História Sequestrei um cara - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Seventeen
Personagens Hong Jisoo "Joshua", Jeon Wonwoo, Junghan "Jeonghan", Kim Mingyu, Lee Jihun "Woozi", Personagens Originais, Seungcheol "S.Coups", Soonyoung "Hoshi", Wen Junhui "JUN", Xu Ming Hao "THE8"
Tags Junhao, Outros Ship Suspense, Sequestro, Woongyu
Visualizações 20
Palavras 419
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Mistério, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura

Capítulo 5 - Passado


Seungcheol estava agindo errado e sabia disso, esse ódio por ter sido traído como ele diz que foi, se transformou em obseção. 

Por ter tentado suicídio uma vez, foi internado no começo até tiveram dúvidas, pois podia ser apenas uma depressão, mas logo depois constataram dupla personalidade, ele ficou um ano em tratamento e não poderia esquecer de tomar alguns remédios.

 

 quando voltou aos estudos conheceu Junghan, aquele de mesma altura e com mechas loiras cumpridas chamavam sua atenção e não foi difícil conseguir uma aproximação já que ambos gostavam de literatura, uma coisa em comum foi o ponto de partida para um romance.

 

Quando terminaram a faculdade decidiram morar juntos, seria mais um avanço para o que viria a seguir, com um tempo Seungcheol teve sua primeira recaída desde seu tratamento, foi aí que Junghan conheceu o outro Seungcheol, foi difícil, mas se sentiria culpado caso tivesse se afastado enquanto o outro precisasse de si.

Depois de muito tempo, mesmo não tido tantas crises nunca retornou a ser a pessoa que Junghan se apaixonou.

 

Quando o Jeon perdeu a irmã, ficou com a guarda de seu sobrinho Jihun de apenas um ano, mas ele não tinha apenas um sobrinho, o outro foi dado como desaparecido e Seungcheol prometeu a Junghan que o encontraria, mas nunca o encontrou.

Mais alguns anos se passaram e Seungcheol teve a sua pior crise.

Foi quando ameaçou seu próprio sobrinho, que a ficha caiu para Junghan, não poderia viver mais aquilo, poderia até ser chamado de egoísmo, mas ele estava pensando na segurança de Jihun, e Seungcheol se viu submerso a outra personalidade.

 

Em uma tarde Jihoon foi levado ao pediatra, o motivo era a falta de crescimento, Junghan era um pai muito protetor então qualquer suspeita de doença ou algo assim ele levava seu pequeno ao pediatra. 

Naquele dia entrava um novo pediatra.

Hong Jisoo era o novo pediatra, estava amando cuidar daquelas crianças, gostava de conquistar a confiança dos pequenos, e aprendeu com o seu próprio filho.

Quando viu Jihoon ficou babando naquela criança tão fofa que nem olhou para Junghan.

– essa criança é muito fofa! O que está te preocupando mamãe? – perguntou olhando de relance, Junghan ficou sem reação.

– ele é meu papai! – Jihoon falou, fazendo Jisoo olhar para Junghan, e sorriu envergonhado.

Atualmente Jisoo acompanha de perto o crescimento de Jihoon, desde o levar para a escola até o fazer dormir, não que tenha se apaixonado por Junghan e casado com ele, ele só é um pediatra muito dedicado...


Notas Finais


Eu tive que colocar pra vocês entenderem um pouco que envolve o Seungcheol .
É isso thal


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...