1. Spirit Fanfics >
  2. Sentimentos Perdidos. ( Imagine Shouto Todoroki ) >
  3. Capítulo 1.

História Sentimentos Perdidos. ( Imagine Shouto Todoroki ) - Capítulo 1


Escrita por:


Notas do Autor


Sim! Eu decidi mudar a história do Shouto.

Espero que vocês gostem dessa mudança repentina.

Capítulo 1 - Capítulo 1.


Narradora ON*

Já pensou como seria uma vida sem sentimentos?

Já parou para pensar como seria a vida de alguém que é incapaz de sentir raiva, se sentir feliz ou triste?

Não?

Então veja como é a vida de S/N Konotan, uma garota que, por algum acaso ou erro, assim que sua individualidade apareceu também desapareceu seus sentimentos. Nem os médicos soube o que aconteceu. 

Isso não fazia parte de sua individualidade, tanto que seu irmão mais velho possui essa mesma peculiaridade e não aconteceu isso com ele.

...

Bom...Vamos começar essa história.

Já está de manhã e S/N já havia acordado e no momento ela já estava tomando seu café da manhã.

S/N : Está bom? - olha para a filha.

S/N : Nasci sem paladar, então não tem como responder essa pergunta.

S/M : - sorri - Bem...Pode ir acordar seu irmão?

S/N : Tá bom. - se levanta da cadeira e vai andando em direção até o quarto do seu irmão.

A mesma bate na porta do quarto e adentra no cômodo escuro.

S/N : - acende a luz - Gowther.  - chama o mesmo, logo vai caminhando em direção a cama que o rosado se encontrava deitado e adormecido. - Ei. Gowther, Levante-se.

Gowther : - acorda - Hum...?

S/N : Tomar café da manhã.

Gowther : Tá... - se senta na cama e coça os olhos.

A mesma se vira e vai andando até a porta e logo sai do quarto.

"- Saudades de quando você me acordava do seu jeitinho." - Pensa Gowther.

FlashBack On*

S/M : Vai lá acordar seu irmão. - diz sorridente com a filha de cinco anos que vai correndo feliz até o quarto do irmão.

S/N : - abre a porta e vai correndo até o irmão que estava dormindo. - EI! Maninho! - bate fraquinho no braço do mesmo - Gogo... - sobe na cama  - IRMÃO! - grita pelo mesmo que acorda na hora. - É hora de acordar! 

Gowther : Que susto. - a mesma ri e ele se senta na cama.

Gowther bagunça o cabelo da irmãzinha que continuava a sorrir alegremente.

Flashback OFF*

O rosado desmancha seu sorriso ao perceber que ela cresceu tudo mudou.

...

Após um tempo, S/N sai de casa indo diretamente para seu colégio. Era seu último dia de aula e a garota já estava decidida no que iria fazer daqui pra frente.

Bem...

S/N Konotan é uma garota super vazia, a mesma não possui sentimentos algum, mas, mesmo assim ela continua tendo uma vida "normal". 

S/N possui cabelos extremamente rosados e com brilhantes olhos amarelos. A garota é alta, chegando aos seus 1,70 mais ou menos aos seus 15/16 anos. Também possuindo uma individualidade. Seu poder é de alterar ou apagar a mente das pessoas.

...

Professor : E então...? Esse é o último dia de aula de vocês. Meus parabéns por chegarem até aqui. Agora, o futuro é com vocês. Já decidiram o que vão fazer da vida?

Ran : Eu quero ser policial e prender geral.

Koro : Eu vou ser um sedutor da internet. -  Diz em tom de piada fazendo os alunos presentes na sala rir alto (exceto S/N)

Stuyo : Eu quero ser bombeiro já que minha individualidade é de água.

Mayo : Não sei não...Você se transforma em água.

Stuyo : Por isso mesmo. Eu entro no local incendiado e vou apagando os lugares que eu passar.

E ele continuaram conversando sobre o futuro deles...

Professor : E você, S/N? Você foi a única que não disse o futuro que quer para você.

Koro : É! O que você vai querer fazer depois que sair daqui?!

S/N : Eu vou estudar na U.A. - todos da sala ficam impressionados e chocados. - Já que ninguém da minha família é um super-herói, eu quero ser a primeira.

Mayo : Certeza?! 

S/N : Sim.

Sora : Mas...Para ser um herói é preciso de empatia para salvar as pessoas, e tals. E você...Bem...É...Desculpa aí se eu te ofendi.

S/N : Sou incapaz de me sentir ofendida. E minha mãe, mesmo sabendo que eu não tenho sentimentos, ela ainda sim me ensinou a ter empatia.

Ran : Ahh! Estaremos ao seu lado te dando todo apoio possível! - sorri para a mesma que continuava a  manter sua expressão neutra.

Mayo : Exato! 

Koro : Estaremos sempre acompanhando seus passos para ser a heroína NÚMERO UM!

Todos da sala (Menos S/N) : PLUS ULTRA! - gritam felizes.

S/N : Obrigada. - fala neutra.

...

O sinal da escola toca e todos os estudantes saem felizes.

Koro : Você está decidida e confirmada consigo mesma de que vai por sua vida em jogo para salvar todos...?

S/N : Não sei porque você está tão preocupado com isso. A decisão foi minha, a vida que está se sacrificando vai ser a minha, então quem deveria estar com o sentimento de nervosismo sou eu. - diz neutra.

Mayo : ORRA!!! 

Ran : ZÁ!!!!

Koro : Eu só estou fazendo isso porque eu me preocupo com você. Você foi minha primeira amizade aqui do colégio. 

S/N : Tem razão.

..........

Os amigos foram para suas residências, comeram, tomaram banho e saíram novamente.

Eles, sobre autorização dos seus pais, ficaram fora de casa até de noite. Claro, sempre com muito cuidado por onde andavam.

Os quatro meninos sempre faziam esses 'rolês' pela cidade, sempre fazendo brincadeiras, piadas, corridas, só para verem S/N voltar a ter sentimentos em algum momento.

Koro : Esse foi nosso rolê! Hora da memorização. - pega seu celular e tira uma self junto aos amigos. 

Mayo : Esse foi meu último rolê com vocês.

Koro : Que??!!

Ran : Como assim?!

Stuyo : Último?!

Mayo : É...Meus pais e eu vamos nos mudar de cidade. Foi incrível conhecer vocês! Espero nos encontrarmos futuramente.

Koro : Ah...Então tá né...Tchau. 

Mayo se despede de seus amigos e vai correndo para casa.

S/N : Eu também vou.

Koro : Você vai se mudar??!!

S/N : Não. Eu vou voltar pra casa.

Ran : Ahh...Que susto. - suspira aliviado. - Vamos te acompanhar.

.........

Koro : Tchau, S/N! - sorri.

S/N : Tchau. - entra em sua residência e fecha a porta. - Voltei.

S/M : - Sorri - Foi tudo bem?

S/N : Foi.

Gowther : Vai querer jantar? - diz se sentando numa cadeira da mesa.

S/N : Não. Mãe, eu quero entrar na U.A para ser uma heroína. - A mais velha se choca ao ouvir isso da filha e acaba derrubando o prato que estava segurando. - O prato caiu.

S/M : - vai até a filha e a abraça - Você tem certeza?! Ser herói é muito perigoso. - olha preocupada para S/N.

Gowther : Maninha... - vai andando até S/N. - Eu sei que você quer ser igual ao papai ...Mas... Ele acabou morrendo por conta de um vilão. Nós aqui evitamos ser heróis por causa disso.

S/N : Entendo. Mas, eu quero me arriscar. Deve ser legal salvar as pessoas. Vocês vão ficar do meu lado, não vão?

S/M : Claro que sim. Só estamos preocupados.

Gowther : Nós estaremos te dando todo apoio possível.

S/M / Gowther : Plus Ultra. - sorriem.

S/N : Oh...  - com seus dedos indicadores, a mesma os posicionam ao lado de sua boca e levanta-os simulando um sorriso - Plus Ultra.

Gowther sorri e bagunça o cabelo da irmã.

S/M : Se você não vai jantar, vá tomar banho para dormir.

S/N : Tá bom. - a mesma vai andando e sobe as escadas e vai em direção ao banheiro.

...

...

...

Após Vários dias, várias semanas, vários meses se passaram e S/N conseguiu entrar Na U.A.

Com aprovação da Escola, com pontos acumulados, tudo certinho, S/N já tem sua vaga garantida dentro do colégio de Heróis, a U.A.

S/M : Seu primeiro dia.

Gowther : Não chegue atrasada no seu dia especial.

S/N : Tá bom, tá bom. - termina de por seus sapatos e se levanta - Tchau.

S/M / Gowther : Amamos você. - sorriem grandiosamente para a rosada.

S/N : Acho que amo vocês também. - sai de casa.

A garota vai andando até a U.A  que não ficava Tão longe de sua casa.

...

Assim que chegou, S/N foi direto para sua sala 1-A. 

Chegou em sua sala e abriu a porta e se depara com os seus colegas de sala conversando. A mesma adentra na sala e fecha a porta, agora sim chamando a atenção do seus novos colegas de classe. 

Ela ignora e vai até o seu lugar na sala que ficava atrás de Izuku Midoriya.

A mesma se sentou em seu lugar e a classe permaneceu quieta com a presença da garota.

Tenya : Olá, me chamo Tenya Lida. - vai andando até a garota e estica sua mão direita para cumprimentar S/N.

S/N : Oi. Desculpe, mas eu não vou apertar sua mão, por motivos pessoais.

Tenya : Tudo bem.

Izuku : Como você se chama? - olha para a garota.

S/N : Eu sou S/N.

Izuku : Eu sou Izuku Midoriya. - sorri para a mesma que continua com sua expressão neutra.

S/N : Ok.

?? : Se vieram para fazer amizade podem ir para outro lugar. - diz dentro de um saco de dormir amarelo. - Este é um curso de heróis. - sai de dentro do saco de dormir - Sou responsável por esta sala. Shouta Aizawa. - pega algo de dentro do seu saco de dormir - Parece bem repentino, mas vistam isso e vão para o pátio. - diz mostrando um uniforme azul.

----------------

Após muito tempo de aula e exercícios, Aizawa libera seus alunos e todos vão arrumar suas coisas e voltarem para suas casas.

...

Izuku : Ela não é muito social... - diz baixo se referindo a S/N que andava um pouco mais a frente dos três.

Ochaco : Mas...Ela deve ter seus motivos.

Tenya : Achei estranho ela não fazer nem uma expressão facial o dia inteiro, ela é muito direta com as palavras e ela é bem anti-social.

Ochaco : Vamos falar com ela. Ela só deve estar nervosa no seu primeiro dia de aula.

Izuku : Vamos lá-

Koro : S/N!!!!!!!!!!!!!!!!!!! - grita pela mesma que vira-se levemente para ver seu amigo te chamando.

S/N : Gente...O que fazem aqui? Não iriam ser de outras profissões? 

Stuyo : Mudamos de ideia! - vão correndo até a garota e começam a andar junto.

Ran : Você ficou em qual sala?

S/N : 1-A.

Koro : Oh...Nós três ficamos na 1-C. Tem umas meninas muito gatas lá!

Ran : Exato, tanto que uma te bateu. - os três meninos riam.

Koro : Ela é linda! Não tinha como não olhar pra ela! Mas ninguém se iguala a você, né S/N? - coloca seu braço em volta dos ombros da mesma.

S/N : Credo. - Ran e Stuyo riam com a resposta da mesma.

Koro : Ei! Desde quando você começou a ter sentimentos e falar isso?!

S/N : Em nenhum momento. Eu só sei as palavras certas para esses momentos. Stuyo me ensinou.

Koro : Se desgraçado! - vai correndo atrás do amigo que corria rindo.

Ran : Já fez amigos na sua sala?

S/N : Não.

Ran : Logo logo você irá ser amiga de todos! Você é incrível. - sua mão passa raspando na mão de S/N que se afasta rapidamente.

S/N : No encoste na minha mão.

Ran : Ah! Desculpa. Foi sem querer.

S/N : Tudo bem. - vão andando até em casa.

...

S/N : Por que decidiram virar heróis?

Stuyo : Por você!

Koro : Queremos saber se você está bem em qualquer lugar. - diz o grisalho colocando sua mão no topo da cabeça da mesma.

Ran : Então sempre vamos atrás de você.

S/N : ...Porque estão fazendo algo que vocês não queriam por mim?

Ran : Somos seus amigos. - sorri para a mesma.

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...