1. Spirit Fanfics >
  2. Sentimentos >
  3. Juntos

História Sentimentos - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


tava no tédio,aí resolvir escrever algo.
Então saiu,e resolvir postar.

Capítulo 1 - Juntos


Aomine Daiki P.O.V

     Lá estava eu,sentado na arquibancada olhando um ser ruivo totalmente musculoso se agachando.Era aula de educação física como já tinha participado da primeira partida de basquete tava descansado.Bom 'tô' tendo uma queda bem caida pelo meu "rival" que conheço ele desde quando tinhamos 12 anos.A alguns dias a gente acabou brigando e ainda não estamos se falando.

      E toda vez que eu tento tomar alguma iniciativa para falar com ele,ele evita ou simplesmente saímos brigando ou batendo boca.Quando eu fiz 14 anos e ele tava lá em casa,mais uns amigos para comemorar eu percebi naquele momento que a pessoa que eu mais queria que tivesse presente era ele.

      O motivo de ele ser meu rival não é por que ele é de fato e sim pelo fato dele sempre conseguir me vencer quando quer,sabe tudo sobre mim e acho que até quando 'tô' mentido.Ele é incrível.Quando estou com ele é aquele típico clichê que eu nunca achei que teria,borboletas no estômago.Não sei exatamente como falar que gosto dele por que desde que me conheço por gente ele vai achar que é uma brincadeira de mal gosto e vai ficar mais puto do que já está comigo.

      Devem tá se perguntando o motivo da nossa briga,a resposta é simples.Ciúmes,sim ciúmes.Eu tenho um puta ciúmes dele desde de sempre na verdade,e ele sabe.

      Bom foi o seguinte a gente tinha marcado de se encontrar no shopping pra assistir um filme que estava em lançamento,óbvio né?enfim ai eu liguei pra ele que ia esperar essse bakagami em frente a uma loja X,até ai tudo ok....Porém na hora exata que eu tinha avisto ele,veio um acéfalo e simplesmente jogou os braços por cima dos ombros dele,e o beijou! Sim,O BEIJOU,essa desgraça.Eu não aguentei e fui até eles.

      -Que palhaçada é essa?- Perguntei já puto da vida - Que direito você tem pra chegar assim,no meu Taiga? - nessa hora o Taiga me olhou com uma cara interrogativa e falou.

     - Pelo que eu saiba não preciso de guarda costa pra vim chamar atenção de quem vem até mim,Ahomine - então ele olhou para o cara loiro que beijou ele - E você tá louco? Eu já falei para você se afastar de perto de mim.Vai embora e nunca mais me procure,caso contrário eu lhe denuncio.

                ~-~-~-~-~-~-~-


       Depois desse Ocorrido ele saiu sem mais nem menos,eu fui atrás dele mas tudo que eu ganhei foi um olhar de raiva.


    P.O.V  KAGAMI TAIGA


     A partida inteira de basquete sinto o olhar de Daiki em mim,porra,esse desgraçado escondeu de mim que me ama!


Sim,eu sempre soube só não esperava que ele ia demorar tanto pra relevar isso.SIM,eu amo ele também,então por que eu não confessei? Porque também sou um cagão.

    Eu descobrir que ele gostava de mim através do Kuroko porque o mesmo tinha recebido um áudio dele bêbado falando que me amava,mas hoje isso termina.Hoje eu decidir falar tudo o que eu sinto pra ele,apesar de ainda tá com raiva pelo acontecimento do shopping que ele chegou comigo como se eu fosse propriedade dele,e aquele desgraçado louco que me beijou foi o Kotarõ Hayama,sim ele mesmo,ele queria ficar comigo mas eu neguei dizendo que gostava de uma pessoa.O mesmo começou a me seguir pelos lugares,até que naquele dia decidir por um fim,no começo até achava uma coincidência mas no fim.....

      Resolvir ir até o Daiki,e sua cara de surpresa já era de se esperar.

      -Depois da aula me encontra em frente ao prédio onde eu moro,e não se atrasa.

     -oê,como assim isso do nad- aah esquece,me desculpa por aquele dia,eu sei que você não gostou do jeito que cheguei contigo,mas poxa eu sentir muito,Ciúm- Ele parou de falar quando percebeu que eu estava rindo do seu desespero- Ah,isso rir de mim mesmo,a pessoa que quase morreu achando que você nunca mais ia falar comigo,seu otário.

      Ele virou de costa,e por fim eu abracei ele mesmo todo mundo olhando curioso,percebir que ele também ficou tenso e surpreso ao mesmo tempo.

     - Ei,é sério o que falei antes.Eu realmente preciso conversar com você.- Ele me olhou meio corado,ele é muito fofo.E por fim respondeu. - Tá,ok...? E solta tá todo mundo olhando.


  


     Continuei abraçado nele- Eu não ligo - só que tive que desfazer o abraço para voltar para a sala. - Tchau - antes dei um beijo na bochecha dele,que ele ficou com uma cara como se tivesse ganhado na loteria.


               ~-~-~-~-~-~-~-

     Não sei o que deu em mim pra agir naquele jeito manhoso pra cima do Daiki,ok talvez eu saiba? Sim,eu sei na verdade eu sempre sou assim com o daiki teve uma vez que exagerei nisso a gente acabou não se falando por 2 dias por eu`tá'morrendo de vergonha porque não é todo dia que você senta no colo do seu amigo(autora:Kkkk,só na brotheragem.) e o membro de baixo dele fica ereto.

      Eu estava perdido em meus pensamentos que eu nem percebir que já tinha chegado em frente ao prédio onde eu moro,o Daiki já estava em frente me esperando acenei com a cabeça para subir não tava conseguindo falar nada devido estar nervoso por saber que eu serei o primeiro a confessar,sei lá....

          


               ~-~-~-~-~-~-~-


       Situação estranho,nós dois estavamos na sala assistindo qualquer coisa na tv,até que a gente veio para meu quarto jogar vídeo game,já a tv da sala fica mais para as visitas essas coisas. Estamos agora um olhando pra cara do outro em cima da cama até que resolvo quebrar o clima tenso.

     -É o seguinte-Derrumo em cima da cama e vou pra cima dele,enfiando meu rosto no pescoço dele pois não tenho coragem para me confessar olhando nos seus olhos- Você deve tá estranhando né?-ele solta um "uhum"- sabia,eu....Eu gosto de você,na verdade eu Amo você até de mais,você é incrível naquela vez que você me ajudou na minha recaída,e falou que eu era o ser mais importante da sua vida,Eu não pude evitar de sentir amado,e passar a amar você.Então,Aomine Daiki eu te amo você quer namorar comig- Ele Simplemnte me puxou para um beijo,e logo pedindo passagem com a Língua,logo cedir ele começou a levar a sua mão em direção a minha bunda e apertar,alguns segudos depois nós separamos,ele me olha e me dar um selinho.

      -sim,eu aceito ser seu namorado.Obrigado por estar aqui comigo sempre,eu te amo Kagami Taiga.


 

    Esse foi o dia mais feliz para mim.

       

Fim


     


  


Notas Finais


É isso,espero que tenham gostado.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...