História Sentimentos enterrados... - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Naruto, Revelaçoes, Romance, Sasuhina
Visualizações 45
Palavras 1.210
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção Adolescente, Romance e Novela

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Desculpe caso tenha algum erro, hoje será estilo 'Capítulo Único' !!
Espero que gostem !!
Boa leitura !!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Sentimentos enterrados... - Capítulo 1 - Capítulo Único

Era apenas mais uma tarde de verão. Em passos calmos e despreocupados a morena observava o céu limpo, seu azul claro juntamente com às folhas verdes das altas árvores na proximidade davam uma perfeita harmonia ao dia que havia começado agitado. Alguns pássaros voavam ao longe, e outros cantavam sua rotineira melodia. Retirou um de seus fones de ouvido, e respirou fundo buscando a mesma harmonia dentro de si.
Após virar a esquina seu peito doeu, seus olhos observavam a casa branca do outro lado da rua. O jardim antes vivo e sempre bem cuidado, era apenas uma sombra daquilo que já foi. Após uma fina lágrima descer pelo seu rosto, suas pernas a levavam diretamente para o portão da casa. Assim que parou em frente ao mesmo, suas mãos começaram a suar. Seu corpo todo tremia por conta das lembranças que invadiam sua mente, levantou sua mão direta até a campainha. Por meros segundos pareceu perder totalmente o controle de seus pensamentos e ações, recuou seu corpo para trás em uma tentativa de se proteger. Mas do que exatamente ?
-De novo Hyuuga ? - um moreno surge ao seu lado, encostado a parede ele termina de fumar seu cigarro acesso a poucos minutos atrás. O joga no chão para logo em seguida pisa-lo, passa a mão em seus cabelos pretos como o carvão e volta seus olhos a garota ao seu lado, que apenas vira o rosto.
-Não acontecerá novamente Uchiha, relaxe. - ela responde fazendo pouco caso, da as costas ao mesmo e volta para seu caminha até sua casa, que não ficava muito longe. Dessa vez seus passos são rápidos e apreensivos, seu coração acelerado parecia voltar ao ritmo normal de pouco em pouco, assim como sua respiração em descompasso.
-Está sempre dizendo a mesma coisa, mas no final essa cena se repete mais uma vez. Não cansa Hyuuga ? - ele surge ao seu lado, com mais um cigarro em suas mãos. Um vício que tomou conta de si desde os seus quatorze anos, e que vem aumentando com o tempo.
-Podemos parar de falar sobre isso Uchiha. ? - ela responde severa, aperta a alça de sua mochila e aumenta o volume da música ao máximo.
-Sobre isso ? Você quer dizer o Naruto ? - em um movimento rápido ele imprensa ela contra a parede, que se mantém indiferente diante do ato inesperado. - Hinata, me dê sua permissão. Eu preciso disso, nós precisamos. - o Uchiha beija o pescoço da azulada, que o empurra pra longe no mesmo instante. Dessa vez ele havia ido longe demais, e para piorar seu corpo implorava por seus toques.
-Você não tem consideração ? Ele era seu amigo. Não parece abalado com a morte de alguém que cresceu com você, como faz para ser tão insensível ? - Hinata pergunta mantendo seu tom de voz normal, se alterar naquele momento iria piorar a situação. Sem esperar a resposta do mesmo se virou e correu rumo à sua casa, com lágrimas escorrendo pela sua face avermelhada com tamanha vergonha. 
Estava se sentindo suja, não era certo sentir esse tipo de atração pelo melhor amigo de alguém que amou por tanto tempo, mas que infelizmente nunca soube de seus sentimentos. Hoje fazia três anos desde Que Naruto faleceu após salvar sua amiga de um carro que via em alta velocidade na direção de ambos, ele a empurrou para longe e se deixou para sofrer com o impacto que quase o despedaçou. Foi um choque para todos, ele era muito amado e admirado por todos, um garoto de ouro. Sua namorada passou meses pressa em seu próprio quarto, buscando maneiras e formas de seguir a vida sem seu amado. Seus amigos andavam tristes e poucas vezes sorriam, havia um vazio no peito de cada pessoa que viveu para conhecer Naruto. Hoje, todos sorriem e vivem cada momento por ele, para que ele saiba que nunca será esquecido. 'E eu ? Tento fazer o mesmo a cada dia, lutando pelo meu futuro e pelo direto de ser feliz. Carregando o bom humor dele comigo, todos os dias de minha vida.' a morena de cabelos azulados sussurra para si antes de se entregar ao cansaço. 
Hinata acordou assustada, mas com uma estranha sensação de bem-estar. Em seu sonho ela havia se encontrado com Naruto, tinha confessado sobre seus sentimentos e como todos estavam sentido sua falta, falou brevemente sobre Sasuke e suas ações frustradas de tentar  conquistar a morena. Naruto estava relaxo e sorridente, contou que estava em um lugar incrível e deu conselhos para lidar com às coisas que estavam acontecendo. Porém o que deixou a morena ainda mais surpresa foi a frase que ele disse sobre as atitudes de Sasuke, 'O amor sempre nos surpreende. Ino me mostrou como é bom ser amado e amar alguém, mas ela agora está descobrindo o quanto é doloroso viver sem aquele que ama.' A morena se jogou a cama refletindo sobre a frase, e memórias esquecidas vieram a tona. Momentos divertidos onde brincava com o Uchiha, o fazia rir e observava seu rosto corar. E como um tiro em seu peito, a azulada finalmente compreendeu às palavras do amigo. Inclusive quando ele respondeu sobre sua confissão, dizendo a ela que se sentia honrado por ser amado de tal forma, mas que não poderia corresponder ao seus sentimentos.
A morena se levantou da cama com certo receio dos pensamentos que acabaram de inundar sua mente, mas não havia mais motivo para medo. Finalmente ouviu o 'não' que mudaria sua vida. Pegou um casaco qualquer e vestiu suas meias de lã lilás, fez um coque simples e desceu escada abaixo. Passou pela porta e sentiu o frio tomar conta do seu corpo, mas era tarde demais para voltar atrás. Correu pelas ruas quase desertas se dirigindo a uma rua em especial, quando finalmente havia chegado em seu destino se amaldiçoou mentalmente por não ter se arrumando melhor. Pois um prédio pegava fogo e vários repórteres chegavam para dar a notícia sobre o acidente. Em meio a tantos rostos de pessoas, reconheceu uma cabeleira negra depois da multidão que cercava o local interditado pelos bombeiros. Respirou fundo e juntou forças para atravessar aquele amontoado de gente, entre uma cotovelada e algumas pisadas de pés finalmente tinha a chegado ao fim daquele mar de pessoas. E agradeceu internamente por ser alta. Olhou para o moreno sentando na calçada com a cabeça baixa, e como de custume o cigarro em suas mãos.
-Não deveria fumar tanto. - assim que terminou sua frase o moreno a olhou incrédulo, se pós de pé frente a mesma e tentou buscar motivos para ela estar ali.
-Hinata, eu sinto muito por hoje cedo...Eu não quis dizer...Bem, eu... De verdade... - seus olhos pretos e enigmáticos se fixam ao chão, o nervosismo toma conta de seu corpo e seu coração acelera como toda vez que vê a azulada.
-Sasuke...
Em um ato de urgência ela pressioma seus lábios, juntando ambos em um beijo quente e apaixonado. Os toques se tornam algo necessário, assim como a vontade de explorar o desconhecido. E em uma pausa em busca de ar, Sasuke fixa seus olhos por meros segundos no céu coberto por estrelas. 
-Obrigado Naruto... 


Notas Finais


Obrigada por ler, caso tenha alguma dúvida ou esteja boiando não deixe de comentar.
Beijos 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...