1. Spirit Fanfics >
  2. Sequestradas ( SasuSaku , NejiTen , NaruHina , ShikaTema ) >
  3. Aposta

História Sequestradas ( SasuSaku , NejiTen , NaruHina , ShikaTema ) - Capítulo 13



Notas do Autor


Não se preocupem gente, SaiIno não foram esquecidos ( ou sim né;-;)
Amo esses dois gente ksksks. Como vcs são demais gente, eu e a Paula( coautora) estamos imensamente gratas pelos 80 favoritos e quase 2.000 visualizações. Não temos nem palavras para agradecer. Ficamos muito felizes quando lemos os comentários de vcs, sempre apoiando para continuarmos.
Ok ok vou parar de enrolar.
Espero que gostem.

Boa leitura meus xuxus💜✌🏻😗

Capítulo 13 - Aposta


Fanfic / Fanfiction Sequestradas ( SasuSaku , NejiTen , NaruHina , ShikaTema ) - Capítulo 13 - Aposta

INO 



- Vocês são umas pervertidas- falei pegando uma batata frita.

TENTEN- Fala sério, Ino - fala a morena me fuzilando com os olhos - Você nunca fez sexo?

- Eu já falei que não, puta que pariu vcs hein - falei irritada. Essas meninas gostam de me tirar do sério.

SAKURA- Eita, o que tá acontecendo aqui? - fala a rosada entrando na cozinha com um pijama rosa. Ela fica até fofah com ele.

TEMARI- A Ino falando que é virgem - diz a loira cruzando os braços.

SAKURA- Que eu sabia ela é sim - ela da um sorrisinho forçado.

- Viu suas patetas, eu disse! - falei olhando pra elas.

TENTEN- Até parece que vc não deu uns amassos com o Sai - ela diz pegando a bandeja de batata frita da minha mão.

- Ei sua idiota, me devolve - falei pegando a batata de volta - Não, eu não fiz nada com ele - falei a verdade. Eu não via ele desde de o dia do incidente na festa.

TEMARI- Uhum sei - ela debocha de mim e eu olho pra ela com cara de nojo. Olha as amigas idiotas que eu fui arrumar meu Deus.

SAKURA- E vc Hinata? - pergunta olhando para a morena.

HINATA- E- eu? - ela diz corada - S-sim... Eu....claro... - ela gaguejou tanto que embolou as palavras.

- Não mente tá Hinata! - falei provocando a mesma - Eu vi vc entrando no quarto junto com o Naruto um dia antes da festa.

SAKURA- Hinata safadinha - ela faz uma cara maliciosa que fez Hinata ficar igual um tomate.

- E aquele dia aqui na cozinha, Dona Haruno? - Ela odiava ser chamada pelo sobrenome, mas eu gosto de irritar ela - O Sasuke parece que não pegou leve - falei rindo.

SAKURA- Vai a merda, Ino! - grita a rosada - Você ficou me espionando foi?

- Digamos que não foi só eu - olhei para as meninas.

SAKURA- Vcs são tudo falsas - falou irritada.

HANABI- Eu sou a única inocente nessa história?

- Somos duas - fiz um sinal de paz e amor com as mãos.

TEMARI- Não por muito tempo. - diz a loira me olhando.

MATSURI- E aí meninas! Tudo bem? - diz a morena entrando na cozinha.

TEMARI- Só uma pergunta Matsuri - puta que pariu tenho até dó da Matsuri agora - Você já transou com o Gaara?

MATSURI- Quê?? M-mas que tipo de pergunta é essa?- ela fala comendo minha batata. Que merda todo mundo quer comer batata agora?

- Estávamos falando sobre sexo. Aí vc chegou e tá na conversa tbm. - falei dando de ombros.

MATSURI- Vamos mudar de assunto tá ? Me sinto desconfortável de falar isso com vcs. - ela fala rindo. 

SAKURA- E como está o Shikamaru? - ela pergunta e o sorriso da Temari desaparece.

MATSURI- Ele está se recuperando bem. Fiz um curativo ontem e hoje, ele só tem que descansar e vai passar logo logo.

TEMARI- Que bom! - a loira diz e todas nós nos entreolhamos - Que bom que não foi nada grave.

- Temari é tu mesmo? - falei dando um tapinha na cara da loira. - a Temari que eu conheço falaria que não tá nem aí.

TEMARI- O idiota quase morreu pra me salvar e eu nem pedi isso, e quando eu descubro que ele tá bem eu vou falar que não tô nem aí?

- Baka - falei saindo da sala e me encontrando com o Sai.

Sai- Oi! 

Não respondi. Apenas sai dali com cara de bunda. Não tava afim de falar com ninguém. Aquelas meninas fizeram questão de me tirar do sério.


(...)



SAKURA 



SAI - O que deu nela? - fala apontando pra vaca loira saindo emburrada.

- Ficou brava pq falamos que ela é virgem. - ri 

SAI- Ela é virgem? - pergunta surpreso.

TEMARI- Sim. Mas vc pode mudar esse contexto - a loira diz com cara de malícia. Ela tá tramando alguma coisa. - Vamos fazer uma aposta.

HINATA- Que tipo de aposta? - ela diz se interessando no assunto.

TEMARI- Aposto 50 reais que o Sai vai transar com a Ino hoje. - ela coloca 50 reais em cima da mesa.

- Aposto 100 reais - falei disposta. Ino não iria rejeitar isso, eu conheço minha amiga melhor do que ngm.

HINATA- Aposto 30 reais que ela não vai - a morena diz.

HANABI- Eu aposto 10 reais que ela não vai.

MATSURI- Bom eu não conheço ela direito, mas vou apostar 20 reais que ela vai transar com ele.

TENTEN - E eu aposto 40 reais tbm.

Tudo deu 240 reais. Só quero ver o que vai rolar nisso tudo.

TEMARI- Agora deixamos o resto com vc Sai. 

SAI - Pode deixar - ele fala saindo da cozinha.

- Da pra perceber que ele gosta dela - falei assim que ele saiu.

TENTEN- Faz só uma semana que estamos aqui, Saky. - ela diz saindo tbm.


No fim, todas elas saíram e eu tive que arrumar a bagunça da cozinha. Aquelas falsas.

Depois de arrumar a cozinha, fui lá fora colocar o lixo e vi Sasuke chegando de moto. A moto dele era igual a que eu tinha ano passado. Ela deve estar lá em casa ainda se alguém não tiver pegado.

Ele desce da moto e tira o capacete e eu termino de arrumar o lixo. Ele estava usando uma calça jeans preta, e uma camiseta branca com um casaco preto.

- Vai continuar me olhando? - ele fala e eu desvio o olhar e encaro o mesmo.

Não respondi, apenas me dirigi dentro do casa de novo e vejo que ele ainda continua me olhando.

- Vai continuar me olhando? - me virei e o encarei.

- Tsc - ele revira os olhos - irritante.

Me lembrei do dia em que ele me chamou assim e fiz uma cara de raiva.

- Vai se fuder, Sasuke. - falei irritada.

- Fuder só se for vc. - ele fala e minhas bochechas esquentam, mas não de vergonha e sim de raiva.

- Baka. - falei saindo de perto dele.

Entrei no quarto e continuei a arrumar minhas coisas.


(...)



INO 


Entrei no quarto e fechei a porta com força. O que eu mais quero agora é dormir e acordar só amanhã.

Meu sonho morreu quando vi o Sai entrar logo em seguida, só de short.

Aquele menino quer me matar só pode!

- O que vc quer? - falei encarando seus passos.

- Vou fazer uma coisa. - ele fala abrindo a gaveta de um armário pegando umas cordas.

- Você vai fazer o que? Striptease? - falei com medo da sua resposta.

- Não. - falou vindo em minha direção. - tira a roupa.

- Nem fudendo que eu vou abrir minhas pernas pra um baka como vc. - falei saindo da cama.

Ele puxa meu braço e aproxima seu rosto até meu ouvido.

- Eu falei pra vc tirar a roupa - ele cochicha no meu ouvido.

Que porrah que tá acontecendo aqui?  Ele vai mesmo me obrigar a fazer isso? 

Com certeza tem dedo daquelas idiotas no meio. Falsas.

Tirei todas as minhas roupas e fiquei nua na frente dele. Tava sentindo uma vergonha do cacete, mas confesso que eu tava começando a gostar da ideia. 

- Ótimo, agora vem aqui - ele fala e aponta para a cabeceira da cama.

Que desgraça é essa? 

- O que vc vai fazer com essas cordas? - falei enquanto ele prendia meus dois braços para cima.

- Você vai ver. - ele termina de prender e volta para fora da cama. 

Ele começou a tirar as roupas e ficou totalmente nu, e eu pude ver sua ereção ereta. Gente aquilo ali é um cavalo. Não vai caber em mim não.

O moreno caminha em minha direção e começa a dar beijos e mordidas em meu pescoço me fazendo gemer baixo. Enquanto uma mão estava em minha nuca, a outra foi descendo até meu clitóris devagar.

- Aii, isso é tortura... - gemi após sentir seus dedos fazerem movimentos de vai e vêm em minha parte íntima.

Ele aproximou nossos lábios e começamos um beijo intenso. Eu não queria fazer aquilo, mas eu já tava fazendo não tinha como voltar atrás.

- Porrah, eu mal comecei e você já tá molhada - ele fala descolando nossos lábios.

- Sai... eu não aguento tanta demora - falei entre gemidos - eu quero que vc me fode.

- Me implore. - ele diz aumentando seus movimentos em minha intimidade.

- Eu quero ver vc dentro de mim, quero que vc me fode!! - falei me contraindo.

- Seu pedido é uma ordem. - ele se levanta e procura a minha entrada.

Ele enfia todo o seu pau lá dentro, e eu comecei a sentir dores misturadas com prazer. Ele aumentou a velocidade, e a dor começou a sair, dando espaço apenas para o prazer. Senti um líquido quente começar a descer dentro da minha vagina, e  vi que ele tinha gozado. Sorri ao ver que ele tava gostando tanto quanto eu. Estávamos escutando apenas nossos membros se chocando, e nossos gemidos roncos.

- Aaaa...eu vou gozar. - falei ao sentir um orgasmo chegando.

- Goza pra mim, gostosa - ele fala ofegante.

Ele inclina seu corpo em cima do meu e vi o quão suado ele estava. A cara pálida estava agora vermelha e suada. Não demorou muito e eu gozei. Não me preocupei em usar camisinha, depois eu tomava pílulas. Ele para de se movimentar, e nós dois estávamos tentando recuperar o fôlego.

- Agora é minha vez.- falei inclinando minhas mãos para ele soltar.

Ele solta as cordas, e em seguida eu amarro as dele. Comecei a chupar seu pescoço com desejo. Fui lambendo toda a extensão de sua barriga até chegar em seu membro ainda duro. Abocanhei em seu pau e comecei a fazer movimentos de vai e vêm devagar.

- AAA Ino... eu vou gozar! - ele fala com a cabeça inclinada para trás.

Aumentei a velocidade fazendo ele gozar mais rápido. Em seguida subi em seu colo e encaxei seu membro em minha entrada e  comecei a descer lentamente. Apoiei minha cabeça em seu ombro e comecei a gemer de prazer. Gozamos juntos. 

- Precisamos de uma banho - digo saindo de cima dele e desarramando suas mãos.

- Você é muita gostosa, Ino - ele diz me encarando. Sorri com o elogio. Era a primeira vez que alguém me dizia aquilo.

- Vamos. - falei indo para o banheiro.

Depois que tomamos banho, eu troquei os lençóis da cama e me deitei logo em seguida. 

- Vamos dormir - falei em deitando.

- Você vai dormir aqui? - diz ele surpreso. 

- Sim. Porque? - falei encarando o mesmo.

- Nada - diz ele se deitando ao meu lado.

Eu ainda tenho que falar com aquelas vadias amanhã.








Continua...












 








Notas Finais


Gente fiquei muito desconfortável em escrever esse capítulo pq é estranho sabe? Sksksk
Espero que vcs tenham gostado.
Não foi revisado, se tiver algum errinho, me perdoem.

Bjinhos e até o próximo ✨💜✌🏻


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...