História SENTIMENTOS - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Visualizações 2
Palavras 1.056
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Ficção Adolescente, Mistério, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Está história é de minha total autoria. Espero que gostei, pois estou fazendo ela com muito empenho e carinho!

Capítulo 1 - PRIMEIRO OLHAR


Fanfic / Fanfiction SENTIMENTOS - Capítulo 1 - PRIMEIRO OLHAR

A vida é cheia de surpresas. Podemos andar por aí, e sentir uma amor tão forte por alguém que apenas no primeiro olhar, podemos nos apaixonar. Ah o amor, esse amor que revluciona, como ele é belo. Se existisse mais amor no mundo ele seria um lugar bem melhor. Sérgio sempre foi um rapaz muito carinhoso. Seus o amavam demais. Mas Sérgio tem uma triste história, perdeu sua mãe muito cedo, a quem ele era bastante apegado. Depois da morte dela, Sergio se isolou e guardou no seu coração:

-  Jamais poderei amar alguém na minha vida.

Mas mal sabia ele, que o destino estava preparando alguém que mudaria a sua vida para frente. Mas como toda história de amor, sempre á alguém para atrapalhar, nesse caso temos Logan, o irmão mais velho de Sergio, a qual sempre teve muita inveja dele. Logan teve o privilégio de ser o mais velho e o preferido do pai. Sempre estudou e se dedicou, para um dia tomar conta das empresas da família.  Logan sempre se pergunta porque a sua mãe não gostava dele da mesma maneira que de Sergio, e isso fez um ódio nascer dentro dele.

Numa bela manhã, Sergio e sua família estão em casa tomando o café da manhã com sempre fazem todos os dias. Quando o pai de  Sergio tem uma notícia que mudaria a vida deles para sempre.

- Filhos, tem algo que preciso dizer para vocês.

- O que pai? (pergunta Logan)

- Bem, á alguns anos a mãe de vocês se foram, e tanto para mim quanto para vocês foi um perda muito difícil. Por isso eu resolvi morar aqui em Orlando com vocês. Então a empresa da nossa família a que fica no Brasil, vem passando por dificudades, pois o país se encontra em um crise danada. E eu resolvi voltar para lá.

- Mas como assim? Voltar para o Brasil?

- Sim Sergio... algum problema?

- Não pai não é isso. E que tudo lembra da mamãe, e eu ainda não superei a morte dela.

- Mas Sergio já faz 5 anos que a sua mãe se foi, e algum dia teriamos que voltar para lá.

- Concordo com você pai.

- Sim, pai eu sei, mas não acha muito cedo?

- Já se passou tempo demais. Está na hora de voltarmos para casa.

- Tudo bem, pai se você quer assim.

- A gente só vai se vocês dois concordarem, vocês são minha família.

- Pai por mim, iremos e você Sergio.

- Eu tenho escolha?

- Não mesmo.

- Então tá, vamos.

Depois de um longo papo, sobre a mudança para o Brasil, tudo é providenciado. Passagens aérias são compradas e coisas da casa foram empacotadas para a mudança. Mesmo assim Sergio ainda se sente frustado em voltar ao país onde viu sua mãe pela a última vez.

- Acho que já está na hora irmãzinho de você superar a morte da mamãe.

- Pra você é fácil falar Logan, porque você não era apegado a ela como eu.

- O que tá dizendo que eu não me importo com a mamãe?

- Não, apenas dizendo que você não era tão próximo a ela como eu.

- Ah entendi. Mas meu irmão pense bem, será um recomeço, um vida nova.

- Sim, eu sei, mas estou com medo de não consegui.

- Fica tranquilo eu te ajudo.

- Obrigado pelo apoio, meu irmão. Não conhecia esse seu lado.

- Acredite, tem muitos lados meus que você não conhece.

O dia da viagem chega, todos estão triste por deixar um lugar onde viveram vários anos. Mas eles partem com a esperança de que uma nova vida começará.

As horas se passam, a viagem é muito longa e todos chegam ao Brasil bem, mas porém bastante cansados. Eles vão para um Hotel. Na manhã seguinte, eles levatam e olham para o além...

- Nossa como o Brasil está diferente.

- Verdade, São Paulo cresceu muito nos últimos anos.

- Não é isso pai, quero dizer, não sei tem algo diferente aqui.

- Está vendo filho, e você com medo.

- Ainda estou com medo, mas não sei, eu sinto que algo muito bom, mudará a minha vida para sempre.

- Que bom, gosto de ver você animado assim. O dia está tão bonito, porque não sai, da uma volta?

- Boa idéia. Acho que vou fazer isso.

Sergio aceita a proposta de seu pai, e decide sair para dar uma arejada. Ele resolve sair e ir ao parque que fica de frente ao hotel. Ele caminha por lá sem direção, observa a natureza, as árvores, os passáros. Eles se distrai tanto que esbarra em alguém...

- Ei cuidado, não olha por onde anda?

- Ai, me desculpa, não te vi... nossa como você é linda.

- Ah tabom desculpo, pera, o que você disse?

- Ah eu, nada.

- Não você disse algo sim, porém baixo.

- Não falei nada.

- Tudo bem, você vem sempre aqui?

- Não sou novo na cidade e você?

- Eu moro aqui desde que nasci. A propósito sou a Velentina

- Ah oi Sergio, muito prazer.

Logan interrompe a conversa dos dois.

- Olha, olha, quem é essa jovem linda?

- Logan, o que faz aqui?

- Nada estava dando uma volta, como você.

- Ah, essa é a Valentina, esbarrei nela sem querer...

- Prazer, bela dozenla. Sou o Logan o irmão do Sergio.

- Prazer Logan. Sergio preciso ir, a gente se vê por ai.

- Tudo bem. Amanhã você virá ao parque?

- Sim toda manhã eu venho.

- OK a gente se vê então.

- Tudo bem, tchau, foi um prazer Logan

- O prazer foi meu. (grita Logan)

Depois que Valentina foi embora, ficam Logan e Sergio.

- Meu irmão que menina linda.

- Concordo com você.

- Me apaixonei.

- O que?

- Me apaixonei

- Eu também.

- Estamos falando do que mesmo? Ah vamos para o hotel.

Logan e Sergio retornam ao Hotel, chegando lá encontra seu pai, fechando a conta.

- Pai, o que houve? Já vamos embora?

- Vamos para nossa casa, ela já está pronta a nossa espera.

- Ah, tinha esquecido.  A mesma casa onde a mamãe morreu?

- Sim, tudo bem para você filho.

- Tudo, eu acho...

[continua...]


Notas Finais


Não copie, não poste o que não é seu, plágio é crime! Boa leitura!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...