História Sentimento Perigoso - Capítulo 23


Escrita por:

Postado
Categorias One Piece
Personagens Alvida, Basil Hawkins, Bellemere, Boa Hancock, Brook, Capone Bege, Cavendish, Crocodile, Donquixote Doflamingo, Donquixote Rosinante (Corazón), Dracule Mihawk, Edward Newgate (Barba Branca), Eustass "Captain" Kid, Franky, Gladius, Gol D. Roger, Hina, Iceburg, Jewelry Bonney, Killer, Koala, Makino, Monkey D. Dragon, Monkey D. Garp, Monkey D. Luffy, Nami, Nefertari Vivi, Nico Robin, Nojiko, Personagens Originais, Portgas D. Ace, Portgas D. Rouge, Rebecca, Roronoa Zoro, Sabo, Sakazuki (Akainu), Sanji, Scratchmen Apoo, Sengoku, Shanks, Smoker, Tashigi, Tony Tony Chopper, Trafalgar D. Water Law, Usopp, Viola, X Drake, Zeff
Tags Ace X Bonney, Luna, Makino X Shankes, Sanji X Viola, Zonami, Zorobin
Visualizações 80
Palavras 1.230
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Fluffy, Hentai, Luta, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shounen, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Mais uma vez miiiiil desculpas pelo atraso.
Espero que gostem do capitulo de hoje



Boa leitura

Capítulo 23 - Invasor


Fanfic / Fanfiction Sentimento Perigoso - Capítulo 23 - Invasor

Nami on 

Acordei com os raios solares batendo em meu rosto acompanhado pelo infernizante som do despertador  quando eu reparei no relogio do despertador AÍ MEU KAMI já são 7:45 rapidamente dei um pulo da cama eu estava super atrasada então foi aí que eu lembrei hoje é sábado então porque eu coloquei o despertador para alarmar tão cedo assim hoje é sábado dia de dormir até 13:00 da tarde então porque eu coloquei para alarmar agora???? 

Estava tão claro como agua eu tinha alguma coisa para fazer mais exatamente o que foi quando o som do toque do meu celular me tira dos meus desvaneios era uma mensagem do luffy 

Mensagem on 

Luffy: Nami tu já tá pronta 

Nami: Pronta pra que 

Luffy: Kkkkkk Isso foi engraçado 

Nami: O que exatamente 

Luffy: Tá bom nami já que eu chego aí pra te levar pra visitar a sua mãe tá 

Nami: Pra 

Luffy:Não vai me dizer que você esqueceu 

Nami: Tá bom não digo 

Luffy : Kkkkk chego aí em dez minutos 

Nami: Claro tchau 

Luffy: Tchau 

Mensagem off

Santo kami eu havia me esquecido completamente de que iria visitar minha mãe no hospital e agora eu estava atrasada então eu me direcionei até o banheiro e la fiz minhas higienes após fazer minhas higienes e tomar meu banho coloquei uma roupa simples nada demais uma blusa branca com uns detalhes laranjas uma calça jeans verde acompanhada de um tênis preto 

Desci as escadas e já estava me direcionando para a cozinha quando eu ouvi um barulho e percebi que eu não estava sozinha eu não vi o que peguei eu apenas agarrei o primeiro objeto que achei na minha frente então eu caminhei sorrateiramente até a entrada da cozinha e dei um pulo  com o objeto em mãos 

Nami: Parado aí mesmo seu ladrão 

???: Ahhhh nami calma nami sou eu

Eu me deparei com a cena que para muitos seria muito estranha mais para mim era natural era só o luffy e ele estava atacando meu precioso estoque de sorvete de laranja aquele maldito nesse momento senti minha veia da testa começar a pulsar 

 Nami: LUFFYYYY QUE CARALHOS VOCÊ ESTÁ  FAZENDO 

Luffy: Comendo esse maravilhoso sorvete de laranja quer um pouco 

Nami: Ata comendo sorvete......e peraí como foi que você entrou aqui a porta tava trancada 

Luffy: Eu pulei a janela 

Nami: A janela também estava trancada luffy não me diga que você........

Eu apenas vi os cacos do vidro da janela no chão da sala

Nami: Minha vidraça 

Luffy: Eiiii nami não vá fazer nada de que se arrependa depois 

Nami: Luffy Eu vou te matar 

Nesse momento com o objeto em mãos eu comecei a bater nele só depois eu me dei conta de com o que eu  estava batendo nele

Luffy: Essa é a arma letal com que você pretende me matar ha-ha-ha-ha-ha ha-ha-ha-ha-ha-ha 

  Era o Tommy meu hamister de pelúcia 

Nami: Baka

Disse partindo para cima dele o enchendo de tabefes fazendo nos dois irmos ao chão nesse momento nossos olhares se cruzam e eu começo a corar pela distância entre mim e ele então a distância entre nossos rostos começa a diminuir mais e mais eu queria recuar mais meu corpo simplesmente não me obedecia sera mesmo que isso ia acontecer eu iria mesmo beijar o luffy??

Nami off luffy on 

Eu havia chegado na casa da nami e como a mesma ainda não estava pronta então eu resolvi entrar mais a porta estava trancada então eu tive a melhor ideia do mundo vou entrar pela janela mais a mesma está trancada mais se eu puxar com jeitinho talvez ela abra e não quebre mais foi aí que eu acho que exagerei na força e acabei meio que quebrando toda a vidraça mais tudo bem a nami  não vai ficar brava mesmo então eu  entrei e caminhei até a geladeira da casa onde eu achei o famoso estoque de sorvete de laranja da nami então eu comecei a comer até que ela chegou gritando e me ameaçando com um.....um....um hamister de pelúcia acreditem se quiserem ela esperava me matar com um hamister então não sei o que eu fiz mais ela simplesmente pulou em cima de mim me esbofeteando até que nos dois irmos ao chão nesse momento nossos olhares se cruzam e nossos rostos e eu começo a me aproximar MISERICÓRDIA o que eu estava  fazendo???

Eu mesmo não sabia que parar eu juro mais meu corpo se recusava a me obedecer parecia que algo que eu desejava a muito tempo  finalmente iria acontecer mesmo eu iria beija-lá e eu sabia que se eu fizesse isso não teria mais volta foi como se fosse obra de um milagre vindo diretamente do céu o celular dela toca quebrando o transe em que  nos encontravam era nojiko ligando para ela então ela saiu de cima de mim atendendo a ligação

Ligação on 

Nojiko: Nami cadê vocês o ace e a bonney já tão aqui só falta vocês 

Nami: Estamos a caminho chegamos aí em cerca de vinte minutos 

Nojiko: Tá bom tchau 

Nami: Tchau 

Chamada off

Então nos dois saímos da casa da nami e fomos em direção ao hospital a viagem foi feita em total silêncio a não ser pelo fato do som do carro está ligado tocando faded  

No hospital 

Chegando ao hospital nami e eu nos direcionamos até o quarto onde a mãe da nami estava chegando lá avistamos nojiko conversando com o médico responsável por ela 

Nami: Mãe 

Disse nami correndo em direção a sua mãe abraçando a mesma 

Bellemere: minha filha como você está

Nami: Estou bem mãe eu tive tanto tanto medo de te perder

Disse nami com lágrimas nos olhos 

Bellemere: Filha eu não vou morrer agora não se preocupa

Luffy: Oi tia belle 

Bellemere: Oi desgraça tudo bem 

Luffy: Claro e com você sua tirana

Bellemere: Eu tô bem saco de lixo

Luffy: Que bom velha rabugenta 

 Enquanto eu estava conversando com a tia belle nami foi falar com o médico responsável por ela 

Nami:Com licença  doutor o senhor poderia me dizer quando e que minha mãe receberá alta 

Médico:Senhorita creio que se tudo correr bem essa noite afinal ela irá fazer  uma bateria de exames e se tudo correr bem amanhã mesmo ela pode ir embora de manhã 

 Nami: Que bom obrigada doutor 

Passamos um tempo com a mãe da nami até dar a hora de irmos embora eu me ofereci para levar nami para casa já que nojiko ficaria tomando conta da tia belle Após deixar nami em casa eu fui direto para a minha tomei um banho coloquei uma blusa vermelha com uns detalhes pretos  minha jaqueta de couro preto uma calça jeans preta dobrada até o joelho peguei minha moto e sai. Eu tinha uma coisa importante para fazer havia alguém que eu precisava falar então eu peguei minha moto e dirigi até um morro bem alto e afastado da cidade onde tinha uma enorme casarão abandonado possuia cerca de três andares do tipo que faria o Frankie Stein se sentir em casa então eu estacionei a moto escondida entre as moitas a cobrindo por inteira eu caminhei até a frente da porta da casa tirei a chave que ficava escondida no tapete abri a porta e entrei em uma sala enorme que possuía apenas uma porta que dava para o elevador que provavelmente iria para o andar superior da casa eu então entrei no elevador e........


















CONTINUA........











Notas Finais


O que acharam????



Bjs😘 até o próximo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...