História Senti Sua Falta - (Imagine - Lee Taeyong) - Capítulo 47


Escrita por:

Postado
Categorias Neo Culture Technology (NCT)
Personagens Jaehyun, Johnny, Taeyong, Winwin
Tags Nct, Taeyong
Visualizações 109
Palavras 1.044
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 47 - Capítulo 46 - Falso!


Fanfic / Fanfiction Senti Sua Falta - (Imagine - Lee Taeyong) - Capítulo 47 - Capítulo 46 - Falso!

[LEIAM AS NOTAS FINAIS]



~ No Outro Dia ~ (No Colégio)

Em comparação do dia de ontem para hoje, eu diria que o meu dia esta um pouco melhor... O que continua ruim, é o fato que uma garota quer destruir meu relacionamento, mas ela nunca vai conseguir.

Eu e Kathleen estávamos conversando, na verdade estávamos fofocando, quando eu sinto algo batendo em minhas costas. Eu não queria pensar no fato de que tacaram alguma coisa em mim... Justo em mim!

- Quem foi o imbecil que tacou isso na gente? -- Kathleen perguntou com cara de nojo, ela também foi atingida.

Eu olho para trás e não veja mais nada além de Renna rindo com uma bexiga cheia de água. Agora essa garota vai ver o que é bom para a vida dela, uns pelos tapas!

- Ops. -- Ela disse rindo.

- Kathleen mais tarde vamos na manicure. -- Eu disse e ela assentiu.

Nós corremos na direção de Renna e ela ficou assustada, Kathleen derrubou ela e nós começamos a bater nela. Se tem uma coisa que eu não admito, é me sujar!

Eu peguei as bexigas da mesma e comecei a estourar molhando o rosto inteiro da mesma, ela também batia na gente mas era duas contra uma. Então era difícil se defender.

Senti o meu corpo ser erguido e logo estava no ombro de alguém, pela a cor do cabelo vi que era o Taeyong. Kathleen também estava no ombro do namorado.

- Vocês vão pagar caro por isso! -- Renna disse levantando.

- PENSASSE ANTES DE TACAR ÁGUA EM NÓS DUAS SUA PALHAÇA, VAI PRO CIRCO SE QUER SE DIVERTIR! -- Eu gritei com raiva, o rosto de Renna tinha alguns arranhões.

Eu sentia a minha bochecha arder também, mas não estava ligando para nada naquele momento. Apenas em bater naquela garota palhaça.

- ISSO NÃO É NADA DO QUE PODEMOS FAZER! -- Kathleen disse se rebatendo em Jaehyun.

- Já chega meninas! -- Os dois disseram e saíram de perto dos outros alunos, provavelmente estavam levando nós duas para o ginásio ou a sala de aula.

(....)

Os meninos nos deram sermão por bater nela no meio do corredor do colégio, nem ligamos mas estranhamos a atitude dos dois. Eles não são de defender as nossas inimigas.

- Não queremos saber se acham ruim ou não, ela provocou nós duas. Sem contar que molhou nós duas. -- Kathleen diz.

- Vocês fizeram a mesma coisa. -- Jaehyun diz.

- Mas isso foi depois de ela jogar bexigas na gente, eu poderia fazer mais coisas mas vocês tiveram que atrapalhar. -- Eu disse.

- Ah! Me poupe! Vocês querem ser expulsas só pode. -- Taeyong disse, eu olhei para ele -- Não me encara que você esta errada... Quer dizer, vocês estão erradas!

- Nós estamos certas. -- Dizemos juntas.

É melhor eu perguntar agora antes que essa "discussão" vire um desastre de insultos.

- Porque estão defendendo ela? -- Eu perguntei cruzando os braços, Kathleen fez a mesma coisa.

- Não estamos defendendo ela. -- Eles responderam juntos. Mas logo ficaram relaxados.

- Na verdade temos que ir para os jogos de basquete, mas nós somos vilões e se o diretor, professor, empregados da escola ver nosso grupo fazendo alguma coisa ruim... Nós não vamos participar... -- Jaehyun explicou baixo.

Eu e Kathleen nos olhamos, ela estava com os olhos diferentes. Parecia que tinha pensado em alguma coisa.

- Mas nós duas não jogamos basquete, assim como a Melissa e Aurora. -- Kathleen disse -- Não vamos parar o que continuamos, agora que ela mexeu comigo também. Eu vou entrar para o clube da falsidade também.

- Meninas por favor.... -- Taeyong pediu.

Nossa! Isso que é amor por basquete, parece que preferem um troféu bobo e sem graça do que ver suas namoradas destruindo uma inimiga.

- Olha, vamos fazer o seguinte. -- Eu disse e eles prestaram atenção -- Eu e Kathleen vamos sair de perto de vocês e vamos fingir que não fizemos nada. Vamos ir para o banheiro retocar a maquiagem e arrumar o cabelo, depois vamos ir para a sala de aula estudar. E vocês treinam para o jogo normalmente.

- Impossível, a escola inteira viu sua briga. -- Taeyong diz.

- Nós vamos dar um jeito. -- Kathleen disse -- Agora, vamos sair de perto de vocês.

E foi o que nós duas fizemos, o Taeyong nunca agiu assim por causa de um jogo. Mas se ele não quer que eu faça bagunça, eu não vou fazer... Mas se me provocar, na saída a pessoa que me aguarde... No caso Renna.

~ Quebra de Tempo ~ (Depois da Aula)

Eu ainda não estava engolindo o fato de que os meninos querem que nós paramos de fazer maldade com as pessoas só por causa de um jogo, portanto, eu fui atrás do meu querido e falso namorado.

As meninas foram para a casa pois tinham compromisso e eu combinei com a Kathleen de descobrir mais detalhes sobre o que os meninos disseram para nós duas.

E cá estou eu, no ginásio, vendo o meu namorado sem camisa e suado enquanto tomava água.

Tinha algumas garotas ali também, mas eram apenas safadas que "não tem casa" para ir. Só espero que nenhuma esteja de olho em Taeyong, não estava afim de quebrar minha unha.

- Gatinha, o que ainda faz no colégio? -- Um menino perguntou, ele também estava sem camisa e suado.

Ao contrário do Taeyong, o meu namorado eu não tenho nojo e acho ele lindo. Agora esses meninos dos colégio, são nojentos e feios, por isso não fico com ninguém daqui.

- O que não seja do seu interesse. -- Eu respondi e ele sorriu.

- Você é bem difícil, mas um dia eu consigo o seu coração. -- Ele disse. Iludido.

Percebi que Taeyong estava olhando para nós dois, seus olhos não estavam normais. Assim como a aparência dele, eu acho que ele ficou com ciúmes de ver um menino perto de mim.

- Escuta, eu tenho uma banda... -- Eu interrompi -- E eu tenho um namorado, licença.

Eu saí de perto do menino e fui até Taeyong, ele me olhava como se precisasse de algumas explicação.

- Porque estava falando com aquele menino? -- Ele já perguntou direto.

- Eu não vim aqui para discutir, eu quero que me explique porque não quer que eu e as meninas fazemos algo ruim?

- Não é hora para isso. -- Ele respondeu baixo.

- É sim. -- Eu disse.


Notas Finais


Amores, desculpe por esses três dias ausente.
Amanhã eu vou voltar a estudar e provavelmente o número de capítulos irá diminuir... Talvez eu poste de noite quando eu chego em casa ou no domingo.

Então, eu queria avisar a vocês que nem sempre haverá capítulos todos os dias como antes (quando estava de férias), agora eu tenho que me concentrar na escola.

Espero que me entendam, adoro vocês 🌸


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...