História Señorita (Chanbaek story) - Capítulo 30


Escrita por:


Notas do Autor


Oiii gente, tenho um recado para dar nas notas finais



Boa leitura!!!

Capítulo 30 - Meeting his family


 

-BAEKKIEEEEEE MAMACITA CHEGOUUU - minha mãe berra toda feliz enquanto entra no quarto, primeira reação minha e de Chanyeol eh se separar na velocidade da luz e se cobrir, minha mãe nos olha incrédula com o que acabará de ver - Termina isso ai, conversamos depois - fala antes de sair do quarto e fechar a porta.

 

-Merda - falo olhando para Chanyeol.

-Quer ir lá falar com ela? - fala olhando pra mim.

-Agora não... pode ser uma rapidinha antes da minha mãe me matar? - falo baixinho passando a mão pelo seu corpo.

-Claro - sorri.

Então voltamos ao que nos interessava antes de minha mãe chegar.

...

Alguns minutos depois saio do meu quarto tentando arrumar meus cabelos o máximo que consigo, fecho meu roupão e vou para sala, onde minha mãe está sentada no sofá.

-O que quer falar comigo?- chego e sento ao seu lado.

-Primeiro, obrigado por realizar meu sonho de te flagrar fazendo algo, segundo, achei que você nã9 ia ser burro o suficiente de fazer isso de novo, mas parece que eu me enganei - fala séria as últimas partes.

-Aconteceu sabe... - falo.

-Tá, mas voltando ao assunto que eu queria falar, como faz muito tempo que eu não te vejo, eu resolvi vim te visitar - fala se animando de novo.

-Que bom, eu tava com saudade - falo a abraçando - mãe, tudo bem se ele ficar? A gente já tinha combinado - faço a melhor cara de cachorrinho pidão que eu sei.

-Tá bom - fala e eu a abraço mais forte.

-Obrigado, vou lá avisar ele - sorrio.

Volto correndo para o quarto e encontro Chanyeol se vestindo.

-O que tá fazendo? - pergunto o abraçando por trás.

-Me vestindo pra ir embora - fala se virando de frente para mim.

-Sabe.. eu acho que não vai ser preciso, minha mãe deixou você ficar - falo sorridente.

-Sério? Mas não é melhor eu ir? - fala olhando para mim.

-Você sabe que isso é um milagre, se eu fosse você eu aproveitaria, vai que ela não te odeie mais? - falo olhando em seus olhos.

-Tá bom - sorri.

-O que quer fazer?

-Ver séries?

-Qual delas? - falo sorrindo.

-Qualquer uma que você quiser - fala.

...

Duas semanas depois...

Finalmente nossas semanas de prova tinham passado, foram duas longas semanas sem se ver e sem se falar também para não perder a concentração nos estudos. Também fazia uma semana que minha mãe tinha voltado para casa, finalmente eu consegui fazer ela gostar um pouquinho mais de Chanyeol.

Hoje era o dia que eu ia conhecer a família de Chanyeol, na verdade só a irmã dele, mas para mim já era um bom começo. Estava terminando de me arrumar quando recebo uma mensagem de Chanyeol falando que já está me esperando lá em baixo, desço correndo.

-Oii - falo quando entro no carro e lhe dou um selinho demorado.

-Vamos? - fala ligando o carro.

-To meio nervoso pra conhecer sua irmã - admito.

-Relaxa, ela vai gostar de você e você também vai gostar dela - fala calmamente e eu me arrumo no banco.

-Porque você não tá usando mais a moto?

-Ela tá no concerto, deu um problema no motor - fala concentrado no transito.

Uns 20 minutos depois paramos em frente de uma casa gigantesca branca, fico abismado com o tamanho da residência.

-Essa é sua casa? - pergunto ainda em choque.

-Sim, antes meus pais moravam com a gente e queriam uma casa grande para crescermos correndo por ai - fala olhando para casa.

-Porque eles não moram mais aqui? - pergunto curioso.

-São grande empreendedores, então se mudaram para Nova Iorque - fala em um tom de tédio.

- Ah, então é só você e sua irmã nessa casa gigantesca?

-Sim, quando ela não trás todos os ficantes dela - fala e eu o olho fixamente.

-Eu não trago ninguém para cá - se defende.

Descemos do carro e entramos na casa, fico olhando para tudo como se fosse uma criança que nunca viu nada daquilo na vida.

-YOORA CHEGAMOS - Chanyeol grita, me fazendo desviar minha atenção da casa.

-JÁ ESTOU DESCENDO SEU IDIOTA - ouço a voz feminina chegando mais perto.

Então nos últimos degraus da grande escada aparece uma mulher com cabelos pretos longos presos em um rabo de cavalo delicado, na hora que ela põe os olhos em mim já sai correndo e me abraça.

- Então você é o famoso Baekhyun? O Chanyoda falou bastante sobre você - olha para Chanyeol.

-Prazer em conhecê-la - sorrio.

-A ah, você é um amorzinho, vem vamos conversar - fala animada pegando minha mão e me arrastando para sala.

-Yoora, não tá vendo que tá deixando ele envergonhado - fala se sentando ao meu lado.

- Ah deixa disso, vamos ao que interessa - da um sorriso estranho para Chanyeol - Quantas vezes vocês já transaram?

-É.... -fico tentando lembrar.

- Para com isso sua idiota- fala bravo.

-Tô falando com o Baek da licença - mostra a língua para o irmão.

-Foram muitas até ... - falo sem lembrar o número específico.

-Uau - da uma risadinha - Já transaram no carro?

-Hmm não - olho para Chanyeol o mais inocente que consigo.

- Então, me conta - chega mais perto - já foram flagrados?  - fala com os olhos brilhando e eu rio lembrando.

-Ontem -rio - Minha mãe entrou no quarto quando a gente estava.. enrolados.

-Se eu fosse sua mãe, eu teria cortado o pau dele -Olha para Chanyeol.

-Ei - fala.

- Ela teria cortado se tivesse a oportunidade - falo olhando para ele - mas agora ela não te odeia tanto.

- Ela odeia ele? Porque? - fala rápido - Ah, lembrei, tudo que aconteceu né? - só concordo - Você sabe que a culpa não é do Chanyeol né?

-O que? - olho para Chanyeol fixamente.

-Droga, vocês ainda não conversaram sobre isso - fala - Bom, nosso pai é um filho da puta que descobriu que o Chanyeol é gay e o ameaçou, bem coisa de filme eu sei.

- por que você não me contou? - pergunto.

- eu queria resolver tudo aqui sozinho - fala de cabeça baixa.

- eu teria entendido e te ajudado - falo olhando para ele.

-Tá gente, voltando ao assunto, Baek como você não broa com esse Yoda? - aponta para Chanyeol.

-É que ele é gostoso -falo olhando para ele.

-Se quiserem um quarto tem vários la em cima obrigado - fala rindo.

-Obrigado por lembrar, o Baek tem que conhecer meu quarto agora - fala me puxando para o andar de cima.

-Quer dizer sua cama né? - falo baixo.

- Isso mesmo gato - entramos em um dos cômodos.

-Uau, seu quarto da o tamanho quase do meu apartamento inteiro - falo.

-Isso é mentira - fala se aproximando - pronto pra matar a saudade?

-Claro - lhe dou um selinho - meu corpo pega fogo em pensar em você - sussurro.

Com isso Chanyeol me pega no colo e me leva para sua cama, me fazendo seu mais uma vez e mais uma, pelo resto da noite.


Notas Finais


Bom gente queria dizer que postei uma história nova Chanbaek para matar minha vontade de fazer mpreg, ela vai ser mais curta que señorita e vai ter menos atualizações por que meu foco é essa história.
Se quiserem ler o nome dela é Everything i wanted.
A musica desse capitulo é : Daddy - sakima
Deem amor para minhas nenes <3
Beijos e até o próximo capitulo <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...