1. Spirit Fanfics >
  2. Sentimentos Expressadas Por Palavras... >
  3. Minha história... E quem eu sou...

História Sentimentos Expressadas Por Palavras... - Capítulo 20


Escrita por:


Notas do Autor


Olá gente.
Bem, estou aqui para dizer que vou meio que resumir minha vida.
Porque tem certas coisas que não estou pronta para as pessoas saberem.
E não quero ser criticada ou algo do tipo eu não direito...
E bem, é meio que capaz eu apagar alguns poemas e histórias que escrevi aqui.
Até porque, não quero ficar me lembrando disso toda vez que eu vim ler minha histórias e poemas e tralala...
E é capaz de eu começar a escrever e postas minhas coisas no Wattpad.
Porque né. Vai que o Spirit apague meus poemas?
Obrigada mas não estou nem um pouco afim de fazer tudo de novo.
Obrigada. De nada
Bem, era só isso mesmo.
Tenham una boa leitura.
=^w^=

Capítulo 20 - Minha história... E quem eu sou...


Fanfic / Fanfiction Sentimentos Expressadas Por Palavras... - Capítulo 20 - Minha história... E quem eu sou...

Olá. Tudo bem com vocês? Espero que sim.

Bem, eu me chamo Jg World, minha idade é de 13 à 16 anos e estou no 9º ano. Gosto muito de cálculos, quebra-cabeças, cantar, filmes, animes, dançar, séries, desenhos animados, animação, jogos, desenhar, conhecer coisas novas e lugares novos, desafios ler, e de escrever histórias, paródias, poemas, etc... Mas tenho um leve grau de dislexia, porém, isso não me atrapalha muito. Sou alguém um tanto que antissocial e fico sempre no meu canto, mas ao mesmo tempo sou alguém social e gosto de me entumar com algumas pessoas e fazer amizades novas. Minha família em geral, tipo, tias, tios, primos, primas, pai e tralala, tralala, não é tão unida, tirando eu, minha mãe, meu irmão e irmã mais velho(a) e também meu cunhado(a) e já me esquecendo também, todos os nossos amigos. Isso sim, é um verdadeira família para mim. A gente se apoia, se ajuda, aceitamos uns aos outros. Como toda família deveria ser assim... Em minha opinião... Bem, vendo assim, vocês devem pensar que minha vida é maravilhosa e tudo lady Laura, mas como diz esses belos ditados:

"As aparências enganam..."

"Nunca julgue o livro pela capa..."

Pois é né... Essa é uma triste e cruel realidade... Deste pequena o mundo já me odiava... Até porque, quem iria querer matar uma criança de 4 ou 5 anos de idade com falar de ar? Bem, eu quase morri com falta de ar mesmo. Também quase fui estrupada... Mas isso não significa que não fui abusada... Fiz coisas que não queria fazer... Mas fui obrigada a fazer... As pessoas que conheci no passado eram falsas e queriam o meu mal... Na minha casa mesmo sendo única, obviamente temos muitos problemas... E bem... Ai que começa meus pensamento negativos... A vontade de sumir... O desejo de morrer... E o pensamento de que tudo e todos estariam melhor sem mim aparece... E atacar... Me fazendo voltar para meu cubo... Para o meu e preciosa... Escuridão...

Deste que meus pais se separam, meu irmão foi para outro lugar, me mudei de escolar e tudo na minha vida mudou... Eu também mudei... Eu era alguém bem sorridente, animada e muito alegre... Eu não parava por nada, eu era bem elétrica e um tanto teimosa... Agora sou alguém bem calma e quieta na minha... Sou alguém bem sentimental, emotiva, pessimista, realista de vez enquanto e muito sensível e negativa comigo mesma... Basicamente, todos os dias eu tenho a vontade de morrer ou pular na frente de um carro qualquer... Porque eu não aguento mais... Sou uma pessoa fraca... Inútil... Apenas atrapalho... Não faço nada direito... Não faço nada certo... E principalmente... Sou um peso morto para todos...

Bem... Era o que eu pensava... Até eu descobri do porquê eu ainda estar aqui... Minha família... Meus amigos... Eles se importam comigo... E não querem me perder... Assim como eu não quero perder-los... E pela primeira vez na vida... Eu tive medo de fazer uma grande besteira e me matar... Foi isso que eu pensei ontem... Pois eu simplesmente... Tive um ataque de pânico e ansiedade... Eu chorava... Me tremia... A dor em meu peito era tão grande e assustador que eu realmente não sabia o que fazer para aquilo parar... Estava com medo... Estava desesperada... Desesperada por ajuda... Eu até pedir ajuda para uma amiga me ajudar naquela hora... Porque eu realmente não sabia o que fazer... E eu realmente sou grata pela ajuda dela... E das pessoas que querem me ajudar... E por todos eles serem o motivo para me continua viva...

Pode não parecer... Mas eu realmente não estou bem... E possivelmente eu tenho depressão... E se eu tiver... Não irei me preocupar tanto assim... Até porque... Eu sei que esse povo que chamo de amigos e família... Não vão me deixar partir tão cedo assim...














"Infância..."

"É algo que realmente gostaria de ter de novo..."

"Sei que nem sempre, a infância é tal bom assim...:

"Pois minha infância..."

"Era ou poderia ter sido bom..."

"Mas não tive o meu final feliz que eu tanto queria ter..."


Bem... 

Percebo que eu ainda não tive meu final...

E espero que demore mais um pouco para mim ter ele...

Até porque...

Não irei tão cedo assim...

E eu espero...

Que meu final...

E o final de todos desse mundo cruel...

Seja um belo e um maravilhoso final feliz...

Pois todos nós somos seres humanos...

Nascemos...

Crescemos...

Aprendemos...

Envelhecemos...

Vivemos...

E morremos...

Então...

Vamos viver hoje pelos menos uma vez na vida...

Antes do trem-bala chegar...

E nos levar até o nosso destino...

Perdoe...

Ame...

Cuida...

Proteja...

Viva...

Antes que seja tarde...

Bem...

Era apenas isso...

Espero que possamos nos ver novamente...

Lá no outro lado do muro...

Até mais...

Bye-bye...!

=^w^= 

<3 


Notas Finais


Bem...
É isso gente...
Esse é o último capítulo da nossa querida e pequena história de poesias...
E não se preocupem comigo...
Porque como eu disse...
"Não irei tão cedo assim"
Bem, eu vou ficando por aqui...
Até mais gente...
Amo vocês e obrigada por tudo...
Bye-bye!!! =^w^=
<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...