História Sentimentos negados - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~PauloPeculiar

Postado
Categorias Originais
Tags Gay, Homofobia, Homossexualidade, Romance, Sexo
Visualizações 52
Palavras 919
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Josei, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Espero que tenham gostado desse capitulo!
Ateee

Capítulo 3 - Capitulo 3


Fanfic / Fanfiction Sentimentos negados - Capítulo 3 - Capitulo 3

Alec

Victor vai embora, enquanto eu fico totalmente tomado pela culpa, em momento nenhum ele foi grosso comigo ou me tratou mau. Mas é melhor me afastar dele, mas não sei estou fazendo certo.

Limpo meu rosto com as mãos e vou com o andar apressado para o estacionamento,já que não tenho cabeça para estudar hoje, e o horário de aula ainda não tinha começado.

...

Já em casa pego um pote de sorvete e ligo a TV para assiatir um filme. Lá no sofá eu fiquei até o horário do meu encontro com a piranha da escola

...

Saio do banheiro já de banho tomado, apenas visto uma bermuda e uma camiseta, calço meus tênis e vou até o encontro com Luiza. ( piranha da escola)

Chego lá exatamente as nove horas. Sou atendido com um abraço e um olá.

-Desculpa por ter sido grosso hoje de manhã

-Não se preocupe com isso

Ela fechou a porta tirando de seu corpo um roupão preto de revelando uma fantasia extremamente transparente de renda na cor preta

-Comprei pensando em você

Dou um sorriso mechendo a cabeça fingindo estar animado

Ela vem totalmente animada me jogando contra a porta já beijando minha boca e meu pescoço. Parecendo um tubarão com renda transparente. Tento devolver o beijo, mas ela começou a literamnete sugar minha língua para a boca dela. Me afasto dela começando a tirar meus tênis e camisa. Ela se aproximou novamente tirando minha calça, acariciando meu pênis com as mãos, e em seguida começando um sexo oral. Começo a ter alucinações vendo em vez dela Victor ali ajoelhado, assim fico excitado com a miragem.

Eu e ela fomos para o sofa, aonde as coisas continuaram a acontecer.

-Nem acredito que isso está acontecendo Victor

-QUEM É VICTOR?

Com o grito dela volto a minha realidade e ao mesmo tempo meu pênis antes ereto, ficou flácido em questão de segundos

No rosto dela eu vi a cara de raiva e decepção, ela rapidamente se levantou do sofa jogando minhas roupas contra mim, eu as pego e visto ali mesmo, e saio rapidamente dali. E novamente pensando em Victor. 

Victor

Alec rapidamente se solta da minha mão e entra no box, um sentimento de culpa começa a florescer no meu peito, e quando vou tentar dizer algo, o escuto começar a chorar. Neste momento a culpa toma conta do meu corpo.

Sem saber mais o que fazer, murmuro um pedido de desculpas, mais tenho certeza que ele não ouviu, saio do banheiro e vou para a sala de aula, me sentindo cansado, todo a animação da manhã já tinha deixado meu corpo.

Vejo o professor entrar na sala e começar a explicar a materia, mais minha menta já não habitava mais meu corpo.

Minha cabeça se enchendo de perguntas como " o que será que eu fiz de errado? ", " será que o magoei ? Ou foi algum outro problema?", " Será que fiz certo deixá-lo sozinho?"

Fique me pergunto durante toda a aula, mais todas as perguntas não tinham respostas. 

Não sei se foi sorte ou azar do destino, mais Alec esqueceu seu material na sala de aula, então na hora de ir embora, o levei junto comigo. Também perguntei para uma das piranhas ( que já tinha visto ela aos beijos como meu gostoso) o número do Alec, para eu poder mandar uma mensagem para ele, avisando que seu material tinha ficado comigo.

Fui para casa e deixei a minha mochila e a do meu gostoso no canto da cama, na qual eu me deitei e tirar meu celular do bolso, indo direto para o whatsapp, e abrindo o chat com o nome do Alec

~ Você acabou esquecendo sua mochila na sala, então eu a peguei, e amanhã te entrego na escola.

Bjsss, Victor !! ~

Envie, então logo em seguida abrir o chat do meu melhor amigo Yuri e vi que o mesmo estava online.

~ Yuriiiii!!!!

Preciso de sua ajuda ~

~ O que foi, meu anjo?~

~ lembra do moreno gostoso que eu falei que tô querendo pegar e guardar em um potinho ? ~

~ Claro que lembro!! Até porque nós últimos dias seu vocabulário se reduzia para as palavra " moreno " e " gostoso".

Mais deixando isso de lado, o que aconteceu ?!?~

~ Áudio ( de 5 minutos explicando DETALHADAMENTE o que aconteceu)

~ Não podia resumir -_- ?

~ Não!!!! Você tem que entender tudo o que aconteceu para me ajudar!!!

Mas o pior de tudo é que eu não sei porque ele começou a chorar!!!

ME AJUDA!!!!!!!

~ Eu realmente não faço ideia, vai ver você machucou os sentimentos dele.

~ O que eu fiz para machucar ele a ponto de fazê-lo chorar?!

~ Isso você vai ter que descobrir né!!! Não sou um vidente!!!

~ huummm obrigada pela ajuda!

~ de nada anjinho!

~ você sabe que eu vou sarcástico né?

~ hahahah... Olha queria muito continuar conversando com você mais tenho trabalho da faculdade para terminar, bjsss 

~ bjsss, até

No final o Yuri não me ajudou em nada, mais é sempre bom ter com que desabafar.

Mais se é o caso deu ter supostamente machucado sei sentimentos, então vamos voltar ao básico. 

Pedir desculpas, e tentar pelo menos ser amigo dele, aí quando eu conseguir a confiança do meu gostoso, vou pedir ele em casamento, então vamos adotar 5 filhos e vivermos felizes para sempre!!

E sim, estou pensando sério sobre isso, tanto que tive um sonho em que, depois de muito custo nos colocámos as crianças para dormir, fomos para a cama e fizemos " amor", com a adrenalina de nós mantermos calados para não acordamos os meninos!!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...