História Será o destino? - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bella Thorne, Justin Bieber, Tom Holland, Zendaya
Tags Adolescência, Amizade, Escola, Festa, Romance
Visualizações 19
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Ficção Adolescente, Luta, Magia, Violência
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 7 - Capítulo sete


Fanfic / Fanfiction Será o destino? - Capítulo 7 - Capítulo sete

Quando chego na livraria aonde eu trabalho, que é no shopping, ja bate um desespero, sou apaixonada por livros, porém é um saco ter que arrumar todos eles na prateleiras, e hoje o dia vai ser longo porque na mesa tem pilhas e mais pilhas de livros para arrumar em ordem.

Já são quase cinco horas da tarde quando coloco o último livro no lugar, hoje o movimento estava bem leve, então não precisei me preocupar de ter que ficar saindo do lugar para atender, isso me ajudou bastante a termina ligo meu serviço.

Estou morrendo de cede, acho que vou na praça pegar um suco, tenho que avisar algumas das meninas que vou sair rapidinho. Sou a mais nova da loja, muitos dali já são mães e os poucos garotos ali que a maioria e mulher são gay,  eu consegui me enturmar bem rápido com ele, me trataram muito bem, no meu primeiro dia ali eu consigo me sentir muito  avontade foram muitos gentis comigo,  tiveram muita paciência até eu consegui falar sem tremer, para poder me ensinar a atender os clientes.

- Nathan estou indo ali na praça rapidinho pegar um suco, quer alguma coisa?- Nathan e o dono da livrar, já é um senhor ele é super fofo tratamos ele como avó aqui na loja, me sinto tão bem com ele, quando tenho alguns problemas eu venho e conto para ele e ele me dá vários conselhos, ainda não tive tempo de contar o acontecimento que ocorreu hoje na escola. Ele esta tirando pó de alguns livros, mas para assim que me escuta fala com ele.

- Não meu anjo muito obrigada - dou um sorriso e ele volta a tirar pó.

Segunda-feira e o único dia que podemos andar tranquilamente sem ter medo de encontrar alguém da escola aqui, o pior e quando vão comprar livro, tento o máximo me esconder no depósito até eles irem embora, não tenho a mínima ideia do que fazer quando os encontro.

Encontro a Nicole sentando mexendo no celular enquanto não tem nenhuma cliente

- Boa tarde, aqui e um local de trabalho é uma funcionária não pode está no celular em horário de serviço, quero falar com o gerente- falo chegando perto dela fingindo que nem a conheço

- Boa tarde minha querida, eu posso saber o que você está fazendo aqui em horário de serviço?- ela responde ainda mexendo no celular, logo parando e se arrumando e me olhando com uma cara de debochada

- Diferente de você minha querida amiga, eu estava trabalhando de verdade- falo piscando, ela revira os olhos - quero um suco de morango com leite- ela anota meu pedido, e vai para cozinha fazer enquanto fico esperando no balcão.Mas ela volta correndo com o copo na mão, para na minha frente com um sorriso na cara, tenho que fala a verdade ela estava com um sorriso bem assustador.

- VOCÊ não vai acreditar quem começou a trabalhar aqui!- como hoje meu dia resumiu a ele só podia ser ele

- tá me zuando- ela começa a rir e balançar a cabeça negando - Nicole não tem graça!- só me faltava essa, esse dia só pode tá de brincadeira

- é sério….  Eu te mandei mensagem e você não vai acreditar aonde - ela fala dando pulinho  e rindo

-Meu celular fica no armário. Aonde ?- tô ficando desesperada já, ele tá me seguindo? Ou eu estou em um sonho que não consigo acorda ? Por que esse dia já deu bastante coisa

- Na loja….- ela na consegue terminar de falar por que o gerente chama ela. Ela volta para dentro, e quem volta e um garoto com meu suco pronto já na mão, que droga! - a Nicole?- pago ele, ele me olha meio confusão se fala ou não mas no fim acaba falando

- eu não sei mas o Marcos chamou ela no escritório e não estava com uma cara muito feliz não - agradeço e saio, só me falta ela ser mandada embora por minha culpa.

Ando de volta para loja tentando no máximo esconder meu rosto, não quero encontrar ele aqui não hoje, se não vou olhar para ele é ver o belo  galo na testa dele e vou morrer de vergonha. Entro na loja quase correndo, está no mesmo jeito sem movimento, vou para o depósito vou em direção ao meu armário, mais não consigo abrir por que me chamam lá na frente, que merda.

- Oi? - falo saindo do depósito e deixando meu suco em cima do balcão - quem me chamou ?- pergunto para qualquer um que tá ali

- eu acho que foi o Nathan, ele está lá na porta - saio na disparada, se mais rápido eu fizer oque ele quer mais rápido vou saber aonde que o Lorenzo começou a trabalhar e tentar evitar de encontrar ele nos corredores, já basta na escola agora aqui também.

Mas para minha grande sorte,só percebo com quem o Nathan está conversando quando chego perto dele , hoje eu só posso ter acordado com o pé esquerdo

- Meu anjo você podia ajudar o novo funcionários…- Nathan fica o olhando para ele como pedisse ajuda para se lembrar do nome

- Lorenzo- merda! Que voz maravilhosa

- isso Lorenzo, então mel você podia ajudar ele a arrumar a loja ali da frente?

MEU DEUS VOCÊ SO PODE ESTÁ AE DIVERTINDO COMIGO


Como posso negar isso, os dois estão me olhando esperando uma resposta, nem olhei para o rosto do Lorenzo para não lembrar do quase assassinato. Eu não tenho ideia do que fala, não dá para falar que estou lotada de serviço por que não tenho nada a fazer na loja, mas eu não quero ficar no mesmo local que o Lorenzo.

E agora o que eu faço?


Notas Finais


Realmente espero que vocês estejam gastando 😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...