História Será o destino? - Capítulo 14


Escrita por:

Postado
Categorias Saga Crepúsculo
Visualizações 206
Palavras 1.551
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Festa, Ficção Adolescente, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 14 - New Orleans!!


Fanfic / Fanfiction Será o destino? - Capítulo 14 - New Orleans!!

*Elizabeth Swan*

Anteriormente:

Peter- Liza a Cris tá com problemas e precisa do de nós.

Liza-Então partiu.

Agora:

Liza- Vamos. Onde ela está?

Peter- New Orleans.

Liza- Então... Avião ou ônibus.

Leah- Do que está falando?

Liza- Ué, eu, você, Peter e Seth iremos para New Orleans.

Seth- Pera nós também?

Liza- Claro. Qual a graça de ir apenas eu e o Peter sendo que ele vai ficar como um cachorrinho abandonado sem a Leah.

A mesma deu uma risada.

Peter- Obrigada por me defender.

Leah- Você sabe que... ~Falou parando um pouco de rir~ Você ficaria.

Seth- Assim como a Leah.

Leah- Vai se ferrar Seth.

Liza- Ok, Vão falar com o Sam, eu vou resolver o negócio das passagens.

Peter- Nosso Alpha é o Jake.

Liza- Neste momento está não sei aonde acompanhando a Reneesme.

Leah- Merda. 

Liza- Andem, e malas prontas quando voltarem. Iremos o mais rápido possível. Por que quando a Cris nos chama a merda foi grande.

Peter- Bem grande.

Leah- Ok, vamos lá.

Os três saíram em direção a reserva, subi para o meu quarto e preparei uma mala com tudo que vou precisar. Depois de arrumada comprei passagens de avião para ser mais rápido. Logo ouvi vozes e barulho na cozinha. Chegou a hora de contar para o Charlie.

Liza- Pai? ~Falei já descendo a escada~

Charlie- Na cozinha. ~O mesmo respondeu.~

Liza- Vou direito ao ponto vou viajar.

Charlie- O que?

Liza- Preciso ajudar uma amiga. Prometo que darei notícias. Mas... Não vou dizer para onde vou.

Charlie- Por que?

Liza- Não quero que ninguém saiba. A Sue Leah e Seth iram comigo. Assim como o Peter.

Sue- Só vocês?

Liza- Sim. Não se preocupe, apenas ajudar uma amiga.

Charlie- Não sei não.

Liza- Não sou mais uma criança. O senhor querendo ou não, eu vou.

Sue- Deixe eles irem. Confio neles. E além do mais... ~Chegoi a sua ouvido e sussurrou, mais ainda entendi~ Os Cullen's viajaram.

Charlie- Tudo bem. Mais tem que me prometed que vai me ligar.

Liza- Claro. Ah, vamos agora a noite. Pode nos deixar no aeroporto?

Sue- Será um prazer.

Liza- E então? Vamos fazer o almoço? Estou faminta.

Sue- Claro. Vamos lá.

E assim, os três começamos a preparar o almoço. Espero que esteja tudo com o pessoal.

*Peter Oliver*

Leah- Não me importa a sua opinião Sam. Iremos fazer uma viagem e não a nada que possa fazer.

Billy- O que está acontecendo aqui?

Seth- Então Billy, queremos fazer uma viagem com os meninos. Mas o Sam está colocando defeito. Como sempre.

Sam- O Jake já viajou e ainda querem ir. Aproveitar que o Alpha não tá para fazer o quile quiser. Pena que ele me deixou no comando.

Billy- Podem ir.

Sam- O que? ~Falou entre dentes~

Billy- Como sempre está tentando provocar os meninos por coisas do passado. Eles tem a minha permissão para viajar.

Peter/Leah- Obrigada Billy.

Billy- Se divirtam.

Saímos da casa do Sam e eu estava animado. Minha primeira viagem com a Leah, se bem que não somos só nós, mas vai ser empolgante.

Seth- Leah fica calma.

Leah- Quem aquele bastardo pensa que é? Qualquer dia vou arrancar aquela maldita cabeça dele.

Peter- Relaxa. ~Falei a abraçando de lado~ Ele nunca vai nos impedir de ser feliz.

Seth- Vamos que hoje eu tô só a Liza, dispensando melação.

Apenas rimos e seguimos para casa do Charlie. Assim que entramos encontramos os três preparando o almoço.

Leah- Mãe, nós...

Sue- Tudo bem meus amores a Liza já nos contou. Só espero que tenham cuidado e juízo. ~O Seth a a abraçou sendo seguido por Leah~

Seth/Leah- Obrigada.

Liza- Espero que suas malas estejam prontas. Vamos hoje mesmo.

Peter- Sim senhora.

Liza- Ótimo.

*Jasper Hale*

Acabo de chegar na casa de uns amigos aqui no Texas. Sou resebido por um belo abraço de Charlotte e um comprimento de Peter. Meus melhores amigos, de longa data. Foi Peter que me ajudou saí das garras de Maria, e Charlotte deu o maior apoio. Fico feliz por tê-lo.

Charlotte- Olá Jasper. Você deve ser o Edward. ~Se referindo ao mesmo atrás de mim.~

Edward- Isso.

Peter- Entrem.

E assim fizemos. Estávamos em um rancho que pertencia aos mesmos. Um pouco afastado de tudo. Logo entramos e nos sentamos na sala.

Charlotte- E então. A que devo a honra de sua vizita?

Precisava desabafar, então contei toda a história para os mesmos. Eles ficaram felizes quando disse que encontrei minha parceira, mas suas expressões logo mudaram quando comentei o último acontecimento.

Charlotte- Eu vou perguntar de uma maneira simples. Você tem merda na cabeça? Seus idiotas sem coração. Como pode ter deixado ela para trás sem de despedir.

Edward- É um jeito de protegê-la.

Charlotte- Não. É um jeito egoista de tomar decisões por ela. E boca fica quietinho que a vida é do Jasper e ele quem me responde. Anda... Como você acha que ela está se sentindo.

Jasper- Com raiva. Talvez triste e magoada.

Charlotte- Não. Ela deve tá pensado que não é capaz de te fazer feliz. E que você pode está nos braços de outra nesse momento seu idiota sem sentimentos.

Jasper- Vocês não a conhecem, ela é...

Peter- Pelo que você nos disse, deu a entender. Forte e segura de si. Com certeza está pensado em um modo de acabar com vocês. Mas ela também é uma garota, e com certeza se magoa.

Charlotte- Ela não te lembra ninguém com as ações dela?

Jasper- Me lembraram um pouco você.

Charlotte- Exatamente e saba o que eu faria se o Peter me deixasse para fazer uma viagem com você?

Peter- Acho que primeiro procuraria formas de me torturar.

Charlotte- Exatamente. Mas também, ficaria magoada e sem chão. Podia não demonstraria, e isso é o que mais nos consome.

Jasper- Eu sou um idiota.

Charlotte- Exatamente.

Jasper- Tenho que voltar.

Edward- Será melhor assim. Ela tem que entender der que...

Peguei pela gola da camisa do mesmo o prensado contra a parede.

Jasper- Não se mete mais na minha vida. Acabei de magoar a mulher que eu amo por paranóias suas. Ela gostou e tá pouco se ferrando para o que você acha e eu agora tomo suas palavras como minhas. Não se mete no que não te diz respeito.

Charlotte- Fico feliz que virou homem finalmente. Mas não posso deixar que saiam hoje 

Jasper- Porque?

Charlotte- Primeiro que ela está irritada de mais para você ir agora. Então deixa ela pensar. Tenho certeza que as mulheres sãs dos Cullen's falaram com ela.

Jasper- Ok. Só hoje. Amanhã eu volto.

Charlotte- Boa. 

Peter- Agora vamos acalmar os nervos. Acho que estão bem alimentados então que tal um joguinho lá fora.

Edward- Tudo bem. O que acha Jasper.

Jasper- Acho uma boa.

Saimos jogamos um vôlei ao nosso estilo. Só com algumas crateras no chão.

*Elizabeth Swan*

Já estamos todos pronto e arrasando (foto de capa) e no aeroporto nos despedindo da Sue e do meu pai. 

Charlie- Tem certeza que não vai me falar pra onde vai?

Liza- Não. Prometo que ligo e na hora certa digo onde estamos. Agora até mais pai.

Charlie- Até.

Liza- Se cuide e cuide de Sue. 

Leah/Seth- Tchau mãe, tchau Charlie.

Peter- Tchau.

Logos embarcamos em direção a New Orleans. Não é muito demorado. Mais dormir o vôo inteiro. 

Abri os olhos e estava na casa dos Cullen's vazia e procurando por todos, abrindo todas as portas. Até que uma voz feminina me alcança

??- Ele é meu.

Liza- Quem? 

??- Ele é meu. Ele é meu.

Aquilo tava me enlouquecendo de quem ela está falando? Não reconheço aquela voz. Mais logo avisto uma silhueta família. Jasper. Corri em sua direção e quanto mais eu corria mais ele se afastava.

Jasper- Sempre vou te amar. ~Foi a última coisa que eu ouvi~

 Acordei com o Seth quase pulando  cima de mim.

Seth- Vamos Liza. Chegamos.

Peter- Tá tudo bem?

Liza- To. Foi apenas um pesadelo. Chegamos?

Leah- Sim. A pouco tempo. Vamos?

Liza- Vamos  ~Falei respirando mais aliviada.~ 

Saímos do avião, pegamos nossas malas. Saímos do aeroporto, pegamos um táxi e fomos para um hotel que eu havia reservado. Logo fomos recepcionados por uma senhora muito simpática chamada Eloise.

Eloise- Sejam bem vindos. Primeira vez em New Orleans?

Leah/Seth- Sim.

Peter/Liza- Não.

Eloise- Então aos que estão aqui pela primeira vez, espero que gostem e os que retornaram que tenham aproveitado bastante e esteja aqui para comemorar mais.

Liza- Com certeza. Sim. Fiz reservas para dois quartos. Está em meu nome Elizabeth Swan.

Eloise- Ah sim. Aqui está. Quartos 98 e 99. Segundo andar. ~Falou nos entregando as chaves e apontando para a escada.~

Leah- Obrigada.

Subimos e eu e a Leah ficamos no 98 e Seth e Peter no 99. Apenas deixamos nossas coisa e descemos para um café ali de perto estou faminta.

Leah- Já estiver aqui antes? 

Liza- Claro. Aqui é incrível. Eu, o Peter e a Cris vinhemos no meu aniversário de 19 anos.

Seth- Ah tanto tempo assim.

Liza- Rio pirralho só tenho 20 anos.

Peter- Quase 21. 

Liza- E você com 22.

Peter- Mas conservado.

Liza- Ta me chamando de acabada?

Peter- Deus me livre. Pra você acabar comigo?

Leah- O que tanto fizeram?

Liza- Apenas curtimos muito. Essa cidade é muito animada. Mas mudando de assunto. Onde está a Cris?

Peter- Vamos nos encontrar com ela em um restaurante, a noite.

Liza- Ótimo. Então vamos conhecer New Orleans?

Leah/Seth- Vamos!!

Continua??





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...