1. Spirit Fanfics >
  2. Sens no ai. >
  3. Cerejeiras

História Sens no ai. - Capítulo 2


Escrita por: e yumyanyy


Capítulo 2 - Cerejeiras


Fanfic / Fanfiction Sens no ai. - Capítulo 2 - Cerejeiras

— Qual sua porcentagem para querer eu morta? — uma voz dizia em sarcasmo, abrindo um sorriso sádico em seu rosto, que era escondido pela máscara, cobrindo seu rosto.  Enquanto passava seus dedos na katana ensanguentada. — Me diga.

— Sinceramente, está brincando com os mortos outra vez? Lamentável, Nayume.

— Cale a merda da boca, Haruki. Não posso me divertir com meu coelhinho? — respondeu, puxando os cabelos do pobre homem, -que gritou-, fazendo o sorriso da garota aumentar. — Acho que irei cortar sua cabeça..

Movimentando a katana e em segundos, cortou a cabeça do pobre homem, fazendo a garota segurar a cabeça sem vida em suas mãos, sujas do sangue que não a pertencia; e Nayume, olha para o homem de cabelos azulados escuros, que revirava os olhos.

— Porque não faz um trabalho sem que suja cada kimono?

— Um dia desses, eu vou mata-lo. — ela mumurrou, braindo sua katana, colocando-a em sua cintura,. levantando sua máscara. Seus olhos azuis frios, cabelos cor de carvão balançavam com o vento. Nayume inalou o aroma desagradável de sangue. — Meus kimonos são problema meu. Aliás, o que adianta ser uma assassina, sem ter um vestígio de sangue?

— Uau, que reconfortante. — caçoou, também colocando sua katana na sua cintura. Suas orbes azuis vazias notavam a garota a sua frente. — O que posso fazer se minha airashī imōto não reconhece a palavra "matar sem transparecer que formos nós"? — fez aspas com as mãos, ganhando um revirar de olhos da garota de cabelos negros.

— Tá, tanto faz.

— Sinceramente, mesmo que somos irmãos você é complicada. — disse, recostando-se na árvore por um momento, seu olhar foi direcionado ao céu estrelado, depois notando pétalas de cerejeira desabrochando-as. — Já é a primaveira...

— Primavera? — Nayume exclamou, depois notando as pétalas rosas caindo no chão. — São lindas.

— Você falando algo que é bonito, sem ser sangue?

— Apenas morra! — indignou a garota de cabelos pretos, fazendo um estalo com a língua. — Você também ama flores, sendo esse insensível. Então, eu não posso?

— É só uma brincadeira. Aliás airashī imōto... — ele começou, abrindo um sorriso sem emoção alguma. — Troque esse kimono, sim? Você está cheirando a sangue.

— Não sabia que se incomodava tanto com minha aparência. — abriu um sorriso divertido. — Nīsan.

— Não me importo mas..

Nayume se movimentou, fazendo Haruki perdê-la de vista, até ouvir gritos estridentes, fazendo-o olhar para atrás, vendo sua irmã perfurar a cabeça de sua vítima, que contorcia.

Gomen'nasai, otōto. — Nayume cantarolou. — Parece que meu kimono está mais sujo.

Haruki suspirou, passando as mãos em suas madeixas azuladas.

— Lamentável. 

~•~

Ambos caminhavam naquela noite estrelada, o homem de cabelos azulados levantou sua máscara branca com formato de raposa com detalhes azuis, olhando novamente aquele céu estrelado, puxando o ar para seus pulmões e soltando lentamente. E depois, desviou o seu olhar a sua irmã, que usava uma máscara preta de raposa, com detalhes de rosas vermelhas, que caminhava sem dizer nenhuma palavra, sua mão apoianda em sua cintura, onde estava sua katana azul.

 Nayume.

 O quê?  a garota dos cabelos negros perguntou, parando de andar.  Apenas coloque essa máscara de volta Haruki.  ela se aproximou, suspirando, baixando a máscara do irmão.  Sabe que deve ter outros espadachins atrás de nós.

 Gomen'nasai respondeu, soltando uma risada.  Tem alguma ideia de onde iremos?

Ela ficou pensativa e depois começou a rir, não surpreendendo o irmão.

 Vamos para Tokyo.  deu os ombros.  Nós apenas matamos e depois seguirmos em frente. Como sempre fazemos.

Haruki fez um estalo com a língua.

Ele não deveria se sentir surpreso pelas respostas de sua irmã.


Notas Finais


Olá! Não costumo escrever obras originais sem ser Miraculous Ladybug por puro medo. Então eu decidi ajudar minha amiga a escrever ksksk espero que gostem da minha escrita no decorrer da história.

Haruki e Nayume são meus ocs!

Traduções:

Airashī imōto: irmã adorável.
Nīsan: irmão mais velho.
Gomen'nasai otöto: desculpe irmão.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...