forma por uma falecida,esmaga meu coração totalmente. Enquanto ele sofre por ela,eu sofro por ele...E aquela história de que eu lhe fazia bem? Não deve ter significado algum para você Kim. E a tola aqui se apaixonando por você e entregando seu coração para um amor que jamais irá ser correspondido. -Dito em devaneios sentindo lágrimas por minha face. Kim coloca a mão por sua face e não se limita a chorar em minha frente. Apesar de seu ato que me machuca muito,não sou tão ruim e mesmo que o mesmo se recuse lhe abraço impulsivamente.

Tae-Sinto ser envolto,pelo abraço caloroso da garota a meu lado,me deixando de certa forma seguro. Sinto seu coração bater incontáveis vezes de forma acelerada, mas dou de ombros me deixando levar por esse momento de afeto por parte dela.

S/N-Minha vontade é de ficar com ele em meus braços o tempo todo,mas infelizmente cesso meu ato. Em minha face à lágrimas que dessem silenciosamente enquanto o mesmo permanece triste esquecendo quem ama ele de verdade. Kim sorrir forçado e me pede desculpas por seu ato,simplesmente choro sem reação e logo o mesmo se deita.

Tae-Gostaria de ficar um pouco sozinho. -Dito e logo sinto a mesma se levantar e seus passos se distanciarem de onde estou.

                                 (...)

S/N-As horas passam e me encontro sozinha na sala esperando por Yoongi. Tento conter essas lágrimas incistentes para não chegar em casa com meus olhos inchados. Me encolho no estofado branco envolvendo meus braços em meus joelhos e pensando na face desolada de Kim enquanto chorava. A porta principal da casa é aberta revelando Yoongi que me avista preocupado e anda em minha direção.

Yoongi-O que houve?!

S/N-Porque mesmo indiretamente ele me machuca tanto Yoongi? Me diz!

Yoongi-Calma s/n! -Exclamo pegando em sua face. Ele te fez algo? Descobriu que é você?

S/N-Não. Mas ele fica chorando o tempo todo. Tenho vontade de beija-lo e dizer que sou eu,mas ele sofre por causa daquela falecida que tanto lhe causou mal no passado. Isso me deixa irritada Yoongi! Porque a idiota aqui cuida dele,se preocupa mas no fundo não significo nada para ele,absolutamente nada! Ele disse que sente falta dela e que a única coisa que mantém ele com força para não desistir totalmente é o amor que sente por ela! -Exclamo desesperada olhando para Yoongi.

Yoongi-E você sabe quem é essa mulher que ele tanto ama e faz ele sofrer todos os dias por não estar por perto?

S/N-A idiota da Yangi Mi! É eu sei,não precisa jogar na minha cara.

Yoongi-Não s/n,essa mulher que tanto mexe com Kim nos últimos meses é você!

S/N-Como pode ter tanta convicção disso,ele lhe disse algo?

Yoongi-Não,mas tenho certeza de que é você. A única coisa que ele sempre me fala é que irá te procurar quando tudo se resolver.

S/N-Acho que é tarde demais para isso Yoongi. -Dito me levantando. Tem alguém que me ama de verdade me esperando em casa! Exclamo indo em direção a saida. -Mas você não ama ele. O mesmo diz me fazendo parar. Mas um dia eu aprenderei a ama-lo.-Dito me virando na direção do mesmo.

Yoongi-Estou pagando para ver isso acontecer! -Dito sorrindo com ironia. Espero por você amanhã as sete horas s/n.

S/N-Não digo nada e saio rapidamente me sentindo uma idiota,por amar esse homem que tanto me faz sofrer. Permito derramar lágrimas novamente enquanto espero o taxista que me trouxe,pois liguei para ele enquanto esperava Yoongi.

                                       (...)

Chego em casa e logo sou recepcionada pelo homem ao qual escolhi viver uma vida com ele.

Do Ji-Han-Oi como foi la no serviço?-Questiono animado e vejo que a mesma parece triste e pensativa. S/N! O que foi amor? -Questiono tocando em seu rosto.

S/N-Nada,só estou cansada. -Dito forçando um sorriso. Olha vou tomar um banho e vou deitar.

Do Ji-Han-Tudo bem. Daqui a pouco eu estou indo deitar,só vou terminar de lavar esses pratos. -Sorrio para a mesma e selo nossos lábios. Vejo a mesma ir em direção ao nosso quarto e acho estranho ela esta com essa cara tristonha. Será que fizeram algo com ela la na casa?-Questiono-me pensativo. Acho que precisamos conversar a respeito do que houve hoje.

Continua...





Notas Finais


Eita 😱
Comentem adoroooo. 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...