História Ser feliz ao seu lado - Capítulo 1


Escrita por:

Postado
Categorias MasterChef Brasil
Personagens Ana Paula Padrão, Erick Jacquin, Henrique Fogaça, Paola Carosella, Personagens Originais
Tags Ana Paula Padrão, Farosella, Henrique Fogaça, Pana, Paola Carosella, Patana, Patrício Diaz
Visualizações 113
Palavras 1.945
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Estava pensando em fazer uma fic Pana (Ana e Pato), Patana como vi alguns chamando também, comecei a escrever no computador e não continuei, então criei coragem para ver se a One sai e quem sabe continuo com a outra e coloco aqui para vocês!!

Sem mais enrolação espero que gostem e desde já desculpem os erros!!

Capítulo 1 - Mais um dia de trabalho


Amanhecia na cidade de São Paulo e eu acostumada a ir dormir com as galinhas e acordar cedo, já me virava na cama esperando o relógio despertar, mas como paciência não é o meu forte, me levanto, travo o despertador e já sigo para o banheiro para fazer minha higiene matinal!

Hoje o dia seria corrido, seria o primeiro dia de gravação desta louca que resolvi entrar, ainda me lembro da conversa com uns dos diretores da emissora me convidando, não podia acreditar que estava sendo convidada para apresentar um programa de culinária, logo eu que sempre fiz tele jornal ou matérias para os mesmos, mas como não costumo fugir dos desafios, aqui estou eu, para iniciar mas uma etapa da minha vida!

...

Entro na emissora ainda um pouco apreensiva e me perguntando o que estava fazendo ali, mas agora era tarde para voltar atrás e mesmo morrendo de medo estava adorando tudo que estava vendo e acredito que o público também vai gostar. Estou eu em meus pensamentos quando escuto ele me chamando. O argentino que não sai da minha cabeça a dias, o Patricio, mais conhecido como Pato, ou até mesmo o diretor do programa né Ana Paula Padrão, para de pensar besteiras!

- Hola Ana, como está? Já por aqui, caiu de la cama? Dizia ele alegremente.

- Oi querido! É acho que estava um pouco ansiosa. Faço uma careta logo diminuindo nossa distância e dando um beijo em seu rosto!

- Jacquin e Paola tambiém ya llegaram!

- Da para ver que Paola já chegou, está até falando espanhol na frase inteira. Acho graça da cara de sem graça que ele faz. - Estou brincando Pato, e que vocês quando estão juntos até parecem que estão fazendo o Masterchef Espanha!!!

- Verdade, culpado, nem tem como me defender. E com aquele lindo sorriso timido, me leva para meu camarim! 

As gravações acontecem da melhor forma possível, como ele não gosta de atrasados e todos sabem disso, a equipe está sempre pronta para começar logo e assim conseguimos terminar o trabalho mais rápido. Mesmo assim, passo o dia na Band, mais não posso nem reclamar, já sabíamos que os primeiros meses de gravação seriam corridos, a emissora faz questão de ter vários episódios prontos antes da estréia e eu particularmente adoro, pois na apresentação para os veículos de comunicação já estamos familiarizados com o programa!

Chega o grande dia da estreia

- Hola mi amiga, estoy em pânico!

- Calma Pão, nem é para tanto né! Solto uma risada ao fundo, percebendo que a Argentina já iria contestar!

- No é pra tanto, pra você! Que está acostumada. Fala brava com minha brincadeira.

- Ok. Ok Pão, você tem razão, mas vou te confessar que estreia sempre me deixa nervosa também!

- Tá maluca Aninha, nem me fala isso, pois se tu estás eu ficarei em dobro. As duas caem na gargalhada!

- Mas sério Argentina, o que manda? 

- Ana, sério que preciso ir no Sal para assistir a estréia?

-Claro Pão, o Pato que que esteja todos juntos. O que aconteceu que ainda não sei, pois pelo que sei, tu gosta bastante do Sal. Falo, já sabendo que algo aconteceu com o casal mais lindo que conheço!

- Ora é porque tem que ter acontecido algo, só no quiero ir, puedo?

- No caso vc não pode simplesmente não querer Pato falou disso a semana inteira! Afinal o que o Fogaça fez?

- Ain Aninha desta fez nada, só entramos em uns papos de assumir e ficou meio estranho, mas deixa para lá, preciso me arrumar aqui, nos vemos no Sal.

...

Cheguei no Sal e confesso que preocupada com a Argentina, meus queridos chefs e amigos se envolveram logo no começo das gravações, mas na verdade fiquei sabendo que esse caso já era antigo! Entro a procura da argentina, mas meus olhos vão direto, ao sorriso tímido que admiro por meses, por enquanto o vejo de longe, sinto uma mão em meu ombro.

- Ya hablei, vá falar com ello!

- Oi Pao, menos nervosa? Me viro para cumprimenta-la disfarçando o que ouvi.

- Menos nervosa si! Pero no es o que falé.

- Ok, já entendi Argentina! 

A puxo pela mão para que ele não pudesse ter tempo de continuar e vamos direto falar com as outras pessoas e aparentemente só estava faltando a gente, o Fogaça também não estava ali, mais deve estar na cozinha e logo tenho a certeza disso, já que a Argentina foi logo para la.

Ainda faltava um pouco para começar a passar o primeiro episódio, tiramos algumas fotos e demos algumas entrevistas para própria Band, mais algo ali estava me chamando atenção mais que aquele evento para finalmente vermos prontos nosso trabalho, e esse chamado atenção era o meu querido diretor. Por alguma razão que ainda não tinha identificado não tira os olhos de mim, quando percebia que eu estava olhando disfarçava olhando para o chão. Não só eu percebi isso como meu casal preferido que não perderam a chance de vir me encher.

- Alguém está arrasando corações aqui Chef! Era Fogaca, falando com Paola que ria do comentário.

- Pior que sim tatuado, só cego não ver! Os dois começam a rir tentando se segurar.

- Já vejo que estão ótimos né casal!? Já estão aqui me enchendo! Fecho a cara e olho para frente.

- Para de encher a Aninha, mi amor. 

- Não estou enchendo Pao, só estou mostrando para essa cabeça dura que ela é correspondida, muito mais do que ela pensa.

Na hora olho para eles querendo entender o que acabei de escutar, sabiam que não deixaria eles em paz até que me contasse tudo que sabiam, e Fogaça acaba me contando que já vinha desconfiando isso fazia tempo, até um dia chegar no estúdio e sem querer escutou uma conversa do Pato com o Jacquin!

- Mas Fogaça, você tem certeza disso, o Pato falando que gostava de mim?  Abro um sorriso e em mim nasce a esperança de aquele amor que sentia não ser tão distante assim.

- Pô Aninha, tu acha que mentiria para voce? Pergunta para o Jacquin que ele te confirma!

- Que pergunta para o Jacquin, quer me matar de vergonha? Adorei saber daquilo, mais claro que sair espalhando isto pelo estúdio não seria uma opção.

Fogaça logo deixa eu a Paola sozinhas e claro que ela me questionava o que eu faria, sabendo disso. Na verdade confesso que fiquei muito feliz, mais e se nem fosse tudo isso? Ou então ele poderia não querer se envolver com ninguém do trabalho? Na verdade isso com certeza, a Band não poderia nem sonhar com aquilo, uma das coisas do contrato era não se envolver com colegas de trabalho, certo que o Tatuado e a Argentina não ligavam muito para isso, mas e o Pato?

Essa era dúvida que agora rodeava minha cabeça, mas logo me distrair com as palhaçadas da equipe vendo aquele primeiro episódio, estava já chegando ao final, todos tinham jantado e agora bebiam e conversavam coisas aleatórias, até que ele veio em minha direção, sim ele vindo até a mim. Tentei disfarçar meu nervosismo é já fui logo perguntando.

- Eai diretor satisfeito com o primeiro episódio?  Dou uma risada tentando me manter o mais natural possível!

- Na verdade poderíamos ter feito algumas coisas diferentes. Diz sério, olhando para o telão.

- Aí Pato, só você mesmo! Ficou ótimo, não tem o que mudar, você é muito detalhista! Solto um sorriso, percebendo que na verdade também sou!

- Como se você Aninha não fosse né!? Fala sério.

- Culpada. Levando as mãos como sinal de rendição. - Sempre tem o que mudar né.

O programa acaba e ao entrar no Twitter era o assunto mais comentado, estávamos todos muito felizes, ficamos ali mais um tempo. Comemorando o grande sucesso que tinha sido e assistir com a equipe tinha sido demais. Até resolvo ir embora e vou me despedir do pessoal. Por último deixo Fogaca, Paola e Pato. Jacquin por incrível que pareça já tinha ido embora com a Ro, viajariam para França cedo.

- Bom pessoal eu já vou indo. Digo me encostando no braço da Paola como se tivesse cansada.

- A não Aninha, agora que vai ficar bom. Fogaça fala cheio de entusiasmo.

- Si Ana. Se queda mas un pouquito. Diz Paola juntando as mãos, para tentar me convencer.

- Para quem não queria nem vir, está bem animada neh amiga! Falo piscando para ela é logo me dirijo até o Pato para me despedir também!

- O programa foi um sucesso, agora só comemorar Pato!

- Si. Fue! Espero que continue así!

- Vai continuar, você vai ver! Digo me aproximando dele para dar um beijo no rosto, quando escuto o Fogaça falar.

- Já que vai mesmo Ana, vai pedir um Uber ou táxi? Poderia dar uma carona, mas acho que bebi um pouco além, quando eu estiver indo nem vou de carro também!

- No caso da Aninha ela vai ter que pedir mesmo, já veio até sem carro pois sabia que ia beber.  Paola fala fazendo os quatros rirem.

- Vou de Uber gente! E vocês dois parem de beber já beberam demais! Agora deixa eu ir logo.

Quando estou me afastando do grupo, escuto alguém me chamando.

- Ana, perdão, que cabeça a minha, já fui mais educado né chefs!? Eu te levo!

- Que isso Pato, peço e logo estou em casa. Falo agradecendo a gentileza!

- Deixa o Pato levar você baixinha e perigoso, ainda mais você linda deste jeito, não é Pato? Fogaça sempre com suas gracinhas e deixou Pato mais tímido ainda, no mesmo instante vejo Paola batendo no braço dele.

- Ora falei alguma coisa errada Pato, ela não está linda mesmo  e sem contar que está tarde é perigoso mesmo. Ele dá seu melhor sorriso, mas eu sabia bem o que o querido Henrique Fogaça estava fazendo e ele me pagaria. Antes que falasse qualquer coisa, vejo Pato se aproximando.

- Fogaça tem toda razão, é melhor eu te levar para casa.

Caminhamos para a saída para Pato pegar seu carro, no caminho me falou que não tinha bebido, pois estava tomando remédio então poderia ficar tranquila que chegaria sã e salva em casa! Fomos os caminho em silêncio, estranho para mim que amo falar, mas poucas palavras foram trocadas, até que estacionou o carro na frente da minha casa, em um impulso irresistível o convido para entrar e tomar uma taça de vinho comigo! E para minha surpresa ele aceita.

- Olha Pato se quiser alguma coisa para comer posso ver algo!

- Magina Ana, ainda estou cheio e ir no Sal sempre comemos mais, afinal não podemos desagradar o chefe.

- Verdade. Ele não nos perdoaria.  Nós dois rimos e mais uma vez o silêncio! De repente os dois começam a frase.

- Pode falar Pato, afinal você é a visita. Dou uma risada sem mostrar os dentes, mas com certeza com cara de apaixonada.

Ele chega mais perto de mim e sinto ele nervoso, assim como eu, que nessa altura já entendia o que ele estava prestes a fazer. E de uma forma doce, calma ele sela nossos lábios em um beijo apaixonado. Nossa como esperei por isso, só que muitas vezes pensei que isso não seria possível! Aos poucos ele para aquele beijo e me olha nos olhos, como pedisse permissão para continuar. Eu completamente entregue aquele momento, me aproximo mais dele, e é a hora de eu selar nossos lábios em outro beijo apaixonado que aos poucos passam a ser urgentes como esperassem os por aquilo há muito tempo e na verdade esperávamos e tudo o que eu sentia era recíproco!

Quando finalmente nos desgrudam os, nos olhamos com desejo, paixão e muito amor. Ele finalmente fala:

- Quero ser feliz ao seu lado! Espero que você também queira!

- Claro que quero, é só o que eu quero! Ser feliz ao seu lado!





Notas Finais


Obrigada por terem chegado até aqui, em breve eu volto ou não, vamos ver se vocês vão gostar!! 😬😀

Gosto de fic com detalhes, e como é minha primeira One, resolvi, colocar bastante, sem deixar o Farosella de lado, afinal adoro os dois casais!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...