1. Spirit Fanfics >
  2. Senhor Yrofi e o Clã Efruzy >
  3. Capítulo 4 A decisão

História Senhor Yrofi e o Clã Efruzy - Capítulo 4


Escrita por: e Aioliki


Notas do Autor


Oiii gente tenham um ótimo fim de semana .

Capítulo 4 - Capítulo 4 A decisão


P . V . O Shun Yrofi 

 As minhas dores não diminuía,  e nem o meu cansaço, fiquei abaixado diante de Shaka Mervy, após Shura me dizer o que aconteceu,  a minha decisão era clara , eu estava disposto a ajuda - lo de qualquer forma , mesmo a minha magia estando enfraquecida. não impediria de querer ajudar , e seria o que eu faria , eu queria muito descer para o outro andar e rever meu irmão depois de tantos meses, mais a situação de Shaka me preocupava muito. 

Se continuasse a derramar lágrimas de sangue, e os cortes continuasse se abrindo cada vez mais, perderia a vida em poucas horas , Shura me disse para não fazer o que eu estava pensando. mais eu o interrompi lhe dizendo que todos têm as suas escolhas e suas decisões, e aquela era a minha . Shaka abriu sua pequena boca com certa dificuldade , senti um nó na garganta. 

Tinha um pedido que ele queria fazer , eu prometi que atenderia ao seu pedido , mesmo não sabendo do que se tratava , a dor que ele sentia era horrível, estava muito frágil, e sussurrando com fraqueza , ele me pediu uma coisa de partir o coração,  conserteza o dele estava em pedaços. 

- não quero que ...Ikki ou Seiya me veja !Ele pediu em um tom de súplica,  eu segurei com firmeza minhas lágrimas. 

Se o mesmo tivesse acontecido comigo , eu também não ia querer que O Senhor Yrofi me visse , ele não poderia mais me olhar da forma que me olha , o pior eu nunca mais iria vê- lo , e ficaria presso no corpo de uma criança,  será que Shaka amava muito o meu irmão? ou eles eram apenas grandes amigos ? Ikki nunca me dizia nada , queria guarda tudo somente para ele .

Mais ele deve ter o seus motivos , e quem era Seiya ? deveria ser alguém muito importante , eu não quero esconder nada do meu irmão,  mais prometi que iria ajuda - lo , o rostinho de Shaka voltava a ficar sujo de sangue,  por que as lágrimas não diminuía.  Shura deixou o aposento e encostou a porta .

Comecei a tirar o casaco de Shaka , fiquei horrorizado com os cortes profundos , toquei o seus braços,  e ele estremeceu .

- desculpe !Pedi com a garganta doendo. 

As minhas mão começou a liberar,  um brilho esverdeado . que percorria pelo meu corpo , e comecei a passar para Shaka , mais fiz uma pausa , eu não estava conseguindo cura - lo . será que a minha magia estava indo embora ? fiquei muito preocupado e senti algo em minha barriga,  meus bebês sentia fome . 

- algum problema ? Shura tinha retornado , e pediu para mim ir falar com Ikki .

- mais é...

- vou falar com O Senhor Yrofi,  pela mente , e tentar faze - lo me ajudar , ele conhece um Feiticeiro que talvez consiga resolver o problema de Shaka!Ele se mostrou confiante .

- está bem , mais espere !Levantei - me ainda sentindo que o meu sangue está sendo devorado .

Apanhei umas roupas pretas limpas , que fiz encolherem ,  para servi em Shaka , ele me agradeceu com gentileza , eu não queria deixa - lo sozinho . mais Shura prometeu que cuidaria muito bem dele,  deixei o quarto e comecei a avançar pelo corredor com passos leves .

Deveria ter me alimentado melhor , mais então  lembrei que tinha feito uma refeição muito descente ontem a noite , mais eram dois bebê , e eles eram idênticos ao outro Pai , conserteza daria muito trabalho , eu precisava mudar o rosto pálido, e os meus olhos melancólicos.  mais não tenho como esconder a minha fraqueza e tristeza .

As minhas pernas também começavam a doer muito. 

- Morceguinhos vai ficar muito bem , Papai irá alimentar vocês!Falei em um sussurro tão cansado, enquanto acariciava a minha barriga. 

Aquele nome carinhoso pelo qual eu os chamei, parecia ter agradado, por que senti sensações diferente dessa vez, não consegui me conter e comecei a chorar , os batimentos do meu coração estava aumentando mais , e as lágrimas não parava de percorrer o meu rosto,  eu ouvia uma gargalhada tão gostosa dentro de mim, os meus bebê estavam tentando me fazer feliz , e tinham conseguido por que agora eu não parava de sorrir, será que estavam começando a me amar assim como amo eles ? 

Comecei a imagina - Los enquanto caminhava lentamente para o outro andar, se fossem como eu vi no meu sonho , só de pensar naquele sonho , senti um certo desconforto,  espero que não seja uma previsão, O Senhor Yrofi ali sendo derrotado no próprio casarão, e nossos filhos..

Os meus pensamentos pararam por um longo momento , quando senti os braços do Senhor Yrofi me abraçar por trás, não consegui esconder meu olhar apaixonado, quando virei - me para encara - lo . mais logo o meu olhar tornou- se triste,  o seu rosto estava mais pálido e sério, seja o que Ikki tenha lhe dito , eu abri a boca para lhe pedir  desculpas várias vezes , mais a sua postura permaneceu do mesmo jeito , toda a pouca felicidade que senti antes desapareceu .

- o seu irmão está a sua espera , não demore !Aquela voz que tanto amo estava muito melancólica- preciso falar com Shura .

- Senhor Yrofi!O chamei com desespero , senti que estava lhe perdendo .

- imagino que me chamará de Senhor Yrofi,  diante de nossos filhos !O seus olhos caiu sobre a minha barriga .

Tentei não sorrir , mais era impossível,  o seus olhos ficou fixos nos meus , e comecei a sentir outra vez aquelas mesma sensações. 

- eles estão gargalhando mais alto agora !Queria compartilhar tudo com ele - será que é por que você está aqui ? 

Estremeçi com o vento gélido do seu corpo , quando se moveu com rapidez e suas mãos estavam na minha Costa, o meu corpo ficou unido ao seu . ele tocou o meu queixo. 

- por que abaixa esse olhar ? quando já fez amor comigo tantas vezes , os batimentos do seu coração estão quase a ponto de lhe tirar a vida , se estivéssemos desnudo,  você morreria ? 

Aqueles sussurros tão apaixonante, estava me deixando sem palavras,  eu queria muito fazer amor , mais estou muito frágil, O Senhor Yrofi afastou - se quando ouviu a voz do meu irmão vindo do outro andar, eu tentei dizer alguma coisa , mais O Senhor Yrofi foi ver como Shaka estava .

O meu coração se encheu de felicidade,  quando desci as escada e encontrei meu irmão, Ikki continuava com a mesma aparência,  tão diferente da minha , esperava que estivesse zangado comigo, mais quando eu o abracei , ele retribuiu com a mesma força, eu o amo tanto que comecei a sentir as lágrimas me incomodar novamente. as vezes eu achava que nunca mais iria vê- lo .

Quando afastei- me do abraço, ele colocou as mãos no meu rosto , e me analisava com um olhar furioso de dar medo .

- Shun , você está muito doente, o que aquele homem fez? Falou alto e zangado- Shun aquele ...

- Afrodite não fez nada , na verdade ele me salvou!Falei depressa antes que Ikki pudesse destruir o casarão,  por que parecia algo que faria- Ikki , tenho que lhe dizer uma coisa. 

Continuei preocupado com seu olhar, mais eu precisava falar que estou grávido, como eu faria isso ? o meu irmão nunca aceitaria que eu estivesse esperando dois bebê, e ainda por cima sendo do Senhor Yrofi,  somente depois fui reparar em uma criança que puxava o casaco de Ikki , com muita insistência. 

Enquanto que Ikki preferia ignora- lo , e queria muito saber por que eu estava tão enfraquecido? ou pálido demais ? mais acho que talvez ele já saiba os motivos , eu olhei em seus olhos muito preocupado , não quero ser rejeitado pelo meu irmão. 

- Shun , aceito que esteja grávido,  que tenha dois filhos, eu jamais pediria ou mandaria você se livrar deles, mais tem uma coisa !E colocou as mãos em meus ombros , a sua expressão passando de furiosa,  para mais amável- Shun , O Senhor Yrofi já aceitou a sua gravidez? ele o ama de verdade ? por que se você está feliz aqui , não vou interferir ,  você sempre se cuidou sozinho , mais ter dois bebês é outra coisa , você não pode lhe dar com tudo sozinho .

Todas aquelas palavras perfuraram cada parte do meu corpo , em nenhum momento O Senhor Yrofi disse que me amava,  é por isso que repito para mim mesmo que não sou amado , mais os nossos bebês,  ele tem que ama - Los e cuidar deles . por que eles carregará cada traço nosso, eles será dois vampiros e feiticeiros, talvez sejam mais fortes que nós dois.  o que me deixava muito feliz .

- quem é esse menino ? Perguntei olhando para a criança com carinho , eu precisava mudar de assunto. 

A criança abriu a boca ao olhar para mim com empolgação. 

- Ikki é o meu Pai ....ele ..

- Seiya o que já disse para você? Ikki não precisava ter agido com arrogância, ele era apenas uma criança. 

- Ikki não disse que tem um filho !Falei calmamente e feliz , mais lágrimas tornaram- se presente nos olhos da criança. 

E quando Ikki começou a falar,  a situação parecia piorar em Seiya, e aquilo me preocupou muito. 

- Shaka o encontrou , Seiya era um bebezinho e agora já está com cinco anos , e Shaka quem o criou e tenta educa - lo , retornei para Efruzy , e encontrei Seiya escondido em uma casa velha e trouxe ele comigo, Seiya disse que ele e Shaka foram atacados, e que Shaka mandou ele fugir, o que não entendo é por que Shaka ainda não procurou pela criança. 

Não posso dizer que Shaka está aqui , isso afetaria mais ainda Seiya , que era apenas uma criança. 

- mais você ama o meu Pai , não ama ? A vozinha de Seiya , se fez presente , fiquei olhando de um para o outro .

- Shaka não pode ter abandonado o Seiya , ele prometeu que cuidaria dele !Sua voz estava se alterando , o que eu faço? 

- Shaka não abandonou ninguém!

Virei - me depressa quando ouvi a voz do Senhor Yrofi, e Shura carregava Shaka , ele estava escondido por uma longa capa preta e azul escura . tentei não olhar para o meu irmão. mais não consegui evitar , ele encarava muito fixamente a capa longa . será que já sabia de tudo ? Ikki parecia saber de tudo sem precisar de alguém para lhe explicar tudo . eu não queria que ele e Seiya sentissem dor .

- Shaka Mervy tomou uma decisão, e pretendemos cumpri - la !Disse Shura ainda muito triste , os olhos do Senhor Yrofi encontrou os meus , e ele parecia muito melancólico. 

- qual decisão? o que aconteceu com ele ? 

Entrei na frente de Ikki , e segurei seus braços,  para acalma - lo , o seus olhos azuis brilharam derrepente , eu  não queria que ele disparasse faiscas pelos olhos , ou pelas  mãos, isso  já aconteceu uma vez , e tive que consertar tudo que foi destruido .

O Senhor Yrofi começou a explicar tudo , mais enquanto falava , eu notava aterrorizado,  as lágrimas que molhava sem parar o rostinho de Seiya , ele tinha as mãozinhas nos ouvido e gritava chamando pelo seu Pai , senti uma dor latejante . nenhuma criança deveria passar por isso , senti as minhas mão arderem , e cai de joelhos , tinha marcas de queimaduras nela , O Senhor Yrofi me segurou me colocando de pe .

- Shun,  desculpe !Pediu Ikki , com um olhar muito diferente, eu via tristeza nele - eu jamais iria machuca - lo .

- eu sei !Ofeguei , usando minha magia para fazer as queimaduras desaparecer - irmão é a decisão dele , por favor fiquei aqui até que tudo isso se resolva .

- como ? Ele tornou a gritar - eu quero vê- lo .

- quero meu Pai Shaka !Seiya suplicava do outro lado , as mãos do Senhor Yrofi se afastou de mim , e ele entrou na frente de Shura .

- foi Shaka quem tomou essa decisão, e vou ajuda - lo !A sua voz era firme , então ele me deixaria ? eu o encarei com lágrimas.  








Notas Finais


Estou tendo muitas ideias com Shaka e Ikki , Aioliki não gostou nenhum pouco, se a história fosse só dela , ia ter só o Camus , e o favorito Saga de gemeos .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...