História Sense - TaeYoonSeok - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jeon Jungkook (Jungkook), Jung Hoseok (J-Hope), Kim Namjoon (RM), Kim Seokjin (Jin), Kim Taehyung (V), Min Yoongi (Suga), Park Jimin (Jimin), Personagens Originais
Tags Cigarros, Colegial, Jikook, Kookv, Mpreg, Namjin, Sope, Taegi, Taejin, Taeseok, Taeyoonseok, Tatuagem, Vhope, Vkook, Vmin
Visualizações 231
Palavras 2.408
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Adolescente, Lemon, LGBT, Romance e Novela, Universo Alternativo, Violência, Yaoi (Gay)
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Informante


Fanfic / Fanfiction Sense - TaeYoonSeok - Capítulo 4 - Informante

Taehyung acordou com a campainha sendo tocada de forma enlouquecida, pulou para fora da cama antes que os vizinhos o xingasse por aquilo 


Desceu as escadas apressadamente, olhando no olho mágico da porta quem era fazendo tanto barulho 


— Hoseok, tá maluco ?! Alguém morreu ?


— Não, mas vai morrer — o Jung entrou e Taehyung fechou a porta — Eu vi as suas fotinhas na night ontem ... Que bonito, Taehyung — Hoseok bateu palmas 


— Ah, você gostou ?! Eu adorei, achei que combinou bastante com as outras


— Deixa de ser debochado, Taehyung — Hoseok seguiu o namorado até a cozinha — Você não me mandou mensagem o dia todo, mas estava lá, saindo com ele


— E você, me mandou mensagem?! Não! Vai ver estava ocupado demais beijando a Yerin — Hoseok arregalou os olhos, Taehyung sabia ?!


— Como vo..?


— Eu vi, Hoseok, estava saindo do colégio no exato momento em que você beijava aquela lá 


— Não é bem assim, eu juro que ela me agarrou, me pegou de surpresa 


— Ah claro, um homão do seu tamanho sendo agarrado por uma lider de torcida, contra outra — Taehyung fechou a geladeira ao pegar a caixa de leite 


— Eu estou falando sério, amor, eu fiquei surpreso, em choque, então demorei para afasta-la, mas juro que quando cai em mim, a afastei na hora — Hoseok se aproximou, segurando o namorado pelo braço — Acredita em mim, eu não beijaria ninguém que não fosse você 


— Sabe o que me dá mais raiva ?! Eu ter falado pra você se afastar dela, e você não fez e ainda brigou comigo por isso


— Eu juro que vou me afastar, juro que não vai mais ter Yerin na minha vida, já até me afastei na verdade 


Taehyung não conseguia ficar bravo com seu homem, Hoseok era lindo e gostoso demais para isso, o amava demais 


E também tinha o fato de que não confiava em Yerin, aquela lá é uma biscate, então era possível que o namorado falasse a verdade 


— Tudo bem, acredito em você, Hoseok 


— Mesmo ? — Taehyung assentiu e Hoseok sorriu o puxando para um beijo — Eu amo você, e só você 


— Você não gosta da Yerin ? Não gosta mesmo? 


— Eu não gosto da Yerin, Taehyung — Hoseok foi pontual ditando as sílabas devagar — Eu não gosto de ninguém além de você, mô


Taehyung fez biquinho, abraçando o namorado pelo pescoço, lhe depositando um beijinho na bochecha 


— Desculpa se eu magoei você, amor


— Magoo, mas tudo bem segunda aquela piranha vai ver só — Taehyung deu um estalinho nos lábios do namorado, indo fazer cereal 


— Taehyung! 


— Baby, ela vai entender de uma vez por todas que você tem dono, e sou eu — o loiro apontou para si mesmo 


Hoseok estava gostando do rumo da conversa, Taehyung havia dito que ele era só dele, isso significava que talvez Taehyung não quissesse que ele ficasse com outras pessoas e quem sabe fechasse a relação 


Estava feliz pelo seu loirinho ter acreditado em si e sido compreensivo 


— É claro que eu sou todinho seu— Hoseok abraçou o namorado por trás — Vamos sair? Almoçar fora, no seu restaurante preferido 


— Eu acho muito boa ideia 


Taehyung terminou de comer e se jogou no sofá com o Jung, ainda estava com sono, havia chegado extremamente tarde do passeio com o mais velho ontem 


Nossa, havia sido muito divertido, acabou que nem foram pra festa do amigo do moreno, acabaram ficando se divertindo pela cidade, lugares aonde Taehyung nunca havia ido mas que agora queria voltar 


Estava gostando de conhecer coisas novas com o Min, estava adorando o conhecer porque ele era diferente de tudo que já havia conhecido 


— Quanto sono — Hoseok comentou quando Taehyung se aninhou em si, querendo dormir 


— Você me acordou arrombando a campainha 


— Desculpa... Vamos subir e tirar um soninho na sua cama — Hoseok sugeriu, afinal a cama era bem mais confortável que o sofá 


E pelos beijos em seu pescoço Taehyung sabia que não era bem dormir que o namorado queria 


— Não... 


— Poxa, mozão 


— OLHA, PARECE QUE SE AJEITARAM 


Hoseok levantou abrupto do sofá, quase derrubando o loiro no chão ao ouvir a voz do Min


— Bom dia, Yoon


— Bom dia, TaeTae 


— Taehyung! Esse sujeito dormiu aqui? — Hoseok perguntou o que era óbvio 


— Dormiu, tem algum problema? — Taehyung arqueou a sobrancelha 


— Todo ! Você me critica pela Yerin mas põem esse cara pra dormir aqui,só vocês dois


— Epa, é muito diferente, Yerin é uma vaca, Yoongi é um amigo e seu ciúme não tem cabimento 


— A claro, você dormindo sozinho com ele e eu tenho que achar bonzão isso


— Acho bom achar, porque ele vai dormir muito por aqui, assim como o Jeongguk dorme na sua casa e eu não falo nada — Taehyung cruzou os braços 


Yoongi estava apoiado na parede, observando a confusão enquanto comia uma maçã que tinha acabado de pegar na fruteira da cozinha 


— O Jeongguk é meu amigo desde o ensino fundamental e você o conheceu essa semana 


— Eu te conheço desde o primário, não faz diferença nenhuma 


— Relaxa cara, não rola nada entre nós dois não, fica sussa e não estraga tudo de novo 


Hoseok rolou os olhos voltando a deitar, havia acabado de se entender com o namorado e não queria estragar tudo novamente, não por causa daquele sujeitinho


— Tem café e cereal no armário, Yoon 


— Tô de boas, TaeTae... Eu já estou indo embora 


— Já vai tarde — Hoseok resmungou do sofá, levando um tapa na perna de Taehyung 


— Aah, tem certeza? 


— Tenho sim, quando o ar da sua casa estiver menos poluído eu volto — Yoongi deu de um selar na testa do loiro, indo embora em seguida 


— Nele você não bate, ne ?! Ele me chamou de poluição e você nem tchun 


— Você tem 10 anos de idade, Hoseok? Meu Deus... — Taehyung se ajeitou deitando no peito do ruivo 


— A questão é que isso é injusto, direitos iguais, bebê 


— Foi você que começou, Hoseok 


— Sei ... Vamos subir pro quarto, amor 


— Só se me levar no colo 


Agora que a cama tinha sido desocupada poderiam subir, provavelmente Hoseok imaginava que o Min havia dormido no quarto de visitas e Taehyung preferiu o deixar achando assim


... 🍂


— Abre a porta, arrombado


— Já vai filho da puta — a porta foi aberta


— Até que enfim — Yoongi entrou na casa do amigo de infância, que também era um ponto de encontro, todo mundo se reunia ali


— Quer uma cerveja?


— Quero 


Yoongi seguiu o amigo até a cozinha, aonde o moreno abriu a geladeira lhe entregando a garrafa de vidro com o líquido gelado 


— O Loco veio aqui te procurando ontem — Jaebeom avisou o amigo, enquanto se sentavam no banco alto da bancada


— O que ele queria ? 


— Não sei, deve ser sobre as paradas


— Eu deve ser ... — Yoongi ficou pensativo — Quais as novidades? — Yoongi deu um gole no líquido 


— Da gangue? Nenhuma, só o Loco irritado porque a boate da rua 23 tá vendendo as pílulas de outra facção, aquela Chinesa depois da ponte 


— To ligado 


— Acho que ele vai dar um susto nos caras, aqui é a nossa área, não tem que ter drogas de outras áreas não, mané, ta maluco, maior prejuízo pra gangue esse mês por causa disso 


— É... Se ele for mesmo fazer algo me avisa


— Vai participar ... ? Faz tempo que você não faz os trabalhos da gangue


— Você sabe que eu estou de condicional ... Se eu for preso novamente, não saio por alguns anos


— Tem razão, tem razão ... — Jay levantou, indo até a sala, pegando o cigarro sobre a mesa de centro — É melhor você não ir, vaí ser brizado se você for em cana novamente 


— Pse ... Tem comida aqui não ? Tô na larica, viado 


— Tenho cara de mãe pra fazer comida pra você?! Faz ai, cuzão tem tudo na dispensa, só fazer


— Se for pra fazer comida na sua casa eu faço na minha e como tudo sozinho 


Jay se jogou no sofá, mostrando o dedo do meio pro Min 


Yoongi fez almoço, comendo junto com o amigo, logo mais integrantes da gangue chegaram se juntando pra comer 


— Acho que eu vou pedir uma garota hoje 


— Você vai acabar pegando uma doença com essas garotas, Dominic


— Vou nada é só encapar o boneco e ta tudo suave — o mais velho começou a rir e Yoongi rolou os olhos vendo que ele já estava em outro mundo 


— Eu vou vazar, até mais 


— Até 


Yoongi se despediu e foi embora, acelerando a moto 


Logo viu o carro preto que o esperava, estacionou a moto, indo até lá, entrando no banco do carona 


— E ai, o que conseguiu pra mim ?


— A gangue chinesa ta vendendo drogas naquela boate da rua vinte três 


— Mas é a área do Loco — o policial franziu o cenho 


— Eu sei, Jay disse que ele vai dar uns sustos nos caras


— Quando? 


— Não sei 


— Côe, Yoongi, você tem um acordo com o estado, você nos ajuda a prender os caras e a gente esquece que você existe, e uma ficha limpinha de brinde, mas você precisa nos dar as informações....Completas 


— Eu sei, não esqueci do acordo, ta legal?!


— Você ainda estaria atrás das grades se você não fosse tão útil pro governo 


— Eu to ligado ... Relaxa, chefia, eu vou descobrir o dia do ataque e te aviso, como tenho feito nos últimos meses, relaxa 


— Acho bom ... Enquanto isso me fala mais sobre essa gangue chinesa, você os conhece ? — Yoongi assentiu


— Não são grande coisas quando o assusto é droga, especialidade deles e tráfico de arma, se você quiser um tanque de guerra eles tem


— Conhece o líder ?! — Yoongi negou com a cabeça 


— Pessoalmente não, mas acho que o nome dele nas ruas é Taori, e o real e Choi 


O policial anotava as informações que seu informante lhe passava num bloco de papel 


— Sabe o endereço?


— Ai já quer demais, né ?! 


— Okay, essa parte a gente descobre, acho que você já foi bastante útil hoje 


— Posso ir? — o policial assentiu e Yoongi se virou para sair 


— Espera! 


— Ahm ?


— Como esta sendo estudar novamente? A escola é legal ?


— Porque você me colou numa escola de burgueses?


— Não queria que você estudasse aqui, sabe que as escolas daqui tem influência das gangues.... Digamos que eu não queria que você caísse em tentação novamente 


— Sei, se importa comigo agora ? - Yoongi arqueou a sobrancelha 


— É claro que sim, eu vi seu esforço para se livrar do vício e vejo você resistir à ele toda vez que entra naquela casa pra fazer seu trabalho com o governo... Você já chegou longe demais, Yoongi... Se forme, arrume um trabalho, vá embora dessa cidade e refaça sua vida com essa chance que estamos dando pra você 


— Não se preocupe, eu não vou voltar para a gangue, não quero ser preso novamente e nem quero essa vida pra mim 


— Que bom, fico feliz por saber ... Mas, e então? Alguma garota no radar? 


— Garota não, mas ... Eu conheci um muleque legal ... 


Yoongi sorriu se lembrando de Taehyung, era bom ter uma amizade saudável 


— Que bom que você arrumou uma amizade descente... Quer ir tomar um café?


— Você paga?


— Pago, vamos lá... — o policial girou a chave, ligando o veículo, se importava muito com Yoongi, sabia que o jovem não tinha família e que por isso acabou no caminho errado mas agora trabalhava de informante ajudando a polícia a prender os marginais da cidade, mas estava sempre só, e tinha medo de que o garoto acabasse voltando para o crime, mas Yoongi parecia estar se esforçando para se tornar uma nova pessoa, até aceitou voltar a estudar, e saber que ele estava fazendo amigos novos, bem longe das gangues era ótimo, Yoongi se espelharia em boas pessoas agora


— Vou querer bolo também 


— Abusado 


🍂


Yoongi girou a chave no trinco da porta do apartamento que vivia, não era bem um apartamento, era só um quarto cozinha e banheiro, tudo bem humilde mas era o que dava pra pagar após sair da cadeia sem dinheiro algum e sozinho não precisa de mais do que isso 


Já fazia meses que não trabalhava para a gangue vendendo os comprimidos de êxtase, especialidades da gangue 


— Estava te procurando 


— Achou então 


Yoongi umideceu os lábios se virando para trancar a porta 


— Aonde estava? 


— Dando um rolê, estive na casa do Jay 


Loco estava sentado em sua cama, com os cotovelos apoiados na coxa e um cinzeiro do lado, aonde jogava a brasa do cigarro que tinha entre os dedos 


— Eu te vejo mais no complexo da guangue e estou sabendo que você não tem vendido os produtos 


— Estou dando um tempo, acabei de sair da prisão, estou em liberdade condicional e você sabe — Yoongi abriu a porta da geladeira, evitando contato visual com o mais velho 


— Eu sei ... Você deve tá ligado que a gangue chinesa tá vendo aqui na minha área, não tá ?!


— Jay me disse ... Vai se vingar? 


— É claro que sim, não aceito concorrência na minha área, odeio tanto quanto odeio traição 


Yoongi sentiu a mão suar, porque ele estava dizendo isso ?! Será que ele já sabia que era leva e traz?! Que era x9 ?!


— ... Porque sei que foi alguns dos caras que facilitou para que eles vendessem ... E você vai descobrir pra mim quem foi


Ufa, é claro que Loco não sabia, se soubesse não estaria mais vivo a muito tempo, é claro que Loco não sabia 


— Ah, claro... Vou ficar de ouvidos e olhos abertos 


— Ótimo... Sei que posso confiar em você, Yoongi... — o mais velho apagou o cigarro no cinzeiro, se levantando da cama — Preciso ir, fiquei de levar minha garota pra jantar 


— Okay 


— Vejo você na base da gangue amanhã, às sete 


O moreno saiu dizendo, e Yoongi sabia que não era um pedido 


— Merda ! 



Notas Finais


Cap focado na vida do Yoon, será que o Taehyung vai ser um motivo a mais pra fazer o Yoongi se indireitar ? Será que o Taehyung vai sofrer as consequências quando Loco descobrir a verdade sobre o Yoon ?! Amanhã no Globo repórter

Link da minha nova TaeYoonSeok :

https://www.spiritfanfiction.com/historia/hurricane--taeyoonseok-17643068

Link do grupo :

https://chat.whatsapp.com/EkOPf9TvwuH6cO8J5hPinL


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...