1. Spirit Fanfics >
  2. Senhorita >
  3. O que está insinuando

História Senhorita - Capítulo 56


Escrita por:


Notas do Autor


Boa leitura ❤️

Capítulo 56 - O que está insinuando


Fanfic / Fanfiction Senhorita - Capítulo 56 - O que está insinuando

Pov Camila

A mãe da Lauren foi levada para o hospital, estava no corredor do hospital andando de um lado para o outro esperando a Lauren aparecer com informações sobre a sua mãe, eu sou tão desastrada, não posso acreditar que isso aconteceu, e a culpa foi toda minha

- Amor! - Corri até a Lauren e abracei ela de novo - Eu sinto muito pelo o que aconteceu com a sua mãe, não foi a intenção

- Camz, é a décima vez que você me fala isso - Me afastei dela

- Eu sei, mas nunca vai ser o suficiente. Como ela está?

- Ela está bem, mas vai precisar passar a noite aqui para fazer mais exames, só para garantir que está tudo bem mesmo

- Lauren, não me esconda nada, se ela vai ficar aqui é porque tem algum problema, e a culpa é toda minha

- Hey, amor calma, isso foi uma fatalidade, foi um acidente, a culpa não é de ninguém, para de se culpar desse jeito. Olha aqui pra mim, a minha mãe está bem, mas ela precisa ficar aqui pra fazer mais exames é só isso, não podemos ficar aqui, temos que ir embora

- E ela vai ficar aqui sozinha?

- O doutor disse que os exames vão demorar e até acabar não podemos ver ela

- Mas eu gostaria de ficar aqui com ela e assim que ela acordar vou pedir perdão

- Precisamos ir pra casa, os exames vão demorar cerca de 5 horas. Vem, vamos pra casa dos meus pais - Segurou a minha mão e me levou até o estacionamento do hospital, seguimos para a casa dos seus pais, apenas Chris, Taylor e Verônica estavam lá

- Cadê as pessoas? - Lauren perguntou

- Eles foram embora - Disse Taylor - Vocês estavam demorando demais, eles não tiveram paciência. Cadê o papai?

- Ele ficou no hospital, a mamãe está bem, mas vai precisar ficar no hospital para fazer alguns exames, isso vai demorar algumas horas o pai ficou e eu vim

- Camila, você queria ser o centro das atenções? Conseguiu, nem a Beyoncé iria ter tantos olhares pra ela - Chris brincou

- Chris, ela já está mal o suficiente, não faça ela se sentir pior

- Já que o jantar deu tudo errado - Lauren olhou feio para a Verônica que levantou as mãos em rendição - Que tal uma pizza? Eu tô com fome, e imagino que vocês também

- O que acha de pizza, Camz?

- Eu adoro pizza

Verônica pediu pizza e assim que chegou nos sentamos na mesa, Lauren abriu um vinho e serviu

- Lauren, e o seu vinho de sempre, é uma viciada - Chris comentou e Verônica riu

- Não sou uma viciada, sou uma apreciadora de vinho e nunca fiquei bêbada com vinho

- Camila, isso é verdade? - Chris perguntou - Eu costumo fazer alguns pratos com vinhos, os clientes gostam de sentir o gosto do vinho no prato e eu fico bêbado só de provar

- A Lauren não fica bêbada, vi ela bêbada uma vez mas foi por conta da cerveja que tomamos em um bar na Itália

- Sabe, Chris - Disse Lauren - Você fica bêbado provando os pratos com vinho porque o vinho que usa são todos de péssima qualidade

- Péssima qualidade? Sabe quanto custa a garrafa do vinho que eu compro? 50 euros, isso é um roubo - Lauren revirou os olhos

- Chris, eu já cheguei a pagar mil euros por uma taça de vinho, eu disse uma taça de vinho, você deveria comprar vinhos de boa qualidade para fazer os pratos, assim não fica alcoólico - Chris engasgou com a pizza

- Você disse uma taça? Pagou tudo isso por uma taça? Eu não pago isso nem por uma garrafa imagina uma taça

- Espera aí, você disse que paga 50 euros por uma garrafa?

- Sim

- E isso serve para o cardápio de vinhos do seu restaurante?

- Todos os vinhos costumo pagar entre 50 a 100 euros

- Na última vez que fui no seu restaurante paguei mil dólares por uma garrafa de vinho com um nome que nunca vi na vida, mas você disse que era um vinho novo, não era muito conhecido mas você provou e adorou, você pagou 50 e me vendeu por mil, isso é uma exploração, eu deveria denunciar o seu restaurante sabia?

- Isso é estratégia, se você não tem a sua não posso fazer nada - Chris disse e deu de ombros. Taylor cutucou meu braço

- Não liga, isso sempre acontece quando esses dois se encontram. Já chega vocês dois, isso aqui é um jantar de noivado, a atenção tem que ir toda pra Camila e Lauren, e Chris cala essa boca. Diz aí vocês duas, como se conheceram - Olhei para Lauren

- Eu conto ou você conta? - Ela perguntou

- Conta você, eu gostaria de saber a sua versão de tudo - Ela pegou minha mão e beijou

- O dia mal havia começado e já estava estressada, por conta do que já me esperava na empresa, teria muitas coisas pra fazer e além disso encarar o pai da Verônica, sem ofensa - Verônica deu de ombros- Como de rotina fui tomar café na cafeteria de sempre, mas não estava como sempre, eu soube disso assim que entrei, eu sentia que minha vida iria mudar drasticamente, e quando ela olhou nos meus olhos foi como uma explosão, e sabe aqueles problemas que me deixaram estressada? Eles sumiram - Falou olhando nos meus olhos - Aqueles lindos olhos castanhos de longe foi os mais lindos que eu já havia visto, a princípio poderia pensar que era uma simples mulher, mas algo me dizia que não era só isso, ela tinha uma energia e essa energia me puxava até ela, eu me sentia um boneco ventríloquo. E demorou muito para essa mulher me dar um beijo, eu tive que fazer algo que nunca imaginei fazer para ganhar um beijo dela

- O que? - Chris perguntou - Fala logo, para de enrolar, tô curioso

- Tive que contratar atores para fingir um assalto - Lauren apertou os lábios, arregalei meus olhos e abri a boca chocada, isso nunca me passou pela cabeça, para mim era um assalto de verdade

- Lauren! Eu não acredito que você foi capaz de fazer uma coisa dessas! - Falei com raiva - Eu pensei que era um assalto de verdade, eu tive tanto medo, tinha até um arma! - Me levantou com raiva e joguei o gardanapo de papel na mesa

- Amor, eu queria te contar antes mas não sabia como, e de que outra forma eu ganharia um beijo seu - Se levantou também

- Lauren, eu achei que era de verdade, você me enganou

- Amore mio, estava tão louca para ganhar um beijo seu que faria qualquer coisa tá aí a prova

- Espera - Disse Taylor - O que um assalto tem haver com um beijo?

- Vamos sentar e explicar o resto da história? - Lauren perguntou olhando nos meus olhos, o que eu não faço por esses olhos verdes. Me sentei na cadeira novamente - Eu armei tudo com os "bandidos" E sugeri um beijo e eles seguindo o roteiro gostaram, eles seriam como diz a sua amiga, Amor...

- Macho escroto

- Aquele tipo de homem que gosta de ver dias mulheres se beijando, e então nós beijando, desde aquele dia eu nunca fui a mesma, aquele beijo não era qualquer beijo, tinha algo de diferente, ela era uma mulher diferente. Jantamos e saímos algumas vezes e fui conhecendo mais dela me apaixonando por cada detalhe, até que decidi pedir ela em casamento, eu quero acordar e ver seu rosto todos os dias, quero chamar ela de esposa, quero que ela seja a minha mulher, quero construir uma família com ela, ela é a minha escolha perfeita - Pegou a minha mão e beijou, todos da mesa bateram palmas. Ela me ama, ela me ama de verdade, ninguém nunca me amou, é tão bom amar e ser amada, eu queria poder contar tudo e iniciar uma história com ela mas agora de verdade, meu coração está gritando nesse momento para contar a verdade

- Vocês foram feitas uma para a outra, se casem logo - Disse Taylor

Pov Lauren

As horas foram se passando conversamos sobre várias coisas e depois fomos para o meu apartamento, acordei antes da minha noiva, beijei sua testa antes de sair para trabalhar, passei por Harry que estava arrumando a mesa

- Já vai? Ainda é cedo - Disse o meu mordomo

- Tenho muita coisa pra fazer, preciso chegar mais cedo hoje, a Camila tá aí, prepara o lanche que ela gosta

- Não precisa nem dizer que ela está aqui, eu já percebi pelos gritos

- Haz, o que eu já falei sobre esse tipo de coisas? A minha vida pessoal é uma coisa privada e que...

- Só diz respeito a você, eu sei, você já falou isso umas 300 vezes, mas não dá pra não escutar, vocês fazem um sexo muito selvagem, até os vizinhos do primeiro andar devem ouvir tudo

- Não tenho tempo pra esse tipo de coisa, eu preciso ir trabalhar - Peguei a minha pasta e entrei no elevador

Do meu apartamento fui direto para a empresa, passei pela minha secretária pegando a pasta e indo para a minha sala, tirei meu blazer coloquei atrás da cadeira e me sentei, suspirei ao abir aquela pasta

Já passava das 10 quando pedi café a minha secretária, pensei que ela entraria por essa porta mas outra figura entrou no seu lugar

- Tá aqui - Verônica jogou alguns papéis na minha mesa - Você precisa assinar

- Mais trabalho, mas hoje não, eu já tenho muita coisa pra fazer - Peguei os papéis e joguei na gaveta da minha mesa

- Eu tô cheia de trabalho na minha sala, sai de lá pra respirar um pouco, aproveitei que tinha isso pra entregar pra você

- Não chama de "Isso" Isso aqui é muito importante

- Por que jogou na gaveta então?

- Porque isso que eu tô fazendo é um nivel a mais de importância

- Estranho, não vejo o Shawn a um tempo

- Eu tentei ligar pra ele, pra gente assistir o jogo que assistimos toda a semana, mas ele não atendeu as minhas ligações, e isso faz muito tempo

- Outra coisa estranha é ele ter sumido depois que você foi roubada - Parei de escrever no computador e olhei para ela

- O que está insinuando? - Tirei o óculos

- Lauren, você não acha estranho tudo isso? Vai fala a verdade, ele some logo depois de você ser roubada assim misteriosamente, e foi no mesmo dia ele sumiu sem falar pra onde ia

- Está querendo dizer que o Shawn me roubou?

- Todas as linhas ligam ele a esse roubo e todas as setas apontam pra ele, pra mim essa história toda dele sumir está muito mal contada

- Eu pedi pra minha secretária um café mas acho que estou precisando de uma dose de whisky - Me levantei e fui até o bar que tenho na minha sala, coloquei Whisky em dois copos, fui até Verônica e dei um para ela - Verônica, não pira, vai - Ela pegou o copo da minha mão

- Eu não estou pirando - Encostei na mesa e coloquei uma mão no bolso - Tudo se encaixa

- O Shawn é tonto, quem fez isso é profissional

- O Shawn é burro para roubar tanta grana e passar despercebido, mas tem dinheiro, ele deve ter arrumado uma grana e pagou um cara pra roubar essa grana e passar despercebido, faz o que? Mais de um mês que ele sumiu, isso está estranho, ninguém tira da minha cabeça que ele tem haver com isso

- O Shawn é meu amigo, ele jamais faria algo contra mim, isso é loucura da sua cabeça, ele deve estar viajando com aquela noiva dele a Hailey não é? A amiga da Alexa

- Assim do nada? Se ele tivesse feito isso nós iriamos ficar sabendo. Eu tenho pra mim que foi ele, eu nunca confiei nesse cara, pensa nisso vai, eu não posso enfiar as coisas na sua cabeça, tem coisas Lauren, que você tem que ver por si mesma. Agora tenho que ir, vou levar a Lucy pra sair


Notas Finais


Até logo❤️


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...