1. Spirit Fanfics >
  2. .sentimentos confusos - nofya e jofya >
  3. Festa pt.3 - O Jogo.

História .sentimentos confusos - nofya e jofya - Capítulo 40


Escrita por:


Capítulo 40 - Festa pt.3 - O Jogo.


Os poucos jovens que ainda restavam na enorme casa do Krystian se juntaram no chão, em um enorme círculo. 

O jogo escolhido fora "Verdade ou Desafio" afinal, esse jogo é tradicional e ESSENCIAL em todas as festas dada! 

Krys posiciona a garrafa no meio da roda e observa todos os que toparam jogar, outros resolveram apenas observar. 

— Beleza! — O chinês falou, olhando nos olhos de cada um ali. — Antes de começarmos o jogo, vamos fazer um juramento. — ele falou e todos o olhou confuso. — Não se façam de desentendido. Sabemos que sempre tem aquele engraçadinho que se nega a dizer a verdade, ou mesmo cumprir o desafio. por isso, se tem alguém aqui que não esteja disposto a ser totalmente sincero e nem mesmo aceite os desafios, sendo eles pesados ou não, se retirem já. — com isso, Linsay e Aurora saíram da roda, todos os outros permaneceram. 

— É, realmente concordo com você, Krys. — Sina falou um pouco alterada. A loira estava embriagada e não era pouco. Noah que lute. 

— Enfim, os que estão na roda querem continuar? — ele perguntou calmo, mas com a voz segura. todos concordaram. — Ótimo! — sorriu vitorioso. — Agora repitam comigo: Juro dizer somente a verdade.. — Krystian começou, e todos o seguiram.

Juro dizer somente a verdade...

 E nada mais do que a verdade. — Continuou o chinês. 

E nada mais do que a verdade. 

 cumprirei todos os desafios, não importa a gravidade que os tenha! — disse, por fim, para encerrar o pequeno juramento entre eles.

— cumprirei todos os desafios, não importa a gravidade que os tenha! — encerraram. 

Isso! Agora vamos jogar! — todos gritaram, animados. — o começo da garrafa é quem irá perguntar, o fundo servirá para respostas. e eu começo. — Krys segurou a garrafa no centro e a girou, até que parou  da Sina para a Any. 

Sina pergunta. 

— Verdade ou desafio? — olhava a brasileira firmemente. 

— já que o jogo acabou de começar, vou escolher verdade. — respondeu, segura.

— é verdade que você já mandou nuds? — perguntou a loira, todos na roda assobiaram, com excessão da any.

— que pergunta cafona, sina. Não tinha outra melhor? — any perguntou enquanto revirava seus olhos.

— Uhm, não? — respondeu simples. — agora responde logo. 

— É verdade. — sem mais nem menos, não negou. 

Woah! — expressaram surpresa. 

Any girou a garrafa e parou de Noah para Josh. 

— verdade ou desafio? — Noah olhou o canadense com um sorrisinho nos lábios.

— desafio. — Josh respondeu. 

— Uhm.. Vejamos... — Noah não tinha ideia do que desafiar. — te desafio a beijar qualquer pessoa que esteja afim. — todos olharam para o Noah, pensativos. Afinal, o Josh namorava, e por isso é claro que ele iria beijar a sua garota. E não foi diferente, pois assim o Josh fez. 

Virou de lado e segurou levemente a mão da sua garota, lhe ofereceu um sorriso que logo fora retribuído e a beijou com ternura. 

Sofya adorava admitir que os beijos do Josh eram maravilhosos, e nunca que iria enjoar dele. 

Não durou muito para que o jovem casal resolvessem romper o beijo com uma leve puxada de lábio. 

— Uau. que quente. — Krystian falou, enquanto se abanava. 

— Esse casal tem fogo, minha gente. — Any amarrou seus cabelos e fez o mesmo que Krystian, se abanou e todos riram, com excessão do Noah. 

Sina percebeu o desconforto do Noah e alisou o seu braço, mas o Noah apenas lhe fez um sinal silencioso de que estava tudo bem, afinal, foi ele próprio quem procurou. agora ele quem aguente com as consequências. 

Josh gira a garrafa. 

De Sam para hina. 

— Verdade ou desafio, Hina? — sam perguntou para a japonesa. Ela pareceu pensar um pouco, mas logo respondeu. 

— Verdade. — escolheu. 

— É verdade que você é bv, japa? — a japonesa ficou corada, mas logo respondeu com um aceno de cabeça positivamente. — Que fofa. — sam se derreteu com a extrema fofura que a mesma era. e todos ali presente também. 

Hina gira a garrafa e cai entre Krystian e Siena. 

— Opa, gatinha. Diz aí, vai escolher verdade ou desafio? — a garota quase não esperou ele terminar, que logo já respondeu. 

— Verdade. não sou burra. — revirou os olhos. 

— é verdade que você já trepou com mais de sete caras em uma só noite? — krystian perguntou. Siena era uma das garotas mais rodada da escola, e aquilo praticamente não era novidade para ninguém. Apenas Sofya e hina que se envergonhavam por aquilo, pois eram inocentes por demais. 

— Exatamente isso. É verdade! — a garota sorriu, como se estivesse se gabando por aquilo. como se estivesse ganhado um troféu de "Garotas mais rodadas da universidade", felizmente não por um tempo, pois a escola havia dado um tempo. mas mesmo assim, Siena era uma rodada. 

Siena gira a garrafa e cai entre Sasha e Sofya. 

Detalhe: Sasha não gosta nadinha da Sofya. 

Motivo? Sasha gosta do Josh. 

Sasha olhava Sofya com um olhar penetrador, como se quisesse matar a pequena e a vida lhe tivesse dado uma oportunidade única e perfeita para isso. Ela alternava seu olhar entre a russa, o Josh e o Noah. quase todos ali tinha noção do que a garota iria aprontar. 

— dos mesmo criadores de "fogo no parquinho", vem aí, fogo no joguinho. — sam comentou tentando quebrar o silêncio, e no fim soltou um: — adoro. — por mais novo que ele fosse no grupo de amigos, sabia de toda a história que envolvia o Noah, até a Sasha. 

— verdade ou desafio, sua baranga? — Sofya respirou fundo, e com um sorriso respondeu ela.

— Eu escolho desafio. — ela respondeu, firme. Mal sabia o que viria a acontecer.

Quando a Sasha chamou a Sofya de tal forma, o Josh só quis voar em seu pescoço, por mais que não curtisse agressão contra mulher. Apenas não o fez porquê a sua amada segurou a sua mão, lhe acalmando. 

— Ótimo. — Sasha sussurrou para si mesma, então aprontou um sorriso de "capeta" em seus lábios e disse as seguintes palavras. — meu desafio para você será ficar no menor cômodo da casa com o Josh... — Sofya sorriu, ela não estava pegando pesado como achou que faria, bom, por uma parte sim pois a russa tinha claustrofobia, mas estava feliz pois estaria com o seu amado. até mesmo o Josh se alegrou com isso. mas não por muito tempo. — e com o Noah. — o sorriso do casal murchou. 

— Tá de sacanagem, cara. — sina comentou, brava. Sabia que merda iria acontecer. 

— que coisa, mano. — sam falou sem acreditar. E todos os outros estavam com cara de tacho. 

Noah tinha seu olhar sobre o casal, estava triste também, afinal. 

— Ow! Anda. Não vale dá pra trás, fizemos o juramento. — Sasha continuava com o seu sorriso de "capeta", Sofya estava pálida e Josh repetia para sua namorada auê estava tudo bem, e que ela não se preocupasse. 

— O pior é que é verdade, o juramento... — Krystian lembrou, com o tom de voz triste. — e o menor cômodo daqui é a lavanderia. vem, eu acompanho vocês. — Krys se levantou, fazendo sinal para seus três amigos o seguir. Sofya e Josh foram na frente, já Noah criava coragem para respirar. 

— vai, amigão. Vai dar tudo certo, sim? — sina encorajava o Noah. — continue assim, você está indo bem. — puxou o Noah o arrastando em direção à lavanderia, onde já estava o Krystian, Josh e Sofya. 

— Isso está sendo uma tortura. Odiei aquela garota. — Noah reclamou, dando um abraço forte na sua amiga. — e obrigado por me encorajar, você é maravilhosa. — sussurrou próximo ao seu ouvido, e sina sorriu enquanto apertava o Noah em seus braços. 

— Que isso. Amigo é pra essas coisas! — ela disse, divertida, e então separou ambos os corpos. 

— Sasha disse para vocês ficarem aqui dentro por cinco minutos... — Krystian falou, com um olhar triste. A lavanderia era realmente pequena, estava mal pela Sofya. Ela realmente não merecia tudo aquilo. — foi mal, Sofy... — krystian lamentou. 

— tudo bem. são apenas cinco minutos, não é muito. — a garota sorriu para o chinês e adentrou o lugar junto de seu namorado, Noah logo em seguida. 

— Qualquer coisa gritem, meus amores. — Sina falou e então o krystian trancou a porta e se aproximou de sina.

— Eu sinto muito pelos três. — Krystian suspirou. 

— é, eu também. — a garota abraçou os ombros do chinês. 


             Sofya plotnikova


Oi, meu nome é Sofya Plotnikova, tenho claustrofobia e estou trancada em uma lavanderia minúscula com o meu ex e atual namorado. Tem como a vida ser pior? 


Notas Finais


amanhã sairá o último capítulo da festa, e me perdoem os erros de ortografia! vos amo. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...