História Sensei - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Boo Seungkwan, Hansol "Vernon" Chwe
Tags My17seventeenfanfics, Pwp, Seventeen, Verkwan
Visualizações 170
Palavras 239
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Shonen-Ai, Slash, Universo Alternativo, Yaoi (Gay)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá a todos!

Este meu projeto pessoal denominado de “My 17 Seventeen Fanfics” consiste em 17 (jura?) pequenas fanfics da categoria Seventeen (jura? /2) com uma característica em comum em todas elas: são escritas para barra dedicadas a alguém. Do estilo, como se o narrador estivesse a escrever uma carta (?). Ou quase isso.
Haverá uma centric para cada um dos 13 membros e as restantes 3 serão de couples e 1 do OT13.
Não desistam de mim!
Espero que gostem btw xD

Kissus~
Pinkie Tokkee

Capítulo 1 - 2/17


Fanfic / Fanfiction Sensei - Capítulo 1 - 2/17

Oh, Hansol… Nunca fui ingénuo ou inocente o suficiente para me deixar levar pelos teus encantos. O mundo podia cair de amores por ti ao meu lado, mas eu sempre fui superior a uma carinha bonita qualquer, ou pelo menos era o que eu pensava.

A tua gentileza repentina assustava-me, e cedo me apercebi que algo não estava bem - pelo contrário, estava ótimo. Quando disseste que me querias dar explicações de inglês eu simplesmente ignorei. Porque eu precisaria de explicações de inglês, Hansol? Tudo para ouvires um “Fuck Me” gemido ao teu ouvido quando beijaste todo o meu corpo e me fizeste derreter na tua mão, tal como todos os outros? Para que eu te chamasse de “Daddy”? Pois eu sei dizer e, fazer, muito mais que isso.


E posso te mostrar.


Posso te mostrar como posso virar o jogo e te fazer implorar por mim - não é como se tu já não o fizesses não é? Eu te chamarei de Daddy, Hansol. Joga-me na parede e faz-me teu, mas sê meu em troca: porque eu não nasci para ser apenas mais um “One Night Stand” de uma carinha bonita.


Diz-me, Sensei, o que eu preciso de fazer para te mostrar que tu precisas mais de mim do que eu de ti? Que tu anseias mais por poder me tocar de novo que eu? Oh, não, Boo Seungkwan não é qualquer um, Hansol. Mas, se quiseres, eu posso ser o único.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...