1. Spirit Fanfics >
  2. Señorita (Chanbaek story) >
  3. Revealing the agreements

História Señorita (Chanbaek story) - Capítulo 40


Escrita por:


Notas do Autor


Olha só quem voltou kkk


Boa leitura!!!

Capítulo 40 - Revealing the agreements


Quatro meses depois...

 

 

Estava indo tudo muito bem entre eu e Chanyeol, como havíamos feito um acordo, não estávamos nos vendo tanto até completa-los, bom, o meu termina hoje. Finalmente terminei o grandioso projeto que teria que apresentar diante de todos do meu curso, estava nervoso, mas sabia que depois vou poder desfrutar de todos os momentos com meu Yeollie.

Me arrumo correndo e vou tomar um café da manhã reforçado antes da apresentação, chego na faculdade e Kyungsoo me ajuda preparar minhas coisas e me acalmar da ansiedade, tento me distrair com os meus colegas entrando na sala e indo até seus lugares. Logo iria começar.

 

...

 

-Baek, você arrasou nessa apresentação, com certeza ganhou nota máxima - fala todo animado.

-Não me dê tanta esperança, ganhar metade da nota já é o suficiente para mim - sorrio.

-Pensa alto que é melhor, quer ir tomar um café? Por minha conta - fala ainda animado.

-Não obrigada Kyung, comi bastante em casa e o Chanyeol vai vir me buscar - falo me animando só de pensar em Chanyeol.

-Entendi, como estão os dois? Não tenho visto vocês juntos - pergunta calmamente.

-Nós estamos bem, só cumprindo o que prometemos um ao outro - falo sorrindo.

-Entendi.

Poucos minutos depois Chanyeol chega, interrompendo nossa conversa como sempre.

-Oi Kyung - fala olhando para o outro antes de olhar para mim - Oi amor, como foi a apresentação? - Me da um selinho rápido.

-Boa, pelo menos não desmaiei na frente da sala toda - falo o abraçando.

-Aí não seria legal - fala olhando para mim - Ele desmaiou quando eu fui dar um selinho nele na primeira vez - fala olhando para Kyungsoo e eu dou um tapa em seu peito enquanto ele ri.

-Eu tenho problemas com ansiedade - resmungo.

-Eu sei amor, só estou brincando - fala e me abraça.

-Vamos? - falo.

-Vamos.

-Tchau Kyung, até amanhã - falo sorrindo antes de sairmos do campus.

Andamos até o estacionamento de mãos dadas e depois nos separamos para entrarmos no carro, coloco o cinto e me viro para Chanyeol.

-Você cumpriu sua parte? - falo o olhando.

-Sim, já faz uma semana - sorri para mim.

-Porque não me falou antes? - falo dando tapas em seu braço.

-Queria que a gente comemorasse quando tudo já estivesse terminado - fala e no fim eu concordo, então saímos do estacionamento.

-O que quer fazer agora? - pergunto com os olhos grudados em meu celular.

-Ir para casa e contar para todos? - fala e me olha de relance.

-Acho que não, minha mãe só chega amanhã - falo.

-Então vamos pro shopping comer - fala e eu o olho feliz por querer comer porcaria.

Depois de comermos tudo que queríamos, vamos para casa e ficamos a tarde e um pedaço da noite vendo filmes até cairmos no sono.

 

7:24 AM

 

Acordo todo torto no sofá dividindo o pequeno espaço com Chanyeol que está quase caindo, tento sair cuidadosamente, porém falho, ele acaba caindo de cara no tapete da sala.

-Bom dia amor - falo rindo.

-Bom dia o cacete - levanta mal humorado e eu rio.

-Sabe que dia é hoje? - pergunto como quem não quer nada e Chanyeol pensa um pouquinho.

-Não sei - fala ainda com a cara de sono.

-6 DE MAIO, MEU ANIVERSÁRIO - falo feliz e pulo em cima do ser.

-Parabéns meu amor - fala me abraçando - 23 aninhos ou 10?

-Vai tomar no cu - falo.

-É que você é tão baixinho que parece uma criancinha - fala e eu fecho a cara - Tô brincando, eu te amo muito.

-Também te amo - falo sorrindo novamente- sabe Yeol, eu quero meu presente - sorrio mais ainda.

-Depois você vai ganhar - sorri e eu dou uma risadinha.

-Não estou falando de um presente literal, é um outro presente.. Que a gente não tem faz um tempo - falo maliciosamente e Chanyeol já me entende.

-Entendi - fala e me pega no colo, me levando para o quarto.

...

 

Saio do quarto já arrumado junto com Chanyeol, vou para cozinha enquanto ele fica na sala, poucos minutos depois ouço a porta da sala bater, vou olhar e vejo minha mãe chegando enquanto Chanyeol a ajuda com as malas.

-Mãeee - saio correndo para abraça-la.

-Feliz aniversário meu pequeno - me abraça forte.

-Eu não sou tão pequeno assim - desfaço o abraço para olha-la.

-Pra mim sempre vai ser, sempre vou lembrar de você correndo pela casa sem fraldas - fala e Chanyeol ri.

-Para de falar essas coisas - falo.

-Que foi? Você não gostava de usar fraldas e depois não gostava de calças - fala olhando para mim - ele ainda é assim? - olha para Chanyeol.

-As vezes -fala e eu quase o esgano com o olhar.

-Viu - minha mãe fala.

-Bom, já que todos estão contra mim aqui, vou continuar o café da manhã - vou para cozinha.

Continuo fazer o café da manhã quando mais uma vez a porta da minha casa é fechada, dessa vez já sei quem que é de longe, Luhan é claro, ele aparece na cozinha alguns minutos depois.

-OLHA SÓ QUEM TÁ FICANDO MAIS VELHO - berra enquanto entra na cozinha.

-Não grita pelo amor de deus - falo rindo.

-Desculpa, é que eu me empolgo - Fala enquanto me abraça.

-Eu sei - falo sorrindo - Porque veio agora? Eu tenho que ir pra faculdade.

-Queria te falar que vou planejar uma festona pra você, como a tia tá aqui então vai ter que ser em outro lugar - fala sorridente.

-Lu, eu não quero uma festona, eu e o Chany vamos revelar tudo hoje - falo e luhan me olha curioso.

-Pode começar contar agora -fala.

-Não - sorrio.

-Porque não? - Tenta me convencer ao máximo, mas é claro que não consegue.

-Eu já fiz um planejamento todo para contar tudo então por favor deixe assim tá?- falo na maior calma.

-Tá Bom, só porque é seu aniversário - fala sorrindo e eu saio da cozinha para falar com Chanyeol.

-Chany - falo quando entro na sala, dando de cara com minha mãe e Chanyeol conversando, eu nunca me acostumo com a cena - eu tenho que ir pra faculdade, termina o café pra vocês? - falo e então vou buscar minha mochila.

Me despeço dos dois e saio com Luhan do apartamento, quando chegamos na portaria a criatura me avisa que vai me levar para faculdade e que estou de folga da lanchonete hoje. São mais de nove horas da manhã quando chego na sala de aula, Kyungsoo me dá um breve oi quando me sento ao seu lado.

A manhã passa calmamente, para ser mais exato parece que nunca acaba, quando saímos finalmente da aula vejo uma mensagem de Chanyeol dizendo que já está me esperando, me despeço de Kyung e vou até o estacionamento, entro no carro.

-Para onde vamos? - falo colocando o cinto.

-Almoçar em um restaurante que Chanyeol falou que é muito bom - fala do banco de trás.

-Mas ainda é cedo - falo e olho para minha mãe.

-Calma, primeiro vamos comprar seu presente no shopping - fala e eu me animo.

-O você vai me dar de presente? - falo olhando para Chanyeol.

-Você já ganhou não se lembra? - fala me olhando de relance.

-Hoje de manhã? Não foi presente de verdade - falo fazendo bico.

-Não, na nossa viagem - fala e eu tento lembrar que parte, de repente tudo se clareia, o campo de girassol - só falta completar o seu presente.

-Tá bom - sorrio enquanto entramos no estacionamento do shopping, minha mãe não entende nada.

Andamos por todo shopping calmamente, o presente que ganho de minha mãe é simples, porém muito bonito, uma gargantilha preta que eu escolhi por que queria muito. Já Chanyeol vai comprar sozinho e quando volta parece não ter nada em mãos, saímos do shopping de mãos dadas em direção ao estacionamento quando sinto algo entre nossas mãos, solto de Chanyeol e vejo um pequeno anel prata em minha mão e logo já entendo o gesto dele, coloco o anel em meu dedo e entro no carro.

Vamos para o restaurante que Chanyeol falou para minha mãe, é aqui que vamos contar tudo para ela, nos sentamos em uma mesa do canto, pedimos nossos almoços e então tudo começa.

-Mãe, a gente foi para Itália nas férias, na verdade Chanyeol me levou para lá e eu não sabia de nada - falo e minha mãe fica chocada com nosso destino de férias.

-Itália é muito longe Bae - fala ainda chocada.

-Foi muito lindo - falo e olho para Chanyeol.

-Também eu pedi o Baek em namoro - fala sorrindo.

-Parabéns aos dois - sorri.

-Mais uma coisa, a gente casou - falo rapidamente, minha mãe fica totalmente perplexa.

-Baekhyun - fala séria.

-Não oficialmente no papel - falo e a tensão da minha mãe se desfaz.

-Você quer me matar menino? - fala séria e eu rio - fico feliz de vocês terem se encontrado um no outro mas casamento é coisa séria.

-Eu sei mãe - falo sério.

 

...

 

22:46 PM

 

Chegamos na casa de Luhan e confesso que todo meu medo de meu melhor amigo ter preparado uma festa gigante mesmo eu não querendo foi grande, mas se dissipou rapidamente quando entrei em sua casa e vi apenas ele, Sehun, Seulgi e Irene.

Com pouca gente a minha festinha se tornou aconchegante e tudo que eu queria, cantamos parabéns para mim, comemos bolo e aí finalmente chegamos a parte onde Luhan estava morrendo de ansiedade.

-Podem desembuchar que eu não aguento mais - fala animado, eu e Chanyeol rimos antes de se olharmos para ver quem fala primeiro.

-Nós fomos para Itália - Chanyeol fala e Luhan só falta quebrar as mãos de Sehun de felicidade.

-NOSSA QUE TUDO - berra e todos nós rimos - como foi? Transaram bastante? Qual cidade ficaram? Foram para Milão? - desembesta a perguntar um monte de coisas.

-Foi perfeito - olho para Chanyeol que concorda.

-Mais ou menos, maioria do tempo estávamos passeando ou ele estava bravo comigo - fala me olhando nas ultimas partes.

-Você é muito teimoso, ainda não superei isso - falo cruzando os braços.

-O que aconteceu? - Luhan e Seulgi perguntam ao mesmo tempo.

-Sabe aquele museu que eu sempre quis ir de arte moderna - falo e Luhan concorda - ele não quis ir antes na cidade que ele fica dai quando chegamos lá ele estava fechado e eu fiquei chateado com isso - falo.

-Mancada hein - Seulgi se pronuncia.

-Eu sei, mas já pedi desculpas e compensei isso - fala me olhando.

-Já até sei como - Luhan fala maliciosamente.

-Me levou em um campo de girassol no nascer do sol- falo e o queixo de Luhan cai.

-Não esperava por essa - fala chocado.

-Agora vem a noticia, nós estamos namorando - Chanyeol fala e Luhan surta.

-FINALMENTE MINHAS PRECES FORAM OUVIDAS - berra e todo mundo ri.

-Mas essa nem é a maior noticia - jogo no ar.

-O que pode ser maior que isso, compraram metade da Chanel em Milão? - desdenha sorridente.

-Nós se casamos - falamos ao mesmo tempo.

-O QUE??? -berra novamente, desta vez de choque.

Todos ficam chocados enquanto eu e Chanyeol apenas rimos da cara deles.

-Isso é sério? - Agora é Sehun que fala olhando para Chanyeol.

-Sim, teve até uma cerimoniazinha - fala e eu vejo Luhan fechar a cara para mim.

-Eu queria ter sido convidado para esse momento - fala e eu rio - ta rindo do que palhaço?

-Não é oficial - falo rindo.

-Como assim? - pergunta me olhando sem entender nada.

-A gente se "casou" em uma cerimonia não oficial, sem papeis o que significa que somos só namorados - Chanyeol fala enquanto eu morro de rir da cara de Luhan.

-Você se acha muito palhaço né? - me olha.

Minha festa de aniversário foi um sucesso ao meu ver, mas ainda sim tem partes dessa viagem que é melhor não contar para não preocupar algumas pessoas, mesmo que não se machucamos.

Luhan aconselha jogarmos alguma coisa para terminar a noite, mas tudo que eu quero é ir embora e deitar na minha cama deliciosa, e é isso que fazemos, Chanyeol me leva para casa, onde minha mãe já se encontra dormindo. Deitamos em minha cama e Chanyeol sempre acha um jeito de me provocar, desta vez fica passando a mão em meu pescoço enquanto olha fixamente para minha boca.

-Dá pra parar? - falo baixo.

-Com o que? - se faz de desentendido.

-De me provocar desse jeito - falo ainda mais baixo quando sua mão passa no meu pescoço de novo.

-Porque? - fala ainda me analisando.

-Eu não sei me controlar com você desse jeito - falo.

-Não se controle - sussurra.

 

 

 

Então o beijo no meio da escuridão.


Notas Finais


Bom, não tenho muito o que falar, só espero que estejam gostando

Beijos e até o próximo capítulo 💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...