1. Spirit Fanfics >
  2. Senhor Kompetisi >
  3. Único

História Senhor Kompetisi - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Olá amores.. espero que gostem..
Boa leitura!

Capítulo 1 - Único


Jeon Taehyung não cansava de olhá-lo. Todos os dias era a mesma coisa, os olhos presos na beleza do jogador de basquete do time adversário do seu irmão. Taehyung realmente já não sabia o que fazer, cada segundo mais apaixonado pelo titular dos StreetDogs.

Taehyung queria apenas um beijo que fosse, antes das finais. As finais dos jogos, Park treinava ainda mais, passava horas na arquibancada o observando, aquela pele morena suada, aqueles músculos, aquelas mãos o agarrando com força, o prensando na parede do vestiário toda vez que Taehy...

- O que tá fazendo aqui?

- Gu-Gukk!?

- Espero que não esteja com aquela idéia de ser a cadela do Park de novo, tô indo pro clube. Te vejo em casa.

E o titular dos Midnight saiu, não sem antes reparar que Park estava sorrindo e havia dado uma piscada para seu Dongsaeng. E isso o deixou completamente puto, Jeonggukk saiu dali batendo os pés. O Jeon mais velho se lembrou que desde que Taehyung começou a correr atras do Park, os Midnight perderam os jogos por dois anos seguidos e ali, surgiu uma grande ideia.

- Ei porra, tenho um novo trabalho para vocês. - Jeonggukk disse, olhando para os jogadores do Midnight, os mesmos que estavam jogados nos sofás do clube. - O Park tá invadindo esse caralho de novo, temos que dar um jeito nisso, huh? Tenho uma idéia ótima para manter aquele desgraçado longe  do nosso caminho.

- Pela sua cara já sei no que está pensando.

- Taehyung que me perdoe, mas esse ano, iremos ganhar a regionais.

- Seu irmão vai ficar puto!

- Vai nada, ele vai amar.

O clube de Jeon daria uma festa naquela noite, e é claro que Park iria comparecer, afinal fora Taehyung que o convidará. A casa estava lotada, havia pessoas tanto dentro quanto fora da casa, a área da piscina completamente cheia.

Era uma noite perfeita para o Jeon mais velho por seu plano em prática, primeiro, ele só teria que deixar seu querido irmão sozinho com seu querido inimigo. Assim que Park pôs seus pés na entrada da casa, tanto a música quanto as pessoas pararam. Afinal, todos ali sabiam do ódio que um tinha pelo outro, então o que Park ali estava fazendo? Claro, sabiam que Park era amigo do Jeon mais novo. Jimin adentrou a casa, e de repente sentiu ser abraçado e uma voz sussurrar ao pé de seu ouvido.

- Você veio!

- Eu prometi, não? - Disse Jimin ao se virar e retribuir o abraço, fazendo o Jeon mais novo corar. 

De longe Jeonggukk apenas observava o irmão, observa com um sorriso nos lábios, pela primeira vez Jeon Jeonggukk estava feliz por ter Park por perto. Era um sentimento verdadeiro, mas, além da felicidade, ele se sentia mal, mal pelo que estará fazendo. Talvez Taehyung ficaria apenas bravo quando descobrisse, bravo não, magoado sim. E uma coisa que Jeonggukk mais odiava que ver a cara de Park, era ver seu irmão magoado. 

- Oi Jimin.

- O-Oi?

- Por essa ninguém esperava, ver Jeonggukk dirigir-se a palavra com Park. - Alguém sussurrou de longe.

- Quer algo pra beber? - Ofereceu a lata de cerveja que segurava. 

- Está envenenado? - Park sorriu ladino e prontamente aceito a cerveja.

- Sabe o que fazer. - Jeon soltou uma piscada que não fora percebida.

- Taehy, está muito baralho aqui.. vamos para outro lugar, por favor. - Taehyung o puxou para o andar de cima e o levou até seu quarto.

Park ainda confuso olhou para Taehyung em busca de resposta e a única coisa que recebeu foi um beijo, surpreso com o ato, Park o empurrou. 

- O-o que foi i-isso?

- Desculpa, não aguentei.

Jimin estava mais surpreso ainda por Taehyung ter pedido desculpas, e bem, Jimin gostou, só não esperava que Taehyung tomasse a iniciativa, até porque sempre foi o mais velho a tomar a iniciativa do relacionamento. Jimin se aproximou e o puxou levemente pela cintura, pôs uma mão no rosto do mais novo e fez carinho. 

- Faz de novo? - Pediu, olhando nas orbes escuras do mais novo. Taehyung aproximou os rostos e selou os lábios rosados do mais velho.

Enquanto os dois se beijavam no andar de cima, uma festa ainda rolava no andar de baixo. E agora que seu irmão estava sozinho com Park, faltava pouco para seu plano concretizar. Jeon Junggukk ainda não estava acreditando que havia feito aquilo.

- Me desculpa TaeTae - Foi o que falou antes de virar a bebida e tomar tudo num gole. O garoto se jogou na piscina sendo seguido por várias pessoas.

Enquanto isso, o quarto de Jeon Taehyung já estava quente, e olha que eles só estavam se beijando. Park agarrou o mais novo pela perna direita e o impulsionou para cima, Taehyung apenas se deixava levar pelo desejo. As roupas começando a se colar na pele, incomodado, Park deitou-se na cama ficando por cima de Taehyung, levantou e retirou sua camisa e a camisa do mais novo voltando a deitar por cima dele. O Jeon mais velho já estava completamente bêbado, ele pulava, gritava, se divertia com todos os presentes ali.

Mordidas e chupadas, era o que Jimin dava no garoto, e Taehyung, apenas suspirava enquanto judiava das costas do mais velho. Taehyung o desejava, e esse desejo era recíproco, Jimin ficou de joelhos sobre a cama e deixou a perna de Taehyung sobre seu ombro pars facilitar ainda mais as estocadas que iam de lento a rápido em segundos.

Jeonggukk já havia perdido as contas de quantas garotas e garotos já havia beijado, na verdade, ele nem se lembrava de quando começou a beijar todo mundo. Park investia fundo, acertando o ponto mais sensível do garoto, saia lentamente e entrava com força. Taehyung judiava de Park, arranhava suas costas, mordia seu ombro e Park estava amando aquilo. Soltou a perna do moreno e agarrou sua cintura na tentativa de grudarem ainda mais os corpos.

Naquela altura, Jeonggukk já devia estar em algum quarto fodendo ou sendo fodido por alguém. Enquanto Jeon Taehyung, já devia estar indo para seu terceiro ou quarto orgasmo. 

O Jeon mais novo estava louco, e se depende se dele, iriam transar até amanhecer. E foi exatamente isso que aconteceu, o sol já estava aparecendo quando decidiram ceder ao cansaço e dormir.

[ ... ]

Podia se ouvir gritos por toda parte a luz sempre se focava no meio da quadra. Era sempre assim quando perdiam o controle e acabavam fazendo mais do que se precisava. Mas antes podia se diferenciar os gritos animados da plateia para seu "show". Era divertido observar tudo. Mas dessa vez era diferente, por mais que quisesse que essa situação fosse outra. Não era. E nada podia mudar somente observar os corpos suados a sua frente, com seus olhos cheios de ódio que pareciam observar sua alma aterrorizada no meio daquele caos. Os Midnight avançavam contra e pulavam alto, Yoongi o ala esquerda havia feito uma cesta de três pontos, isso fez com que a galera fosse ao delírio, Jackson, jogador da ala-pivô do StreetDogs, conseguiu uma cesta de dois pontos.

O placar estava vinte a vinte, era chegada a pior hora, o desempate do jogo, era titular, contra titular. Park Jimin versus Jeonggukk. Aas arquibancadas estava em silêncio completo, era um momento decisivo, Park jogou a bola contra o chão, a bola ia e voltava para a sua mão. Se preparou e lançou a bola, atravessando por dentro logo caindo no chão.  

Os fãs gritaram. E Jeon Taehyung sorriu grande. Foi chegada a vez do titular dos Midnight, e novamente, silêncio. Jeonggukk se preparou e lançou a bola, havia acertado, os seus fãs se agitaram, e logo pararam. Jimin pegou a bola, e a fez quicar, a jogou e a bola atravessou por dentro da rede.

Sua equipe e seus fãs gritaram novamente, Park olhou para Taehyung, sorriu e mandou um beijo com coração para ele, fazendo todos gritarem um "Wow" Jeonggukk ficou puto, e foi com tudo pra cima de Park retirando a bola de suas mãos, Jimin foi para trás como deve ser.

Outro ponto, os Midnight estavam bem animados, estavam confiantes. Diferente dos jogadores doStreetDogs, os jogadores do outro time sabiam o que Jeonggukk havia feito. Jimin se preparou á frente da cesta, sua testa escorria suor, suas pernas tremiam.

Seu pensamento estava em Taehyung, na noite que se conheceram, foi em um jogo. O jovem era um dos enfermeiros que ajudou Jimin quando se machucou. O jogador realmente amava Taehyung, e faria de tudo para tê-lo ao seu lado. Park olhou em direção a Taehyung e sorriu, mexendo seus lábios devagar para que o rapaz na arquibancada pudesse entender. Não só ele, como também todos entenderam, Park olhou na direção de do adversário e o olhou no fundo de seus olhos. E então lançou a bola, seus pés sairam do chão, os olhos de todos atentos. Nem um barulho era ouvido, e então, a bola bateu na cesta e caiu. Park errou a cesta fazendo os StreetDogs perderem. 

Estava tudo quieto, ninguém realmente acreditava naquilo, Park Jimin, havia perdido uma cesta. Jeon Jeonggukk então pegou a bola e lançou fazendo a mesma adentrar a cesta. Logo a galera estava uma loucura, e no meio daquela loucura, Jeonggukk e Jimin trocaram um olhar, um olhar que Taehyung viu, e ali, naquele momento. Jeon Taehyung sorriu grande.

- E esse sorriso, sabia que meu time perdeu ne?!

- Te amo Jimin! - O jovem disse abraçando forte Jimin. - Você realmente foi capaz de perder o troféu, só pra ficar comigo?

- Não, eu não perdi... eu ganhei! - Park beijou Taehyung tão apaixonadamente. Sabia que Taehyung estava triste, mas isso ele resolveria na cama com o mais novo de noite.

Foi uma loucura o que o Jeon mais velho havia feito, ele praticamente vendeu o irmão, pela vitória. E Park Jimin, foi completamente maluco por aceitar.

Realmente, Park Jimin havia ganhado o maior dos troféus.

Ele ganhou o coração de Jeon Taehyung!


Notas Finais


Antigo nome da história: Liderança
Personagens: Jung Hoseok, Kim/Jung Taehyung e Park Jimin.

Capa por @kucci, essa maravilhosa ❣
Espero que tenham gostado amores 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...