História Será amor? - Disband - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtanboys, Bts, Jikook, Kookmin
Visualizações 375
Palavras 1.541
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Lemon, Romance e Novela, Yaoi (Gay)
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Como eu disse, vou tentar postar todo dia para vocês.
Desculpe se o cap estiver meio bosta... É que eu não ando muito bem ultimamente... Entretanto, vocês não precisam sofrer por causa de burradas minhas, então, por isso, todo dia terá um cap novo.

...

Espero que gostem sz

Capítulo 22 - Sr. e Sra. Jeon


Fanfic / Fanfiction Será amor? - Disband - Capítulo 22 - Sr. e Sra. Jeon

POV. Jimin

PQPANDQNBDG

Eles estavam lá... Encarando a gente... E eu travei no mesmo instante... O que seria de mim, agora? Droga!

Sra. Jeon: Olá! Me chamo Lee Chae-rin Jeon, mas pode me chamar apenas de CL! ( Au: Sim, a Omma do Jungkook é a CL, não surtem. ) - Ela finalmente quebrou aquele silêncio vergonhoso e estendeu a mão para mim sorrindo -

JM: Park Jimin, me chame apenas de Jimin... - Sorri tímido a cumprimentando com uma leve reverência pegando sua mão a apertando amigavelmente. -

Sr. Jeon: Me chamo Jeon Choi Seung-Hyun ( Au: É, pois é e.e ), mas pode me chamar apenas de T.O.P.

JM: É um prazer conhecer vocês, senhor e senhora Jeon. - Sorri ainda tímido para os dois e Jungkook ficou quieto.

Sra. Jeon: Não vai abraçar sua Omma, filhote? - Ela estendeu os braços se aproximando do filho, que recuou.

JK: Eu tenho Omma? Não sabia... 

Sr. Jeon: Jeon Lee Choi Jungkook, não desrespeite sua Omma! - Ele falou bravo cruzando em braços balançando a cabeça em negação para o filho. -

JK: E... Quem seria você mesmo? - Falou seco e frio. -

Sr. Jeon: Eu sou seu Appa! Por tanto, me respeite!

JK: Que tipo de Appa é esse que não cuida do filho...? Que Omma é essa, que Appa é esse que só vivem fora? - Ele revirou os olhos. -

Sra. Jeon: Não vão discutir na frente de Jimin! Vou bater nos dois! - Todos ficaram quietos e apenas a senhora Jeon falava. - Vocês vão assustar o garoto! Parem com isso agora!

Jeon, por livre e espontânea pressão, foi até sua Omma e a abraçou.

Sra. Jeon: Filho... Sei que andamos ausentes, mas não significa que não o amamos!

JK: Eu sei... Desculpe, Omma. Eu te amo... - Ele falou baixo, mas ainda assim consegui ouvir... Não pensei que Jeon Jungkook teria esse lado... O lado carinhoso. -

Sr. & Sra. Jeon: Nós também te amamos, filho! - E assim os três se abraçaram, enquanto eu ficava apenas observando. O que não durou muito tempo, pois a senhora Jeon me puxou para o abraço também e todos rimos.

~ 10min depois ~ 

CL: Fique aqui conosco, Jimin! Jante com a gente e durma aqui em casa, nós vamos embora de madrugada, e não queremos que Jeon fique sozinho.

JK: Já vão embora? ... - Ele fez um semblante tristonho, porém disfarçado, até por que, ele é Jeon Jungkook. O bad boy sem sentimentos. -

CL: Sim, filho, infelizmente voltaremos para a empresa hoje mesmo, mais ou menos umas 2h da manhã... - Ela o acolheu em seus braços e o mesmo beijou a bochecha dela. -

JK: Tudo bem... 

CL: Então, Jimin, o que acha? - Ela falou ao se soltar do abraço e me olhar. -

JM: Ér... É que eu não quero incomodar vocês... E eu não tenho outra roupa aqui, então...

CL: Não vai ser incômodo! E você pode vestir alguma roupa de Jeon. - Ela insistiu. -

JM: Ér...

CL: Ér nada! Vai ficar e cabou, a não ser que queira que eu te sequestre e prenda aqui em casa! - Disse com humor na voz, o que nos fez rir.

JM: Não será preciso, a senhora me convenceu... - Sorri envergonhado.

CL: Eu sei, tenho esse poder. - Mandou beijo no ar e riu

T.O.P: Não discordo... Era cada coisa que ela me obrigava à fazer quando tínhamos a idade de vocês!

CL: Seung! Vão pensar mal de mim! - Ela deu um tapa no ombro de seu marido que riu

T.O.P: Desculpe querida, ela é um amorzinho, apenas muito... Aventureira.

Rimos mais e terminamos de comer. Quando terminamos, fiz questão de pegar todos os pratos e os lavar, depois de muita insistência da parte de CL para que ela lavasse, fui até a pia e comecei a lavar os mesmos enquanto todos subiam.

Todos menos Jungkook...

JK: Jimin, eu já separei uma roupa pra você dormir. Pode dormir na minha cama, se quiser, eu durmo em um dos quartos de hóspedes.- Ele disse se encostando na pia -

JM: Jungkook... Seria estranho se... Eu pedisse que durma comigo? É que eu não gosto de dormir sozinho... - Mordi meu lábio, eu sei que tô dando brecha pra ele continuar com suas ousadias... Mas, o que posso fazer? A casa dele é linda, mas... Dá medo à noite! -

JK: Tudo bem, minha cama é grande, cabe nós dois. - Sorrio. - 

Ele estava fofo demais... Isso estava suspeito!

JK: Jimin, vou tomar banho, quer vir junto? - Sorrio malicioso -

Eu sabia que aquela fofura não duraria muito... 

JM: Quer apanhar? - O olho mortalmente. -

JK: Não - riu - Tudo bem, tome banho primeiro enquanto eu arrumo a cama, prometo que não tentarei nada. - Ele disse segurando seu peito, honrando a promessa. -

JM: Posso confiar em você? - Ele assentiu. -

JK: Se eu aprontar algo minha Omma me castra e depois me mata... - Nós dois rimos. -

JM: Certo, eu já terminei aqui mesmo. - Enxugo minhas mãos. - Seus pais dormiram?

JK: Sim, por que? Quer aprontar alguma? - Sorriu malicioso novamente - Não me importo de ser castrado se minha ultima foda fosse com você.

Não sei se acho fofo ou fico com medo...

JM: Tarado! - Dou um tapa em seu ombro e ele ri - Não apronte nada! 

JK: Eu juro! - Estendeu a mão fazendo outra promessa. -

JM: Bom mesmo! - 

Subimos até o quarto dele sem fazer muito barulho, entrei em seu quarto e fui diretamente para o banheiro, ele cumpriu a promessa e arrumou a cama.

Depois de longos minutos no banho, vou até o quarto onde o vejo deitado na cama cochilando. 

JM: Jeon, acorda... - Falo baixo o sacudindo, e com facilidade, ele acordou. -

JK: Finalmente... Pensei que tivesse descido pelo ralo! - Se levantou e foi para o banheiro. -

Me jogo na cama suspirando baixo.

Que dia exaustivo!

Logo ouço meu celular vibrar indicando mensagem nova.

A do desconhecido novamente.

~ Mensagem - on - ~

??: Sou seu admirador secreto!

JM: Aishi! Eu não caio nessa. É você, não é Taehyung? Saiba que vai virar churrasquinho de E.T segunda-feira quando chegar na escola, seu idiota!

??: Tá, mas... Quem é Tahyung? 

Ah, não importa... Como foi à noite? Pensou muito em mim?

JM: Por que eu gastaria meu tempo e minha beleza pensando num estuprador que se esconde atrás de uma telinha?

??: E quem te disse que sou um estuprador, Jiminnie? 

JM: Se não é um estuprador, me fale quem você é, porra!

??: Eu... Não posso contar agora... Sou tímido, por isso tenho que fazer você se apaixonar por mim antes, e só depois me revelar.

JM: Vai sonhando... 

??: Tenho que ir agora, amor, até amanhã! 

Desconhecido ficou offline... 

" Amor "? Quem ele pensa que é pra me chamar assim? Ah, se foder... 

Logo guardei meu celular e Jeon saiu do banheiro apenas com a toalha presa em sua cintura

Que visão... Oh céus... 

JM: Jungkook! Por que não se trocou no banheiro como eu fiz?!

JK: Ei, o quarto é meu! Se eu quiser, durmo até nu.

JM: P-por favor... N-não...

JK: Que bonitinho, assim que eu gosto! - Sorriu e eu apenas revirei os olhos e me virei para não ver. -

POV. Jungkook

Vesti uma boxer preta e uma calça moletom cinza, logo me joguei na cama agarrando Jimin por trás.

JM: Ah, não Jeon! - Ele bufou se virando pra mim. -

JK: Ah, sim, esposa! - Roubei um selinho dele e me bateu no braço. - 

JM: PARA CARALHO! - Gritou -

JK: Não grita, quer acordar meus pais?!

JM: Eu vou embora, me solta.

JK: Ei, minha Omma disse para ficar. - Subi em cima dele prendendo seus pulsos -

JM: Eu quero ir... Por favor... 

Pqp... Ele quer me deixar louco? 

JK: Pede com jeitinho. - Sorri de canto.

JM: Não vou pedir com jeitinho, me solta, Jeon! - Ih... A bicha tá brava...

JK: Então não vou te soltar!

JM: Eu vou gritar! - Ameaçou -

JK: Grita...

E quando ele abriu a boca para gritar, enfiei a língua dentro da boca dele e comecei a brincar com a sua língua.

Ele ficou parado por um tempo, mas logo retribuiu. Logo eu a tirei e apenas o beijei, ainda prendendo seus pulsos. 

JM: Me solta... - Ele sussurrou -

JK: Não quero...

JM: Eu não vou fugir... - Me olhou

Soltei seus pulsos e logo ele me derruba ficando por cima de mim voltando a me beijar.

~ Autora on ~ 

Jimin se ajeitou em cima do outro deixando uma perna de cada lado da cintura de Jeon, entrelaçando seus dedos aos dele.

JM: Vamos dormir... - Falou sessando o beijo com selinhos. -

JK: Tudo bem, esposa.

POV. Jimin

Aishi... Odeio esse cara...

Na verdade... Eu amodeio esse cara!

JM: Idiota! - Falei dando um tapa em seu ombro e rindo saindo de cima dele. -

JK: Ai esposa, não me bate! - Me abraçou por trás. -

 

Me ajeito em seus braços e assim dormimos tranquilamente 


Notas Finais


Gostaram? Sim? Não? Comentem ai...
Se querem dar alguma opinião sobre a fic... Alguma ideia, etc... Tamo ai
Annyeong, teamovocês! <3 <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...