História Senpai - Capítulo 2


Escrita por: e Damajoke661

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 6
Palavras 565
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Lemon, LGBT, Literatura Feminina, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Serena na capa do cap;)

Capítulo 2 - Serena.


Fanfic / Fanfiction Senpai - Capítulo 2 - Serena.


- devo ter perdido toda a aula, que merda.- murmurei enquanto corria pelo corredor a procura da minha sala.-argh, maldito Jamon. Tinha que ficar duro logo quando eu estava tentando me aliviar?-Susurro enquanto corro ainda mais rápido para minha sala.

Enquanto corria percebo que o professor de filosofia saia da sala e procurava algo em sua bolsa.

-Merda. Onde que eu deixei? Cadê essa porcaria de telefone?- Me escondi o mais rápido possível para ele não me ver já que perdi toda a aula dele- am? Hum, pensei ter ouvido alguma coisa... Deixa pra lá. - ele falou enquanto olhava para todos os lados do corredor a procura de alguém.- achei! 

Vi ele sair apressado para próxima sala, entrei o mais rápido que pude na minha sala e fui feito um ninja para minha carteira.

-... Você tava ai o tempo todo Taylor?- perguntou Serena, minha melhor amiga. Ela tem cabelos azuis com partes pretas, olhos castanhos escuros que são facilmente confundidos com preto, pele branca como quem deveria ser Albino e é uma mulher com um decote um tanto avantajado para alguém de sua idade. Ela tem 14 ainda pois seu aniversário é em outubro.- Não me lembro de telo visto aí durante a aula...- serena fala bem pensativa, ela meio que vive no mundo da lua, é uma aluna nota A só que as vezes é meio avuada.

- Eu não acredito que minha melhor amiga não me viu... Depois dessa nem fala comigo, falsa.- falo brincando e viro a cara me fingindo de ofendido.

- Desculpa, eu fiquei quase que a aula todo dormindo ou pensando no Laerte.- Laerte é o Senpai da Serena, ele é ruivo, ele tem olhos castanhos avermelhados, ele é meio café com leite, ele é do primeiro ano também. Ele tem 16.

- Esse menino vai morre afogado de tanto que tu baba nele. Falo me virando para olhar no rosto de Serena. Ela é linda, acabei de perceber isso. Se eu não fosse gay já tinha pedido ela em namora a tempos. Mas nós de vez em quando nos pegamos, só pra não ficar de vela mesmo (não num rola mais que beijinho) 

- Cala a boca- Serena fala me mostrando a língua e se virando quando percebe que o professor chega na sala.

- Bom dias 9°B.

- Bom dia professor.- Todos os alunos falam em couro.

⏩⏩Quebra de tempo⏩⏩

- A aula até que foi rápida...-Falo enquanto me alongo.- você não acha?- Pergunto me virando para Serena, mas ela parece não ouvir pois ela está olhando para alguma coisa no horizonte.- Serena? Serena, SERENA?- Grito e vejo que ela ta um pulo para o lado se virando para mim. - Tá surda? Tô falando contigo, tava olhando o que? 

- Olha ali teu senpai com aquela menina ali...- Olho para onde Serena apontou e vejo O MEU Yuki com uma menina magrela de cabelos castanhos claros compridos, ela estava segurando o braço do Yuki.- Quem é essa magrela?- Falo cruzando os braços e olhando fixamente para eles.

-Não sei, mas devem ser íntimos para estarem desse jeito...- Serena fala olhando para eles com uma cara pensativa.- Vamos logo lanchar antes que acabem os lugares bons.- ela fala pegando o meu braço e me levando até a cantina. 

- Eu vou descobrir quem é essa magrela. Falo olhando uma última vez para eles antes de andar junto com Serena que fazia um esforço para me levar.





Notas Finais


Eu sei, desculpa ficou muito curto e meio desnecessário esse cap....'-/ desculpa.
MAS NO OUTRO TALVEZ TEREMOS UM POV'S YUKI??
Por favor comentem o que vocês acharam💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...