História Sequestrado Pelo Meu Irmão - Capítulo 4


Escrita por:

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Min Yoongi (Suga), Personagens Originais
Tags Bangtan Boys (BTS), Psicopata, Psicopatia, Romance, Sequestro, Suga, Violencia, Yoongi
Visualizações 30
Palavras 742
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Tarde demais!



Suas orbes castanhas e incrivelmente hipnotizantes me encaram por alguns segundos antes de olhar para minha mão na qual estou segurando o facão. Eu tô tão sem reação, que só me cai a ficha agora. Coloco a mão na boca ainda em choque. Tiro e quando abro minha boca para falar algo, escuto um barulho vindo lá de cima.

Assustada subo até lá vendo meu irmão e uma garota se pegando. Eles vão para o quarto depois de um tempo. 

Eu não acredito que ele foi capaz daquilo

Volto para o porão e desamarro o Yoongi. Ele me olha confuso como se não esperasse por isso.


S/n- Olha eu pesso perdão pelo meu irmão, ele é louco! Nunca imaginei que ele chegaria a esse ponto mds!


Ele se levanta com cuidado, ele faz careta logo dando um gemido de dor. Não é para menos, ele está todo machucado..

Aquele monstro..


S/n- Você está bem??? 


Me aproximo preocupada e ele recua.

Mordo meu lábio inferior pela atitude dele e ele percebe.


Sg- Isso não é nada. -fala seco


Ele fala isso mas eu sei que não é verdade. Então eu apenas acinto pegando em seu braço com cuidado.


Sg- Eu sei andar sozinho.

S/n- Pelo amor, para de ser ranzinza! Eu só quero te tirar sã a salvo daqui. Se meu irmão foi capaz disso.. ele fará bem pior caso nós veja.

Matheus- Tarde demais!


Me assusto ao ouvi-lo. Olho para trás e o vejo com uma cara nada boa.

Eu fico na frente do Yoongi, já com o facão na mão em posição de ataque.


Matheus- O que é isso minha irmãzinha? Eu sei que não seria capaz!


Eu estava tremendo mas não iria hesitar caso ele tentasse fazer mais algum mal ao Yoongi ou a mim.


S/n- Não duvide!


Dou um sorriso de lado mas logo ele se deafaz ao vê-lo pegando uma arma e apontando para nós.


Matheus- Coloca seu celular, o facão e a chave no chão AGORA!

S/n- O que tá acontecendo com você? -pergunto ignorando sua ordem, e em minha voz é possível ver o tom de preocupação.

Matheus- SÓ FAZ O QUE EU MANDEI SUA VAGABUNDA!!!


Me assusto com sua reação, mas me assusto mais ainda ao ver Yoongi me por atrás dele.


Sg- Não é assim se se trata uma irmã, ainda mais uma garota! -fala com aquela voz rouca mas agora em um tom autoritário.


Meu irmão ri


Matheus- S/n me de um bom motivo para não matar esse Japa agora mesmo!


Ele sabe que é coreano, mas ele tem essa mania quando quer provocar ou somente de raiva.


S/n- NÃO Matheus! 

Eu apenas empurro Yoongi para trás e entrego meu celular, facão e chave para ele que dá um sorriso vitorioso e ao mesmo tempo assustador saindo do local mas com a arma ainda apontada no Yoongi. Ele sai fechando a porta e eu corro tentando abri-la, mas obviamente ele a trancou.


Sg- O que deu em você?! Eu poderia ter acabado com ele!

S/n- No estado que você está? -debocho mas ainda assim com vontade de chorar- Com ele com uma arma apontada pra você? Detesto te desapontar, mas não! Já pensou se ele atira?! Se você morre?! E os meninos?! Como eles ficariam?! -Derramo algumas lágrimas


Ele arqueia a sombrancelha e fica calado por um longo tempo


Sg- Eu não faço falta alguma para o BTS! -diz por fim se sentando no chão olhando para um canto qualquer.


Como ele pode pensar isso?

Levanto após minutos atrás eu ter sentado em frente a porta. Vou até ele me sentando ao seu lado com um pouco de receio.


S/n- E porque caralhos você pensa isso?!


Ele fica calado


S/n- Você e muito importante, de toda forma, para os meninos, para os ARMY's e para sua fam-

Sg- Não fala o que você não sabe!!!


Ele fala em um quase grito me assustando.


S/n- Então o problema é esse..?


Mais uma vez ele fica quieto olhando o nada.


S/n- Olha pra mim! 


Ele da de ombros e eu levanto e vou para a frente dele me abaixando na sua altura e quando ele ia desviar o olhar seguro seu rosto fazendo-o me olhar.


S/n- BTS te ama! Os ARMY's também!!! Talvez eu não sou ninguém pra falar que sua família te ama, pois a minha mesmo me abandou quando eu tinha 13 anos. Mas nem por isso vou me abalar, irei continuar seguindo em frente como sempre fiz!

Sg- Eu não sou você! -diz por fim tirando minha mão de seu rosto 





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...