História Sentimento Oculto - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Originals
Personagens Davina Claire, Elijah Mikaelson, Hayley Marshall, Hope Mikaelson, Klaus Mikaelson, Marcellus "Marcel" Gerard
Tags Elijah, Hayley, Haylijah, Sentimentooculto
Visualizações 12
Palavras 949
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


💭💋Oi gente!!!tudo bem?essa é a primeira fanfic que eu escrevo...eu não sei se vai ficar muito legal,mas se vocês quiserem que eu continue a história sem problemas,espero muito que vocês gostem,e desculpe se houver algum erro,como eu disse...e minha primeira fanfic💋💭

Capítulo 1 - Sentimento Diferente


Elijah Pov's 

já era de manha,acordei com a luz do sol na minha cara,me levantei e fiz minha higiene matinal,desci as escadas de minha casa e logo me deparo com uma mesa de café simplesmente maravilhosa!Joana a empregada devia ter preparado para mim,Joana e a empregada da família Mikaelson a muito tempo,ela é minha segunda mãe,quando minha mãe morreu ela pediu para que Joana cuidasse de mim,Joana cumpriu sua promessa,ela me trata como filho

Bom dia Pequeno príncipe-Joana abriu um sorriso no rosto colocando a jarra de suco de laranja sobre a mesa 

Joana...não precisava fazer tudo isto...você sabe que eu sou muito ocupado...não vai dar tempo de tomar café...e eu já cresci não me chames de pequeno princepe!-pedi com autoridade para Joana que levou na brincadeira oque eu havia dito

Você amava ser chamado de pequeno príncipe...lembra das histórias em que eu te contava?iamos sempre para debaixo de uma árvore no verão,a árvore tinha belas maçãs...passávamos a tarde lendo livros...-Ela abriu um sorriso se encostando na cadeira e lembrando do momento 

Era incrível...-dei um suspiro me lembrando junto com ela

Bem...-ela calou o silêncio-Você precisa se alimentar!-ela falou preparando uma torrada com geléia,e logo colocando suco sobre o copo

Joana e serio não precisa...-falei na esperança de que Joana parasse mas ela fez muito pelo contrário 

Claro que precisa Elijah Mikaelson...agora sente-se nesta cadeira e tome seu café!-ela falou com um pouco de autoridade quando alguém me chama de Elijah Mikaelson e porque a coisa ficou seria,resolvi me sentar e tomei o café muito apressado,sai entrei no meu carro e me dirigi até meu escritório 

Hayley Pov's 

acordei e me arrumei,coloquei o uniforme do meu novo emprego,Hope ainda dormia,ela parecia um anjo dormindo,não queria acorda-lá mas ela precisava ir para a escola,cheguei de mansinho e me deitei na sua cama,dando um abraço gostoso e leve na mesma

meu anjinho...acorde...irá se atrasar para a escola-falei em seu ouvido e observei a mesma se esticando ainda na cama 

Só mais cinco minutos mamae...-ela fez uma carinha fofa e Meiga, coloquei meu dedo na bochecha e fiquei pensativa 

Hmmmmm...tudo bem...só mais cinco minutos...vou preparar o café...logo venho te chamar-falei me dirigindo até a porta

Tudo bem...-Observei ela virar de canto e voltar a dormir,fui na cozinha para preparar o café e levo um tremendo susto

Oi linda...sentiu saudades?-Me deparei com Klaus,ele disse abrindo um sorriso perverso

Oque você quer!vai embora!eu vou gritar!-falei pegando um vaso de flor feito de porcelana 

Ora Hayley...isso são modos de tratar o seu querido marido?-Ele falou se aproximando do meu pescoço,inalando meu cheiro-Não quer relembrar os velhos tempos linda?...-Ele raspou seu nariz em meu pescoço 

Eu vou dizer só mais uma vez!sai de perto de mim!nosso casamento acabou assim que você começou a vender drogas!esconder todas as suas drogas debaixo do meu colchão!e me deixar mofar na cadeia!-Falo já com os olhos marejados 

Ora Hayley...eu mudei...eu não sou aquele cara...eu parei de usar drogas...eu parei por você Hayley,eu parei pela Hope,pela nossa filha...-Aí que filho da puta!ele sabe que eu tenho um bom coração e se aproveita disso,mas dessa vez não vou ser boazinha

Vai embora...antes que eu espete essa faca no seu peito!-disse pegando uma faca

Ora...vamos lá Hayley...me mate...seja presa novamente...aliás falando em cadeia...quem ficou com Hope?a mendiga da sua mãe?-Ele deu uma risada ironica me encarando

Freya...não chame minha mãe de mendiga,ela me ensinou a ser uma pessoa boa,Nao uma pessoa que vende drogas e engana pessoas-falei ainda com a faca nas mãos 

Claro...a puta da sua irmã...-Ele comecou a rir

NÃO CHAME ELA DE PUTA!-dei um grito e olhei para a porta do quarto e observei o rosto de hope assustada com a conversa,logo Klaus Notou que ela havia ouvido tudo 

PUTA QUE PARIU HAYLEY!VOCÊ NÃO DEU EDUCAÇÃO PARA ESSA PIRRALHA!PODE DEIXAR QUE EU ENSINO BOAS MANEIRAS PARA ESSA GAROTA!!!-ele falou gritando retirando seu cinto para bater em hope,eu segurei seu braço e ele logo bateu com seu cinto em mim

-Aiiiii!-havia ficado uma marca vermelha,eu caí no chão por causa de tamanha dor nas costas 

Você se esqueceu do que eu sou capaz não é mesmo linda...-Ele abriu um sorriso perverso-Vai trabalhar vai,alguém tem que colocar comida nessa porra de casa,-ele saiu e bateu a porta causado um estrondo

Mamãe!!!-Hope se agaixou no chão e me ajudou a levantar-isso tudo é culpa minha...eu não devia ter ficado bisbilhotando vocês dois!-ela começou a chorar com um peso de culpa

Não foi sua culpa meu amor...-passei meus dedos suavemente em seus cabelos ruivos-Vai se arrumar...você vai se atrasar para a escola...-Falei e logo hope foi para o quarto e se vestiu,quando ela saiu do quarto peguei em sua mão e fomos para a escola andando...eu havia colocado alguma maquiagem para sair a marca vermelha e ninguém desconfiar...logo deixei hope na escola e fui para a Cafeteria 

Elijah Pov's

cheguei no escritório e passei horas organizando papéis,logo sai de lá e resolvi tomar um café em uma cafeteria que havia inaugurado,fui até uma cafeteria e uma moça me recepcionou

ola posso ajudar?-falou a moça de cabelos negros e de olhos castanhos claros que pareciam duas pedras preciosas

Pode sim...eu vou querer dois cafés...-disse sorrindo e observando a moça anotar em um bloco de notas o pedido,logo meus olhos tomaram atenção em seu braço,ele parecia estar vermelho e coberto por muita maquiagem então curioso perguntei-Oque é isso no seu braço?-A moça um pouco com vergonha pensou em uma desculpa

Ah...isso?...e que...e que...eu me queimei com o café...-ela abriu um sorriso vergonhoso para mim

Ah sim claro...o café...eu sinto muito...-Eu abri um sorriso 

Bem...seus pedidos estão prontos..um minuto...vou busca-los-A moça realmente era muito bonita e Meiga,eu não acreditei muito na mentira do café...mas eu achei melhor não perguntar...depois de tomar o meu café fui pra casa e deitei na minha cama pensando na garota do café 



Notas Finais


💭💋Oi galera,eu espero que vocês tenham gostado...se quiserem continuação me avisem nos comentários ok?Obrigada :)💋💭


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...